FRIGORÍFICOS RECLAMAM DE EXCESSO DE RIGOR DE FISCAIS AGROPECUÁRIOS

//FRIGORÍFICOS RECLAMAM DE EXCESSO DE RIGOR DE FISCAIS AGROPECUÁRIOS

Diversos frigoríficos do país começaram a se queixar do “excesso de rigor” de fiscais agropecuários e resolveram “centrar fogo” em auditores mais jovens, a mais nova geração de fiscais contratada após a Operação Carne Fraca, que identificou um esquema de corrupção entre fiscais e funcionários de empresas de carnes. Frigoríficos consultados pelo Valor Econômico dizem que, para não extrapolar as 48 horas semanais de trabalho permitidas por lei ou não serem alvo de futuros questionamentos de favorecimento, os auditores estão endurecendo as diligências, multando mais, interditando unidades e até cancelando o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) de abatedouros no Paraná e em São Paulo. Péricles Salazar, presidente da Abrafrigo, assinou na terça-feira (2) uma carta em que critica o que chama de “atual linha de conduta” dos fiscais agropecuários que atuam na inspeção de estabelecimentos de carnes bovina, suína e de frango e de leite. Ele sustenta que os auditores estão “exorbitando de suas funções e preocupados única e exclusivamente em punir as empresas a ponto de inviabilizar economicamente as atividades de muitas delas (…) Nas atuais circunstâncias os fiscais nas plantas estão travando a atividade empresarial com abuso de autoridade”, disse o dirigente. “Francisco Turra, ex-ministro da Agricultura e presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), admitiu que há ‘excessos pontuais’ praticados por fiscais, principalmente por falta de padrão nos critérios de fiscalização, muitas vezes aplicada de forma diferenciada mesmo em plantas de uma mesma empresa”, informa a notícia.

 

Ernesto Araújo diz ter ‘certeza’ de que aproximação com Israel não trará prejuízos ao agronegócio



O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse na quinta-feira (4) que tem “certeza” de que a viagem do presidente Jair Bolsonaro a Israel, e a aproximação entre os dois países, não gerará prejuízos ao agronegócio brasileiro. Conforme o portal do G1, o risco de uma ruptura com o mercado árabe vem sendo apontado desde que Jair Bolsonaro, ainda na campanha, afirmou que pretendia transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, a exemplo do presidente norte-americano Donald Trump. A ideia foi convertida na abertura de um escritório comercial em Jerusalém, cidade considerada sagrada por cristãos, judeus e muçulmanos e que não é reconhecida internacionalmente como capital israelense. O eventual reconhecimento por parte do governo brasileiro de Jerusalém como capital de Israel, e também a eventual mudança da embaixada, suscitou o receio de retaliações comerciais de países árabes, grandes compradores de carne bovina e de frango do Brasil. O desconforto dos países árabes foi confirmado na quarta-feira (3) pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Ela disse que se reunirá com 51 embaixadores dessas nações, no próximo dia 10, como forma de apaziguar os ânimos na área econômica. “Questionado nesta quinta sobre o assunto, Ernesto Araújo disse que há novas parcerias em andamento com o mundo árabe – inclusive, na agricultura e na pecuária”, enfatiza a matéria.

 

Artigo aborda sobre o Supremo e o sacrifício de animais



Em artigo do jornalista Fernando Gabeira ao jornal O Estado de S. Paulo destacou-se que o Supremo Tribunal decidiu que o sacrifício de animais em cultos religiosos afro-brasileiros é constitucional. “Foi por unanimidade. E isso me decepcionou um pouco. Esperava uma corrente mais crítica ao antropocentrismo e sensível à dor dos animais”. Esses ventos ainda não sopram na Justiça brasileira, mas já chegaram aqui da Argentina. Foi o caso de um habeas corpus concedido à chimpanzé Cecília, no Santuário dos Grandes Primatas, em Sorocaba. Cecília vivia triste e maltratada num zoo, mas ao chegar ao Brasil recuperou a alegria e até acasalou. Creio que haveria uma possibilidade de argumentar com adeptos dos rituais de origem africana. Será que o sacrifício de animais é essencial para sua existência? Na Baixada Fluminense documentei inúmeros trabalhos religiosos, nem todos usavam animais e, quando usavam, eram apenas uma parte das oferendas. Creio que na própria religião afro-brasileira estão contidos os elementos que poderiam facilitar uma transição do corpo animal para o símbolo. “Mas, apesar de decisões como a do Supremo, é possível dizer que está melhorando. São Paulo já tem um hospital gratuito para animais. Em dezenas de lojas e restaurantes é possível ver tigelas de água para os animais de rua. Quando implodiram o presídio da Ilha Grande muitos cachorros fugiram para o mato. Hoje a ilha é cheia deles. Alguns estrangeiros às vezes retardam sua passagem pelo País apenas para adotar um cachorro da ilha”, afirma.

 

Ficará claro para os EUA que não temos problemas com a carne bovina, diz Tereza Cristina em Campo Grande



A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, reafirmou nesta quinta-feira (4), em Campo Grande, ter esperança de que, após a inspeção dos americanos nos frigoríficos brasileiros, marcada para junho, “tudo esteja nos conformes para que a gente volte a exportar carne in natura”. É o que informa o portal do Mapa. “Nós temos aqui uma pecuária forte, eficiente, moderna e eu não poderia deixar de vir aqui na minha cidade, no meu estado, para a abertura dessa exposição”, comentou. A ministra afirmou ainda que ficará claro para os Estados Unidos que nós não temos problemas com a carne bovina. “Primeiramente, eles precisam ver que nós não temos mais problemas com a vacina (da aftosa, que provocou reações no rebanho). Depois, (eles) vão olhar as condições (sanitárias) que nós temos”, destacou.

 

 

NA IMPRENSA

Embrapa – Feira agrotecnológica movimentará região Sudeste do Tocantins

 

Embrapa – Projeto faz levantamento de práticas agropecuárias, de base agroflorestal e familiar no Mato Grosso

 

Embrapa – Dia de Campo apresenta tecnologias da agricultura de base ecológica no Leste Paulista

 

Ibama – Boletim de Qualificação dos Alertas de Desmatamento na Amazônia – MAR/2019

 

Mapa – Lista de espécies vegetais introduzidas no Brasil é atualizada

 

Mapa – Ficará claro para os EUA que não temos problemas com a carne bovina, diz Tereza Cristina em Campo Grande

 

Câmara dos Deputados – Projeto concede seguro-desemprego a pescador artesanal afetado por clima adverso

 

Folha de S. Paulo – Bom pra Cachorro – Justiça confirma 5 anos de prisão a acusados de matar cachorro em SC

 

G1 – Com 150 espécies catalogadas, Projeto Ilhas do Rio ajuda a preservar fauna nas Ilhas Cagarras

 

G1 – Ernesto Araújo diz ter ‘certeza’ de que aproximação com Israel não trará prejuízos ao agronegócio

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Juíza da Vara da Família autoriza visitas e manda pagar ‘pensão’ a cão após divórcio

 

O Estado de S. Paulo – Após viagem a Israel, governo tenta minimizar desgaste com comunidade árabe

 

O Estado de S. Paulo – O Supremo e o sacrifício de animais

 

O Estado de S. Paulo – Antônio Penteado Mendonça – Febre maculosa mata

 

O Estado de S. Paulo – Clube Homs realiza feira de adoção com 60 gatos neste fim de semana

 

Valor Econômico – Índice de preços dos alimentos da FAO permaneceu estável em março

 

Valor Econômico – ANTT publica estudo com nova metodologia para cálculo de frete

 

Valor Econômico – Exportações brasileiras de carne bovina caíram em março

 

Valor Econômico – Frigoríficos reclamam de excesso de rigor de fiscais agropecuários

 

Valor Econômico – Uruguai, trunfo da Marfrig na exportação

 

Valor Econômico – Agronegócio domina mercado de trabalho no Centro-Oeste

 

Valor Econômico – Reestruturação impulsiona Quickfood na Argentina

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Gado em pé gaúcho a caminho do Egito

 

Zero Hora – Ariel, o gato terapeuta, visita crianças no Hospital São Lucas

 

Exame – Cientistas descobrem baleia de 4 patas que andava e nadava

 

Anda – Filme Dumbo gera debate sobre exploração de animais em circos

 

Anda – Rússia mantém 101 baleias e orcas presas em condições estressantes

 

Anda – Câmara ratifica proibição da tração animal em charretes em Petrópolis (RJ)

 

Anda – Vereador propõe a proibição da venda de cães e gatos em SP

 

Anda – Austrália proíbe extermínio de tubarões na Grande Barreira de Corais

 

Anda – Tucanos mantidos em cativeiro em condições precárias são salvos no RS

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.