MAPA VAI ATUALIZAR NORMAS DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DO MAL DA VACA LOUCA

//MAPA VAI ATUALIZAR NORMAS DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DO MAL DA VACA LOUCA

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) criou comitê que vai revisar as normas para vigilância, controle, erradicação, certificação e emergência sanitária do Mal da Vaca Louca e todas as formas de Encefalopatias Espongiformes Transmissíveis, com as atualizações do Código Terrestre de Animais da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Conforme o portal do Mapa, também serão modernizadas as análises laboratoriais para diagnóstico da doença. O grupo foi criado pela Portaria 44. Além de integrantes do Ministério o comitê terá pesquisadores de universidades. As ações imediatas do comitê serão a análise dos pedidos de atualização da legislação do programa do ministério para a doença e inclusão de novas descobertas e conhecimentos sobre as encefalopatias. Atualmente, a OIE classifica o Brasil com o menor grau de risco para a vaca louca: “insignificante”. A pior situação é a do risco desconhecido. Existe ainda o risco controlado no qual se enquadram alguns países da Europa. “O mal da Vaca Louca é uma doença degenerativa que atinge o sistema nervoso do gado e seus sintomas incluem agressividade e falta de coordenação”, informa o portal.

 

China tem novo surto de peste suína africana, na província de Yunnan



O ministério de Agricultura da China reportou nesta quinta-feira (4) novos casos de peste suína africana na província de Yunnan, no Sudoeste do país. O surto, encontrado em um grupo de dez fazendas de criação de porcos na cidade de Shangri-La, com 301 animais no total, matou 105 porcos, segundo informações no site da pasta. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, na quarta-feira (3) o presidente-executivo da BRF, Pedro Parente, disse que o Brasil está em condições de aumentar as exportações de carne suína para a China, onde um surto de febre suína africana se tornou um “evento transformacional” para a indústria global de carne. Segundo Parente, o aumento dependerá de fábricas em outros estados brasileiros para conseguirem obter certificação, pois atualmente a RF tem apenas uma unidade no Brasil autorizada a vender carne suína para a China. O comércio global de carne suína totaliza cerca de 8 milhões de toneladas, com a China respondendo por cerca de 20%, disse. Parente observou que a BRF poderia se beneficiar da crise de saúde vendendo mais carne suína para a China ou aumentando as exportações de outras proteínas para aquele país, especialmente de frango. “Porém, esta não é uma oportunidade imediata, porque muitos produtores chineses estão avançando no abate e aumentando a oferta a curto prazo”, afirma o jornal.

 

BRF vai suspender abate de frango em unidade no Paraná



Em carta enviada ao presidente da Comissão de Avicultura da Federação de Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Carlos Sérgio Bonfim de Andrade, a BRF informou que suspenderá por até cinco meses, a partir de 27 de maio, o abate de frangos em sua unidade de Carambeí. É o que informa o Valor Econômico. “Trata-se de uma decisão pontual e leva em conta a necessidade de ajustar os estoques de produtos nas operações da companhia”, afirma o gerente agropecuário da unidade da BRF, em carta. Segundo ele, “os países que hoje são atendidos pela unidade de Carambeí poderão ser abastecidos integralmente pela produção de outras localidades”. Ainda conforme a carta, “como parte desse processo, a BRF deu início às negociações com o sindicato profissional da categoria para discutir alternativas que viabilizem a manutenção dos postos de trabalho”. A companhia afirma que “todos os termos contratuais vigentes serão honrados junto aos atuais produtores da região, que estão sendo contatados a partir dessa quarta-feira (3) para tratar dos próximos passos e sanar eventuais dúvidas”.

 

Animais de estimação ajudam no envelhecimento saudável, aponta estudo



O jornal O Estado de S. Paulo destacou que a velhice pode ser mais saudável e feliz ao lado de um animal de estimação. É o que comprova uma nova pesquisa sobre o envelhecimento feita pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, e divulgada na quarta-feira (3). O levantamento revelou que 90% dos idosos que têm cães, gatos e pássaros dizem que o animal os ajuda a aproveitar a vida e se sentir amados. Além disso, 80% garantem que os bichos reduzem o estresse. Para a pesquisa, os especialistas ouviram 2 mil pessoas com idades entre 50 e 80 anos – 55% dos quais tinham um animal de estimação. Cachorros foram os pets mais comuns entre os entrevistados, seguidos de gatos e outros pequenos animais, como aves e hamsters. Independentemente do animal, a grande maioria dos proprietários afirma que eles ajudam também na saúde física e mental. A percepção dos idosos encontra respaldo na ciência. Muitos estudos já demonstraram que o convívio com animais reduz o estresse, sintomas de depressão e ansiedade, além, é claro, de incentivar as atividades físicas. Segundo especialistas, os animais de estimação também promovem uma interação social mais intensa, crucial para uma faixa etária em que a solidão é comum. “A pessoa tende a conhecer outras pessoas, cria vínculos com outros donos de animais”, afirma a veterinária Carolina Rocha, especialista em terapia assistida com animais pela Universidade de São Paulo (USP). “Isso mantém a pessoa mais ativa, participativa, menos sozinha, menos deprimida.”

 

 

NA IMPRENSA

Mapa – Mapa vai atualizar normas de controle e erradicação do Mal da Vaca Louca

 

Mapa – Ministra participa do lançamento de projeto que vai recuperar paisagens degradadas do cerrado

 

Câmara dos Deputados – Senador Marcelo Castro será o presidente da CMO

 

Senado Federal – Comissão promove debates sobre MP que prorroga prazo de adesão ao Programa de Regularização Ambiental

 

Senado Federal – Comissão acata sugestão que limita barulho dos fogos de artifício

 

Senado Federal – CMA vai debater o Cadastro Ambiental Rural e a preservação ambiental

 

Correio Braziliense – Mais de 1 mil animais silvestres são apreendidos nos primeiros meses do ano

 

Folha de S. Paulo – Bom pra Cachorro – Corgis são atração e companhia em café na Tailândia

 

Folha de S. Paulo – Bom pra Cachorro – Cães da rainha Elizabeth inspiram animação; assista a trailer

 

Folha de S. Paulo – Cerrado conectou os Andes com a mata atlântica

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Na contramão do Brasil, população ocupada no agronegócio cresce no Centro-Oeste

 

Folha de S. Paulo – China tem novo surto de peste suína africana, na província de Yunnan

 

G1 – Cavalo da PM é baleado em confronto com assaltantes em Belém

 

G1 – Projeto de construção do Parque Augusta prevê cachorródromo, trilha, redário e salas de educação ambiental

 

O Estado de S. Paulo – Comportamento Animal – Como está a saúde do seu cachorro ou gato?

 

O Estado de S. Paulo – Produtor musical é preso sob acusação de tráfico humano e de animais exóticos

 

O Estado de S. Paulo – Bolsonaro não quer ‘encrenca’ com árabes

 

O Estado de S. Paulo – Animais de estimação ajudam no envelhecimento saudável, aponta estudo

 

O Estado de S. Paulo – Empresa lança ‘ovo’ vegano para substituir alimento em receitas

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – ‘Joguei Atari, portanto, não nasci ontem’, diz juiz ao condenar elétrica por danos a produtor de leite

 

O Globo – Cachorros que comem comida de verdade

 

Valor Econômico – Índice de preços de commodities sobe 2,57% em março, informa BC

 

Valor Econômico – Empresas fazem estoques após Trump ameaçar fechar fronteira com México

 

Valor Econômico – BRF vai suspender abate de frango em unidade no Paraná

 

Valor Econômico – África do Sul ameaça elevar tarifa de importação de frango

 

Zero Hora – Ibama investiga causa da morte de mais de 50 aves em Bagé

 

Zero Hora – Vídeo: ursa polar nascida em Berlim recebe nome de time de futebol

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Carne halal e diplomacia: Tereza Cristina recebe árabes para jantar em Brasília

 

Anda – Fundação francesa pede cancelamento de leilão de 300 cães de raça

 

Anda – França é acusada de falhar na proteção de pássaros ameaçados de extinção

 

Anda – Há dois anos, “Os Seis de Saint Louis” escaparam do matadouro e deixaram uma grande lição

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.