TRIBUNAL DERRUBA DECISÃO QUE IMPEDIA EXPORTAÇÃO DE BOI VIVO

//TRIBUNAL DERRUBA DECISÃO QUE IMPEDIA EXPORTAÇÃO DE BOI VIVO
O Tribunal Regional Federal da 3ª Região acatou, no domingo (4), um pedido da Advocacia-Geral da União para derrubar a proibição de exportar animais vivos do país. De acordo com a Folha de S.Paulo, uma liminar do juiz federal Djalma Moreira Gomes, havia ordenado o desembarque de 25,6 mil bois a bordo do navio Nada, atracado no porto de Santos (SP), e a suspensão de qualquer remessa de gado vivo ao exterior. Foi uma resposta a um pedido do Fórum Nacional de Proteção e Defesa do Animal, que alega haver maus-tratos na embarcação. Segundo a AGU, o retorno dos bois ao território nacional demandaria uma operação de 30 dias, 60 pessoas e 820 caminhões. O órgão argumenta que há risco de trazer pragas e doenças ao país. A Justiça pediu o relatório de uma veterinária, que verificou “imensa quantidade de urina e excrementos”. Um laudo do Mapa contesta essa análise, e diz que os currais estão “limpos, bem dimensionados, com piso adequado a movimentação animal”.

“Brasil perderia credibilidade ao reverter exportação de animais”, diz desembargador

Ainda conforme a Folha informou, a decisão do desembargador Fábio Prieto, do TRF-3, argumenta que o Brasil perderia “credibilidade e confiabilidade” ao reverter a exportação dos animais, e que cabe ao Mapa a inspeção dos animais. Com base nisso, pediu o início imediato da viagem do navio. Segundo Blairo Maggi, ministro da Agricultura, o Brasil exporta cerca de 600 mil bois vivos por ano. O destino são países com restrições religiosas ou que não têm estrutura para importar carne congelada. “Podemos garantir que não há maus tratos. É um ativismo meio fora de controle”, diz Maggi à Folha. “Outras empresas podem deixar de comprar do Brasil por causa disso, é um prejuízo comercial intangível”. Ele comemorou a decisão do TRF-3. “Chamamos isso de segurança jurídica. É o governo em defesa dos que produzem neste país”, ressalta Maggi.

Reconhecimento facial de vacas é a nova aposta da Cargil

A Cargill Inc. está apoiando uma startup irlandesa que criou um software de reconhecimento facial para aumentar a produtividade de vacas leiteiras. É o que informa o Estadão. A Cargill adquiriu uma participação minoritária na Cainthus, que utiliza técnicas de imagem e aprendizado de máquina para identificar coletar informações das vacas, desde o seu comportamento até seu apetite, afirmou David Hunt, presidente e co-fundador da Cainthus em uma entrevista por telefone. Hunt disse que sua empresa deu preferência à Cargill em razão da forte presença da companhia no setor agrícola. Nos últimos anos a companhia reformulou algumas operações e aumentou sua presença no campo da tecnologia de cultivo. “Em janeiro anunciou uma parceria com outras empresas para criar um acelerador que identificará novas tecnologias voltadas para os alimentos. A companhia busca avanços obtidos por outros setores que podem ser usados para superar os grandes desafios que a agricultura enfrenta hoje”, enfatiza parte da reportagem.

Mix maior para o etanol no Brasil pressiona cotações futuras de açúcar em NY

O mercado futuro do açúcar fechou a última sexta-feira (2) de olho nas perspectivas da parcela de cana-de-açúcar que o Brasil, maior produtor mundial da commodity, direcionará para a produção de etanol. De acordo com o Portal do Agronegócio, as incertezas quanto ao mix de produção brasileira estão fazendo com que as consultorias revejam suas previsões para a nova temporada, que começará em 1º de abril. Na última semana a FCStone reviu sua estimativa de produção de açúcar no Brasil para 32,4 milhões de toneladas, uma queda de 10% na produção comparada a safra 2017/18 que termina em março. Diante deste cenário os mercados futuros do açúcar vivem em constante volatilidade. “Na última sexta-feira (2), o açúcar demerara negociou em alta em todas as telas da bolsa de Nova York. O mercado interno fechou mais um dia em baixa na última sexta-feira, segundo índices do Cepea/Esalq, da USP”, frisa a notícia.

NA IMPRENSA
Mapa – Novacki lidera missão à Ásia e Oriente Médio em busca de novos mercados

MMA – Prorrogada chamada para novas Salas Verdes

MMA – Ministério quer tornar rio Negro sítio Ramsar

Embrapa – Brasil consome 21,5 milhões de sacas de café em 2017

Câmara dos Deputados – Projeto transforma tenente-coronel Voigt em patrono do controle de tráfego aéreo

Folha de S.Paulo – Trump retira nomeação de cética do clima para conselho ambiental

Folha de S.Paulo – Mercado Aberto – Governo busca atrair investimentos para novas refinarias no país

Folha de S.Paulo – Tribunal derruba decisão que impedia exportação de boi vivo

Folha de S.Paulo – Bancos usam aplicativos para vender investimentos a clientes

Folha de S.Paulo – Gerentes e chefes dispensados tentam se ajustar ao mercado

Folha de S.Paulo – Estamos condenados a nos casar com a China

G1 – Show Rural de Cascavel espera receber 250 mil visitantes em cinco dias

G1 – Show Rural no Paraná abre a temporada de feiras agrícolas no país

G1 – Anemia infecciosa coloca em risco a vida dos cavalos do Pantanal

G1 – Colheita da uva é feita durante a noite no Rio Grande do Sul

G1 – Parte da produção de abacaxi do Triângulo Mineiro é descartada

G1 – Atraso da colheita da soja reduz o plantio do milho safrinha no MT

O Estado de S.Paulo – Reconhecimento facial de vacas é a nova aposta da Cargil

O Estado de S.Paulo – José Roberto Mendonça de Barros – Agronegócio e expansão industrial

O Estado de S.Paulo – Desembarque de carga de bois vivos em Santos pode demorar até 30 dias, diz governo

O Estado de S.Paulo – ANÁLISE: Difícil prever o tom do mapa antes dividido em vermelho e azul

Valor Econômico – Stara, da área de máquinas e implementos, aposta em consórcio 

Valor Econômico – Sumitomo confirma aporte de R$ 39 milhões na Cosan Biomassa 

Valor Econômico – AGU tenta reverter proibição à exportação de bois vivos 

Valor Econômico – China anuncia que investigará importações de sorgo dos EUA

Valor Econômico – Temer e Blairo discutem proibição de exportação de animais vivos 

Valor Econômico – Justiça libera saída de navio com bois no porto de Santos, diz Blairo 

Valor Econômico – Native quer disseminar sua revolução 

Valor Econômico – Um usineiro orgânico e ‘doutrinador’ 

Valor Econômico – Commodities Agrícolas 

Zero Hora – Problemas de gestão e disputas internas aprofundaram crise na Cotrijui

Zero Hora – Cotrijui: de ícone do agronegócio à liquidação judicial

Portal do Agronegócio – Mix maior para o etanol no Brasil pressiona cotações futuras de açúcar em NY

Portal do Agronegócio – Custo para exportação de açúcar em contêiner aumentou 17,4% em dois anos

Portal do Agronegócio – Exportações de carne de frango totalizam 330 mil toneladas em janeiro

Portal do Agronegócio – Mercado baixa estimativa de inflação e eleva previsão de alta do PIB para 2018

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.