TESTE INTERNACIONAL INDICA CONTAMINAÇÃO EM MEDICAMENTO PARA LEUCEMIA IMPORTADO PELO GOVERNO

//TESTE INTERNACIONAL INDICA CONTAMINAÇÃO EM MEDICAMENTO PARA LEUCEMIA IMPORTADO PELO GOVERNO
O teste encomendado pelo Centro Boldrini, referência na América Latina no combate ao câncer infantil, para verificar a eficácia da Leuginase – medicamento chinês importado pelo Ministério da Saúde desde o início do ano para tratamento da Leucemia Linfóide Aguda (LLA) – apresentou resultados preocupantes para os pacientes. O laudo apresentado nesta quinta-feira (4) com exclusividade pelo Jornal Hoje, da TV Globo, apontou que 40% do produto está contaminado por proteínas, o que, segundo especialistas, não garante a eficiência do remédio. “O exame foi realizado por um laboratório americano e é o segundo teste no medicamento encomendado pelo hospital. De acordo com a oncologista e presidente do Boldrini, Silvia Brandalise, a quantidade de proteína presente na Asparaginase, que era o remédio importado pelo Ministério da Saúde antes da troca para o produto chinês, é de 0,5%, o que comprovaria a tese do hospital de que a Leuginase não possui eficácia suficiente para ser aplicada em crianças”, diz o texto publicado pelo G1. O Ministério da Saúde informou que um novo teste no medicamento também será feito pela Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) e que a asparaginase chinesa já é usada em 11 estados brasileiros. De acordo com a pasta, até agora, não houve nenhum efeito diferente do esperado. Além disso, o Ministério da Saúde afirmou, na nota enviada ao G1, que “a compra deste ano seguiu os mesmos critérios técnicos e embasamentos científicos dos anos anteriores”.

Anvisa tem registro recorde de medicamentos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou que em três anos dobrou o número de registros de medicamentos, produtos biológicos e insumos farmacêuticos ativos (IFAs). Em 2016, a Agência concedeu 882 registros, contra 366 no ano de 2014. A agilização da análise desses produtos manteve um ritmo constante, com 773 novos produtos registrados em 2015. Os dados sobre registros de medicamentos, produtos biológicos e de insumos farmacêuticos ativos (IFAs) estão publicados no Relatório de Atividades da Gerência-Geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa. A Gerência-Geral de Medicamentos e Produtos Biológicos (GGMED) é a área da Anvisa responsável por insumos farmacêuticos ativos, medicamentos, produtos biológicos, sangue, tecidos, células e órgãos, pela anuência prévia nos pedidos de patentes de produtos e processos farmacêuticos e pela coordenação das atividades da Comissão da Farmacopeia Brasileira.

Gratuitas, pesquisas clínicas são alternativas para tratamentos contra o câncer

Medicamentos e tratamentos contra o câncer não são baratos, principalmente se o plano de saúde não cobrir e se o Sistema Único de Saúde (SUS) não for uma opção. Existe, no entanto, uma alternativa que nem sempre é lembrada por médicos e pacientes. De acordo com a publicação do site Gazeta do Povo, as pesquisas clínicas, ao contrário do que o senso comum possa imaginar, não transformam ninguém em cobaia, bem pelo contrário. Ou as pessoas recebem o tratamento de ponta, o último a ser estudado no país e no mundo, ou recebem o tratamento tradicional. Com o benefício de ser tudo de graça. “A pesquisa clínica é uma oportunidade para o paciente ter acesso ao tratamento padrão ou até mesmo melhor, sem custo. O Brasil deveria fomentar mais a pesquisa, principalmente no ambiente público, em que o acesso às drogas mais caras e inovadoras é mais difícil”, diz Antonio Buzaid, médico oncologista, membro do Comitê Executivo do Centro Oncológico Israelita Albert Einstein e diretor do Centro Oncológico Antonio Ermírio de Moraes do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

Cientistas criam teste rápido e barato para prevenção e diagnóstico da zika

Um novo teste rápido, eficaz e barato poderá ajudar na prevenção e no diagnóstico da zika, anuncia um novo estudo, publicado na quarta-feira (3) na revista “Science”. Desenvolvido por cientistas da Universidade do Colorado, nos EUA, o método permite detectar a presença do vírus não só em populações de mosquitos, mas também em fluidos humanos como sangue, saliva, urina e sêmen. Com isso, os pesquisadores esperam evitar o uso pesado, caro e desnecessário de inseticidas no combate aos vetores da doença, os mosquitos do gênero Aedes. Reportagem do jornal O Globo destaca que os pesquisadores “amplificaram” genomas de vírus da zika usando uma técnica especializada chamada LAMP, abordagem que se mostrou muito mais sensível do que o método de detecção padrão usado hoje em dia, o qRT-PCR. De acordo com os autores, a praticidade de processamento e o tempo de resposta acelerado do LAMP serão valiosos para a vigilância e o controle do vírus da zika.

SAÚDE NA IMPRENSA
Senado Federal – CAS aprova aposentadoria especial para profissionais de enfermagem

Anvisa – Anvisa tem registro recorde de medicamentos

Fiocruz – Fiocruz firma parceria com agências da ONU para realização de evento sobre zika

Fiocruz – Programação da VideoSaúde dedica o mês de maio aos cientistas

Correio Braziliense – Nova tecnologia dos EUA consegue identificar vírus do zika a baixo custo

O Globo – Dieta sem glúten para pessoas sem doença celíaca pode ser prejudicial

O Globo – Cientistas criam teste rápido e barato para prevenção e diagnóstico da zika

G1 – Prefeitura de Formiga inicia campanha de prevenção contra escorpiões

G1 – Vacinação contra gripe em Campinas está abaixo do esperado, afirma Vigilância

Jornal de Brasília – Ex-secretário de Saúde do Rio é denunciado

Gazeta do Povo – Pesquisas clínicas são alternativas para tratamentos contra o câncer

Digoreste Notícias – Número de produtos registrados pela Anvisa dobra em três anos

Estado de Minas – Drogaria condenada a indenizar cliente por troca de medicamento em Uberlândia

Arquimes Online – Remédio para fibrose pulmonar idiopática pode estar acessível em breve

Visão Cidade – A droga barata que pode evitar um terço das mortes de mulheres após o parto

News Rondônia – Pesquisas médicas ganham destaque internacional

Brejo – Saúde faz recadastramento obrigatório de farmácias no programa Farmácia Popular

Justiça em Foco – Juiz determina que União, Estado e Município de Salvador assegurem tratamento a pacientes renais

Portal Sinal Verde – Presidente da Famem repudia corte de recursos na saúde para municípios

Gazeta Online – Proporção de cesáreas para de crescer, diz Ministério da Saúde

Gazeta Online – Cresce a procura pela inseminação artificial entre as mulheres

O Sollo – Ilhéus distribui repelentes as gestantes

Rede Sul – Dia Nacional da Vacinação contra a gripe será no dia 13 de maio

Folha de Dourados – Oncologia da Santa Casa já é a que mais atende no Estado

Novo Momento – Tiosso cobra fiscalização na venda de chumbinho

Correio do Estado – Ricardo Barros: “Lição de saúde na sala de aula”

R12 Notícias – Silicone com chip começa a ser implantado no Brasil

Metrópoles – TJDFT condena ex-secretário de Saúde por improbidade administrativa

Clique F5 – Anvisa proíbe venda de hambúrguer de marca envolvida na Operação Carne Fraca

Diário da Saúde – Terapia celular contra diabetes não funciona para todos os pacientes

Mix Vale – Fiocruz libera Aedes aegypti com a bactéria Wolbachia para impedir transmissão de doenças

Agência Paraná – Paraná alerta para números alarmantes de intoxicação por medicamentos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.