Setor de logística investe para distribuir vacinas

Home/Informativo/Setor de logística investe para distribuir vacinas

A distribuição de vacinas contra a covid-19 traz mais um desafio para os operadores logísticos que atuam no setor de saúde e na indústria farmacêutica, destacou o Valor Econômico nesta terça-feira (22). A cadeia de suprimentos hospitalares em todo o mundo está acostumada a transportar, distribuir e armazenar vacinas entre 2 graus e 8 graus Celsius, mas, no caso da covid-19, algumas vacinas, como a da Pfizer / BioNTech, exigem temperaturas até 80 graus Celsius negativos. Para evitar perdas, o setor logístico está investindo em soluções de IoT capazes de garantir o monitoramento da temperatura em tempo real, preservando a integridade das vacinas em toda a cadeia de distribuição e armazenamento. A DHL Supply Chain, responsável há mais de uma década pela distribuição em território nacional da vacina da gripe, está se preparando para fornecer soluções com IoT focadas em vacinas que exijam temperaturas em torno de 80 graus Celsius negativos. Marcos Cerqueira, VP de saúde da empresa, ressalta que, embora não haja notícia concreta até o momento no país sobre a importação de vacinas com essas características, os times da empresa no Brasil estão trocando informações com equipes da DHL que atuam nos Estados Unidos e na Europa. No caso específico da vacina da covid-19, ele alerta sobre uma característica da maioria dos aeroportos em todo o mundo. Com formação em engenharia mecatrônica, Arthur Igreja, especialista em tecnologia, inovação e tendências, enxerga as soluções de IoT como aliadas dos operadores logísticos que já lidam com desafios na área de saúde, como o transporte de medicamentos oncológicos. A Embratel, que lançou em junho a solução de IoT para monitoramento de cadeias frias e quentes desenvolvida pela Claro e startup PackID, negocia com secretarias estaduais de saúde. Embora não possa dar detalhes, Eduardo Polidoro, diretor de negócios de IoT da Claro, diz que a ideia é usar a solução para monitorar a temperatura de vacinas em postos de saúde.

Anvisa dá aval à fábrica de insumos da Coronavac na China

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) concedeu a certificação de boas práticas de fabricação à Sinovac para a produção de vacinas e medicamentos. A chinesa é parceira do Instituto Butantan na produção da Coronavac. Segundo a Folha de S.Paulo a vacina, em fase final de testes, poderá ser usada para imunização contra o novo coronavírus e é uma arma contra Covid-19. A certificação foi concedida nesta segunda-feira (21). A etapa é um dos pré-requisitos para a continuidade tanto do processo de registro da vacina da Sinovac quanto de um eventual pedido de autorização de uso emergencial que venha a ser apresentado à agência reguladora. A certificação é válida por dois anos. Uma comissão da Anvisa foi à China para inspecionar a fábrica da Coronavac, entre 2 a 13 de dezembro. Na quarta-feira (16), o Instituto Butantan apresentou um plano de ação à agência reguladora, o que permitiu a conclusão do processo. Com isso, a avaliação técnica da equipe inspetora e a revisão da análise foram realizadas e concluídas pela Anvisa no domingo (20). De acordo com a agência, foi possível antecipar em cerca de 10 dias a previsão inicial da publicação da decisão sobre a certificação. Confiante em uma alta taxa de eficácia da Coronavac, o governo de São Paulo mudou de tática para pressionar a Anvisa a aprovar a vacina contra Covid-19 ainda neste ano. Em vez de divulgar a eficácia em estudo preliminar da sua fase 3, o que seria feito na terça-feira (15), o estado irá esperar até a quarta-feira (23) e apresentar o ensaio completo para pedir o registro definitivo do imunizante chinês na Anvisa. Além disso, em acerto com o fabricante chinês Sinovac, a vacina terá o registro pedido ao mesmo tempo na NMPA (Administração Nacional de Produtos Médicos), a Anvisa do país asiático. A expectativa no governo estadual é que a China conceda o registro definitivo da Coronavac em cerca de três dias. Isso colocará a Anvisa em uma posição difícil, até porque a legislação aprovada em fevereiro sobre o tema a obriga a analisar em até 72 horas qualquer fármaco contra a Covid-19 que tenha aprovação de agência de vigilância americana, europeia, japonesa ou chinesa. Na China, já há uma aprovação emergencial para o uso da Coronavac.

Anvisa aprova RDC para conter Covid-19 nos aeroportos e aeronaves

Nesta segunda-feira (21) a Anvisa informou que foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 456/2020, aprovada pela Diretoria Colegiada da Anvisa (Dicol) com o objetivo de conter a disseminação da Covid-19 em aeroportos e aeronaves. A RDC dispõe sobre as medidas a serem adotadas em virtude da situação de emergência em saúde pública de importância nacional decorrente do surto do novo coronavírus (Sars-CoV-2).  “A presente regulamentação é tanto necessária quanto oportuna, uma vez que o atual cenário epidemiológico nacional e internacional evidencia um aumento no número de casos e óbitos devido ao novo coronavírus. Importante considerar também a proximidade do período de férias escolares e de festas de final de ano, que poderá aumentar a quantidade e fluxo de usuários dos serviços de transporte aéreo no Brasil”, ressalta o relator da matéria, diretor Alex Campos.  Segundo Campos, a RDC regulamenta as medidas preventivas para o enfrentamento e controle da transmissão do vírus em aeroportos e aeronaves, locais normalmente com alto fluxo e concentração de pessoas, com o objetivo de mitigar a disseminação e os riscos de agravos à saúde relacionados ao novo coronavírus e, assim, proteger a saúde dos usuários dos serviços de transporte aéreo no Brasil. diretor ressalta ainda que as medidas não farmacológicas, tais como distanciamento social, isolamento de casos, uso de máscaras, higienização das mãos, limpeza e desinfecção adequadas e frequentes de superfícies e ambientes, têm demonstrado fundamental importância no combate à pandemia. Entre as determinações da RDC 456 destacam-se o uso obrigatório de máscaras faciais no interior dos terminais aeroportuários, meios de transporte e outros estabelecimentos localizados na área aeroportuáriaa impossibilidade de o viajante com suspeita ou com diagnóstico confirmado de Covid-19 embarcar para viagem doméstica ou internacional. A norma estabelece ainda medidas a serem adotadas nos terminais aeroportuários e nas aeronaves e a intensificação dos procedimentos de limpeza e desinfecção nos terminais e meios de transporte. Confira a íntegra da RDC 456/2020. 

Confira a redistribuição de diretorias da Anvisa

Em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (21), a Diretoria Colegiada (Dicol) votou e aprovou por unanimidade a redistribuição de diretorias da Anvisa. De acordo com a decisão, a diretora Meiruze Sousa Freitas deixa a Quarta Diretoria (Dire 4) e assume a Segunda Diretoria (Dire 2). A Dicol também aprovou por unanimidade o nome do servidor Rômison Mota para ocupar temporariamente a Quarta Diretoria (Dire 4) como diretor substituto, mantendo completo o quadro de diretores da Anvisa.As mudanças foram feitas com base na Lei das Agências (Lei 13.848/2019) e na prerrogativa da própria Dicol de efetuar a redistribuição das diretorias, conforme previsto no regimento interno do órgão. A alteração também está de acordo com o disposto no artigo 10 da Lei 9.986, de 18 de julho de 2000, que prevê: “Durante o período de vacância que anteceder a nomeação de novo titular do Conselho Diretor ou da Diretoria Colegiada, exercerá o cargo vago um integrante da lista de substituição”. A redistribuição já foi oficializada por meio da publicação da RDC 457, de 21 de dezembro de 2020, no Diário Oficial da União (D.O.U.). As demais diretorias continuam como estavam, com o diretor-presidente Antonio Barra Torres na Primeira Diretoria (Dire 1), Cristiane Rose Jourdan Gomes na Terceira Diretoria (Dire 3) e Alex Machado Campos no Quinta Diretoria (Dire 5).

SAÚDE NA IMPRENSA

Agência Câmara – Projeto define regras para compra de vacina contra covid-19 com verba federal

Agência Câmara – Projeto obriga seguradoras a pagar seguro de vida mesmo diante de pandemia

Agência Câmara – Comissão discute programa de vacinação contra a covid-19

Agência Câmara – Câmara aprova projeto que exige sigilo sobre condição de pessoa com HIV

Agência Câmara – Projeto obriga governo a garantir vacinação gratuita de todos os brasileiros até metade de 2021

Agência Câmara – Projeto destina valores recuperados pela Lava Jato à compra de vacinas contra Covid-19

Agência Câmara – Câmara aprova MP que autoriza acesso a consórcio de vacinas contra Covid-19

Agência Senado – Projeto torna crime omissão à vacinação e propagação de notícia falsa sobre vacina

Anvisa – Anvisa adota medidas de precauções em voos do Reino Unido

Anvisa – Confira a redistribuição de diretorias da Anvisa

Anvisa – Anvisa publica certificação de Boas Práticas de Fabricação da Sinovac

Anvisa – Anvisa suspende indeferimento de petições de 22/12 a 8/1

Anvisa – Anvisa aprova RDC para conter Covid-19 nos aeroportos e aeronaves

Agência Saúde – Brasil registra 6.286.980 milhões de pessoas recuperadas

Agência Saúde – Saúde aprova 60 projetos com foco nas pessoas com deficiência e pacientes com câncer

Agência Saúde – Caso de H1N2 é registrado no Paraná

Jota – Empresas podem obrigar seus funcionários a se vacinarem contra a Covid-19?

Jota – O Antivacina: a burocracia como um mecanismo de desincentivo à vacinação

Agência Brasil – Brasil tem 7,26 milhões de casos de covid-19 e 187,2 mil mortes

Agência Brasil – Baixada Santista pede apoio para ações contra covid-19 no fim de ano

Correio Braziliense – Pandemia agrava o risco de depressão em grávidas, aponta estudo

Folha de S.Paulo – Anvisa começa a inspecionar voos vindos do Reino Unido

Folha de S.Paulo – A mutação do novo coronavírus no Reino Unido e o que sabemos sobre ela; ouça podcast

Folha de S.Paulo – Entraremos a década nova ainda aprendendo a lidar com a Covid-19

Folha de S.Paulo – Anvisa dá aval à fábrica de insumos da Coronavac na China

Folha de S.Paulo – Colômbia excluirá venezuelanos irregulares de vacinação contra a Covid-19

Folha de S.Paulo – Nova linhagem da Covid parece mais transmissível, mas não deve afetar vacinas, dizem especialistas

Folha de S.Paulo – Com alta da Covid-19, Califórnia quase não tem mais leitos de UTI

Folha de S.Paulo – Brasil passa de 187 mil mortes pela Covid-19 com média móvel de óbitos crescente

Folha de S.Paulo – Brasileira vacinada contra Covid-19 nos EUA diz ter recebido ‘uma injeção de esperança’

Folha de S.Paulo – Joe Biden toma vacina contra a Covid-19 ao vivo na TV

Folha de S.Paulo – Mais de 40% dos espanhóis afirmam querer tomar vacina contra Covid-19, aponta pesquisa

Folha de S.Paulo – Agência dá ok a vacina contra Covid da Pfizer e abre caminho para aval da Comissão Europeia

O Estado de S.Paulo – Alinhado ao Planalto, Kassio ganha afagos de Bolsonaro e críticas de colegas no STF

O Estado de S.Paulo – Por que as escolas ficaram no fim da fila da retomada na pandemia? 

O Estado de S.Paulo – Doria confirma interesse de prefeito de Betim na compra da Coronavac

O Estado de S.Paulo – Plano de saúde vai aumentar 8,14% em 2021. Veja como se organizar e pagar a conta

O Estado de S.Paulo – Colômbia não vacinará centenas de milhares de venezuelanos em situação irregular

O Estado de S.Paulo – O mundo precisa da Aliança Global de Vacinas

O Estado de S.Paulo – Depois de um osso quebrado, o risco de uma segunda fratura

O Estado de S.Paulo – Pelo Brasil, em defesa do SUS no Congresso

O Estado de S.Paulo – Especialistas divergem sobre volta obrigatória das aulas presenciais

O Estado de S.Paulo – Anvisa concede certificado de boas práticas à fábrica da vacina Coronavac na China

O Estado de S.Paulo – ‘Impacto de mutação do vírus será contrabalanceado por vacina’, diz ex-BC

O Estado de S.Paulo – Mutação do novo coronavírus deixa bolsas em alerta

O Estado de S.Paulo – Corrida por voluntários para teste de vacina da J&J na América Latina acaba em decepção

O Estado de S.Paulo – Não há conhecimento suficiente sobre imunidade para deixar de vacinar quem já teve covid-19

O Estado de S.Paulo – Nova cepa do coronavírus não está fora de controle, afirma a OMS

O Globo – Os planos de saúde e os outros sinais de alerta para a inflação

O Globo – Em protesto virtual, cem entidades de ciência e saúde pedem que debate sobre vacina seja ‘despido’ de posições partidárias

O Globo – França começará vacinação contra Covid-19 no domingo, diz ministro da Saúde

G1 – Sérvia recebe primeiro lote da vacina da Pfizer/BioNTech

G1 – Maturidade ativa: como prevenir e tratar problemas oculares para enxergar bem por muito tempo

G1 – Nova variante do coronavírus atinge mais as crianças? O que os cientistas sabem até agora

G1 – OMS convoca reunião sobre nova variante do coronavírus, diz chefe da agência na Europa

G1 – 4 pontos para entender a reinfecção por Covid-19, agora confirmada no Brasil

G1 – Anvisa começa a fiscalizar voos vindos do Reino Unido

G1 – BioNTech afirma que pode fornecer em seis semanas vacina adaptada a mutação do vírus

G1 – Suécia só agora passa a recomendar uso de máscaras à população

G1 – Mudanças na alimentação, terapia e exercícios físicos: mulheres alteram rotina para driblar o cansaço mental na pandemia

G1 – EUA superam 18 milhões de casos de Covid-19, apontam dados da Johns Hopkins

G1 – Anvisa certifica fábrica da Sinovac na China, responsável pela produção da CoronaVac

G1 – Câmara aprova projeto que torna obrigatório sigilo de dados de pessoas que vivem com HIV

G1 – Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 da farmacêutica Moderna são aplicadas nos EUA

G1 – Reino Unido: Como coronavírus saiu do controle e antecipou ‘claustrofobia’ do Brexit

G1 – Butantan diz que terceira e última fase de testes da CoronaVac foi concluída e resultado será enviado à Anvisa

G1 – Presidente da BioNTech diz que variante do coronavírus não deve interferir na eficácia da vacina

G1 – Diretor da OMS diz que nova variante do coronavírus não está ‘fora de controle’, mas bloqueios são prudentes

G1 – ‘O olhar aflito do paciente procura os nossos’: o desabafo de psicóloga sobre casos de Covid-19 que repercutiu nas redes

G1 – Ainda não há evidências de que nova variante aumente a gravidade da Covid-19, diz OMS

G1 – União Europeia autoriza uso da vacina da Pfizer e BioNTech

Valor Econômico – BioNTech diz que vacina deve funcionar contra a nova cepa do coronavírus

Valor Econômico – Setor de logística investe para distribuir vacinas

Valor Econômico – Campinas pretende ser laboratório vivo

Valor Econômico – Empresas querem furar fila da vacina

Valor Econômico – Nova cepa leva pandemia a nova fase

Valor Econômico – Prefeitos querem garantir aquisição de vacina

Valor Econômico – Biden toma vacina contra covid-19 da Pfizer/ BioNtech

Valor Econômico – Maia diz não ver interesse do governo em pautar CBS ou suspender recesso em janeiro

Valor Econômico – EUA: Empresas pressionam Estados a priorizar funcionários na fila de vacina

Valor Econômico –  “Politização Doria-Bolsonaro sobre vacina serve a mundinho dos dois”

Valor Econômico – Dasa anuncia compra do Hemat, terceira aquisição em 15 dias

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »