Serviço de Inspeção Federal (SIF) registra aumento na emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal

//Serviço de Inspeção Federal (SIF) registra aumento na emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal
No mês de agosto, foram realizados 94 turnos adicionais de abate requisitados de forma emergencial pelos abatedouros frigoríficos de aves, bovinos e suínos registrados junto ao Serviço de Inspeção Federal (SIF), informou o Mapa nesta terça-feira (15). Os dados constam do 6º Relatório de Atividades do Serviço de Inspeção Federal. Segundo o levantamento, em agosto/2020 foram emitidos 43.529 certificados sanitários para produtos de origem animal, o que representa um aumento de 39% em comparação a agosto/2019. Assim como em julho/2020, em agosto/2020 permaneceu o elevado número de solicitações de Licenças de Importação (LI) de produtos de origem animal para avaliar se são provenientes de empresas e países que não contenham restrições sanitárias. O total de LIs analisadas em agosto foi de 5.544, com tempo médio de análise de 2,8 dias. Estão registrados no SIF 3.320 estabelecimentos de produtos de origem animal nas áreas de carnes e produtos cárneos, leite e produtos lácteos, mel e produtos apícolas, ovos e pescado e seus produtos derivados, além de 2.999 estabelecimentos de produtos destinados à alimentação animal. Desde a publicação do Decreto 10.282, de 2020, que definiu as atividades de inspeção de produtos de origem animal e certificação sanitária como essenciais para a sobrevivência, a saúde e a segurança da população, o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA/SDA/MAPA) vem adotando medidas administrativas para a manutenção das atividades exercidas pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF). Com isso, desde o início da pandemia por Covid-19, o SIF continuou trabalhando para garantir o abastecimento interno de produtos de origem animal para consumo humano e de produtos destinados à alimentação animal. Outro destaque para o mês de agosto foi a publicação do Decreto 10.468, de 18 de agosto de 2020, que alterou o Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA). Na primeira semana após a publicação do decreto, foram realizadas pelo DIPOA um total de 12 apresentações transmitidas ao vivo por meio de redes sociais para esclarecer os principais pontos de mudança. Essas apresentações contaram com a presença de mais de 5 mil participantes ao vivo, e os vídeos disponibilizados no canal da Enagro já somaram mais de 27,2 mil visualizações.

Em aliança, agronegócio e ONGs apresentam a Bolsonaro medidas para conter desmatamento na Amazônia

Uma coalizão formada por 230 representantes do agronegócio, de entidades não-governamentais (ONGs) e outros setores apresentou nesta terça-feira (15) ao presidente Jair Bolsonaro e demais autoridades federais um pacote de seis ações a serem adotadas para buscar a redução rápida e permanente do desmatamento no Brasil, especialmente na área na Amazônia Legal. Segundo o G1, o documento com as ações encaminhado a Bolsonaro, obtido pela “Reuters”, sugere que a redução do desmatamento no curto prazo – “em alguns meses” é de fundamental importância para o país. “Não somente pelo avanço das perdas socioambientais envolvidas, mas também pela ameaça que a destruição florestal na região impõe às questões econômicas nacionais. Há uma clara e crescente preocupação de diversos setores da sociedade nacional e internacional com o avanço do desmatamento”, disse. Diante da “gravidade da situação atual”, foi formada a Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, que congrega, por exemplo, a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), dois dos maiores frigoríficos de carne bovina do país, a JBS e Marfrig, a WWF Brasil e o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam). Dentre as seis ações contra o desmatamento, foram sugeridas: retomada e intensificação da fiscalização, com rápida e exemplar responsabilização pelos ilícitos ambientais identificados; suspensão do Cadastro Ambiental Rural (CAR) que incide sobre florestas públicas e responsabilização por eventuais desmatamentos ilegais; destinação de 10 milhões de hectares à proteção e uso sustentável; concessão de financiamentos sob critérios socioambientais; total transparência e eficiência às autorizações de supressão da vegetação; suspensão de todos os processos de regularização de imóveis com desmatamento após julho de 2008. No documento, o grupo ainda destacou mobilizações inéditas de investidores e empresários anunciadas nas últimas semanas. O vice-presidente Hamilton Mourão e dirigentes do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal também foram incitados a agir para acabar com o desmatamento da Amazônia. Procurada, a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) não respondeu a pedido do comentário da “Reuters” sobre o documento.

Portaria permite captura da sardinha-laje por embarcações pesqueiras

A Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou nesta terça-feira (15) uma portaria que permite a inclusão da sardinha-laje (Opisthonema oglinum) no rol de espécies da Autorização de Pesca Complementar das embarcações que capturam sardinha-verdadeira como alvo. Anteriormente, a sardinha-laje estava permissionada para ser capturada pelos barcos que têm permissão para captura da sardinha-verdadeira apenas como fauna acompanhante previsível – que são os peixes que estão na mesma área de captura da espécie alvo e que sua captura não pode ser evitada. Porém, a sardinha-verdadeira e a sardinha-laje possuem aspectos físicos e de comportamento muito semelhantes e muitas vezes vinha mais sardinha-laje do que sardinha-verdadeira. Para o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Jr., a portaria é um importante passo em prol da segurança jurídica e produtividade das quase 200 embarcações do Sudeste/Sul da frota sardinheira. “A medida beneficia, diretamente, mais de 20 mil pessoas que fazem dessa atividade sua fonte de renda e emprego. Além disso, proporciona a manutenção das atividades de diversas indústrias enlatadoras pelo Brasil. Produtividade subsidiada pela ciência e de mãos dadas com a sustentabilidade”, diz o secretário. Segundo a SAP, apesar de não haver nenhuma normativa que disponha sobre proporcionalidade entre a espécie alvo e as espécies da fauna acompanhante previsível, estava ocorrendo autuações nos barcos que estavam com carga maior de sardinha-laje do que de sardinha-verdadeira. Após tratativas com o setor pesqueiro, pesquisadores e Ibama, foi definido que a melhor alternativa seria inserir a sardinha-laje no rol de espécies da Autorização de Pesca Complementar das embarcações que capturam sardinha-verdadeira como alvo. Assim, os pescadores terão segurança jurídica para trazerem sardinha-laje em qualquer proporção. Ainda de acordo com a SAP, a medida não deverá aumentar o esforço de pesca sobre a sardinha-laje, já que ela já era capturada por essa frota.

Setembro Vermelho faz alerta sobre a prevenção de doenças cardíacas em cães

Neste mês será realizada mais uma edição do Setembro Vermelho. Iniciativa da Elanco Saúde Animal, em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária, o projeto alerta para a necessidade de realizar exames preventivos para proteger a saúde dos cachorros e evitar doenças cardíacas, destacou o portal Anda nesta quarta-feira (16). O amor de um cão por seu tutor é incondicional, algo tão imensurável que talvez pareça ser impossível retribuir a altura. Quem tem um cachorro sempre pensa em como agradá-lo e mimá-lo, mas não é raro encontrar quem se esqueça dos cuidados preventivos com a saúde do melhor amigo. Muitos tutores só levam o animal ao veterinário quando surge um problema visível, mas o correto é cuidar da saúde do cachorro preventivamente. O foco da campanha, no entanto, não são apenas os tutores, mas também os veterinários. Referência no tratamento de doenças cardíacas e renais em animais, a Elanco aposta no Setembro Vermelho como forma de abordar os problemas do coração com grande ênfase e assim ressaltar a importância da detecção e tratamento precoces. De acordo com a gerente de Marketing da Área Pet da Elanco Saúde Animal para América Latina, Bruna Tadini, os produtos da empresa garantem alta qualidade e eficácia na resposta ao tratamento. As metas principais dessa campanha são levar aos consultórios e lares a conscientização para o diagnóstico precoce de doenças do coração e alertar que esse é o melhor caminho para um tratamento mais eficaz e com resultados mais promissores. Para promover uma vida longa e saudável aos animais, todo cuidado e atenção são primordiais, pois possibilitam a prevenção ou detecção precoce das alterações cardíacas importantes. Os cães mais vulneráveis às doenças do coração são normalmente os mais idosos e de pequeno porte, mas vale ressaltar que essa patologia também pode acometer também os cães de médio e grande porte. Durante todo o mês, o público pode conhecer mais sobre a campanha e as doenças cardíacas no site da Elanco. Os médicos veterinários têm acesso exclusivo a uma coletânea de sons cardíacos, feita para auxiliar no diagnóstico e conversa com os tutores. No dia 22 de setembro, às 20h00, ocorrerá a webinar para médicos veterinários “Atualizações da Doença Valvar Crônica de Mitral em Cães” com o Dr. Ronaldo Jun. Para se inscrever gratuitamente, clique aqui. Em 29 de setembro, Dia Mundial do Coração, a Elanco promoverá uma live aberta a todos os interessados no perfil @elancopets, por meio da qual o Dr. Marlos Gonçalves conversará com tutores, veterinários e estudantes da área, tirando dúvidas sobre o assunto.

NA IMPRENSA
Folha de S.Paulo – Réplica: salmão de cultivo possui muito ômega 3, diz associação

G1 – Valor da arroba do boi gordo chega a R$ 227 no interior de RO; veja cotação

G1 – Tailandeses soltam milhares de patos em arrozal para combater pragas; veja vídeo

G1 – Em aliança, agronegócio e ONGs apresentam a Bolsonaro medidas para conter desmatamento na Amazônia

G1 – Animais silvestres são resgatados na Zona Sul de Porto Alegre

G1 – Projeto transforma renda de material reciclável em alimento para pets resgatados

G1 – CPI dos animais passa na frente da investigação da pandemia

G1 – Voluntários ajudam a salvar animais dos incêndios no Pantanal

Mapa – SIF registra aumento na emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal

Mapa – Portaria permite captura da sardinha-laje por embarcações pesqueiras

Embrapa – Projeto divulga produtos derivados de leite de cabra e ovelha para incentivar consumo

Agrolink – Brasil suspende compras de carne suína da Alemanha após caso de peste africana

Agrolink – Exportações de carne bovina cresceram em setembro, na comparação anual

Agrolink – Boi gordo: mercado comprador

Agrolink – Alemanha encontra mais javalis mortos

Anda – Ação humana e as mudanças climáticas estão causando aumento do nível do mar

Anda – Macacos sequestrados por traficantes são salvos e passam por reabilitação

Anda – Gato é resgatado após queimar as patinhas em incêndio na Califórnia

Anda – Menino cria vínculo especial galinhas e canta canções de ninar para as aves

Anda – Comercial sobre veganismo é visto por milhões de pessoas em Israel

Anda – Polícia combate crueldade animal em operação contra o tráfico de marfim

Anda – Projeto busca captar até R$ 150 mil para salvar animais vítimas de queimadas no Pantanal

Anda – Setembro Vermelho faz alerta sobre a prevenção de doenças cardíacas em cães

Anda – Pantanal: animais que sobrevivem ao fogo ficam sem alimento em habitat devastado

Giro do Boi – Por que a pelagem de touros Nelore escurece e fica acinzentada?

Giro do Boi – Completando 119 anos, Ituiutaba-MG foi de capital do arroz a polo de pecuária

Canal Rural – China importa cada vez mais produtos agropecuários do Brasil

Canal Rural – Exportação segue puxando preços domésticos do boi gordo

Canal Rural – Carne bovina: Abrafrigo teme restrições comerciais estudadas por outros países

SBA – Emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal cresce 39%

Noticias Agrícolas – Rabobank aponta novas oportunidades para proteína animal na China no pósCovid-19 e PSA

Noticias Agrícolas – Minerva/Ticle: Athena Foods será principal veículo de crescimento se negócio com Spac ocorrer

Noticias Agrícolas – Abrafrigo pede ao governo esforços em negociações comerciais e diplomáticas para evitar colapso no setor exportador
______________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »