SEM ATUAÇÃO EFETIVA, FRENTES PARLAMENTARES PROLIFERAM NO CONGRESSO

//SEM ATUAÇÃO EFETIVA, FRENTES PARLAMENTARES PROLIFERAM NO CONGRESSO
O número de frentes parlamentares mais do que dobrou nos primeiros meses da 56ª legislatura, em comparação com o mesmo período da anterior. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, até o dia 8 de abril, foram oficializados 94 grupos parlamentares no Congresso, contra 42 criados em 2015. O alto número tem virado motivo de “resmungos” entre os parlamentares mais velhos nos corredores do Congresso. Eles reclamam que boa parte das frentes criadas não tem atuação efetiva e dizem que a criação de blocos cada vez mais específicos pode diminuir o poder de pressão em vez de aumentá-lo. Há hoje no Congresso, por exemplo, duas frentes diferentes em defesa dos animais, ambas criadas em 11 de fevereiro. Contudo, a doutora em ciência política pela Universidade de São Paulo (USP), Graziella Testa, afirmou que a alta renovação do Congresso em 2019 e a concentração de poder nos partidos impulsionam a criação desses grupos. “Tem muito a ver com o papel dos novatos, que estão tentando se inserir no processo Legislativo. A atuação no plenário de um deputado que não faz parte do alto clero, que não é líder, é muito diminuta. E as comissões têm pouca visibilidade, então ele busca outras formas de fazer chegar ao seu eleitor que está trabalhando”, diz a pesquisadora. “Ela aponta uma terceira razão para as frentes: com a falta de regulamentação do lobby, as frentes viram a ponte entre a sociedade civil e o Congresso, já que muitos grupos são criados com apoio de empresas ou entidades”, destaca a matéria.

As Frentes Parlamentares também atuam fora do Congresso

O jornal Folha de S. Paulo destacou que frentes poderosas, como a ruralista e a evangélica, seguem com sua agenda represada em um Congresso focado em projetos econômicos, como a reforma da Previdência. Porém, para contornar o bloqueio, os grupos têm atuado mais no Executivo de Jair Bolsonaro. Com isso, a atuação das frentes tem se deslocado para fora do Congresso. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, por exemplo, levou para o ministério uma das bandeiras da frente dos médicos, que visa criar uma carreira federal para a profissão, similar à de juízes. Segundo a doutora em ciência política pela Universidade de São Paulo (USP), Graziella Testa, a mudança se dá porque os grupos parlamentares são muito difusos e não controlam os votos de seus membros como as siglas, que possuem líderes designados no Congresso e detêm poderes de sanção sobre deputados rebeldes. “Nem todas as frentes com atuação forte, porém, seguem o mesmo caminho em direção ao Executivo”, afirma Testa.

Defensivos agrícolas encurtam vida e mudam comportamento das abelhas

Nova pesquisa sobre efeito dos agrotóxicos em abelhas mostrou que um tipo de inseticida, mesmo quando usado em doses não letais, encurtou o tempo de vida dos insetos em até 50%. É o que informa o jornal Correio Braziliense. Os pesquisadores observaram ainda que uma substância fungicida considerada inofensiva para abelhas mudou o comportamento das operárias, deixando-as letárgicas, o que pode comprometer o funcionamento de toda a colônia. O estudo, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de São Paulo (Fapesp), investiga o fato, já conhecido, de que diversas espécies de abelhas estão desaparecendo no mundo todo. Os testes de toxicidade de agrotóxicos foram realizados em concentrações realistas, como as encontradas residualmente no pólen das flores. Os pesquisadores disseram que os agrotóxicos em grandes concentrações dizimariam colmeias quase imediatamente, mas ressaltaram que o objetivo do estudo é descobrir a ação residual dos agrotóxicos sobre as abelhas, mesmo em concentrações muito baixas e teoricamente não letais. “No Brasil, o fenômeno tem sido observado pelo menos desde 2005 e está diretamente ligado ao uso de agrotóxicos”, afirma o professor Osmar Malaspina, pesquisador do Centro de Estudos de Insetos Sociais do Instituto de Biociências da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp).

Bolsonaro diz que negociou com ministro do Meio Ambiente ‘uma limpa’ no Ibama e no ICMBio

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (29), em uma feira do agronegócio em Ribeirão Preto (SP), que negociou com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, “uma limpa” no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Conforme o portal do G1, os dois órgãos são vinculados ao Ministério do Meio Ambiente e dividem o trabalho de fiscalização e preservação ambiental. Nos últimos meses, Ricardo Salles vem promovendo mudanças na estrutura dos dois institutos. As mudanças anunciadas pelo ministro do Meio Ambiente levaram neste mês a quatro pedidos de demissão de gestores do ICMBio, entre os quais o então presidente do órgão, Adalberto Eberhard. No discurso que fez na abertura oficial da Agrishow, Bolsonaro contou que vibrou com a nomeação de militares ligados a batalhões ambientais para os postos de comando do ICMBio. “O presidente da República disse ainda aos produtores rurais que mandou o ministro do Meio Ambiente alterar o processo de fiscalização, para que antes de multarem, os fiscais de órgãos ambientais repassem orientações sobre a legislação ambiental”, informa a notícia.

NA IMPRENSA
Anvisa – Nota orienta sobre comércio de tintas com ação saneante

Embrapa – Embrapa vai lançar na Agrishow plataforma voltada ao mercado de tecnologias em agricultura digital

Embrapa – Programa de rádio da Embrapa fala da contribuição da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta para a pequena propriedade no Maranhão

Embrapa – Lançamento de aplicativo do feijão e cultivar de arroz resistente a herbicida são destaques no primeiro dia da ExpoTec 2019

Embrapa – Cobertura de inverno no controle de plantas daninhas

Embrapa – Conexão Ciência debate produção do biodiesel no Brasil

Embrapa – Expotec Embrapa/Senar apresenta ações para a pecuária no segundo dia de evento

Embrapa – Plataforma de agricultura digital, ILPF em realidade virtual e trilha de adoção da AP são novidades da Embrapa na Agrishow

Embrapa – Embrapa demonstra uso da ressonância magnética em alimentos, em tempo real, na Agrishow

Embrapa – Balanço Social da Embrapa mostra alto impacto da pesquisa agrícola para o País

Embrapa – Trilha para adoção da agricultura de precisão será demonstrada pela primeira vez na Agrishow

Embrapa – Agricultores participam de avaliação de 42 cultivares de mandioca para o Amapá

Embrapa – Vencer desinformação é maior desafio para produção de orgânicos

Embrapa – Alunos de Engenharia Agronômica fazem curso de Microbiologia Agrícola na Embrapa

Embrapa – Prosa Rural: Projeto Compostar desenvolve fertilizante orgânico em Goiás

Embrapa – Prosa Rural: Boas práticas na colheita e processamento do mel de abelhas

Mapa – Em Uberaba, ministra defende aperfeiçoamento do programa RenovaBio

Mapa – “O produtor brasileiro não é transgressor do meio ambiente”, afirma ministra

MMA – Dia da Caatinga é celebrado neste domingo

Alesp – Políticas de agricultura e meio ambiente são discutidas em audiência

Alesp – Cobrança por contrapartidas de empresas aéreas

Câmara dos Deputados – Relações Exteriores debate acordo entre Mercosul e União Europeia

Câmara dos Deputados – Comissão pode votar hoje MP sobre regularização ambiental

Câmara dos Deputados – Plenário pode votar MP que cria estatal de navegação aérea NAV Brasil

Câmara dos Deputados – Comissão de Agricultura participa de feira agropecuária em São Paulo

Câmara dos Deputados – Comissão externa discute crise socioambiental no Pará

Correio Braziliense – Servidores se mostram preocupados com futuro do Ministério do Meio Ambiente

Correio Braziliense – Opinião: O gigante agronegócio precisa crescer ainda mais

Correio Braziliense – Bolsonaro pede redução dos juros do Banco do Brasil para crédito rural

Correio Braziliense – Agrotóxicos encurtam vida e mudam comportamento das abelhas

Folha de S. Paulo – Sem atuação efetiva, frentes parlamentares proliferam no Congresso

Folha de S. Paulo – PIB do agronegócio cai, mas Agrishow acredita em otimismo contagiante

Folha de S. Paulo – O potencial do agro paulista para atrair investimentos

Folha de S. Paulo – Milícias já oferecem serviços como aterros e consultas médicas

Folha de S. Paulo – Avianca cancela mais de 1.300 voos até 2 de maio; veja lista

G1 – Ministro rebate cientistas que pedem à Europa que relação com o Brasil seja condicionada à proteção ambiental

G1 – Continuidade de tempo bom deve levar Brasil a ter safrinha recorde de milho em 2018/19

G1 – Com a participação de ministra, perspectivas para o agronegócio são discutidas na Expozebu em Uberaba

G1 – Produtores paulistas colhem safra de algodão

G1 – Plantio de trigo começa no Paraná com expectativa de aumento da produção

G1 – Produtividade do café conilon cresce em Rondônia, mas preço preocupa agricultores

G1 – Calor no sul da Bahia prejudica qualidade do mamão

G1 – Investimento em tecnologia deve aumentar produção de cana-de-açúcar em MT sem ampliar área plantada

G1 – Agrishow 2019 prevê R$ 2,9 bilhões em negócios com foco em conectividade e inovação

G1 – Bolsonaro diz que negociou com ministro do Meio Ambiente ‘uma limpa’ no Ibama e no ICMBio

G1 – Ministra da Agricultura anuncia mais R$ 500 milhões para financiamento de máquinas agrícolas

G1 – Aerolíneas, Latam e Azul cancelam voos de terça-feira na Argentina

O Estado de S. Paulo – Avanço de economias da Ásia promete reaquecer commodities agrícolas e favorecer Brasil

O Estado de S. Paulo – Ministro Ricardo Salles corta 24% do orçamento do Ibama

O Estado de S. Paulo – México espera que petróleo renove setor energético

O Estado de S. Paulo – Migrantes fogem de nova ameaça: a mudança climática

O Estado de S. Paulo – Poloneses temem pelo futuro de floresta atacada por praga

O Estado de S. Paulo – Boeing teria desligado função de segurança sem avisar companhias aéreas, diz jornal

O Estado de S. Paulo – Greve geral faz Aerolíneas cancelar voos

O Estado de S. Paulo – Caramuru passa ao largo da crise da tabela do frete

O Estado de S. Paulo – Cargill planeja nova fábrica no Brasil

O Estado de S. Paulo – Turismo sustentável: curtindo as férias sem prejudicar o meio-ambiente

O Globo – Cade vê com preocupação mudanças na MP que abre aviação a capital estrangeiro

Valor Econômico – Acionistas reprovam decisões da diretoria da Bayer

Valor Econômico – Ministra diz que fim de recursos para financiamentos é boa notícia

Valor Econômico – Embrapa está preparada para iniciar novo ciclo, diz presidente

Valor Econômico – Economistas calculam que IGP-M desacelerou a 0,87% em abril

Valor Econômico – Margens brutas tendem a ser positivas para soja e milho

Valor Econômico – Agricultores antecipam aquisição de sementes

Valor Econômico – Defensivos biológicos avançam rapidamente

Valor Econômico – Lideranças demandam aumento de subsídio para o seguro rural

Valor Econômico – Excesso de oferta mundial afeta preço do café

Valor Econômico – Mercado prevê retomada das cotações do açúcar

Valor Econômico – Etanol deve seguir com valores competitivos em relação à gasolina

Valor Econômico – Fertilizantes seguem curva de crescimento

Valor Econômico – Tecnologia aquece venda de máquinas

Valor Econômico – Déficit na infraestrutura complica escoamento da safra

Valor Econômico – Commodities têm projeção de queda

Valor Econômico – Produtor aguarda volume de crédito mais “realista”

Valor Econômico – Receita e lucro da Cargill no Brasil cresceram em 2018

Valor Econômico – Agtechs refletem maturidade do campo

Zero Hora – Gisele Loeblein – Participação de Bolsonaro na Agrishow marca reencontro com setor que o apoiou

__________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.