Saúde da Família ganha reforço com inclusão de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

Home/Informativo/Saúde da Família ganha reforço com inclusão de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

Saúde da Família ganha reforço com inclusão de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

A atuação de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais na Estratégia Saúde da Família (ESF) foi reafirmada com a Lei nº 14.231 sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (29), anunciou o Ministério da Saúde. Os profissionais poderão atuar de maneira multidisciplinar com as equipes que atuam na Atenção Primária à Saúde (APS), âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) que busca promover saúde, prevenir o agravamento de doenças e ofertar cuidado integral em todas as etapas da vida. A Estratégia Saúde da Família é como o Ministério da Saúde organiza a assistência da Atenção Primária no país. O princípio básico da atuação das equipes é levar o cuidado ao cidadão e à família perto de onde mora ou trabalha. As equipes multiprofissionais são importantes para o desempenho da APS do município. Ao gestor municipal caberá definir a melhor forma de inserção e de participação desses profissionais na estratégia, levando em consideração as necessidades de saúde da população. A Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde está elaborando Nota Técnica para instruir os gestores sobre a medida.

Médico nomeado para chefiar Programa Nacional de Imunizações é dispensado antes de assumir posto

Vinte e três dias após ser nomeado para coordenar o Programa Nacional de Imunizações (PNI), cargo estratégico do Ministério da Saúde, o médico pediatra Ricardo Queiroz Gurgel foi informado nesta quinta-feira (28), que não vai mais assumir o posto, informou o Estado de S. Paulo. Defensor da vacinação em adolescentes e contrário ao tratamento com ’kit covid’, o médico disse ter ficado sabendo por um funcionário da pasta que seria dispensado, mas sem qualquer explicação do motivo. ’Agora vou voltar para casa’, afirmou ele em entrevista ao Estadão. A nomeação do pediatra foi assinada pelo ministro Marcelo Queiroga e publicada no Diário Oficial da União do dia 6 de outubro. Gurgel, porém, nunca chegou a exercer o cargo efetivamente.

Frente parlamentar em defesa da cannabis quer remédio com canabidiol no SUS e planeja experimento com plantio

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) lançou, no último dia 20, a primeira frente parlamentar em defesa da cannabis medicinal do país. Formado por 21 parlamentares de 12 partidos, o grupo busca a aprovação de um projeto de lei que obriga o governo estadual a distribuir de graça, para pacientes que não têm como pagar, medicamentos à base de canabidiol que já têm autorização da Agência Nacional de Vigilância Santária (Anvisa), informou o Globo. Também estão no radar da frente a realização de pesquisas sobre medicamentos e a aprovação de uma licença para testar o plantio da planta da maconha em pequena escala. O experimento serviria para medir a arrecadação com impostos da produção dos remédios e o impacto social da sua produção. O projeto sugerido pela frente parlamentar não prevê qualquer relação com o uso da cannabis como droga recreativa. Os defensores do PL argumentam que a reserva de uma fatia do orçamento para a compra desses remédios evita o sofrimento das famílias que têm como única alternativa terapêutica esses medicamentos. Além disso, traria economia aos cofres públicos, por evitar a judicialização e permitir uma compra antecipada. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Após atrasos, entrega de vacina própria da Fiocruz segue sem previsão 

A entrega da vacina da AstraZeneca de produção totalmente nacional pela Fiocruz segue sem previsão concreta, assim como sem definição a respeito da quantidade a ser fabricada no país, informou a Folha de S. Paulo. Após uma série de atrasos no processo, a fundação passou a estimar as entregas para o último trimestre de 2021, mas sem especificar a data. Inicialmente, a distribuição da vacina produzida a partir do IFA (ingrediente farmacêutico ativo) nacional estava prevista para começar em agosto, somando 110 milhões de doses até dezembro. Porém, a assinatura do contrato de transferência de tecnologia com o laboratório AstraZeneca, que deveria ter ocorrido em dezembro de 2020, foi adiada para fevereiro, depois abril e maio, e acabou acontecendo apenas em junho deste ano. Com isso, a conclusão dos dois primeiros lotes com IFA nacional por Bio-Manguinhos (Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos) aconteceu somente no final de setembro. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Veja outras notícias

Anvisa
Anvisa define protocolos sanitários para navios de cruzeiro

Anvisa
Anvisa realiza oficinas sobre alimentos “plant-based”

Anvisa
Nota: reunião sobre vacina entre a Anvisa e a Janssen

Anvisa
Anvisa aprova mais um produto medicinal à base de Cannabis

Anvisa
Anvisa recebe submissão contínua de vacina contra Covid-19 em formato de spray

ANS
Deliberações da 560ª Reunião da Diretoria Colegiada

Agência Saúde
Saúde da Família ganha reforço com inclusão de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

Agência Senado
Senadores entregam relatório final da CPI da Pandemia ao presidente do STF

Agência Senado
Congresso Nacional terá iluminações especiais para apoiar três causas distintas

Agência Senado
Senado vai analisar novas regras para a certificação de entidades beneficentes

Agência Senado
Agora é lei: Saúde da Família, do SUS, deve ter fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

Agência Senado
Criada frente parlamentar para acompanhar desdobramentos da CPI da Pandemia

Agência Senado
Aprovada criação de sistema para controlar distribuição e estoque de medicamentos

Agência Senado
Aprovado Dia Nacional da Criança Traqueostomizada

Agência Câmara
Comissão discute situação de portadores de doença genética ocular

Agência Câmara
Pesquisador pede apoio para desenvolvimento de vacina que protege grávida e bebê dos efeitos da cocaína

Agência Câmara
Comissão debate denúncia sobre testes em pacientes com Covid-19 sem autorização da Anvisa

Agência Câmara
Especialistas recomendam o uso de máscaras mesmo com o avanço da vacinação

Agência Câmara
Câmara aprova novas regras para a certificação de entidades beneficentes

Agência Brasil
Ministério prorroga campanha multivacinação em crianças e adolescentes

Agência Brasil
Esquistossomose: pesquisa indica possibilidade de produção de vacina

Correio Braziliense
Coordenador no Ministério da Saúde é dispensado antes de assumir cargo

Folha de s. Paulo
ONG oferece mamografia gratuita para mulheres com mais de 40 anos em SP

Folha de s. Paulo
Sensação de exclusão pode acarretar problemas de saúde mental a pessoas com deficiência, afirma psicólogo

Folha de s. Paulo
Após atrasos, entrega de vacina própria da Fiocruz segue sem previsão

O Estado de S. Paulo
As verdades da CPI sobre a saúde no Brasil

O Estado de S. Paulo
Pelo menos 44% das mortes de crianças são por doenças evitáveis, diz estudo

O Estado de S. Paulo
Médico nomeado para chefiar Programa Nacional de Imunizações é dispensado antes de assumir posto

O Globo
Frente parlamentar em defesa da cannabis quer remédio com canabidiol no SUS e planeja experimento com plantio

O Globo
Antidepressivo reduz riscos de hospitalização por Covid-19 em 32%, aponta estudo

Valor Econômico
G-20 promete apoio à produção de vacinas de RNA no Brasil

G1
Diretores da Anvisa recebem ameaças para negar uso da vacina contra a Covid em crianças

G1
Bocavírus, parainfluenza, VSR e rinovírus têm alta de casos entre crianças que estavam isoladas;
entenda cenário e cuidados

G1
Médico de Sergipe Ricardo Queiroz Gurgel diz que foi exonerado da coordenação do Programa Nacional de Imunizações

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »