EM 3 MESES, MAIS MÉDICOS TEM 1.052 DESISTÊNCIAS APÓS SAÍDA DE CUBANOS

//EM 3 MESES, MAIS MÉDICOS TEM 1.052 DESISTÊNCIAS APÓS SAÍDA DE CUBANOS

Cerca de 15% dos médicos brasileiros que entraram no Mais Médicos após a saída dos cubanos desistiram de participar do programa nos primeiros três meses. Dados obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo apontam que ao menos 1.052 médicos que assumiram entre dezembro de 2018 e janeiro deste ano já deixaram as vagas. Ao todo, 7.120 brasileiros ingressaram nas duas primeiras rodadas de seleção abertas após o fim da participação de Cuba no Mais Médicos. Além desses, a previsão era que outros 1.397 médicos, todos brasileiros formados no exterior, iniciassem atividades até o fim da última semana. O balanço dessas adesões ainda não foi divulgado. Segundo o ministério, o tempo médio de permanência dos dois primeiros grupos de profissionais variou de uma semana a três meses. Os principais motivos relatados aos municípios para a saída foram a busca por outros locais de trabalho e por cursos de especialização e de residência médica. “Embora desistências já fosse esperadas, o registro de saídas dos médicos em menos de três meses de trabalho preocupa secretários de saúde. Isso porque, diante da possibilidade anunciada pela nova gestão de mudanças no Mais Médicos, ainda não há data prevista para reposição das vagas”, afirma a notícia.

 

Expectativa de vida sobe 5,5 anos no mundo entre 2000 e 2016, diz relatório da OMS



Entre os anos 2000 e 2016, a expectativa de vida global aumentou em 5,5 anos, de 66,5 para 72 anos, de acordo com um relatório de estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgado nesta quinta-feira (4). Segundo a OMS, a expectativa de vida continua sendo fortemente afetada pela renda. Em países onde a renda é menor, a expectativa de vida é 18,1 anos mais baixa do que países em mais ricos. Conforme publicação do jornal do G1, o relatório aponta ainda que a expectativa de vida das mulheres é maior do que a dos homens em todo o mundo. A diferença é ainda maior nos países mais desenvolvidos. Nos países em que a população tem menos acesso a serviços de saúde, a distância na expectativa de vida dos homens e das mulheres é menor. Mortes ligadas à maternidade são mais frequentes onde falta acompanhamento médico adequado. Nos países menos desenvolvidos, 1 em cada 41 mulheres é vítima de “morte maternal”, ou seja, causada por complicações na gravidez e no parto. Além disso, 99% dessas mortes ocorrem em países em desenvolvimento. Em mais de 90% dos países de baixa renda, há menos de quatro enfermeiros ou obstetras para cada 1 mil pessoas. Já em países desenvolvidos, essas complicações são raras: 1 em cada 3,3 mil mulheres morrem por problemas ligados à maternidade. Segundo a OMS, as mortes maternais poderiam ser reduzidas “garantindo que as mulheres tenham acesso a serviços de saúde de alta qualidade durante e depois do parto, e maior acesso a métodos modernos de contracepção”.

 

França proíbe vários modelos de implantes mamários por risco de câncer



A França proibiu por medida de precaução vários modelos de implantes mamários suspeitos de promover uma forma rara de câncer, anunciou nesta quinta-feira (4) a Agência Nacional de Produtos Sanitários (ANSM). De acordo com o jornal Correio Braziliense, apesar da decisão, a agência não recomenda às mulheres que portam estes modelos a retirá-los. A decisão, aplicada a menos de 30% de todos os implantes mamários comercializados na França, tem como objetivo “reduzir a exposição das mulheres aos implantes mais texturizados e ásperos, que são um fator de risco”, afirmou à AFP Christelle Ratignier-Carbonneil, subdiretora geral da ANSM. A autoridade de controle sanitário adotou a decisão “ante um aumento significativo desde 2011 dos casos de linfoma anaplásico de células grandes associado ao uso de implantes mamários”. Desde 2011, das 500.000 mulheres com implantes mamários na França foram registrados 56 casos desta forma rara, mas agressiva, de câncer, que se manifesta com maior frequência por um vazamento de líquido ao redor da prótese. Quase todos os casos envolviam mulheres com próteses texturizadas. Três delas morreram. Esta textura é a principal causa da detecção do linfoma anaplásico de células grandes (LAGC). “Os outros modelos proibidos são os implantes de macrotexturizados ou de poliuretano fabricados pela Arion, Sebbin, Nagor, Eurosilicone e Polytech”, informa o jornal.

 

Tráfico de anabolizantes está ‘fora de controle’, diz presidente de associação



O presidente da Confederação Brasileira de Musculação e Fisiculturismo, Maurício de Arruda Campos, disse nesta quarta-feira (3) durante audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), que o poder público perdeu o controle sobre o tráfico de anabolizantes nas academias brasileiras. É o que informa a Agência Senado. A reunião teve como objetivo discutir denúncias de doping em treinamentos e competições. O país tem mais de 30 mil estabelecimentos com 14 milhões de praticantes de atividades físicas. “O tráfico de anabolizantes dentro das academias está completamente fora de controle. A moçada mais nova perdeu a noção de tempo. O corpo que um fisiculturista demoraria 10 ou 15 anos para conseguir eles querem conquistar em poucos meses. E o poder público não está fazendo absolutamente nada para mudar”, afirmou. Ele destacou que o uso de drogas para a “melhoria de performance” é um problema de todos os esportes. O presidente da CAS, senador Romário (Pode-RJ), foi o autor do requerimento para a audiência pública. Ele anunciou que vai pedir aos órgãos de segurança que impeçam a realização de eventos de fisiculturismo que se recusem a fiscalizar o doping ou o uso de substâncias anabolizantes. “O advogado Alexandre Dias Bortolato, representante da IFBB no Brasil, denunciou a participação de médicos, nutricionistas e treinadores em um esquema de aliciamento de atletas para o doping e, também, sugeriu a aprovação de um projeto de lei para criminalizar essa prática”, destaca a matéria.

 

 

SAÚDE NA IMPRENSA

ANS – ANS divulga Relatório Anual de Gestão 2018

 

ANS – Câmara de Saúde Suplementar realiza primeira reunião de 2019

 

Anvisa – Prêmio Nobel de Química de 2016 fará palestra na Anvisa

 

Fiocruz – Inscrições para Curso de Especialização em Pneumologia Sanitária vão até 7/5

 

Fiocruz – História da vigilância sanitária e controle de qualidade é tema de seminário (4/4)

 

Ministério da Saúde – DSEI Kaiapó do Pará realiza ação de combate à tuberculose

 

SUS Conecta – Rio de Janeiro sediou oficina sobre Orçamento e Financiamento no SUS

 

SUS Conecta – OPAS reafirma a importância da Atenção Primária no Dia Mundial da Saúde

 

SUS Conecta – Parlamentares apoiam realização da 16ª Conferência Nacional de Saúde

 

Alesp – Unidades de saúde são inauguradas em Arujá

 

Alesp – Atenção às pessoas com transtorno do espectro autista

 

Alesp – Lei poderá trazer apoio psicológico a alunos e profissionais da educação

 

Câmara dos Deputados – Câmara recebe ato de lançamento da 16ª Conferência Nacional de Saúde

 

Câmara dos Deputados – Adiada votação da medida que viabiliza empréstimos do FGTS para Santas Casas

 

Câmara dos Deputados – Câmara aprova prioridade para autistas em tramitação de processos

 

Câmara dos Deputados – Senador Marcelo Castro será o presidente da CMO

 

Câmara dos Deputados – Câmara aprova projeto que encarrega União de coordenar política de proteção a autistas

 

Câmara dos Deputados – Osmar Terra defende expansão da licença-maternidade para um ano

 

Senado Federal – Tráfico de anabolizantes está ‘fora de controle’, diz presidente de associação

 

Senado Federal – Lucas Barreto propõe vinculação de matrícula escolar a carteira de vacinação em dia

 

Senado Federal – Comissão de MP que muda Lei de Proteção de Dados Pessoais aprova plano de trabalho

 

Senado Federal – CDH aprova laço colorido para indicar prioridade a pessoas com autismo

 

Senado Federal – Cadastro-Inclusão pode identificar pessoas com deficiência em concursos

 

Senado Federal – Avança exigência de laudo psicológico para revogar prisão de agressor de mulher

 

Correio Braziliense – Uma em cada cinco mortes no mundo está relacionada com a má alimentação

 

Correio Braziliense – França proíbe vários modelos de implantes mamários por risco de câncer

 

Correio Braziliense – Programa SOS DF totaliza 44 mil ações em três meses de governo

 

Correio Braziliense – Associação busca atletas para paraolimpíadas escolares, em novembro

 

Folha de S. Paulo – Pela 1ª vez, mundo tem ‘mais avós do que netos’

 

Folha de S. Paulo – Como prevenir e curar infecção urinária?

 

Folha de S. Paulo – Julio Abramczyk – Você sente dor nos pés?

 

Folha de S. Paulo – Família de Lula deve ir à Justiça contra hospital que vazou boletim de Arthur

 

Folha de S. Paulo – Em 3 meses, Mais Médicos tem 1.052 desistências após saída de cubanos

 

Folha de S. Paulo – Relatório revela gravidade da crise de saúde na Venezuela

 

G1 – Como bactérias que carregamos no intestino podem influenciar nosso peso

 

G1 – Expectativa de vida sobe 5,5 anos no mundo entre 2000 e 2016, diz relatório da OMS

 

G1 – Música eletrônica reduz picadas e reprodução do mosquito Aedes aegypti, aponta estudo

 

G1 – Staphylococcus aureus: entenda o que é a bactéria que pode causar sepse, a infecção generalizada

 

O Estado de S. Paulo – O que é a Staphylococcus aureus, bactéria que levou à morte do neto de Lula

 

O Estado de S. Paulo – Dengue infecta 9 mil pessoas, causa 12 mortes e bate recorde em Bauru

 

O Estado de S. Paulo – Senado aprova Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Raquel recorre por prisão de empresários acusados de desvios na saúde do Rio

 

O Estado de S. Paulo – Dia Mundial da Saúde é comemorado com games de exercícios físicos no Parque do Povo

 

O Globo – Cientistas temem que chikungunya repita febre amarela e se instale em florestas

 

O Globo – Fast food mata mais do que cigarro e pressão alta, diz estudo

 

O Globo – Cientistas temem que chikungunya repita febre amarela e vire epidemia

 

O Globo – Poluição encurta vida de crianças em 20 meses, diz estudo global

 

Zero Hora – Cientistas descobrem proteína que ajuda a manter a pele jovem e sem imperfeições

 

Zero Hora – Transmissores ou de grupo de risco, crianças e adolescentes têm vacina gratuita para meningite C

 

Zero Hora – Insegurança deixa mais um posto de saúde sem atendimento na Restinga

 

Mais Goiás – Projeto visa aquisição gratuita de medicamentos em farmácias da rede privada

 

Panorama Farmacêutico – Canabidiol na mira da indústria e nas gôndolas

 

Panorama Farmacêutico – MPF processa médico por desviar medicamentos do HUSE

 

Panorama Farmacêutico – Tumores ósseos surgem com mais frequência em crianças, adolescentes e idosos

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.