POLÊMICA, REFORMA DO SUS SERÁ DEBATIDA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

//POLÊMICA, REFORMA DO SUS SERÁ DEBATIDA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

A colunista Cláudia Collucci do jornal Folha de S. Paulo destacou que a polêmica reforma do SUS volta a ser tema de debate nesta quinta (4), em audiência pública a partir das 9h30 na Câmara dos Deputados. As propostas constam em relatório do Banco Mundial, divulgado em 2018 em seminário realizado pela Folha. O documento aponta áreas de ineficiência no sistema público de saúde brasileiro e mostra caminhos para o país evitar desperdícios na ordem de R$ 22 bilhões por ano. Entre as medidas estão a expansão de equipes da ESF (Estratégia Saúde da Família), a criação de redes de saúde para prover os municípios pequenos na média e alta complexidade e a integração digital de dados em saúde. A consolidação desse tripé é tida como fundamental não apenas para melhorar a eficácia mas também para garantir a sustentabilidade do SUS. Algumas dessas medidas, porém, têm um custo político até agora evitado. Embora já existam no país iniciativas nesse sentido, elas, em geral, não conversam com o conjunto de toda a rede de assistência. O fato de a proposta de reforma do SUS ser discutida na Câmara dos Deputados é uma ótima oportunidade para debater outro importante fator de desorganização e de ineficiência do SUS: as emendas parlamentares que dão a deputados e senadores acesso a verbas públicas que são distribuídas em bases eleitorais. “Ainda que se pesem as críticas que o relatório do Banco Mundial tem recebido, a discussão ganha importância neste momento em que algumas das propostas encontram eco em promessas da atual gestão do Ministério da Saúde”, destaca a coluna.

 

Estudo encontra relação entre bactérias do intestino e câncer colorretal



Um novo estudo realizado por pesquisadores do A.C.Camargo Cancer Center, Universidade de São Paulo (USP) e Universidade de Trento, na Itália, apontou relação entre o câncer colorretal e alterações na microbiota intestinal. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, por meio da análise de sete estudos sobre o tema utilizando softwares, os especialistas chegaram a 16 bactérias que podem indicar a presença da doença nos pacientes. O achado, publicado nesta segunda-feira (1º), no periódico científico Nature Medicine, poderá ser uma ferramenta no futuro para diagnósticos mais precisos e como base para estabelecer medidas preventivas. O especialista diz que o câncer colorretal é de crescimento lento e, quando diagnosticado precocemente, tem alto potencial de cura. Ele explica que os resultados não devem fazer com que exames invasivos, como a colonoscopia sejam substituídos pela técnica, mas que ela pode se tornar mais um meio de tornar o diagnóstico mais preciso. Thomas afirma que a pesquisa também pode oferecer caminhos para a prevenção da doença. “Identificamos que a presença de uma enzima degradadora de colina, um nutriente que está presente na gordura e na carne vermelha, estava mais abundante nos pacientes com câncer colorretal. Isso cria um link de como deve ser a alimentação de quem quer evitar a doença.”

 

Obesidade aumenta risco de câncer no pâncreas, segundo pesquisa



Aumentou a lista dos tipos de câncer associados à obesidade. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), tumores de mama, endométrio, rim, fígado, próstata, bexiga, esôfago e colorretais têm relação com o excesso de peso. Conforme o jornal Correio Braziliense, um estudo apresentado recente no Encontro Anual da Sociedade Norte-Americana de Pesquisa em Câncer (AACR), em Atlanta, inclui o de pâncreas entre aqueles cujo risco é aumentado pelo índice de massa corporal elevado. No Brasil, o câncer pancreático é responsável por cerca de 2% dos tumores oncológicos e 4% das mortes associadas, diz o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Globalmente, o índice é 3% e, embora a prevalência seja baixa, a doença é preocupante porque, difícil de diagnosticar precocemente, acaba sendo bastante letal, com taxa de sobrevivência de cinco anos após a descoberta de apenas 8,5%. “Por esses estudos, a influência da obesidade não seria suficiente para explicar completamente os aumentos recentes nas taxas de câncer de pâncreas”, diz Eric J. Jacobs, principal autor do estudo e diretor científico de pesquisa epidemiológica da AACR. Porém, ele afirma que a maior parte desses trabalhos baseavam-se no peso registrado em idades mais avançadas, o que geralmente só reflete a gordura corporal acumulada mais tarde na vida, sem influenciar tanto o risco de um tumor. “Agora, os pesquisadores investigaram se a obesidade no início da idade adulta poderia ter uma associação mais forte com a probabilidade de se desenvolver a doença”, enfatiza a notícia.

 

A esperança fora de alcance para muitos meninos com distrofia muscular de Duchenne



Lucas tinha cinco anos quando seus pais, Bill e Marci Barton, de Grand Haven, Michigan, finalmente tiveram uma explicação para a dificuldade dele de ficar em pé ou subir escadas. O diagnóstico: distrofia muscular. É o que informa o jornal Zero Hora. Bill Barton foi pesquisar no Google. Então, descobriu um motivo de esperança. Pela primeira vez, há ensaios clínicos testando tratamentos que podem realmente interromper a progressão da doença. O problema, porém, como Bill Barton logo descobriu, é que os critérios de inscrição são tão restritivos que, no fim, poucas crianças se qualificam. Mesmo para os pais cujo filho se qualifica, a boa notícia pode ser seguida de escolhas agonizantes de vida ou morte. Os pesquisadores estão testando uma estratégia chamada exon skipping: colocar uma “atadura molecular” sobre uma mutação minúscula de um gene grande. Também testam o teste de terapia genética, no qual os cientistas tentavam inserir um novo gene que produz a distrofina. Mas descobriram que a terapia genética pode ser irreversível. A terapia genética e a edição de genes dependem de um vírus desativado para efetuar o tratamento. Uma vez exposto a esse vírus, o corpo produz anticorpos contra ele. De acordo com Kristin Stephenson, vice-presidente de política e defesa da Associação de Distrofia Muscular (MDA, na sigla em inglês), os testes de drogas estão procurando 2.500 pacientes. “Os experimentos geralmente exigem testes funcionais, incluindo um que mede a distância que um menino pode andar em seis minutos, ou a rapidez com que se levanta quando está deitado”, informa a matéria.

 

 

SAÚDE NA IMPRENSA

ANS – Dia Mundial da Saúde: ANS orienta operadoras a promoverem a atividade física

 

Anvisa – Publicado edital de chamamento para stents coronários

 

Anvisa – Anvisa tem novo modelo regulatório

 

Anvisa – Participe da Consulta Pública sobre produtos biológicos

 

Fiocruz – Inscrições para Especialização Multiprofissional em Imunizações e Saúde do Viajante vão até 15/4

 

Fiocruz – Dia Nacional da Segurança do Paciente: a importância da prática

 

Ministério da Saúde – Agentes Indígenas de Saúde e de Saneamento passam por qualificação no DSEI Parintins

 

SUS Conecta – Dia Mundial da Saúde 2019: Saúde universal, para todas e todos, em todos os lugares

 

Alesp – Janaina Paschoal comenta projeto voltado para gestantes

 

Alesp – Participação em entrega de UBS e mutirão de saúde em Guararema

 

Câmara dos Deputados – Seguridade debate relatório do Banco Mundial sobre o SUS

 

Câmara dos Deputados – Sessão solene celebra dia de conscientização sobre o autismo

 

Senado Federal – Projeto garante a pacientes direito de recusar procedimentos de suporte à vida

 

Senado Federal – Paim se solidariza com vítimas de ciclone na África e cobra ações para mitigar mudanças climáticas

 

Senado Federal – Políticas públicas em favor de autistas serão votadas pela CDH em abril, anuncia Paim

 

Senado Federal – Reguffe presta contas de suas emendas parlamentares ao Orçamento de 2019

 

Correio Braziliense – Psicólogo Carlos Molina fala sobre terapia familiar

 

Correio Braziliense – Instabilidade em sistemas dificulta acesso ao Fies e ao Farmácia Popular

 

Correio Braziliense – Água, combustível e remédios ficam mais caros e pesam no bolso

 

Correio Braziliense – Dia Mundial da Conscientização do Autismo: o preconceito ainda persiste

 

Correio Braziliense – Estudante da Escola Classe da 106 Norte é picado por escorpião

 

Correio Braziliense – Obesidade aumenta risco de câncer no pâncreas, segundo pesquisa

 

Folha de S. Paulo – SP confirma primeiro caso de sarampo após quase quatro anos sem registro da doença

 

Folha de S. Paulo – Prefeitura de Santo André descarta meningite como causa da morte de neto de Lula

 

Folha de S. Paulo – Contra sorriso metálico, aparelhos transparentes atraem adultos, mas a alto custo

 

Folha de S. Paulo – Cláudia Collucci – Polêmica, reforma do SUS será debatida na Câmara dos Deputados

 

G1 – Com 6,7 mil casos, RJ reúne mais da metade dos casos de chikungunya do país

 

G1 – RJ teve 1,3 mil PMs afastados por problemas psicológicos em 2018

 

G1 – Lixo e água acumulados às margens de rodovias ajudam a espalhar a dengue

 

G1 – Cientista recebe medalha por pesquisa sobre Alzheimer e Parkinson

 

G1 – Dia Mundial do Autismo: meninas autistas podem estar deixando de receber tratamento por falta de diagnóstico correto

 

G1 – ‘Sofri dez abortos, mas não desisti e consegui dar à luz meu filho’

 

G1 – Número de alunos com autismo em escolas comuns cresce 37% em um ano; aprendizagem ainda é desafio

 

G1 – Moçambique registra mais de mil casos de cólera após passagem de ciclone

 

G1 – Parte das padarias de SP anuncia que não vai mais vender cigarros por causa de assaltos e impostos

 

O Estado de S. Paulo – Tratamento de câncer de próstata deve focar paciente

 

O Estado de S. Paulo – Consumir álcool na adolescência prejudica o cérebro, diz estudo

 

O Estado de S. Paulo – Estudo encontra relação entre bactérias do intestino e câncer colorretal

 

O Estado de S. Paulo – Tata Werneck fala sobre sua doença relacionada à gravidez: ‘Não há romantismo, há amor’

 

O Estado de S. Paulo – Vencer Limites – ChatTEA, o Whatsapp para autistas

 

O Estado de S. Paulo – O novo desafio da dengue

 

O Estado de S. Paulo – Vencer Limites – 40 respostas sobre direitos do autista

 

O Estado de S. Paulo – Fantoche eletrônico desperta maior interesse entre crianças autistas

 

O Estado de S. Paulo – Inclusão de autistas esbarra na falta de empregos, despreparo de professores e rejeição dos jovens

 

O Estado de S. Paulo – Ser Mãe – É comum que os pais ‘puxem os filhos’ para que não fiquem perto de uma criança autista

 

O Globo – Artigo: Prevenção reduz o peso da saúde das organizações

 

O Globo – Diagnóstico e tratamento do autismo: dificuldades enfrentadas por pacientes e suas famílias

 

O Globo – Pat Cleveland é diagnosticada com câncer e faz ‘vaquinha’ para bancar tratamento

 

O Globo – Por que é importante consultar o dentista antes de fazer uma cirurgia

 

Zero Hora – A esperança fora de alcance para muitos meninos com distrofia muscular de Duchenne

 

Zero Hora – Liminar suspende acordo para implantar DIU hormonal em adolescentes abrigadas de Porto Alegre

 

Zero Hora – Em transplante inédito no Estado, menina de 11 meses recebe fígado de doador de apenas 19 dias

 

Zero Hora – São Leopoldo tem segunda morte por meningite confirmada em 21 dias

 

Panorama Farmacêutico – Alanac quer rever norma de precificação de remédios

 

Panorama Farmacêutico – Anvisa facilita fabricação e importação de dispositivos médicos de baixo risco

 

Panorama Farmacêutico – Eurofarma cresce 18% e bate recorde de market share em receituário

 

Panorama Farmacêutico – Farmacêutico clínico reduz complicações causadas por medicação

 

Panorama Farmacêutico – Mulheres estão mais expostas a doenças cardiovasculares

 

___________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.