RESOLUÇÃO QUE PERMITE APLICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS POR CIRURGIÕES-DENTISTAS É ALVO DE DISPUTA NA JUSTIÇA

//RESOLUÇÃO QUE PERMITE APLICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS POR CIRURGIÕES-DENTISTAS É ALVO DE DISPUTA NA JUSTIÇA

Uma briga na área da saúde, iniciada na Justiça em 2016, foi reacesa neste mês em todo o Brasil após o Conselho Federal de Odontologia (CFO) criar uma resolução, em janeiro, autorizando cirurgiões-dentistas a aplicarem toxina botulínica, popularmente conhecida como botox, em pacientes para fins estéticos. Conforme o jornal Zero Hora, a decisão revoltou entidades médicas, que entraram com ação civil pública para impedir o aumento do escopo na atuação dos dentistas. Para o Conselho Federal de Medicina (CFM) e outras entidades, procedimentos estéticos invasivos devem ser aplicados apenas por quem estudou Medicina. Desde 2016, as duas profissões brigam na Justiça. O último capítulo foi em 29 de janeiro, quando o conselho de odontologia publicou a Resolução 198/2019. O documento busca regular prática feita há anos em consultórios de cirurgiões-dentistas, diz o presidente do CFO, Juliano do Vale. Até então, dentistas podiam aplicar botox apenas para corrigir problemas de saúde. Com a resolução, os profissionais também podem atuar em preenchimentos, bichectomia e laserterapia. “A ação do CFM e outras entidades, defende que a formação do dentista em universidades ensina apenas a tratar doenças, e não questões estéticas. Caberia apenas a médico fazer uso da técnica”, afirma a notícia.

 

Vírus da chikungunya chegou ao país um ano antes de ser detectado por sistema de saúde



Detectado no país pela primeira vez em 2014, o vírus da chikungunya entrou no Brasil mais cedo do que estimava o sistema de vigilância em saúde pública. Pesquisadores da Fiocruz e da Universidade de Columbia, nos EUA, concluíram que a enfermidade já existia em território nacional entre 2012 e 2013. De acordo com o jornal O Globo, o levantamento foi realizado a partir de exames de amostras de sangue coletadas pela Fiocruz entre 2016 e 2017. Segundo a Fiocruz, a intenção da pesquisa é “auxiliar na tomada de decisões em saúde pública baseada em evidências, uma vez que o resultado leva a crer que pacientes foram diagnosticados erroneamente no país, sobretudo no Rio, por todo esse período de não identificação novo vírus”. Um método usado pela Universidade de Columbia avaliou novamente 40 amostras que deram resultados positivos para a enfermidade e negativos para dengue e zika. Catorze representavam datas específicas do período de 15 meses antes e foram analisadas posteriormente pela tecnologia desenvolvida na instituição americana. “Thiago Moreno Lopes e Souza, pesquisador do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), viu uma correlação entre a divergência do DNA e a data de coleta das amostras. Isso significa que o vírus da chikungunya teria chegado antes no país”, destaca o jornal.

 

Boatos sobre alimentos que curam ou causam câncer são desmentidos em cartilha do Inca



O portal do G1 destacou que para desmentir boatos ou “fakes” sobre alimentos e dietas que podem curar o câncer, o Instituto Nacional do Câncer (Inca), vinculado ao Ministério da Saúde, lançou uma cartilha que esclarece quatro boatos. O guia “Dietas Restritivas e Alimentos Milagrosos Durante o Tratamento do Câncer: Fique fora dessa!”, aborda informações incorretas que circulam em mensagens nas redes sociais, especialmente no WhatsApp. Os boatos são: carboidratos aumentam o tumor; quimioterapia é ineficaz para quem come carboidrato; proteínas de origem animal aumentam o tumor; e cogumelo do sol, noni, graviola, chá de graviola e chá verde curam o câncer. Os boatos são muitas vezes atribuídos a médicos que não existem e propagam falsas premissas científicas. A nutricionista Gabriela Villaça, responsável pela cartilha do Inca, diz que o instituto percebeu um aumento na circulação desse tipo de boato nos últimos três anos. A nutricionista conta que não são raros os casos de pacientes que fazem mudanças drásticas em suas dietas por conta de informações falsas propagadas nas redes sociais. “Além das mudanças na alimentação, as correntes de WhatsApp com informações incorretas também podem provocar estresse psicológico nos pacientes”, informa a nota.

 

Novo personagem da Turma da Mônica terá doença rara



Edu é um portador da Distrofia Muscular de Duchenne (DMD), uma doença genética rara caracterizada pela deterioração muscular progressiva. Ele também é o novo personagem das histórias da Turma da Mônica: em uma parceria entre a empresa Serepta Therapeutics e a Mauricio de Sousa Produções, o novo personagem contará a sua história no novo projeto editorial “Cada passo importa”. É o que informa o jornal Folha de S. Paulo. “Por meio de histórias cheias de aventura com os personagens da Turma, queremos aproximar o Edu do dia a dia das crianças que enfrentam a Distrofia Muscular de Duchenne diariamente. É um personagem especial que veio para divertir e inspirar”, diz Maurício de Sousa. Fábio Ivankovich, diretor-geral da Sarepta, afirma que o objetivo deste projeto é disseminar informações sobre a doença. “Precisamos chamar a atenção principalmente para a importância do diagnóstico precoce”, diz. “De uma forma lúdica e por meio das histórias com o Edu, temos como intuito fomentar o assunto, valorizar o respeito aos pacientes com DMD e estimular a boa convivência com os amigos na escola e no lazer.”

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Fiocruz – Conheça a programação da semana no Canal Saúde 

 

Fiocruz – Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência na Fiocruz

 

Fiocruz – Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência na Fiocruz Minas

 

Fiocruz – Pesquisadora de Burquina Faso passa por treinamento na Fiocruz

 

Ministério da Saúde – Saúde faz levantamento inédito para acompanhar gravidez em escolares

 

Ministério da Saúde – Vai pular Carnaval? Lembre-se de manter a vacinação em dia

 

Ministério da Saúde – Santa Catarina terá R$ 30,4 milhões para ampliar ações de saúde

 

Alego – Projeto de Diego Sorgatto quer adaptação de balcões para atendimento a cadeirantes

 

Alego – Governadoria veta alterações na jornada de trabalho de servidores com deficiência

 

Alego – Governador veta realização de teste cariótipo na rede pública de saúde

 

Alesp – Verba para a saúde de Cajobi

 

Alesp – Alesp homenageia médicos transplantadores

 

Câmara dos Deputados – Projeto exige que shoppings e supermercados ofereçam atendimento em Libras

 

Câmara dos Deputados – Policiais e bombeiros militares podem ter exame psicológico obrigatório para ingresso na carreira

 

Câmara dos Deputados – Aprovada urgência para novas regras sobre trabalho insalubre de gestante

 

Câmara dos Deputados – Aprovada urgência para projeto que cria prêmio Nise da Silveira sobre saúde mental

 

Senado Federal – Projeto extingue plano de saúde especial de senadores e ex-senadores

 

Senado Federal – Plínio Valério pede que vacinação contra a gripe seja antecipada em Manaus

 

Correio Braziliense – Nova pesquisa indica que sal pode induzir reação alérgica

 

Correio Braziliense – Países desenvolvidos reduzem emissão de dióxido de carbono

 

Folha de S. Paulo – Futuro a distância

 

Folha de S. Paulo – Novo personagem da Turma da Mônica terá doença rara

 

Folha de S. Paulo – O que é ‘depressão sorridente’ e por que ela é tão perigosa

 

Folha de S. Paulo – Suzana Herculano-Houzel – Por que isquemias cerebrais causam perda de memória?

 

Folha de S. Paulo – Cláudia Collucci – Reforma da Previdência ignora descompasso entre vida longa e vida saudável

 

G1 – Pesquisadores desenvolvem ‘agulha inteligente’

 

G1 – Boatos sobre alimentos que curam ou causam câncer são desmentidos em cartilha do Inca

 

G1 – Sintomas de depressão: por que a versão atípica da doença é tão perigosa

 

G1 – Casos de dengue no Brasil aumentam 149% em comparação com 2018

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Superbactérias, superaliados e supervilões

 

O Estado de S. Paulo – Cientistas revelam descoberta de câncer em fóssil de dinossauro

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Telemedicina: um avanço inevitável para o Brasil

 

O Estado de S. Paulo – ECOando – Olhando para o potencial, empresa capacita e contrata pessoas com deficiência intelectual

 

O Estado de S. Paulo – A sociedade que condena a amamentação em público só reconhece a mulher como objeto sexual

 

O Globo – Vírus da chikungunya chegou ao país um ano antes de ser detectado por sistema de saúde

 

Zero Hora – A hemodiálise é um modo de vida para muitos pacientes idosos. Mas talvez não devesse ser

 

Zero Hora – Procedimentos estéticos viram caso de Justiça entre médicos e dentistas

 

Panorama Farmacêutico – CRF quer presença de farmacêuticos 8 horas por dia nos estabelecimentos

 

Panorama Farmacêutico – Genéricos chegam aos 20 anos com 33,7% do mercado

 

Panorama Farmacêutico – Importação direta do canabidiol é vitória para pacientes com epilepsia intratável

 

Panorama Farmacêutico – Instituto Butantan anuncia aumento da produção de vacinas contra a gripe

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.