Reportagem afirma que Ministério da Saúde espera o pior momento da pandemia para as duas próximas semanas

Home/Informativo/Reportagem afirma que Ministério da Saúde espera o pior momento da pandemia para as duas próximas semanas

Reportagem do Valor Econômico afirma que a cúpula do Ministério da Saúde espera que o Brasil atravesse nas próximas duas semanas o pior momento da pandemia. Conforme apuração da reportagem, nesta sexta-feira (5) que, no entorno do ministro Eduardo Pazuello a expectativa é que haja uma explosão de casos e mortes no período, com os óbitos ultrapassando a barreira dos 3.000 por dia. O diagnóstico decorre de uma tempestade perfeita: o alastramento do vírus em todo o país, impulsionado pelas aglomerações no fim do ano e no Carnaval; a dificuldade da população de manter-se em isolamento social; a circulação no país de novas variantes mais contagiosas e com grande carga viral; a iminência de um colapso do sistema hospitalar em diversos Estados ao mesmo tempo; e a falta de vacinas disponíveis para imunizar os brasileiros. As atenções da pasta estão voltadas sobretudo para a região Sul. No Rio Grande do Sul, por exemplo, a ocupação de leitos de UTI tem estado próximo ou acima de 100% durante toda a semana. Na região Norte, embora o número de casos seja menor, há preocupações quanto à pouca disponibilidade de leitos. Os alertas também já dispararam quanto à situação de Estados como Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Na visão da equipe de Pazuello, São Paulo tem conseguido até o momento evitar o pior por possuir a maior rede hospitalar do Brasil. Principal porta de entrada do país, o Estado mais populoso da federação registrou 60 mil das cerca de 260 mil mortes pelo coronavírus em solo brasileiro. Para a equipe de Pazuello, se um colapso hospitalar ocorrer ali, os números podem subir . A cúpula da Saúde entende que não há muito no momento o que fazer, a não ser estimular a reabertura de hospitais de campanha nos Estados. O governo federal também cogita novas instalações desse tipo já nos próximos dias.

PGR diz que apura conduta de Pazuello após cientistas negarem ter assinado plano de vacinação

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (4) que investiga em apuração preliminar a conduta do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no envio de um primeiro plano de vacinação contra a Covid-19 à Corte em dezembro. A investigação se refere ao fato de que o documento continha assinaturas de cientistas que, posteriormente, negaram ter sido consultados sobre aquele texto. A manifestação da PGR ocorreu no âmbito de um pedido de apuração feito pela deputada Natália Bonavides (PT-RN) ao tribunal. A parlamentar defendeu que Pazuello deveria ser investigado por falsidade ideológica e fraude processual por conta do episódio. “Nesta Procuradoria-Geral da República já tramita notícia de fato destinada à averiguação preliminar do acontecimento ora relatado pela deputada federal noticiante”, afirma o documento assinado pelo procurador-geral Augusto Aras. “Eventual surgimento de indícios razoáveis de prática criminosa pela autoridade noticiada ensejará, pois, a adoção das providências necessárias à persecução penal”, completou. O plano foi apresentado ao STF em dezembro no âmbito de ações que pediam que a União fosse obrigada pela Justiça a elaborar estratégias e ações para assegurar a oferta de vacinas para o coronavírus. Horas após o anúncio, pesquisadores que assessoraram o Ministério da Saúde e têm os nomes citados no documento emitiram nota conjunta afirmando não terem sido consultados antes de envio do plano de vacinação ao STF. “O grupo técnico assessor foi surpreendido no dia 12 de dezembro de 2020 pelos veículos de imprensa que anunciaram o envio do Plano Nacional de Vacinação da COVID-19 pelo Ministério da Saúde ao STF. Nos causou surpresa e estranheza que o documento no qual constam os nomes dos pesquisadores deste grupo técnico não nos foi apresentado anteriormente e não obteve nossa anuência”, disse trecho da nota. A nota foi assinada por 36 pesquisadores. Do plano do governo encaminhado ao Supremo, constavam os nomes de cerca de 150 cientistas como colaboradores. O G1 questionou o governo naquele momento, mas o Ministério da Saúde nunca explicou a polêmica das assinaturas.

Diagnósticos de câncer de rim, próstata e bexiga caem 26% na pandemia

Os diagnósticos de câncer de rim, próstata e bexiga caíram, em média, 26% no período da pandemia da covid-19 em 2020, em comparação a igual período de 2019. As informações, divulgadas nesta quinta-feira (4), fazem parte de pesquisa encabeçada pela Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo (SBU-SP), em parceria com instituições de saúde paulistas responsáveis pelo atendimento de pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a Agência Brasil os dados foram fornecidos pelo Hospital Amaral de Carvalho, de Jaú (SP), pelo Instituto do Câncer da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (SP), Hospital AC Camargo Câncer Center, de São Paulo, Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pelo Hospital São Paulo da Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), de São Paulo. “O medo de contrair o Covid pela exposição a ambientes potencialmente contaminados como consultórios, clínicas e hospitais tem impedido muitos homens de procurar ajuda médica. Porém, a recomendação da comunidade científica é que os pacientes não deixem de fazer suas consultas de rotina e, quando estão em tratamento, não abandonem a terapia”, disse o presidente da SBU-SP, o urologista Geraldo de Faria. “Dependendo do estágio da doença, quanto antes o homem iniciar o tratamento, melhor será o resultado e possibilidades de cura”, acrescentou.  De acordo com o levantamento, o Hospital das Clínicas da Unicamp observou uma queda de 52% nos casos de câncer de bexiga e de 63% de rim. Já no Hospital AC Camargo Câncer Center, a redução foi de 24% para os tumores da bexiga e 29% para os de rim. Os dados para o câncer de rim do Hospital São Paulo mostraram redução no diagnóstico de novos casos de 35%.

Por briga na Justiça, mais de 14 mil pacientes podem ficar sem remédio à base de maconha

Mais de 14 mil pacientes de doenças crônicas podem deixar de receber medicamentos à base de maconha por uma disputa jurídica. A Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace) teve suspensa sua autorização para fabricar produtos usados para tratar epilepsia, Alzheimer, Parkinson e autismo. De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo o pedido partiu da Agência Nacional de Vigilância (Anvisa), sob o argumento de que a associação não cumpre os requisitos exigidos para a produção. A entidade nega, afirma que já pediu licenças de funcionamento e que faltam regras sobre o cultivo da planta para fins medicinais. A interrupção da fabricação do produto foi determinada no último dia 25 pelo desembargador Cid Marconi, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5). Ele suspendeu a validade de decisões judiciais que desde 2017 permitiam as atividades da Abrace. No pedido que motivou a ordem de Marconi, a Anvisa aponta “risco de grave lesão à saúde pública” e afirma que a Abrace descumpre determinações da sentença dada em 2017 pela Justiça Federal na Paraíba, que permitiu as atividades da entidade. A agência argumenta, ainda, que a medida liberou a entrega de medicamentos pela associação a um grupo restrito de pacientes. Além disso, a entidade teria de buscar uma autorização de funcionamento da Anvisa. A Abrace, por sua vez, afirma que segue rígidos padrões sanitários e que abriu, ainda em 2017, protocolo para receber licenças sanitárias de funcionamento, mas foi ignorada pela autarquia federal. Segundo Cassiano Teixeira, diretor-executivo da entidade, a falta de regulação sobre o plantio da maconha com fins medicinais ainda dificulta a operação destas associações.

SAÚDE NA IMPRENSA

Agência Câmara – Projeto inclui cuidador na dedução com saúde no Imposto de Renda

Agência Senado – Ministério é questionado por senadores sobre ações efetivas contra a covid-19

Agência Senado – Senadores cobram da Anvisa a aprovação rápida de mais vacinas

Anvisa – Anvisa recebe pedido de anuência para pesquisa com soro anti-Sars-Cov2

Anvisa – Prazo de análise de estudos clínicos para Covid-19

Anvisa – Webinar aborda funcionalidades do Sistema Solicita

Anvisa – Anvisa faz nova reunião com empresa da vacina Covaxin

ANS – Em encontro virtual, ANS inicia preparativos para o Projeto Cuidado Integral à Saúde

ANS – ANS realiza Consulta Pública para aprimorar revisão do Rol de Procedimentos

ANS – Dia Mundial da Obesidade: ANS alerta para importância da coordenação do cuidado e da prevenção

Agência Saúde – Brasil registra 9.637.020 milhões de pessoas recuperadas

Agência Saúde – Saúde orienta profissionais sobre atendimento a pessoas com excesso de peso

Agência Saúde – Ministério da Saúde divulga dados epidemiológicos da covid-19 no Brasil

Agência Saúde – Força Nacional do SUS atua em Santa Catarina e Minas Gerais para reforçar enfrentamento à Covid-19

Agência Saúde – Ministério da Saúde promove cursos técnicos em órteses e próteses

Agência Saúde – Ministro Pazuello visita unidades de saúde no Paraná e em Santa Catarina

Governo Federal – Pátria Voluntária estimula doação com a campanha “Bora doar Sangu

Governo Federal – Investidos R$ 483,9 milhões em melhorias nos hospitais universitários federais

Governo Federal – Projetos poderão ajudar famílias no período de crise da Covid-19

Jota – Vacinação: governo prevê 414,9 milhões de doses até dezembro e negocia mais 161 milhões

Jota – MPF em 24 estados e no DF quer que MS adote medidas urgentes contra a Covid-19

Agência Brasil – Duque de Caxias vacina pessoas com 60 anos e provoca filas

Agência Brasil – Fiocruz detecta variantes do coronavírus em três regiões do país

Agência Brasil – Confederação de municípios pede urgência na aquisição de vacinas

Agência Brasil – Endocrinologistas lançam campanha de conscientização sobre a obesidade

Agência Brasil – Brasil tem 1,7 mil mortes e 75,1 mil casos de covid-19 em 24 horas

Agência Brasil – Série histórica mostra agravamento na ocupação de UTIs no SUS

Agência Brasil – Diagnósticos de câncer de rim, próstata e bexiga caem 26% na pandemia

Agência Brasil – Secretaria de Saúde do Rio registra 25 casos de variantes da covid-19

Agência Brasil – Covid-19: novas restrições no Rio são preventivas, afirma prefeito

Folha de S.Paulo – Na busca por spray para Covid, comitiva brasileira não poderá circular em Israel e estará restrita a hotel e agendas oficiais

Folha de S.Paulo – Líderes empresariais dizem que governo precisa dar resposta à crise

Folha de S.Paulo – Aras abre apuração para averiguar se Pazuello cometeu falsidade ideológica e fraude

Folha de S.Paulo – Pressionado por Covid, Bolsonaro tenta se equilibrar entre vacina e discurso radical para base ideológica

Folha de S.Paulo – Hospital da zona leste de SP transfere pacientes com Covid para maternidade

Folha de S.Paulo – Boulos denuncia Pazuello por gastar só 9% de verbas para vacina e R$ 90 mi com cloroquina

Folha de S.Paulo – Pacheco diz esperar exemplo dos homens públicos e cobra da Saúde prova de que não é negacionista

Folha de S.Paulo – Secretaria Municipal da Saúde de SP suspenderá cirurgias eletivas

Folha de S.Paulo – Governo prevê ter só um quinto das vacinas de Oxford esperadas para março

Folha de S.Paulo – Estimativas para o PIB foram de alta de 2,5% a queda de até 6,6% ao longo de 2020

Folha de S.Paulo – Juiz autoriza sindicato de motoristas de aplicativo a importar vacina contra Covid

O Estado de S.Paulo – Máscaras duplas podem prevenir disseminação das novas variantes da covid-19

O Estado de S.Paulo – Por briga na Justiça, mais de 14 mil pacientes podem ficar sem remédio à base de maconha

O Estado de S.Paulo – Projeto do Grupo Corpo alcança mais de 7 mil profissionais de saúde e se expande ao público

O Estado de S.Paulo – Passaporte da vacina é o novo fator de discórdia e desigualdade da pandemia

O Estado de S.Paulo – A vacinação em empresas e a comunicação da compulsoriedade

O Estado de S.Paulo – Leitor se queixa de plano de saúde

O Estado de S.Paulo – Coronavírus e o esgotamento mental: por que não aguentamos mais?

O Estado de S.Paulo – Governo anuncia vacinas que não comprou

O Estado de S.Paulo – Rosa Weber ataca ‘discurso negacionista’ e atribui ao governo medidas ‘inócuas’, ‘negligência’ e ‘improviso’ no combate à pandemia

O Estado de S.Paulo – SP suspenderá cirurgias eletivas em hospitais municipais e amplia leitos de UTI covid 

O Estado de S.Paulo – Ministério da Saúde faz reunião sobre compra de 63 milhões de doses da vacina da Moderna

O Estado de S.Paulo – Europa enfrenta aumento de casos de covid em meio a vacinação lenta 

O Estado de S.Paulo – Sem apresentar fonte de informação, Pazuello diz que Brasil é o 5º país que mais vacina no mundo

O Estado de S.Paulo – Contra escalada da pandemia, procuradores de 24 Estados e DF vão a Aras para que pressione Pazuello por medidas austeras

O Estado de S.Paulo – Variantes da covid-19 ameaçam novo formato da Eurocopa com jogos em 12 países

O Estado de S.Paulo – Governadores pedem a Bolsonaro imediata adoção de providências para comprar vacinas

O Estado de S.Paulo – Variantes mais preocupantes do coronavírus já prevalecem em pelo menos 6 Estados, diz Fiocruz

O Estado de S.Paulo – Guedes diz que, ‘no momento decisivo’, Bolsonaro o apoia

O Estado de S.Paulo – Com apoio de 4,6 mil, professor da Medicina da USP pede inquérito por ‘omissão’ do CFM na pandemia

O Globo – Equipe do Ministério da Saúde fez ‘tour’ por 13 unidades básicas de saúde de Manaus pregando ‘tratamento precoce’

O Globo – Aras apura se Pazuello cometeu falsidade ideológica por uso de documento com nomes de cientistas que negaram autoria

O Globo – Vacinação em Caxias para maiores de 60 anos, sem comprovante de residência, tem correria a postos

O Globo – Conselho Federal de Medicina defende restrições contra Covid, mas diz que governantes precisam se preocupar com economia

G1 – EUA passam de 2 milhões de doses de vacinas contra Covid aplicadas por dia

G1 – Saúde prevê entregar em março 38 milhões de doses de vacinas, 8 milhões a menos da última previsão

G1 – PGR diz que apura conduta de Pazuello após cientistas negarem ter assinado plano de vacinação

G1 – Vacina contra Covid: Anvisa anuncia reunião no próximo dia 16 com representantes da Janssen

G1 – Mutação presente na variante brasileira está na maioria dos casos em 6 estados, diz Fiocruz

G1 – Guerra das vacinas: por que a Itália bloqueou exportação de doses para a Austrália

G1 – Conselho de Medicina defende medidas restritivas contra colapso, mas diz que elas podem gerar ‘consequências graves’

Correio Braziliense – Covid-19: novas cepas não alteram poder das células T no combate ao vírus

Correio Braziliense – Vacina Soberana 2 entra na última fase de testes em Cuba

Valor Econômico – Japão estenderá estado de emergência na área de Tóquio até 21 de março

Valor Econômico – Duque de Caxias tem fila quilométrica por vacina; não há doses para todos

Valor Econômico – Governo monitora efeito das restrições sobre atividade

Valor Econômico – Fiocruz emite alerta sobre disseminação de “variantes de preocupação” no país

Valor Econômico – Disparada na ocupação de UTIs mostra falha na resposta à pandemia

Valor Econômico – Lira busca a via rápida para a anti-reforma política

Valor Econômico – Ministério da Saúde prevê até 3 mil mortes diárias por covid-19 em março

Valor Econômico – Butantan recebe insumos para mais 14 milhões de doses de vacina

Valor Econômico – Brasil já adquiriu 415 milhões de doses de vacina, diz Ministério da Saúde

Valor Econômico – Anvisa diz não ter “absolutamente nada” do spray nasal sendo analisado

Valor Econômico – Procuradores cobram Ministério de Saúde para evitar colapso em hospitais por covid-19

Valor Econômico – Governadores dizem estar no limite e pedem providências de Bolsonaro por vacinas

Alesp – Vacinação prioritária de profissionais da educação é defendida na tribuna nesta quinta-feira

Alesp – Tenente Nascimento agradece ao governo federal por incluir os educadores na prioridade da vacinação

Alesp – Emendas para entidades filantrópicas de saúde

CNN – Mortalidade por Covid-19 é 10 vezes maior em países com alto nível de obesidade

CNN – Número de médicos da família cresceu 30% no Brasil nos últimos dois anos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »