REFORMA DA PREVIDÊNCIA DEVE SER ALTERADA PARA BENEFICIAR APOSENTADORIA RURAL

//REFORMA DA PREVIDÊNCIA DEVE SER ALTERADA PARA BENEFICIAR APOSENTADORIA RURAL
No jornal O Estado de S.Paulo, reportagem destaca que após a exclusão dos servidores públicos estaduais e municipais da Reforma da Previdência, o governo prepara outras concessões para facilitar a aprovação da proposta, que enfrenta críticas não apenas da oposição, mas da própria base aliada e de centrais sindicais. A nova mudança atingirá os trabalhadores rurais, que podem ter direito a uma aposentadoria diferenciada. “Não é justo que eles contribuam da mesma forma que os trabalhadores urbanos”, disse ao Estadão o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. “Nós estamos estudando uma forma especial de contribuição para eles”. “Uma das ideias do governo para que a proposta não enfrente mais tanta resistência no Congresso é adotar uma contribuição de no máximo 5% do salário mínimo para os agricultores. A alíquota para o setor privado, atualmente, varia de 8% a 11%”, ressalta a publicação.

Fiscal agropecuário afirma que há mais irregularidades

O fiscal agropecuário federal Daniel Gouveia Teixeira, responsável por denúncias que levaram à Operação Carne Fraca, afirmou que há uma série de irregularidades ainda não reveladas pela Polícia Federal. Em entrevista à Rádio Eldorado na quarta-feira (22), Teixeira ressaltou que o pagamento de propina é frequente no processo de fiscalização da carne. “Não foi mostrado nem 1% do que foi descoberto pela Polícia Federal”, declarou. “O servidor do Ministério da Agricultura, que foi transferido de função desde o início das investigações, atribui as falhas à ingerência decorrente de indicações políticas. Teixeira também revelou que havia denúncias relacionadas ao setor engavetadas há cerca de dez anos”, diz a reportagem do jornal O Estado de S.Paulo. “A PF conseguiu fazer em dois anos o que o Ministério da Agricultura não fez em dez”, garantiu o fiscal agropecuário.

Temer classifica operação como espetáculo

O presidente da República Michel Temer qualificou a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que investiga grandes frigoríficos e causou a suspensão da importação de carne brasileira por vários países, como um “espetáculo”, em entrevista ao jornalista Roberto D’Avila exibida na quarta-feira (22) à noite na “Globonews”. “De repente, faz-se um espetáculo com esse episódio e cria um problema internacional”, afirmou, ao mencionar que o país levou “mais de 20 ou 30 anos” para conquistar grandes mercados consumidores como a China e a Rússia. “Sobre a operação da PF, o presidente disse tê-la visto com certa ‘tristeza cívica’. Minimizou os riscos à saúde pública e as revelações sobre o escândalo de corrupção em que fiscais do Ministério da Agricultura são suspeitos de receber propina em troca da liberação da venda de carne estragada. Afirmou que, entre as 4.838 plantas frigoríficas do país, apenas três foram interditadas e 18 estão sendo investigadas. E que entre 11.300 servidores do Ministério da Agricultura, a ‘questão envolveu 28 ou 30’”, ressaltou o presidente, conforme reportagem publicada pelo Valor Econômico.

NA IMPRENSA
Mapa – Governo comunica países sobre suspensão temporária de 21 certificados de exportação

Mapa – Comunicação do Brasil no Comitê sobre Medidas Sanitárias e Fitossanitárias da OMC

Mapa – Maggi tem falado com autoridades de países importadores para esclarecer medidas adotadas em frígoríficos

MMA – Brasil e Noruega firmam acordo para o campo

MMA – “É preciso ir além da mitigação”, diz ministro

Embrapa – Publicação traz detalhes sobre tecnologia dos bastões marcadores para avaliar cio

Embrapa – Equipe analisa espécies arbóreas brasileiras

Embrapa – Agricultores poderão apresentar relato de experiência no Congresso de Agroecologia em 2017

Embrapa – Pesquisa agrega valor ao palmito pupunha

Embrapa – Nanotecnologia aplicada ao agronegócio é discutida em fórum da IBM

Ibama – Ibama, PF e Funai identificam tentativa de loteamento da terra Indígena Arara, no Pará

Top Mídia News – Força-tarefa contra aplicação irregular de agrotóxicos apreende sete aviões

Agrosoft Brasil – Entidades lançam plataforma contra uso de agrotóxicos nas lavouras

Folha Regional – Deputados defendem reuso e redução de agrotóxicos no dia mundial da água

IHU – Pecuária sustentável é alternativa para preservação do Pampa

Repórter News – Cultivo controlado assegura ata com maior qualidade

Agência Al – Deputados defendem reuso e redução de agrotóxicos no dia mundial da água

AgoraMS – Operação Deriva: Fiscalização conjunta interdita empresas de aviação agrícola em MS

Isto É – Ministro da Agricultura reunirá superintendentes

Folha de S.Paulo – Ação do Ibama contra desmatamento embarga frigoríficos da JBS no Pará

Folha de S.Paulo – Funcionários protestam em defesa de frigorífico investigado pela PF

Folha de S.Paulo – Sem vagas, presos da Carne Fraca estão em contêiner de concreto no PR

O Estado de S.Paulo – Editorial – Entre a fraude e as alianças

O Estado de S.Paulo – Governo prepara mais mudanças na reforma da Previdência e deve beneficiar trabalhador rural

O Estado de S.Paulo – Carne Fraca: O que fazer com 150 mil perus

O Estado de S.Paulo – Dois frigoríficos em Curitiba fecham as portas e demitem 280

O Estado de S.Paulo – Embargos à carne brasileira podem estrangular armazenamento no País

O Estado de S.Paulo – “Ainda não foi mostrado nem 1% do que foi descoberto pela PF”, diz delator da Carne Fraca

O Estado de S.Paulo – Pedro de Camargo Neto – O tsunami das carnes

O Globo – Editorial – Carne Fraca presta desserviço ao combate à corrupção

O Globo – Carne Fraca: de 21 frigoríficos investigados, só dois produzem carne bovina

Valor Econômico – Temer qualifica operação da PF de ‘espetáculo’

Valor Econômico – Latam Airlines terá novo CEO no Brasil

Valor Econômico – JBS reduz abates de bovinos em até 30%

Valor Econômico – Em SP, distribuidoras ampliam as margens nas vendas de etanol

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »