Raízen vai ampliar parceria com startup gaúcha de pulverização com drones

//Raízen vai ampliar parceria com startup gaúcha de pulverização com drones

Depois de um ano e meio de testes-piloto, a parceria entre a gigante sucroalcooleira Raízen e a startup gaúcha Arpac, de pulverização de agroquímicos com drones, vai ganhar escala, destacou o Valor Econômico nesta segunda-feira (21). Lançada no segundo semestre de 2019, a iniciativa começou em uma área experimental de 16,1 hectares, depois alcançou 200 hectares monitorados e, mais recentemente, chegou a 2,3 mil hectares. Agora, a expectativa da companhia é que o projeto cubra 30,6 mil hectares de lavouras de cana-de-açúcar até o fim da safra 2021/22. Durante a fase de testes para validação da tecnologia, as aplicações com drones permitiram à Raízen uma economia operacional de 47% em relação ao método tradicional de pulverização aérea localizada de químicos usando aviões agrícolas. No caso do uso de insumos em si, a economia chegou a 82%. Com a expansão da operação, a economia nessas duas frentes tende a se diluir. Ainda assim, a previsão é de que seja de 30% e 60%, respectivamente. Satisfeita com os resultados, a Raízen considera replicar a solução não apenas em áreas próprias, mas também nas de fornecedores. O relacionamento entre a Arpac e a Raízen estreitou-se com a entrada da startup no hub de inovação da empresa em Piracicaba (SP), o Pulse, em setembro do ano passado. Atualmente, 38 startups recebem mentoria da Raízen e participam de iniciativas que podem ganhar escala comercial. Com a oferta de imagens para monitoramento de pragas, além do serviço de pulverização, a Arpac atendeu 12 mil hectares em 2018/19 e 72,2 mil em 2019/20, principalmente de cana, soja, milho, arroz e hortifrútis. Segundo Eduardo Goerl, CEO da startup, no caso da aplicação de agrotóxicos, o drone consegue ser até mais competitivo que o avião em áreas com até 35% de infestação. Além disso, o drone também tem sido utilizado na cobertura de relevos acidentados, a exemplo de áreas montanhosas de café, ou de difícil acesso nas propriedades.

Empresas do agronegócio ficam fora da onda de IPOs

Nem mesmo a exuberante safra de IPOs de 2020 conseguiu trazer novas empresas do agro para a bolsa, mantendo a histórica sub-representação de uma das atividades mais dinâmicas da economia brasileira no mercado de capitais. Segundo o Valor Econômico em meio à euforia que ajudou a trazer de startups de tecnologia a pequenas petrolíferas para a B3 neste ano, seis companhias do agronegócio pediram o registro na CVM para fazer o IPO, mas nenhuma emplacou até agora. Juntas, as 28 empresas do agronegócio listadas — o levantamento inclui a Cosan, um negócio cada vez mais diversificado e menos agrícola — valem apenas cerca de R$ 150 bilhões, enquanto a capitalização do Ibovespa é da ordem de R$ 4 trilhões. No agro, apenas JBS, Cosan, BRF e Marfrig superam R$ 10 bilhões — convenhamos, um time diminuto para um segmento que representa mais de 20% do PIB, mesmo considerando que tradings multinacionais e as gigantes de insumos agrícolas que operam fortemente no Brasil têm capital aberto no exterior. A GranBio, empresa da família Gradin que surgiu para explorar o mercado de etanol celulósico — que não decolou — suspendeu o IPO no início de novembro e decidiu fazer uma oferta de ações com esforços restritos. A companhia já sinalizou a intenção de captar cerca de R$ 1,5 bilhão. Além da GranBio, Jalles Machado, CTC, Boa Safra, Vittia Fertilizantes e Oleoplan, de biodiesel, também entraram com pedidos na CVM. Os pedidos foram feitos apenas no último trimestre, o que ajuda a explicar porque nenhuma foi para a rua neste ano. Mas banqueiros e empresários estão confiantes que o agro voltará a tocar o sino em 2021.

Blairo Maggi é eleito presidente do conselho da Abiove

O ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi, acionista da Amaggi, maior processadora e trading de soja de capital nacional, foi eleito presidente do conselho da Associação Brasileira das Indústrias de óleos Vegetais (Abiove). A notícia foi antecipada pelo Valor PRO, serviço de informações em tempo real do Valor Econômico nesta segunda-feira (21), e depois confirmada pela entidade. Blairo vai substituir o também ex-ministro Martus Tavares, que é executivo da Bunge e deverá se aposentar. O vice-presidente do conselho da entidade é Paulo Sousa, que comanda a Cargill no Brasil. Também fazem parte do colegiado representantes da ADM, da Cofco, da Imcopa, e da Louis Dreyfus Commodities. A Abiove, cujo presidente executivo é André Nassar, foi fundada em 1981 e atualmente representa 14 empresas produtoras de farelo, óleos vegetais e biodiesel. A soja é carro-chefe das companhias associadas.

Vendas de máquinas e implementos agrícolas devem crescer 12% em 2020, prevê Abimaq

O segmento de máquinas e implementos agrícolas deve encerrar 2020 com crescimento real (descontada a inflação) de 12%, segundo cálculos da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). De acordo com o Valor Econômico a projeção para este ano é de receita de R$ 20,5 bilhões. O agronegócio brasileiro conseguiu contrabalançar os efeitos negativos da pandemia sobre a atividade econômica. O aumento da demanda global por alimentos e a alta do dólar, que amplificou os resultados dos segmentos exportadores, deixaram os produtores brasileiros mais capitalizados. Isso teve reflexos positivos sobre as vendas de máquinas e implementos. “Tivemos uma ótima safra agrícola. As exportações do agronegócio bateram recordes e a valorização do dólar em 30% geraram uma grande rentabilidade para os produtores das culturas de exportação como soja, milho, café, algodão, laranja, celulose e carnes”, disse, em nota, Pedro Estevão Bastos, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas da Abimaq. Bastos acredita que 2021 será mais uma vez de vendas em alta. Nos cálculos da entidade, o faturamento chegará a R$ 21,9 bilhões no próximo ano. Se confirmado, esse montante representará crescimento nominal de 10% em relação a 2020 – ou de 3% em termos reais. “Nos fatores estruturais, o agronegócio está bem capacitado e com ótimas perspectivas para o médio e longo prazo”, afirma o dirigente.

NA IMPRENSA

Agência Câmara – Câmara aprova projeto que prevê pagamento a agricultores por serviços ambientais

Agência Senado – Publicada MP que busca ampliar acesso a banda larga nas áreas rurais

Folha de S.Paulo – Disputas na comissão do Senado sobre queimadas sepultam plano para o Pantanal

O Estado de S.Paulo –  Santa Catarina investe R$ 1,5 milhão para instituir um Observatório do Agronegócio

O Estado de S.Paulo –  Aprovação de US$ 900 bi em estímulos nos EUA anima antes de PIB americano e IPCA

G1 – Câmara aprova projeto que detalha pagamento por ações de preservação ambiental

G1 – Mais de 100 navios sofrem para embarcar grãos por greve na Argentina

G1 – Representantes do Brasil e de outros sete países reativam o Parlamento Amazônico

Valor Econômico – Startups brasileiras têm sensores que operam em ambiente abaixo de -40ºC 

Valor Econômico – Empresas do agronegócio ficam fora da onda de IPOs

Valor Econômico – Blairo Maggi é eleito presidente do conselho da Abiove

Valor Econômico – Agro Industrial Holambra cresce 25% em 2020 e prevê avanço de 30% em 2021

Valor Econômico – Avança a digitalização na venda de insumos

Valor Econômico – Ações de biotecnologia podem chegar à B3 em 2021

Valor Econômico – Greve na Argentina já provoca fila de mais de 100 navios nos portos

Valor Econômico – Maior e-commerce de alimentos da China recebe investimento de US$ 500 milhões

Valor Econômico – Raízen vai ampliar parceria com startup gaúcha de pulverização com drones

Valor Econômico – Commodities: Clima na América do Sul e demanda chinesa puxam novas altas da soja na bolsa de Chicago

Valor Econômico – Commodities: Surgimento de nova cepa do coronavírus no Reino Unido derruba preços de café e algodão em Nova York

Valor Econômico – Basf e Mercedes-Benz selecionam startups no programa de aceleração AgroStart

Valor Econômico – Aplicativo de agricultura de precisão da Yara fecha o ano com mais de 14,5 mil usuários

Valor Econômico – Vendas de máquinas e implementos agrícolas devem crescer 12% em 2020, prevê Abimaq

Mapa – Decreto regulamenta lei do Sistema Nacional de Sementes e Mudas

Mapa – Decreto traz mudanças no modelo de gestão dos Terminais Pesqueiros Públicos

Embrapa – Nova praga ataca pastagens no Acre

Embrapa – Selos dos Correios homenageiam a viticultura brasileira

Embrapa – Embrapa tem novas estratégias para atender mercado de tecnologia e inovação na cadeia produtiva do algodão

Embrapa – Inovações para maior produtividade de erva-mate

Embrapa – Solidariedad Brasil desenvolve trabalhos com erva-mate nos Estados do Sul

Embrapa – Investimentos em bioinsumos geram benefícios à agropecuária brasileira

AgroLink – Definida programação da Abertura Oficial da Colheita do Arroz

AgroLink – Indicador do café volta a superar R$ 600/SC

AgroLink – Até 2030, Brasil deve assumir liderança com maior exportador de algodão do mundo

AgroLink – Precisamos plantar pasto para colher boi, e para isso, não é preciso derrubar uma única árvore

AgroLink – Estabilização nos preços do trigo

AgroLink – PL que muda lei de agrotóxicos em pauta hoje na Assembleia Legislativa no RS

AgroLink – GAFANHOTOS: espécies são de comum ocorrência no RS

AgroLink – Mercado internacional de milho inicia a semana calmo

AgroLink – Conheça 5 empresas para impulsionar o Agro em 2021

AgroLink – Futuros dos subprodutos da soja sobem no pregão chinês

AgroLink – Agro ataca governo argentino: “Danos ao Campo”

AgroLink – Aplicação da edição gênica na agricultura é tema de live da Embrapa

Canal Rural – Embrapa descobre praga capaz de causar perda total em pastagens

Canal Rural – Pequena propriedade rural não pode ser penhorada para cobrir dívidas, diz STF

Canal Rural – Laércio Dalla Vecchia: área de soja só teve uma aplicação de agroquímicos

Globo Rural – Leilão de bioediesel negociou 1,18 bi de litros, diz ANP

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »