Proposta determina identificação eletrônica do gado criado a pasto

Home/Informativo/Proposta determina identificação eletrônica do gado criado a pasto

Conforme a proposta em tramitação na Câmara dos Deputados, nenhum animal será levado a pasto, transportado ou abatido na falta de identificação eletrônica. Nessa condição e sem justificativa, estará sujeito a apreensão. Segundo a Agência Câmara a identificação eletrônica será colocada em local indolor, até cinco dias após o nascimento, salvo orientação diversa de veterinário. Autoridades sanitárias de proteção ao meio ambiente e de fiscalização terão amplo acesso aos dados. “A identificação eletrônica de bovinos tende a contribuir de muitas maneiras com o agronegócio, mas necessita ainda de regulamentação que estabeleça regras e parâmetros”, explicou o autor, deputado David Soares (DEM-SP). O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Projeto de lei quer proibir abates de pintinhos machos em São Paulo de forma cruel

As organizações Animal Equality Brasil, Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e Sinergia Animal elaboraram um projeto de lei, que foi apresentado pelo deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL), para proibir que pintinhos machos sejam mortos de forma cruel em São Paulo — triturados ou por asfixia, por exemplo. De acordo com estimativas da Animal Equality, cerca de 25 milhões de pintinhos machos são triturados vivos – ou descartados por outros métodos considerados cruéis – nos incubatórios do Estado por ano atualmente, informou o Valor Econômico nesta terça-feira (4). As organizações lembram, em nota, que os pintinhos machos são considerados inúteis pela indústria de ovos, e também não servem para o abate porque a raça (linhagem) das galinhas poedeiras é diferente da raça dos frangos usados para produção de carne. “A tecnologia para descobrir o sexo dos pintinhos quando ainda estão no ovo, que poderia salvar milhões de pintinhos em todo o mundo, já existe. Entretanto, essa tecnologia ainda não está disponível no Brasil, mas muitas empresas do setor já demonstraram interesse em trazê-la. Por isso, o PL prevê que os incubatórios se adaptem, a partir da data em que a tecnologia estiver disponível no mercado. [Segundo o PL], a multa prevista para as empresas que descumprirem a lei será de 100 UFESP, o equivalente a R$ 2.990”, informaram. Em fevereiro, foi apresentado um projeto de lei no Parlamento da Alemanha para proibir o abate de pintinhos machos de um dia a partir do ano que vem.

Número de animais mortos em queimadas no Pantanal em 2020 pode ultrapassar 10 milhões

Nesta segunda-feira (3) o portal Anda destacou que o pesquisador Walfrido Thomas, do Laboratório de Vida Selvagem da Embrapa Pantanal, coordena um inventário que está sendo produzido pela Embrapa junto a outras instituições e pesquisadores parceiros, que levanta o reflexo das queimadas no Pantanal na falta local após os incêndios do ano passado. Em sua entrevista ao Globo Repórter, Walfrido disse que uma força tarefa voluntaria foi formada para fazer o levantamento da quantidade de animais mortos em decorrência dos incêndios no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Essa estimativa ainda era desconhecida e é de extrema importância para entender e reparar os danos causados. Com uma metodologia padronizada, avaliando os locais de 24 a 48 horas após a passagem do fogo, o pesquisador ainda conta à reportagem que uma estimativa preliminar mostra uma perca em mais de 10 milhões de animais. “Os números, quando a gente terminar a análise, vão mostrar um impacto bastante assustador nessas áreas que queimaram”, relata. O inventário ainda não foi finalizado e se encontra na fase de análise de dados.

Embrapa aposta na descarbonização da produção de leite

A descarbonização da agricultura brasileira está no radar da Embrapa já há alguns anos com o desenvolvimento de pesquisas e tecnologias que reduzem a emissão de gases de efeito estufa e aumentam o sequestro de carbono na produção agropecuária.  De acordo com o Portal do Agronegócio um dos exemplos de destaque mais recentes nessa linha é o projeto realizado em parceria com a Nestlé, anunciado em março deste ano. A adoção de tecnologias e boas práticas, como sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), recuperação de pastagens degradadas e uso de aditivos na nutrição, é capaz de compensar as emissões de gases de efeito estufa geradas pela atividade leiteira e ainda pode tornar o sistema de produção mais resiliente, trazendo vantagens econômicas para o produtor. Com a parceria, serão elaborados protocolos por bioma e por sistema de produção pela Embrapa Pecuária Sudeste (SP), que servirão de base para uma calculadora de balanço dos gases de efeito estufa (GEE) e um sistema digital de monitoramento por meio de aplicativo. A calculadora, que será desenvolvida pela Embrapa Informática Agropecuária (SP), vai contabilizar o balanço de carbono nas propriedades de acordo com as características de cada região ou bioma e dos diferentes sistemas de produção, e vai permitir aos produtores compreender melhor onde estão concentradas suas emissões, contribuindo para uma tomada de decisão mais assertiva para reduzi-las. Ainda, segundo ele, os dados e inovações que serão obtidos nessa parceria serão abertos para todos os produtores de leite ou qualquer empresa ou cooperativa no Brasil. A iniciativa está alinhada com as políticas públicas do setor para redução das emissões de gases de efeito estufa, como o Plano Nacional de Adaptação e Mitigação de Gases de Efeito Estufa na Agropecuária (ABC+ 2020-2030) apresentado em 20 de abril pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), uma atualização do Plano ABC executado de 2010 a 2020. Além do leite de baixo carbono, a Embrapa também lançou neste ano o programa soja baixo carbono e está iniciando estudos voltados para a produção de algodão e café.

NA IMPRENSA

Agência Câmara – Proposta determina identificação eletrônica do gado criado a pasto 
Folha de S.Paulo – No Dia de Star Wars, veja nomes de personagens preferidos para pets 
G1 – Estudo aponta que queimadas na Amazônia aumentam risco de internação por problemas respiratórios  
G1 – Polícia Civil apreende animais silvestres e recupera carne de gado furtado de fazenda 
G1 – SineBahia tem vagas para carpinteiro, eletrotécnico, tosador de animais e outras; veja lista 
Valor Econômico – Aggro, rede de nutrição animal, abre cinco novas unidades no país 
Valor Econômico – Projeto de lei quer proibir abates de pintinhos machos em São Paulo de forma cruel 
Valor Econômico – JBS é condenada a pagar R$ 1 milhão por irregularidades trabalhistas em Diamantino (MT)  
Mapa – Prazo de Inscrições para Selo Mais Integridade 2021/22 termina no dia 4 de junho 
Mapa – Portaria traz lista de embarcações credenciadas para pesca temporária de tainha 
Embrapa – Publicação relata efeitos da Covid-19 na comercialização e no consumo de pescado no país 
SBA – Operação interrompe rodeio clandestino em São Paulo 
SBA – Pesquisadora fala sobre os 48 anos da Embrapa 
SBA – Seca e aumento da oferta reduz preço da arroba do boi gordo em Goiás 
AgroLink – Fêmea Nelore é animal mais valorizado do ano 
AgroLink – RS: produtores usam ferramentas digitais para gestão da pecuária leiteira 
AgroLink – Leilão Virtual Mafra oferta genética Nelore PO selecionada testada em rebanho comercial 
AgroLink – Ovos: plantel de galinhas em produção no decorrer de maio é o menor de 2021 
AgroLink – Desempenho exportador das carnes em abril de 2021 
AgroLink – Ovos: mercado aguarda melhora para os próximos dias 
Anda – Obra em reserva ambiental ameaça animais silvestres e árvores centenárias 
Anda – Ameaçadas de extinção, baleias-francas do Atlântico Norte voltam a se reproduzir 
Anda – Construção de barragens causa a morte de golfinhos 
Anda – Pit bull salva pássaro desacordado e se recusa a abandoná-lo 
Anda – Campanha conscientiza motoristas sobre o atropelamento de animais silvestres 
Anda – Número de animais mortos em queimadas no Pantanal em 2020 pode ultrapassar 10 milhões 
Anda – Abandono de animais aumenta 73% no mês de março em Araçatuba (SP) 
Anda – PL proíbe veículos de tração animal em Cornélio Procópio (PR) 
Canal Rural – Ovelha surpreende e dá à luz quadrigêmeos; exame mostrava apenas 2  
Portal do Agronegócio – Governo de Minas participa da edição virtual da Expozebu 
Portal do Agronegócio – Kemin debate estratégias nutricionais para melhorar desempenho sem impactar custos da dieta das aves 
Portal do Agronegócio – Embrapa aposta na descarbonização da produção de leite 
Portal do Agronegócio – Suínos: cotações ficam mais perto da estabilidade 
Portal do Agronegócio – Custo para recria e engorda de gado em Mato Grosso sobe 35% no trimestre 
Revista Globo Rural – Exportações de carnes brasileiras dispararam em abril 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »