Projeto de Lei quer incluir direitos animais na grade escolar municipal de São Caetano do Sul (SP)

Home/Informativo/Projeto de Lei quer incluir direitos animais na grade escolar municipal de São Caetano do Sul (SP)

A grade curricular das escolas municipais de São Caetano do Sul, em São Paulo, poderá colaborar com a conscientização da sociedade acerca da proteção animal caso seja aprovado e sancionado o Projeto de Lei 426/2021, que pretende incluir as diretrizes do Direito, Proteção e Bem-Estar Animal nas disciplinas das instituições. De autoria do vereador Ubiratan Figueiredo da ONG (PSD), a proposta estabelece que os temas relacionados aos animais terão que ser tratados de maneira transversal, sendo abordados pelos professores em todas as matérias relacionadas à causa animal, destacou o portal Anda nesta segunda-feira (17). O PL responsabiliza a Secretaria Municipal de Educação pela definição da metodologia de introdução do tema na grade curricular escolar e estabelece a possibilidade do Poder Executivo firmar convênios com cursos de direito e medicina veterinária, além de entidades de proteção animal, para capacitar os educadores, professores e servidores da rede de ensino municipal. O objetivo do autor da proposta é combater a desinformação, considerada por ele uma das maiores responsáveis pelo sofrimento dos animais na atualidade. “Considerando-se que as crianças de hoje são os adultos de amanhã, nada mais prudente e efetivo que educar para um futuro melhor e mais consciente no que se refere aos direitos dos animais”, argumentou ao jornal ABC do ABC. Além do combate à desinformação econômica, o parlamentar também explicou que o projeto trará outros benefícios para a sociedade, como a redução de custos operacionais com políticas públicas de atendimento ao bem-estar animal.

Relatório aponta alta chance de cura do Ubrolexin® no tratamento de mastite bovina

Um relatório realizado pela OnFarm, startup que desenvolve um sistema completo para monitoramento e controle da mastite, aponta que o medicamento Ubrolexin®, composto pela combinação de cefalexina monoidratada + monosulfato de Canamicina, tem alta chance de cura no tratamento de mastite bovina. Essa é uma das doenças mais comuns nos rebanhos de bovinos de leite no Brasil, que provoca perdas na produção de leite em animais doentes e prejuízo financeiro aos produtores. Segundo o Portal do Agronegócio a pesquisa analisada pelo Banco de Dados da Comunidade OnFarmers (OnFarmAPP), apontou 1.441 casos da doença, encontrados nas regiões do Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Nos animais que passaram pela avaliação, foi constatado que a cefalexina + canamicina (Ubrolexin®) tem 83% de chance de cura da mastite clínica no tratamento de até quatro dias, percentual de cura maior em comparação aos outros sete princípios ativos de antibiótico intramamário utilizados na análise de dados. Já para os tratamentos com duração maior que quatro dias, a combinação das propriedades do Ubrolexin® também ficou na primeira colocação, com 82% de chance de cura, seis pontos percentuais à frente da combinação que utiliza amoxicilina + ácido clavulânico + prednisolona (76% de chance de cura). O relatório completo pode ser acessado no link http://conteudos.onfarm.com.br/relatorio-chance-de-cura. Desenvolvido pela Boehringer Ingelheim Saúde Animal, o Ubrolexin® é o único medicamento no mercado brasileiro de uso veterinário que combina estes dois antibióticos (cefalexina monoidratada e monosulfato de canamicina). De acordo com Eduardo Pires Macêdo, coordenador técnico especialista de Grandes Animais da empresa, o diferencial do Ubrolexin® é o sinergismo de suas moléculas, que proporcionam tratamento eficaz com apenas duas aplicações, reforçando o compromisso da companhia com o uso racional de antibióticos.

Emenda parlamentar financiará ‘carne de alga’

A corrida pelo desenvolvimento de proteínas de base vegetal, que tem atraído as maiores empresas de alimentos do mundo e movimentado cifras multimilionárias em pesquisa, chegou também às emendas parlamentares no Congresso Nacional. Se nada mudar na atual previsão orçamentária, a verba de uma dessas emendas deve permitir o avanço de um projeto de uso de algas para a produção de alimentos que imitam o gosto e a textura das carnes de animais. A professora Ana Lúcia Vendramini, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é a responsável pelo projeto, que prevê o cultivo da alga Kappaphycus alvarezii em Paraty, no litoral sul fluminense. A pesquisa vai avaliar o potencial da alga como matéria-prima para a fabricação de proteínas de origem vegetal – a espécie já é conhecida por seu uso na produção de aditivos alimentícios. Os pesquisadores também vão aprofundar seus estudos sobre a utilização da Kappaphycus alvarezii, rica em potássio, para outros fins na área agrícola, como a produção de fertilizantes. O projeto conseguiu R$ 530 mil via emenda apresentada pelo deputado Paulo Ganime (Novo-RJ). Segundo o parlamentar, seu gabinete lança anualmente um edital para que instituições públicas e privadas inscrevam projetos inovadores. A partir das inscrições, há uma seleção de projetos que entrarão nas propostas de emendas. A iniciativa encabeçada pela professora Ana Lúcia Vendramini foi uma das 30 escolhidas na seletiva, que envolveu também o deputado Alexandre Freitas (Novo-RJ). Na lista, há projetos de 18 diferentes instituições, de áreas como saúde, educação, tecnologia e segurança. Ao todo, as emendas somam R$ 16,2 milhões. “Se o projeto das algas der certo, há chances de ser contemplado também no próximo edital”, disse Ganime ao Valor Econômico. “Seja como for, ele tem potencial de estabelecer parcerias também com o setor privado”.

Recordes em soja e carnes elevam embarques do agro

Puxadas por soja e derivados, carnes, produtos florestais, açúcar e café, as exportações do agronegócio brasileiro chegaram US$ 13,6 bilhões em abril, montante 39% superior ao do mesmo mês do ano passado, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pelo Ministério da Agricultura, informou o Valor Econômico. Segundo a Pasta, foi a primeira vez na história que os embarques do agro renderam mais de US$ 10 bilhões em um mês de abril. Mesmo com o salto, a participação do setor nas exportações totais do país caiu para 51,2%, abaixo dos 55,4% de abril de 2020, uma vez que outros segmentos exportadores também tiveram alta expressiva. Como as importações aumentaram 13,5%, para US$ 1,1 bilhão, o superávit mensal do agronegócio chegou a US$ 12,4 bilhões, com crescimento de 42%. Locomotiva das exportações do setor, soja e derivados se recuperaram do ritmo mais lentos dos primeiros meses do ano, provocado pelo atraso da colheita do grão nesta safra 2020/21, e subiram 43,5% em abril, para US$ 8,1 bilhões. Os embarques de soja em grão registraram recordes de volume (17,4 milhões de toneladas) e receita (US$ 7,2 bilhões), também inflado pelo aumento de 22,3% do preço médio dos embarques. Sozinha, a China absorveu 72,7% do volume do grão, além de ter impulsionado também as vendas de óleo de soja. Já os embarques brasileiros de carnes (bovina, de frango e suína) renderam US$ 1,6 bilhão em abril, 22,7% mais que um ano antes e também um recorde para o mês. Os embarques de carne bovina cresceram 22,5%, para US$ 705,3 milhões, as de carne de frango aumentaram 18,2%, para US$ 598 milhões, e as de carne suína foram 40,7% maiores (US$ 230,6 milhões Mais uma vez, a China foi o principal destino das exportações de carnes do Brasil no mês – respondeu por 43,9% do valor no caso da carne bovina e por 57,6% do total no caso da carne suína.

NA IMPRENSA

Folha de S.Paulo – Cachorro é homenageado com estátua em rotatória no interior de SP 
Folha de S.Paulo – Pesca ilegal ameaça espécie rara no México  
O Estado de S.Paulo – Bica e Madá, humoristas caninas 
O Estado de S.Paulo – Mortadela à moda da casa: chefs investem na produção artesanal do embutido 
O Globo – Após morte de cão, Rio vacina contra raiva animal neste sábado e Caxias inicia campanha na segunda  
G1 – Cheia dos rios na Amazônia traz prejuízo para agricultores e criadores de animais 
G1 – Pecuaristas devem vacinar rebanho contra febre aftosa neste mês 
G1 – Estudantes de agronomia recebem bolsas para desenvolver novas técnicas de manejo e nutrição animal 
G1 – Arábia Saudita suspende compras de carne de frango de 11 empresas brasileiras 
G1 – Preço do ovo sobe 14% em abril 
G1 – Pesca ilegal de peixe ‘cocaína do mar’ ameaça espécie rara e causa conflitos no México 
G1 – Pesquisadores registram ciclo reprodutivo dos golfinhos em Fernando de Noronha  
G1 – Santa Bárbara d’Oeste confirma para junho a inauguração do centro que abrigará animais vítimas de maus-tratos 
G1 – Homens são multados por caça de animais silvestres com uso de cães em Bariri 
Embrapa – Custo de produção de suínos passa dos R$ 7 por quilo vivo 
Embrapa – Embalagem permeável é opção promissora para carne maturada a seco 
Embrapa – Prosa Rural – Como a eficiência alimentar contribui para a sustentabilidade dos sistemas na pecuária 
Valor Econômico – Emenda parlamentar financiará ‘carne de alga’ 
Valor Econômico – JBS anuncia investimento de R$ 1,85 bilhão no Paraná até 2025 
Valor Econômico – Aurora assume estrutura de produção de aves da Agrodanieli 
Valor Econômico – Recordes em soja e carnes elevam embarques do agro 
SBA – De Olho na Fazenda Nelore KR oferta novilhas, matrizes e reprodutores no Canal do Boi 
SBA – Fazenda Sete Estrelas oferta doadoras e touros em leilão hoje no Canal do Boi 
SBA – Genética BR oferta material genético hoje no Agro Canal 
SBA – Receita e volume de exportações de ovos crescem acima de 300% em abril 
AgroLink – Custo de produção de suínos passa dos R$ 7 por quilo vivo 
AgroLink – Aurora assume operações da Agrodanieli 
AgroLink – Proteína suína combate mosca da fruta 
AgroLink – Procura por fêmeas da raça Crioula foi a tônica no leilão Raça e Função 
AgroLink – Desempenho do frango (vivo e abatido) na 19ª semana de 2021, segunda de maio 
Anda – Mercado de suplementos proteicos veganos pode valer R$ 50 bilhões até 2027 
Anda – PL quer incluir direitos animais na grade escolar municipal de São Caetano do Sul (SP) 
Anda – Cães visitam tutora em hospital e ela se emociona com reencontro 
Anda – PL que proíbe termos ‘carne’, ‘bife’ e ‘frango’ em produtos de origem vegetal é aprovado no Texas (EUA) 
Anda – ONG promove encontro para incentivar a adoção de animais 
Portal do Agronegócio – Indústria da carne em MT atinge momento críticom, diz Imac 
Portal do Agronegócio – Relatório aponta alta chance de cura do Ubrolexin® no tratamento de mastite bovina 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »