PROJETO DE LEI QUE PREVÊ MULTA PARA MAUS-TRATOS A ANIMAIS É APROVADO EM APARECIDA DE GOIÂNIA

//PROJETO DE LEI QUE PREVÊ MULTA PARA MAUS-TRATOS A ANIMAIS É APROVADO EM APARECIDA DE GOIÂNIA

A Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia (GO) aprovou, na terça-feira (5), um projeto de lei que prevê penalidades para quem maltratar animais. Conforme o portal da Anda, a proposta segue agora para análise do prefeito Gustavo Mendanha (MDB), que deve decidir pelo veto ou pela sanção. O projeto, de autoria do vereador Helvecino Moura (PT), estabelece punições que vão de advertência por escrito à multa de R$ 200 a R$ 200 mil, dependendo da gravidade do caso, para crimes cometidos contra animais domésticos ou exóticos. A proposta também estabelece suspensão de serviços de cunho municipal ao infrator, como suspensão de registro, licença, permissão, autorização ou alvará para qualquer finalidade e proíbe a administração pública de contratar o agressor em um período de três anos. A fiscalização será feita pela Agência Municipal do Meio Ambiente de Aparecida de Goiânia. “O texto do projeto classifica maus-tratos como toda ação que cause transtorno físico, mental e natural ao animal, como privação de água e comida, ausência de abrigo ou abrigo desproporcional ao porte do animal, agressão com qualquer tipo de instrumento e abandono”, informa o portal.

 

Pesquisa mapeará níveis de degradação de pastagens do Cerrado



A Embrapa Territorial iniciará, neste ano, um projeto para “Mapeamento de níveis de degradação de pastagens do bioma Cerrado por meio de geotecnologias”. É o que informa o portal da Embrapa. O pesquisador Sérgio Galdino pontua que a iniciativa deve trazer avanços na precisão de informações disponíveis sobre o tema no Brasil. Isso porque serão utilizadas imagens de satélites e haverá um extenso trabalho de campo para ajuste e validação dos modelos. Durante o projeto, pesquisadores e analistas terão como objeto de estudo as pastagens localizadas em área de cerrados de quatro estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Tocantins. As imagens serão obtidas dos satélites Landsat-8 e Sentinel-2. A previsão é, ao final do trabalho, entregar para sociedade mapas com um panorama do estado de conservação das pastagens nos cerrados dos quatro estados, por meio da Infraestrutura de Dados Espaciais da Embrapa (GeoInfo) e de um sistema de informações geográficas online (webgis). O produto principal, no entanto, deve ser a disponibilização de um método sólido de mapeamento de pastagens degradadas por sensoriamento remoto, com diferenciação de níveis, que possa ser replicado para o monitoramento periódico do estado de conservação das áreas. “O pesquisador explica que, a partir daí, o acompanhamento da evolução da condições das pastagens poderá ser feito com baixo custo”, destaca a notícia.

 

Produtividade da agropecuária cresce 3,43% ao ano



O portal do Mapa destacou que a produtividade da agropecuária entre 1975 e 2017 tem impulsionado o setor, graças à evolução anual a uma taxa média de 3,43%, superior ao da agricultura americana, de 1,38% ao ano. Em período mais recente, de 2000 a 2017, a média brasileira alcançou 3,8 % ao ano. De acordo José Garcia Gasques, coordenador geral de Avaliação de Políticas e Informação, da Secretaria de Política Agrícola (SPA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), um dos autores do estudo, um conjunto de fatores influenciou a produtividade. Os mais importantes foram as políticas setoriais, o aumento de investimentos, o financiamento através do crédito rural, a abertura de mercados externos a produtos nacionais e a adoção de novos sistemas de produção. O aumento foi decorrente do crescimento da quantidade produzida, e também da inclusão de produtos de maior valor agregado, como carnes, frutas, produtos do setor sucroalcooleiro e grãos. A mudança de composição na produção também foi responsável pelos ganhos de produtividade. Entre os indicadores de produtividade (mão de obra, terra e capital), o maior crescimento do uso desses fatores tem ocorrido no capital, formado por tratores, fertilizantes e defensivos. “Para Gasques, o resultado do estudo reflete que a qualificação do pessoal ocupado na agricultura ocorre de forma lenta. Mas a dotação de equipamentos para o trabalho, como o uso de tratores e colheitadeiras, foi decisivo para o desempenho observado”, ressalta a matéria.

 

Elanco, da área veterinária, lucrou US$ 86,5 milhões em 2018



A americana Elanco, uma das maiores indústrias veterinárias do mundo, encerrou 2018 com lucro líquido de US$ 86,5 milhões. De acordo com o Valor Econômico, o resultado, reportado nesta quarta-feira (6), representa uma melhora na comparação com 2017, quando a Elanco teve prejuízo de US$ 370,7 milhões.Com ações listadas na bolsa de Nova York, a Elanco registrou vendas de US$ 3,066 bilhões no ano passado, incremento de 6,1% na comparação com os US$ 2,889 bilhões reportados no ano anterior. Da receita total, US$ 1,8 bilhão foi gerado nas vendas de medicamentos para animais de produção. Outros US$ 921 milhões vieram das vendas de medicamentos para animais de companhia. Em comunicado, o CEO da Elanco, Jeff Simmons, afirmou que os fundamentos do mercado de saúde animal permanecem “sólidos” e devem sustentar o crescimento da companhia em 2019. “A Elanco projeta que as vendas da companhia renderão entre US$ 3,10 bilhões e US$ 3,16 bilhões em 2019, o que representa um crescimento de até 3% sobre a receita do ano passado”, afirma a nota.

 

NA IMPRENSA
Anda – A marcha mundial pelos direitos animais está de volta em 2019 

 

Anda – Animais silvestres salvos de maus-tratos e do tráfico recebem cuidados

 

Anda – Incêndio atinge santuário e mata 41 animais nos Estados Unidos

 

Anda – PL que prevê multa para maus-tratos a animais é aprovado em Aparecida de Goiânia (GO)

 

Embrapa – Pesquisa mapeará níveis de degradação de pastagens do Cerrado

 

Embrapa – Projeto beneficia 4 mil produtores na região dos Lagos do São Francisco

 

Mapa – Produtividade da agropecuária cresce 3,43% ao ano

 

Câmara dos Deputados – Deputados reeleitos pedem o desarquivamento de propostas

 

Senado Federal – Definidos líderes de 16 partidos com representação no Senado

 

Senado Federal – Davi Alcolumbre confirma definição de comissões na terça

 

Senado Federal – Senadores propõem mudanças nas regras para eleição da Mesa do Senado

 

Senado Federal – Mesa do Senado terá 11 partidos representados

 

O Estado de S. Paulo – Série mostra detetives caninos em busca de animais desaparecidos

 

O Estado de S. Paulo – Conversa de Bicho – Diversão no shopping para pets e seus tutores

 

O Estado de S. Paulo – Um novo salto para o agronegócio em São Paulo

 

Exame – 350 animais são resgatados em Brumadinho

 

Exame – Estudo aponta que abelhas são capazes de resolver operações matemáticas

 

Folha de S. Paulo – Cantor Latino se declara para Ana Paula, macaca de estimação: ‘Juntos e para sempre’

 

Folha de S. Paulo – BRF vende ativos na Europa e na Tailândia para Tyson Foods por R$ 1,25 bilhão

 

G1 – Comlurb recolhe 7,4 toneladas de peixes mortos na Lagoa Rodrigo de Freitas

 

Valor Econômico – Elanco, da área veterinária, lucrou US$ 86,5 milhões em 2018

 

Zero Hora – Homem mata puma asfixiado após ser atacado pelo animal em parque dos EUA

 

Correio Braziliense – Zoológico promove atividade gratuita que marca fim das férias escolares

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.