Pfizer deve pedir aval de vacina contra Covid em crianças de 5 a 11 anos à Anvisa em novembro

Home/Informativo/Pfizer deve pedir aval de vacina contra Covid em crianças de 5 a 11 anos à Anvisa em novembro

Pfizer deve pedir aval de vacina contra Covid em crianças de 5 a 11 anos à Anvisa em novembro

A Pfizer informou que deve solicitar à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a aplicação da vacina ComiRNAty em crianças entre 5 a 11 anos no mês de novembro, publicou a  Folha de S. Paulo. ’A submissão do pedido junto à Anvisa para a aprovação do uso da vacina ComiRNAty, da Pfizer/Biontech, para crianças entre 5 e 11 anos deve ocorrer ao longo do mês de novembro de 2021’, disse em nota. Atualmente, a vacina da Pfizer é única aplicada em adolescentes com 12 anos ou mais. O uso para quem tem de 12 a 15 anos foi autorizado em junho deste ano. O Ministério da Saúde planeja vacinar crianças contra a Covid em 2022 caso a Anvisa aprove a imunização. Para esse público, a previsão é de 70 milhões de doses. Ainda não há pedidos na Anvisa para que libere a aplicação de doses em crianças. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Acordo facilita produção de pílula contra Covid em 105 países

A companhia farmacêutica Merck assinou um acordo de licenciamento com um projeto apoiado pela ONU para permitir a produção de uma versão genérica de sua pílula contra a Covid. Segundo a Folha de S. Paulo, o trato foi fechado entre a empresa americana e o Medicines Patent Pool (MPP), iniciativa ligada às Nações Unidas que tem como objetivo disponibilizar remédios mais baratos, especialmente para países pobres. Com o anúncio feito nesta quarta-feira (27), a Merck permitirá que a pílula contra a Covid seja fabricada sem a cobrança de royalties em 105 países de renda baixa e média. A lista não inclui o Brasil. Caberá ao MPP selecionar as empresas que vão produzir o molnupiravir, a pílula antiviral que a Merck desenvolveu com a Ridgeback Biotherapeutics —o tratamento ainda é experimental. A ONG internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF), expressou decepção com as limitações da licença, pois a lista de países incluídos exclui quase a metade da população mundial e deixa de fora países de renda média-alta com capacidade industrial robusta, como Brasil e China. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Unidade da Universidade de Oxford deve ser instalada no Brasil até 2022, diz Queiroga

O Brasil deve ter uma unidade da Universidade de Oxford até o próximo ano. A intenção é promover a formação de novos pesquisadores e o desenvolvimento de vacinas e medicamentos, informou a Folha de S. Paulo. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na Universidade de Oxford, no Reino Unido, nesta quarta-feira (27). A medida foi celebrada com a assinatura de um termo de compromisso entre o ministro e a instituição inglesa. A previsão é que a unidade brasileira tenha cursos de mestrado, PHD e atualização para profissionais. A intenção é priorizar a pesquisa em saúde global, além da formação de novos profissionais na área de doenças infecciosas, pesquisas clínicas e desenvolvimento de imunizantes. A iniciativa tem o apoio do Governo Britânico e o suporte acadêmico e científico da Universidade de Siena, na Itália, do Institute for Global Health, do Internacional Vaccines Institute e de outras entidades pelo mundo.

Senadores levam relatório final da CPI da Pandemia para PGR e STF

Um grupo de senadores entregou nesta quarta-feira (27) ao procurador-geral da República, Augusto Aras, e ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), cópias do relatório final da CPI da Pandemia. Cabe a Aras decidir se oferece denúncia contra o presidente Jair Bolsonaro e outros agentes púbicos com foro privilegiado citados no documento, aprovado na terça-feira (26) pela comissão, informou a Agência Senado. O presidente, o relator e o vice-presidente da CPI participaram da entrega do relatório. Após o encontro, Augusto Aras afirmou que o relatório final pode contribuir em investigações já conduzidas pelo Ministério Público.  O relatório final será encaminhado ainda ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e a órgãos como Polícia Federal, Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal Penal Internacional (TPI). Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Veja outras notícias

Anvisa
Disponibilizada publicação comemorativa dos 30 anos do ICH

ANS
ANS atualiza Mapa de Utilização do SUS

ANS
ANS faz alterações nos dados abertos do Padrão TISS

Agência Saúde
Em parceria inédita, Brasil terá primeira unidade da Universidade de Oxford

Agência Saúde
Congresso Mundial de Cardiologia: Brasil vai sediar maior evento sobre saúde do coração em 2022

Agência Senado
Senado é iluminado de roxo para reforçar campanha de conscientização sobre psoríase

Agência Senado
Senadores levam relatório final da CPI da Pandemia para PGR e STF

Agência Senado
Audiência debate criação de semana nacional para autodefensores das Apaes

Agência Câmara
Debate aborda aplicabilidade de leis sobre reconstrução de mama

CNS
Parlamentares defendem investimento em tecnologia para melhorar prevenção e tratamento do câncer de mama

CNS
Em seminário da Opas, CNS debate desafios para promoção da Saúde nos territórios

Agência Brasil
Covid-19: Américas têm menor nível de casos e óbitos em mais de um ano

Agência Brasil
MSD amplia fabricação de versão genérica de antiviral contra covid-19

Agência Brasil
Senado aprova proteção às santas casas em ano eleitoral

G1
Pfizer diz que entrará com pedido na Anvisa para que vacina contra a Covid possa ser aplicada em crianças

G1
Vacinação de crianças contra a Covid-19: veja o que se sabe e o que está em prática no mundo

G1
Covid longa: 80% dos que perderam olfato ou paladar recuperaram os sentidos em até 6 meses, diz estudo

STJ
Plano de saúde deve custear medicamento à base de canabidiol com importação autorizada pela Anvisa

Correio Braziliense
Inep divulga resultados da primeira etapa do Revalida 2021          

Folha de S. Paulo
Pfizer deve pedir aval de vacina contra Covid em crianças de 5 a 11 anos à Anvisa em novembro

Folha de S. Paulo
Uso de máscara em local aberto deixa de ser obrigatório no Rio a partir desta quina

Folha de S. Paulo
Presidente da Anvisa rebate fala de Bolsonaro sobre vacina e Aids

Folha de S. Paulo
Unidade da Universidade de Oxford deve ser instalada no Brasil até 2022, diz Queiroga

O Estado de S. Paulo
Um problema que assola o Brasil: catarata e falta de óculos são as maiores causas de cegueira

Jota
Qual peso devem ter as evidências científicas para tomar uma decisão legislativa?

Veja
Condição hereditária comum, doença falciforme é negligenciada no Brasil

Medicina S/A
SUS: Pacientes com câncer de mama não têm atualização terapêutica há 20 anos

Medicina S/A
Taxa de cesarianas na Saúde Suplementar apresenta queda lenta

Medicina S/A
Consumo de medicamentos genéricos cai 60% em 2021

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »