Onda de fusões e aquisições movimenta o setor de saúde

Home/Informativo/Onda de fusões e aquisições movimenta o setor de saúde

O processo de consolidação do setor de saúde tornou-se mais rápido neste ano. Apenas as empresas de capital aberto movimentaram, entre janeiro e o dia 10 de julho, cerca de R$ 6,3 bilhões em fusões e aquisições, em especial, de hospitais e operadoras de planos de saúde. Desse montante, R$ 4,2 bilhões vieram de três grupos que lançaram ações recentemente: Rede D’Or, Dasa e Mater Dei. No ano passado todo, as empresas listadas fecharam negócios de cerca de R$ 8 bilhões. Em 2019, o montante chegou a R$ 10 bilhões, mas metade refere-se a à compra da São Francisco Saúde pela Hapvida. Segundo a consultoria Deloitte, o setor registrou, no acumulado do ano, 104 transações de compra e venda. A maior parte é de ativos ligados à prestação de serviços. Neste ano, os maiores cheques foram para aquisições de hospitais e operadoras verticalizadas de saúde. A NotreDame Intermédica pagou R$ 1 bilhão pelo Centro Clínico Gaúcho, operadora de Porto Alegre. A Rede D’Or desembolsou R$ 382,5 milhões por 51% do hospital mineiro Biocor. A rede mineira Mater Dei, por sua vez, adquiriu o Hospital Porto Dias, no Pará, por R$ 1,3 bilhão. Em Salvador, a Dasa comprou o Hospital da Bahia por R$ 850 milhões e a rede de clínicas Amo por R$ 750 milhões. A estimativa é que as transações vão ocorrer por mais três a cinco anos. Hapvida e Intermédica, que acertaram uma fusão, informaram que nos próximos três anos vão operar separadamente para prosseguir com as aquisições e não perder essa janela. As transações ocorrem porque metade dos hospitais no país tem menos de 50 leitos, abaixo dos 150 considerados necessários para ser rentável. Além disso, até 2015 era proibida a entrada de capital estrangeiro em hospital nacional. Para a consultoria BR Finance, há 278 unidades hospitalares na mira de investidores. Já o mercado de operadoras verticalizadas está mais restrito. Hoje, são menos de 20, informou o Valor Econômico nesta terça-feira (13).

Médicos peritos da Previdência acionam STF contra norma embutida em Medida Provisória

A Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP) ingressou no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (12), com ação de inconstitucionalidade contra norma da recente Lei 14.131/2021 que autorizou o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a conceder benefício de auxílio por incapacidade temporária, mediante simples apresentação de atestado médico. Segundo o Jota sem obrigação de que tal atestado seja firmado por peritos médicos federais. Além disso, a ANMP sustenta que o dispositivo legal em causa foi embutido quando da aprovação pelo Congresso de uma medida provisória (MP 1.006/2020), que versava, originalmente, sobre o “aumento da margem de crédito consignado dos titulares de benefícios de aposentadoria e pensão do Regime Geral de Previdência Social durante o período da pandemia de Covid-19”. Na petição inicial da ADI 6.928, o advogado Paulo Liporaci acrescenta que: “De acordo com o pacífico entendimento firmado por esse Supremo Tribunal Federal (STF), são incompatíveis com a Constituição os dispositivos derivados de emendas parlamentares inseridas sem observância aos critérios de pertinência temática e de preservação da previsão de despesas”. O advogado da entidade nacional dos médicos peritos ressalta ainda que, “nos moldes delineados pela norma impugnada, os agentes responsáveis pela efetiva verificação da incapacidade laborativa (peritos médicos federais) não têm conhecimento da condição real do segurado, e são impedidos de realizar quaisquer verificações fisiológicas, simples ou complexas, inerentes a qualquer avaliação médica básica vigente no sistema previdenciário”. Tais como “a aferição da pressão arterial, a medição de temperatura, a auscultação, a realização de manobras ortopédicas”. Ou seja, “a União, a pretexto de facilitar o acesso aos benefícios previdenciários por parte dos efetivos titulares do direito a essa verba, imputa o grave ônus da fragilização do sistema previdenciário a todos os cidadãos”. A ministra Cármen Lúcia foi sorteada relatora desta ação.

Farmacêuticas faturaram mais de R$ 1 bilhão com ‘kit Covid’ na pandemia, segundo relatos à CPI

Apesar da polêmica em torno da eficácia do “kit Covid” contra a doença, a venda dos remédios que o compõem deu um salto na pandemia. O faturamento de sete empresas apenas com esses medicamentos foi de R$ 482 milhões de janeiro de 2020 a maio de 2021. Em 2019, antes da Covid-19, a comercialização ficou pouco acima de R$ 180 milhões. Em algumas empresas o crescimento foi sete vezes maior. O levantamento foi feito pela Folha de S.Paulo com base em documentos sigilosos e abertos enviados à CPI da Covid pelas empresas EMS, Farmoquímica, Momenta Farmacêutica, Abbott, Sandoz, Cristália e Supera Farma. Outras farmacêuticas, como a Apsen, Vitamedic e Brainfarma, não enviaram dados fechados de seu faturamento para a comissão, então o valor total pode ter ultrapassado R$ 1 bilhão. Entre os remédios listados estão cloroquina, ivermectina, nitazoxanida, azitromicina e vitamina D. A quantidade de medicamentos vendida que foi informada pelas empresas multiplicada pelo preço médio também comunicado nos documentos dá um valor de mais R$ 897 milhões gastos de janeiro de 2020 a maio de 2021.

Vacinas não devem ser combinadas sem orientação das autoridades, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reiterou nesta terça-feira (13) que as pessoas não devem decidir por si mesmo sobre a combinação de vacinas contra a covid-19, notando que ainda há poucos dados sobre o impacto na saúde desse tipo de ação. De acordo com o Valor Econômico uma eventual decisão sobre a mistura de doses de diferentes laboratórios deve ser tomada unicamente pelas autoridades sanitárias públicas com base em dados disponíveis. Um dos estudos, recentemente publicado, indicou que as vacinas contra a covid-19 produzidas pelas farmacêuticas Pfizer/BioNTech e Moderna podem desencadear uma resposta imunológica persistente que garantiria uma proteção a longo prazo contra a doença. Essa pesquisa foi realizada com 41 pessoas, sob a direção de Ellebedy, imunologista da Universidade de Washington.

SAÚDE NA IMPRENSA

Agência Câmara – Comissão especial debaterá saúde do homem com foco na oncologia 
Agência Câmara – Comissões debatem oferta de implante contraceptivo pelo SUS
Agência Câmara – Cancelado seminário sobre uso da Educação Física na reabilitação de pessoas com deficiência 
Agência Câmara – Organizações da sociedade civil criticam projeto que as obriga a atender idosos 
Agência Câmara – Comissão aprova atendimento especializado para gestantes dependentes químicas em situação de rua 
Agência Câmara – Comissão aprova proposta que destina 10% das multas de trânsito para tratamento de câncer de mama 
Agência Câmara – Comissão debate situação da oncologia na pandemia 
Agência Câmara – Comissão debate nova classificação da OMS que trata a condição de velhice como doença 
Agência Câmara – Secretaria da Mulher promove debate sobre infarto 
Agência Câmara – Comissões permanentes votam emendas para a LDO 2022 
Anvisa – Nota Anvisa: aplicação de vacinas em crianças com 12 anos ou mais 
Anvisa – Anvisa solicita alteração na bula das vacinas da Janssen e da AstraZeneca
Anvisa – Medicamentos sintéticos: novos códigos para petição
Anvisa – Relatório aponta aumento de 7,9% no faturamento do mercado de medicamentos 
Anvisa – Anvisa divulga novo horário de atendimento presencial 
Anvisa – Anvisa atualiza documentos para registro e pós-registro de alimentos 
Anvisa – Vacinas contra Covid-19 e eventos adversos: notificações 
ANS – ANS amplia alcance de decisões judiciais sobre Transtorno do Espectro Autista 
Agência Saúde – Abertas inscrições para 1ª Mostra de Experiências em Saúde Ambiental 
Agência Saúde – Mais de 30 milhões de brasileiros já receberam a segunda dose ou a dose única da vacina da Covid-19
Agência Saúde – Saúde oferece capacitação para prevenir comportamentos de automutilação em adolescentes 
Agência Saúde – Mais de 96% dos municípios brasileiros garantem participação no programa para qualificação de agentes Saúde com Agente 
Agência Saúde – Copa América: competição termina com mais de 99% dos testes negativos para a Covid-19 
Agência Saúde – Mutirão de saúde leva atendimentos para indígenas no Xingu (MT) 
Conasems – Live: Conasems, DATASUS e SAPS dão orientações sobre o ConecteSUS Profissional 
Jota – Médicos peritos da Previdência acionam STF contra norma embutida em MP 
Jota – Juiz determina que casal não tome 4ª dose de vacina sob pena de multa 
Agência Brasil – Pfizer pede inclusão em bula da indicação de vacina para crianças  Agência Brasil – Saúde faz mutirão de atendimentos médicos a indígenas de Mato Grosso 
Agência Brasil – Covid-19: governo do Rio antecipa segunda dose da AstraZeneca 
Agência Brasil – Covid-19: Brasil tem 19,1 milhões de casos e 534,2 mil mortes 
Agência Brasil – Prefeito de Duque de Caxias tem alta após internação por covid-19 
Agência Brasil – Vacinação contra gripe é liberada para todo o público de São Paulo 
Agência Brasil – São Paulo inicia vacinação contra a covid-19 de pessoas com 37 anos 
Folha de S.Paulo – Bolsonaro indica André Mendonça, seu ministro terrivelmente evangélico, para vaga no STF  
Folha de S.Paulo – Experimento brasileiro mapeia curas e loucuras na terra incógnita do LSD 
Folha de S.Paulo – Deputado sugere que irmão gravou Bolsonaro sobre Covaxin, recua, mas diz guardar provas dos alertas  
Folha de S.Paulo – Farmacêuticas faturaram mais de R$ 1 bilhão com ‘kit Covid’ na pandemia, segundo relatos à CPI  
Folha de S.Paulo – O silêncio do Ministério da Saúde sobre as vacinas vencidas é ensurdecedor  
Folha de S.Paulo – SUS ‘mata’ Gleisi Hoffmann, que tenta provar que está viva para tomar vacina  
Folha de S.Paulo – Planos de saúde dizem que argumento do Procon é questão antiga  
O Estado de S.Paulo – Brasil registra 765 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e média móvel mantém tendência de queda 
O Estado de S.Paulo – Advogada deixa defesa de ex-diretor da Saúde, acusado de pedir propina e fazer pressão por vacina 
O Estado de S.Paulo – Secretário de Guedes admite que sugeriu ‘imunidade de rebanho’ sem ouvir Ministério da Saúde 
O Estado de S.Paulo – Ainda não há dados que apontem para necessidade de revacinação no Brasil, diz entidade médica 
O Estado de S.Paulo – CPI da Covid ouve diretora da Precisa Medicamentos nesta terça 
O Estado de S.Paulo – A saúde dos olhos na pandemia 
O Estado de S.Paulo – Miranda diz que relatou a membros da CPI quem teria ameaçado Pazuello, mas desconversa sobre Lira 
O Globo – Auxiliar de Guedes admite que não ouviu Saúde ao apostar na tese da imunidade de rebanho  
O Globo – Estrangeiros podem ser os primeiros a usar ButanVac, diz diretor do Butantan  
O Globo – Oito em cada dez pessoas que se curam da Covid-19 têm sequelas. Nosso desafio: tratar 
G1 – Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil é a menor de 2021, aponta Imperial College 
G1 – Sociedade Europeia de Cardiologia divulga orientações para uma dieta saudável 
G1 – França exigirá certificado para ir a restaurantes e imporá vacinação a profissionais de saúde 
G1 – Por que fluidez sexual é mais comum em mulheres do que em homens 
Correio Braziliense – Janssen: benefícios superam riscos raros, avaliam especialistas sobre vacina 
Correio Braziliense – Noruegueses acham mais indícios de que cloroquina não funciona para covid  
Correio Braziliense – Vacina da J&J “aumenta risco” de desenvolver rara doença no sistema nervoso 
Valor Econômico – Mensagens sugerem que Bolsonaro negociou vacinas fora da agenda oficial, diz revista 
Valor Econômico – Diretora da Precisa se cala durante depoimento na CPI da Covid 
Valor Econômico – Alemanha não terá vacinação obrigatória contra a covid-19, diz Merkel 
Valor Econômico – Rio ainda estuda reduzir intervalo entre doses de AstraZeneca, diz secretário 
Valor Econômico – Vacinas não devem ser combinadas sem orientação das autoridades, diz OMS 
Valor Econômico – CPI investiga se disputa política na Saúde afetou compra de vacinas 
Valor Econômico – França obriga pessoal de saúde a se vacinar 
Valor Econômico – Onda de fusões e aquisições movimenta o setor de saúde 
Valor Econômico – Grupo Fleury emite R$ 1 bi em debênture sustentável 
Valor Econômico – Corte nos planos de saúde não muda cenário de inflação 
Valor Econômico – Rio ainda estuda reduzir intervalo entre doses de AstraZeneca, diz secretário 
Valor Econômico – Vacinas não devem ser combinadas sem orientação das autoridades, diz OMS 
Valor Econômico – Corte nos planos de saúde não muda cenário de inflação 
Valor Econômico – Governo articula nova doação de vacina dos EUA 
Valor Econômico – Hypera compra AAS, Cepacol e outras 10 marcas de medicamentos da Sanofi  
Valor Econômico – Projeto que libera emendas para a saúde pode ser aprovado 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »