OMS ATUALIZA LISTA DE MEDICAMENTOS ESSENCIAIS E DÁ NOVAS RECOMENDAÇÕES SOBRE ANTIBIÓTICOS

//OMS ATUALIZA LISTA DE MEDICAMENTOS ESSENCIAIS E DÁ NOVAS RECOMENDAÇÕES SOBRE ANTIBIÓTICOS
A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou suas recomendações sobre quais antibióticos devem ser usados para infecções comuns e quais devem ser utilizados apenas em situações mais graves. A atualização faz parte da “Lista Modelo de Medicamentos Essenciais” da OMS para 2017, que também adiciona medicamentos para HIV, hepatite C, tuberculose e leucemia. Conforme reportagem publicada pelo site das Organizações das Nações Unidas (ONU), o objetivo é que melhore os resultados do tratamento, reduza o desenvolvimento de bactérias resistentes a medicamentos e preserve a eficácia dos antibióticos de “último recurso”, que são necessários quando todos os outros falham. As mudanças apoiam o Plano de Ação Global da OMS sobre a resistência antimicrobiana, que visa a combater o desenvolvimento da resistência a medicamentos, garantindo o melhor uso de antibióticos.

Comissão do Senado aprova projeto que garante emprego a paciente com câncer

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou, na última quinta-feira (8), um projeto de lei que garante a permanência no emprego por no mínimo um ano ao segurado da Previdência Social com câncer que receber auxílio-doença. O jornal O Estado de S.Paulo destaca que o projeto, de autoria do senador Eduardo Amorim (PSC-SE), foi aprovado por unanimidade na comissão e deverá seguir para análise na Câmara dos Deputados. Pela proposta, o paciente com câncer terá direito a permanecer no emprego depois do término do auxílio-doença. No parecer, o relator senador Paulo Paim destaca que a dispensa pode causar sérios transtornos ao trabalhador e até levá-lo a um quadro de depressão profunda. “Este projeto corrige, portanto, grave lacuna de nossa legislação trabalhista tendo em vista que o trabalhador apto para o retorno às atividades tem iguais condições de produzir e de contribuir para a empresa”, ressalta o Estadão sobre a explicação do parecer.

Tudo aumenta, menos os repasses do SUS ao hospital, diz reitora da Unifesp

Em crise financeira, o Hospital São Paulo, ligado à Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), reduziu nos últimos meses seus atendimentos pela metade – deixando 30 mil pacientes sem os serviços ambulatoriais e de pronto-socorro desde março. Foram mil cirurgias a menos, e 40% dos 750 leitos de internação estão ociosos por falta de recursos. Em entrevista para o jornal Folha de S.Paulo, a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, diz que a capacidade de atendimento à população pode piorar, caso não haja novos repasses do governo federal. As ações acadêmicas realizadas no hospital também correm risco. “As atividades de ensino, pesquisa e extensão não podem parar, e precisam ter sustentação”, ressalta ela, que assume nesta sexta-feira (9) um novo mandato à frente da universidade. O Hospital teve déficit de R$ 32,9 milhões em 2016. E a dívida é de R$ 160 milhões. A tabela SUS não é reajustada desde 2010. “Tudo aumenta, menos o repasse. Não conseguimos cumprir contratos de forma satisfatória, o que nos obrigou a reduzir o atendimento. Até que culminou com o fechamento do atendimento de urgência, em março. O que não é emergência, encaminhamos”, disse à Folha.

Ações judiciais de medicamentos em SC devem conter informações comprovando necessidade

De acordo com informações do site RBN FM, os juízes Sandro Pierri e Angélica Fassini, que respondem pela primeira e segunda vara do município de Ibirama, determinaram através de uma portaria que os autores das ações contra o Governo de Santa Catarina comprovem a real necessidade e urgência no fornecimento de medicamentos e tratamentos à saúde. Entre as novas exigências estão atestado ou receita médica contendo nome nacional do medicamento, ou em sua falta, nome internacional e princípio ativo. “A portaria estabelece ainda que o cidadão apresente cópia dos exames indicados pelo médico responsável pelo diagnóstico, acompanhados da ficha ou prontuário médico do paciente e também da negativa formal do atendimento por parte do Estado e do Município, caso o medicamento necessário para o tratamento conste na lista da Farmácia Básica. A medida visa agilizar os processos e garantir que pessoas que realmente necessitem de determinado remédio sejam atendidas o mais rápido possível”, diz o texto. A reportagem acrescenta ainda que “todas as comarcas catarinenses deverão contar, até o final de 2018, com o atendimento do Núcleo de Apoio Técnico (NAT), da Secretaria Estadual da Saúde”.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Ministro da Saúde destaca ações implantadas em um ano de gestão

Anvisa – Medicamentos – cuidado com promessas milagrosas

Anvisa – Participe do VI Simpósio Novas Fronteiras Farmacêuticas

Anvisa – Consulta Pública: tecnologia na cadeia de rastreabilidade

Inca – Conheça a programação preliminar do Congresso INCA 80 anos: inscrições já estão abertas

Senado Federal – CAS aprova garantia de estabilidade no emprego para trabalhador com câncer

Senado Federal – Inclusão de valor calórico em rótulos de bebidas alcoólicas será analisada pela CAS

Senado Federal – Projeto de lei regulamenta a profissão de terapeuta naturalista

Senado Federal – Eduardo Lopes propõe plano de saúde público

Câmara dos Deputados – Especialistas expõem visões distintas sobre uso de antidepressivos

Câmara dos Deputados – Comissão aprova prorrogação de bolsa de estudo para aluna que der à luz

Câmara dos Deputados – Professores de educação física questionam pagamento de taxa a conselho profissional

Folha de S.Paulo – Método brasileiro usa pele de tilápia para tratar queimaduras graves

Folha de S.Paulo – Gabriel Alves – Depoimento: ‘Praticar exercícios físicos foi o que me deu motivação para conseguir vencer o câncer’

O Estado de S.Paulo – Inovação em saúde é tema de Summit do ‘Estado’

O Estado de S.Paulo – Comissão do Senado aprova projeto que garante emprego a paciente com câncer

O Estado de S.Paulo – Cresce internação psiquiátrica por planos de saúde

Folha de S.Paulo – Tudo aumenta, menos os repasses do SUS ao hospital, diz reitora da Unifesp

Folha de S.Paulo – Liberação de mosquitos transgênicos contra dengue e zika avança no país

Folha de S.Paulo – Bebês com zika nascem sem microcefalia em SP

G1 – Vacina contra o HIV imuniza mais de 50% dos macacos em testes

G1 – Zika afeta 5% de bebês de grávidas infectadas, diz centro dos EUA

G1 – Unicamp seleciona voluntários para pesquisa sobre diabetes relacionada a problemas cardíacos

O Globo – Em epidemia sem precedentes, Iêmen tem uma morte por cólera a cada hora

O Globo – Preço de medicamentos sobe acima da inflação: confira como economizar

Mídia Max – SUS na Justiça: processos dobram em MS, segundo o Tribunal de Justiça

Ediação MS – Comitê Estadual debate judicialização da saúde no TJMS

RBN FM – Juízes determinam que ações judiciais contra o Estado pedindo medicamentos devam conter informações comprovando necessidade

ONU – OMS atualiza lista de medicamentos essenciais e dá novas recomendações sobre antibióticos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.