Ministério da Saúde fecha acordo com governo de São Paulo para compra de 46 milhões de doses da Coronavac  

//Ministério da Saúde fecha acordo com governo de São Paulo para compra de 46 milhões de doses da Coronavac  
O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, fechou um acordo com o estado de São Paulo para compra de 46 milhões de doses da Coronavac, vacina da farmacêutica chinesa Sinovac que será produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, ao custo de US$ 2,6 bilhões de dólares (R$ 14,51 bilhões de reais), até dezembro deste ano. Em reunião com governadores nesta terça-feira (20), Pazuello, afirmou que vai incorporar a Coronavac no Programa Nacional de Imunizações, colocando-a assim no cronograma nacional. Os recursos, segundo a Folha de S.Paulo apurou, devem ser liberados por meio de medida provisória. O governo federal tem o contrato para obter 140 milhões de doses —100 milhões da parceria entre a AstraZeneca e a Universidade de Oxford e 40 milhões do mecanismo Covax Facility, liderado pela OMS (Organização Mundial de Saúde). O acordo foi fechado um adia após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticar a postura do governador João Doria em afirmar que a vacinação contra a Covid-19 será obrigatória no estado de SP e afirmar que as doses precisariam ter comprovação científica para que fossem aplicadas. No final da tarde, em evento no Palácio do Planalto, o presidente fez críticas indiretas ao governador João Doria (PSDB). Segundo ele, o tucano está “levando terror perante a opinião pública”. “Não quero acusar ninguém de nada aqui, mas essa pessoa está se arvorando e levando terror perante a opinião pública. Hoje em dia, pelo menos metade da população diz que não quer tomar essa vacina. Isso é direito das pessoas. Ninguém pode, em hipótese alguma, obrigá-las a tomar essa vacina”, acrescentou. Bolsonaro ressaltou ainda que quem defende a vacinação obrigatória contra o coronavírus não pensa na “vida do próximo” e que as decisões sobre a política de imunização cabem ao Ministério da Saúde. A Coronavc está na fase 3 de testes, incluindo o Brasil. Segundo o governo de São Paulo, a vacina é segura e registrou efeitos colaterais leves em 35% dos voluntários da pesquisa.

Estados querem que Ministério da Saúde centralize compra de insumos de combate à Covid

Governadores articulam para que, com a chegada das vacinas contra a Covid, o governo federal centralize a compra dos insumos necessários à imunização, como seringas e equipamentos de proteção individual (EPIs), destacou o Blog Lauro Jardim do jornal O Globo nesta terça-feira (20). Explicação: eles dizem que a falta de coordenação do Ministério da Saúde em parte das compras públicas para o enfrentamento à doença nos últimos meses fez de estados e municípios “reféns de leilões” das empresas. “Jogam neste aspecto a culpa por terem se tornado alvo de “investigações injustas” da PF e do Ministério Público”, diz a coluna.

Medicamento pode reduzir em 95% carga viral da covid-19, diz ministro 

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marcos Pontes, ressaltou nesta segunda-feira (19), em entrevista ao programa A Voz do Brasil, produzido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que o medicamento nitazoxanida tem capacidade de reduzir em 95% a carga viral da covid-19 em pacientes no início do tratamento. “A nitazoxanida começou a ser testada em fevereiro, junto com outras 2 mil drogas inicialmente com inteligência artificial, modelamento matemático, computação gráfica no Laboratório Nacional de Biociências e, desses, em cinco deles mostraram capacidade de inibir o vírus, pelo menos em forma simulada. Aí foram testados in vitro, em células humanas e, desses cinco, a nitazoxanida mostrou 95% de redução, inibição do vírus”, explicou. Segundo o ministro, os dados da pesquisa serão divulgados após revisão e publicação em periódico científico internacional. O estudo clínico do Laboratório Nacional de Biociências sobre o uso do medicamento nitazoxanida em pacientes na fase precoce da covid-19 demonstrou eficácia no tratamento da doença, reduzindo a carga viral das pessoas infectadas. O anúncio foi feito em cerimônia no Palácio do Planalto, na tarde desta segunda-feira, com a participação do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o ministro, foram realizados testes duplo cego, quando nem o paciente e nem o médico sabem qual a medicação está sendo tomada, e randomizados, quando os pacientes são distribuídos aleatoriamente em dois grupos, um que recebe o medicamento e outro que recebe um placebo. A dose oferecida era de 500 miligramas da nitazoxanida, três vezes ao dia, ou o placebo durante cinco dias. “Foram feitos testes clínicos com 1.500 pacientes e os testes demonstraram que, realmente, esse medicamento reduz a carga viral. Esse era o objetivo do teste. [Reduz] a carga viral para pacientes admitidos de forma precoce, que foram detectados com covid-19, comecem o tratamento”, afirmou. Ao fazer o anúncio da pesquisa, o ministro disse que o medicamento não pode ser usado por quem não apresenta sintomas da doença, mas apenas para pessoas na fase inicial da infecção. “Não é profilático, não é para prevenção. É só depois da detecção do vírus”, disse. Nitazoxanida é um vermífugo já conhecido no Brasil, atualmente usado no tratamento de rotavírus. Segundo Marcos Pontes, a inclusão do medicamento no protocolo de tratamento do novo coronavírus no Sistema Único de Saúde (SUS) será feita após análise do Ministério da Saúde.

Deputada cobra regulamentação da lei que determina realização de exames pelo SUS em 30 dias

Nesta segunda-feira (19) a Agência Câmara destacou que, em reunião da Secretaria da Mulher da Câmara na última sexta-feira (16), a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) cobrou a regulamentação da lei 13.896/19, que determina que os exames no caso de suspeita de câncer devem ser realizados em no máximo 30 dias. Ela é autora da proposta que deu origem à lei. “Ainda há a necessidade de regulamentarmos e a necessidade de realmente conseguirmos assegurar que isso aconteça na prática em cada um dos nossos municípios, porque o diagnóstico precoce significa o tratamento precoce”, disse a deputada. Também participaram da reunião representantes do poder público, dos médicos e dos pacientes. A defensora pública federal Daniela Jacques destacou que existe, dentro da defensoria pública, um grupo de trabalho voltado para as questões femininas, porque, segundo ela, as políticas de gênero normalmente não são bem aceitas por parte da sociedade, apesar de necessárias. “A Defensoria Pública da União vai estar sempre atenta para fazer uma fiscalização no seu cumprimento de forma geral, ou seja, a gente atua tanto na questão individual, na defesa e na busca do direito individual a ser implementado, quanto também relativamente à tutela coletiva”, afirmou. A presidente da Femama, entidade que reúne 70 ONGs que trabalham na prevenção e atendimento a pacientes com câncer de mama, Maria Caleffi, lamentou que o número de mamografias tenha sido 50% menor já em 2019, e agora com a pandemia de coronavírus esses números estão ainda mais baixos. Para tentar reverter esse quadro, a representante da Sociedade Brasileira de Oncologia, Daniela Assad, disse que foram disponibilizados no site da entidade materiais de orientação sobre a segurança do tratamento, inclusive da quimioterapia, durante a pandemia de Covid-19. Segundo Daniela Assad, a página recebeu 450 mil acessos, o que mostra a necessidade de informação sobre o câncer durante a pandemia. Para a médica, agora é a hora de iniciar a retomada dos tratamentos nas localidades onde houve a diminuição dos casos de Covid.

SAÚDE NA IMPRENSA

Agência Câmara – Prédios do Congresso exibem frases no Dia Internacional de Conscientização do Câncer de Mama

Agência Câmara – Deputada cobra regulamentação da lei que determina realização de exames pelo SUS em 30 dias

Agência Senado – Comissões aprovam 20 autoridades em primeiro dia de esforço concentrado

Agência Senado – CAS aprova diretores para a Anvisa; indicações vão ao Plenário

Agência Senado – Comissão de Assuntos Sociais aprova indicados a presidente e diretora da Anvisa

Anvisa – Dúvidas sobre doação de sangue? Veja o novo informativo

Anvisa – Anvisa contrata consultor para apoiar relatório de PDP

Anvisa – Senado aprova indicados para diretoria da Anvisa

Anvisa – Informe sobre reunião da Diretoria Colegiada da Anvisa

Anvisa – Documentos orientam ações de inspeção e fiscalização

Anvisa – Webinar da Anvisa aborda indeferimento de medicamentos

ANS – Evento virtual debaterá os impactos da Covid-19 nos planos coletivos empresariais

Agência Saúde – Portaria define critérios de classificação para apresentação de projetos no âmbito do Pronon e do Pronas/PCD em 2020

Conitec – PCDT sobre Guillain-Barré é atualizado após recomendação da Conitec

Opas – Em parceria com a Fundação da OMS, Kim Sledge e World We Want regravam canção “We Are Family” em um chamado global à solidariedade

Governo Federal – Após meses de testes, medicamento Nitazoxanida mostra eficácia na redução da carga viral da Covid-19

Governo Federal – Seis hospitais universitários federais já fazem parte da rede de pesquisa para testar vacinas contra a Covid-19

Agência Brasil – Medicamento pode reduzir em 95% carga viral da covid-19, diz ministro 

Agência Brasil – Nitazoxanida reduz carga viral de pacientes com covid-19, diz pesquisa

Agência Brasil – União Química deve pedir registro da vacina russa à Anvisa em novembro

Agência Brasil – Baixa percepção de risco afasta população das vacinas, aponta Unicef

Agência Brasil – Possível subnotificação de sarampo durante pandemia preocupa OPAS

Agência Brasil – CoronaVac é a vacina em teste mais segura contra covid-19

Agência Brasil – Rússia inicia transferência tecnológica para produzir vacina no Brasil

Correio Braziliense – Efeitos da covid-19 no corpo podem durar até três meses, mostra estudo de Oxford

Correio Braziliense – Brasil produzirá vacina Sputinik V em dezembro, anuncia fundo russo

Correio Braziliense – Oito hábitos de higiene para mulheres e homens após o sexo

Jota – CNSaúde pede extensão da liminar que suspendeu regras de recolhimento do ISS

Folha de S.Paulo – Como tornar a Atenção Básica mais acessível e resolutiva

Folha de S.Paulo – Frase de enviado da OMS é retirada de contexto para sugerir que entidade condena lockdown

Folha de S.Paulo – Pais de crianças com doença rara pedem para Doria prorrogar isenção de ICMS de medicamento

Folha de S.Paulo – Pazuello será pressionado por governadores a incorporar vacina chinesa no SUS

Folha de S.Paulo – Um dia vitrine do SUS, Santo André tem disputa eleitoral por legado de Celso Daniel

Folha de S.Paulo – Leitores comentam frase de Bolsonaro sobre vacinação

Folha de S.Paulo – Ministro da Saúde ignora pedido de Doria e mantém reunião com governadores nesta terça (20)

Folha de S.Paulo – Governo usa gráfico genérico para dizer que vermífugo tem eficácia contra Covid

Folha de S.Paulo – Letalidade da Covid-19 é semelhante à da pneumonia, calcula estudo

Folha de S.Paulo – Governo de SP adota cautela e não confirma vacinação para início de dezembro

Folha de S.Paulo – Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro

Folha de S.Paulo – Deputado usa dados imprecisos para colocar em dúvida a eficiência de medidas de distanciamento

Jornal Agora – Complexo médico em SP tem móveis empilhados, lixo e falta de profissionais

O Estado de S.Paulo – Rali dos Sertões instalará unidades de teleatendimento médico para moradores de área do percurso

O Estado de S.Paulo – Vacinação obrigatória contra covid-19 deve motivar disputas na Justiça, dizem especialistas

O Estado de S.Paulo – Startup Sami levanta R$ 86 mi em aporte e anuncia seu próprio plano de saúde

O Estado de S.Paulo – Medidas de saúde pública contra coronavírus encontram na masculinidade um obstáculo

O Estado de S.Paulo – Governo usa gráfico de banco de imagens para dizer que vermífugo é eficaz contra covid-19

O Estado de S.Paulo – Em evento sobre vermífugo para covid, Bolsonaro volta falar sobre não obrigatoriedade da vacina

O Estado de S.Paulo – Sindemia: entenda a classificação proposta para a covid-19

O Estado de S.Paulo – Após crítica de Bolsonaro, presidente da OAB diz que exame existe para proteção do cidadão

O Estado de S.Paulo – ‘Brasil precisa de paz, amor e vacina para salvar os brasileiros’, diz Doria

O Estado de S.Paulo – Vacina do Butantã é a que tem menos efeitos colaterais entre todas testadas, diz instituto

O Estado de S.Paulo – Senado faz sabatina a jato de 16 nomeados para agências reguladoras

BR Político – Coronavac é vacina ‘mais promissora’ e com menos efeitos, diz Gorinchteyn

BR Político – Bolsonaro diz que Doria está ‘levando terror à opinião pública’

O Globo – Estados querem que Ministério da Saúde centralize compra de insumos de combate à Covid

O Globo – Healthtech Sami recebe aporte de R$ 86 milhões e passa a atuar como operadora de plano de saúde

O Globo – Às vésperas da pandemia, 40% dos cursos de enfermagem e 13% dos de medicina foram ‘reprovados’ no Enade 2019

G1 – Tratamento para demência: porque a água fria pode nos levar a encontrar a cura da doença

G1 – Governo do Reino Unido apoiará testes de vacina contra Covid-19 que infecta voluntários

G1 – ‘Meramente ilustrativo’, diz ministro da Ciência sobre gráfico sem dados usado em apresentação sobre medicamento

G1 – Planta brasileira pode diminuir gordura no fígado, aponta pesquisa

G1 – Telemedicina pode ser aliada do envelhecimento, mas inclusão digital dos idosos é urgente

G1 – Brasil pode começar a produção da vacina russa em dezembro, diz fundo investidor

G1 – ‘A segunda onda está chegando’, alerta diretor de emergências da OMS

Valor Econômico – Espanha estuda adotar toque de recolher em Madri para conter 2º onda de covid-19

Valor Econômico – Argentina supera 1 milhão de casos de covid-19

Valor Econômico – Bolsonaro insinua haver outros interesses em defesa de vacina chinesa

Valor Econômico – Governo de SP adota cautela e não confirma vacinação para início de dezembro

Valor Econômico – Governo de SP diz que vacina do Butantan é a mais segura em fase final de testes

Radio Fundação – 31 farmácias aderem ao programa de vacinação do SNS

Portal MT – Deputada cobra regulamentação da lei que determina realização de exames pelo SUS em 30 dias

Momento MT – Comissões do Senado aprovam indicações para agências reguladoras

Jornal Floripa – Telemedicina pode ser aliada do envelhecimento, mas inclusão digital dos idosos é urgente

Terra – Annita contra coronavírus: o que se sabe sobre o vermífugo nitazoxanida, defendido pelo ministro da Ciência para tratamento de covid-19

Metrópoles – Justiça determina que Saúde banque tratamento para câncer raro no DF

______________________
O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »