MINISTÉRIO DA SAÚDE DIMINUI NÚMERO MÍNIMO DE MÉDICOS PARA AS UPAS

//MINISTÉRIO DA SAÚDE DIMINUI NÚMERO MÍNIMO DE MÉDICOS PARA AS UPAS

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou nesta quinta-feira (29) uma nova regra que diminui o número mínimo exigido de médicos a serem contratados para atuar em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), que recebem casos de urgência e emergência em saúde. Conforme reportagem da Folha de S.Paulo, “com a mudança, essas unidades que atendem 24 h poderão disponibilizar, no mínimo, apenas dois médicos para atendimento por dia – antes, o mínimo exigido era de quatro médicos, em turnos de 12 h cada”. “Segundo o ministro, a medida visa estimular a abertura de novas UPAs cujas obras já foram concluídas, mas que ainda estão sem funcionamento devido a problemas financeiros das prefeituras. Atualmente, há 165 unidades nessa situação no país. Outras 275 têm obras em andamento –destas, 170 têm mais de 90% das obras finalizadas, de acordo com o Ministério da Saúde”, diz a reportagem da Folha. A publicação destaca ainda que o anúncio gerou críticas de entidades médicas. “Em nota, o CFM (Conselho Federal de Medicina) e a AMB (Associação Médica Brasileira) afirmam que irao tomar “todas as providências cabíveis” contra a redução no número mínimo exigido de profissionais para atuar nas UPAs”, diz trecho da publicação da Folha de S.Paulo.

Correios transportarão medicamentos

O Ministério da Saúde fechou, na quarta-feira (28), novo contrato para transporte de medicamentos e outros produtos do SUS. Conforme publicação no site do Ministério da Saúde, “quem assume esse serviço agora é a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, que apresentou preço menor”. “A mudança deve reduzir o custo para entrega dos insumos de saúde em todo território nacional. Para a contratação da nova prestadora de serviço, o Ministério da Saúde ficou atento às novas oportunidades, com o objetivo de seguir os princípios da economicidade, vantajosidade, eficiência e eficácia nas novas contratações realizadas pela pasta. A medida é mais uma estratégia da gestão do ministro Ricardo Barros para melhorar a gestão e aumentar a eficácia do serviço prestado. Os Correios passam a gerenciar o serviço no Ministério da Saúde a partir do dia 24 de fevereiro de 2017. A empresa fica responsável por realizar o transporte aéreo e terrestre para o fornecimento de insumos estratégicos de saúde, medicamentos e termolábeis – perecíveis ou não – biológicos ou não; vacinas; soros; kits calamidade; equipamentos; hospitais de campanha; geradores; alimentos, entre outros”, descreve o texto.

Campeão de representações

O Ministério da Saúde tornou-se campeão de representações no TCU, o que chamou a atenção do Ministério Público junto à corte. Conforme nota publicada pela coluna Painel, da Folha de S.Paulo de sábado (24), “há oito procedimentos de compra da pasta em análise, inclusive com pedido de liminar para suspensão de parte das aquisições”. “Entre eles, o aluguel de um prédio para a Anvisa sem licitação, um contrato direto com os Correios e o recente edital para agências de publicidade. A preocupação levou o ministro Ricardo Barros a visitar o tribunal na quinta (22)”, afirma a publicação. A Folha ressalta ainda que, em nota, o ministério afirmou que Barros esteve no TCU para informar sobre o andamento das licitações da pasta e diz que “todos os processos para compras e prestação de serviço seguem rigorosamente a lei”. A pasta afirmou também que “as reclamações ao TCU foram interpostas por perdedores das licitações citadas”.

Desvios na saúde e na educação

As áreas de saúde e educação foram alvo de quase 70% dos esquemas de corrupção e fraude desvendados em operações policiais e de fiscalização do uso de verba federal pelos municípios nos últimos 13 anos. Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, publicada no domingo (25), descreveu que “desde 2003, foram deflagradas 247 operações envolvendo desvios de verbas federais repassadas aos municípios” e que “os investigadores identificaram organizações que tiravam recursos públicos de quem mais precisava para alimentar esquemas criminosos milionários e luxos particulares”. Um exemplo citado foi no Maranhão que, em outubro deste ano, viu a Operação Voadores revelar que parte da verba da saúde enviada pela União pagou vinhos e restaurantes de luxo na capital São Luis. “O esquema sacava cheques de contas bancárias de hospitais públicos e desviava para benesses particulares”, diz trecho do texto.

SAÚDE NA IMPRENSA (24/12/2016-30/12/2016)

Ministério da Saúde – Correios distribuirão medicamentos para o SUS –http://ow.ly/3iu6307yUur

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde reajusta valor para procedimentos de nefrologia – http://ow.ly/eKwe307yUwC

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde garante custeio para mais 1.966 serviços do SUS – http://ow.ly/Bngk307yUz9

ANS – ANS atualiza normas econômico-financeiras – http://ow.ly/VbOl307yUlb

Anvisa – Aprovado produto para tratamento de esclerose múltipla –http://ow.ly/8G9h307yUjm

Anvisa – Livro discute questões sobre cigarros eletrônicos –http://ow.ly/xmt0307yUb3

Anvisa – Aberto edital para desistência de pedido de registro –http://ow.ly/DJ0q307yUdl

Anvisa – Documentos para consulta Ad Hoc devem vir em pen drive –http://ow.ly/SxDC307yUfq

Fiocruz – Hábito de buscar informações na web provoca mudanças na relação médico-paciente – http://ow.ly/h8ii307yU4x

Fiocruz – Saúde apresenta novo guia de manejo clínico para chikungunya –http://ow.ly/raux307yU65

Inca – Cuidados com o sol devem ser tomados o ano inteiro, não apenas no verão – http://ow.ly/ETWE307yU8f

Folha de S.Paulo – Editorial – Atraso repulsivo – http://ow.ly/z9it307yP74

Folha de S.Paulo – Florisval Meinão – Um grave retrocesso –http://ow.ly/kByL307yPeA

Folha de S.Paulo – Painel – TCU analisa oito licitações do Ministério da Saúde, ‘campeão’ de representações no tribunal – http://ow.ly/YeWM307yPrV

Folha de S.Paulo – INSS quer nova medida provisória para revisar auxílio-doença – http://ow.ly/4Qby307yPK2

Folha de S.Paulo – Em novo atraso, governo não dá prazo para entrega de repelentes antizika – http://ow.ly/pz0W307yQ2n

Folha de S.Paulo – Obesidade não tem tratamento único pois há diversos tipos, dizem médicos – http://ow.ly/VMAQ307yQ5Q

Folha de S.Paulo – Mercado Aberto – Setor de cosméticos perde R$ 800 mi por problema da Anvisa, diz entidade – http://ow.ly/wRfk307yQn7

Folha de S.Paulo – Doença rara e progressiva faz homem repensar a morte –http://ow.ly/YnsS307yQwR

Folha de S.Paulo – ‘Custo da saúde só é real se subtrair a ineficácia’, diz presidente do Einstein – http://ow.ly/Ud5d307yQzW

Folha de S.Paulo – Painel – Vai que cola – http://ow.ly/le0M307yQG4

Folha de S.Paulo – Julio Abramczyk – Beber moderadamente também causa arritmia cardíaca – http://ow.ly/DTFi307yRuG

Folha de S.Paulo – Entrevista Pernila Dahm Kähler – Útero doado oferece uma nova chance de dar à luz – http://ow.ly/e3aZ307yNmL

Folha de S.Paulo – Mercado Aberto – Inflação de planos de saúde deverá desacelerar em 2017 – http://ow.ly/lJaZ307ymLB

Folha de S.Paulo – Governo reduz número mínimo de médicos exigido para abrir novas UPAs – http://ow.ly/OLnE307ymSF

O Estado de S.Paulo – 70% dos desvios nas cidades afetam a saúde e a educação – http://ow.ly/Tj4k307ynrR

O Estado de S.Paulo – Fausto Macedo – Verba de hospital no MA foi gasta com vinho – http://ow.ly/r2EA307ynug

O Estado de S.Paulo – UPAs poderão funcionar com menos profissionais, anuncia ministro da Saúde – http://ow.ly/bUBD307yr6o

UOL – São Paulo libera presença de doula nos hospitais municipais –http://ow.ly/eqQF307ynr1

G1 – OMS anuncia vacina ‘até 100% eficaz’ contra Ebola –http://ow.ly/5EkZ307ynUE

O Globo – Editorial – Chegada do verão alerta contra dengue, zika e chicungunha – http://ow.ly/hF1Y307ynVC

O Globo – Tecnologia revoluciona tratamento da insuficiência cardíaca –http://ow.ly/ejg4307ynYl

O Globo – Estado do Rio corre risco de ter epidemia de chicungunha –http://ow.ly/39aZ307yo0h

O Globo – Repelentes para grávidas carentes não têm data para serem entregues – http://ow.ly/rI8a307yo1h

O Globo – Ancelmo Gois – Parasita de cavalos e porcos é encontrado em crianças de comunidade do Rio – http://ow.ly/kNrr307yoaU

O Globo – Carga milionária de remédio para câncer some a caminho de SP –http://ow.ly/XYjg307yoiq

O Globo – Proteína pode ser a chave para tratamento de doenças neurodegenerativas – http://ow.ly/8RLJ307yoOP

O Globo – Saúde e educação serão novos desafios para o Rio –http://ow.ly/ihNc307ypx4

O Globo – Dores nas articulações podem ser efeito colateral de evolução humana – http://ow.ly/H6gs307ypVZ

O Globo – Ilimar Franco – Fiocruz tem novo presidente: Tania Araújo-Jorge –http://ow.ly/KgMt307ypYq

O Globo – Primeiro remédio para atrofia espinhal será submetido à Anvisa –http://ow.ly/cLlj307yr5F

Zero Hora –  Além de deixar a mente saudável, ser “do bem” também faz bem para o corpo – http://ow.ly/nz6q307yoRX

Zero Hora – Anvisa aprova novo produto para esclerose múltipla –http://ow.ly/zLNd307yoXZ

Zero Hora – Médicos alertam para risco de complicações vasculares no verão –http://ow.ly/feAu307yoZN

Zero Hora – Chikungunya pode matar até mais do que a dengue em 2017, diz pesquisador – http://ow.ly/TY8W307yp1v

Zero Hora – Família de menino que vive há nove anos dentro de hospital em Porto Alegre luta para levá-lo para casa – http://ow.ly/wtlY307yp3A

Zero Hora – Pesquisa mostra que 6 milhões de brasileiros não usam filtro solar – http://ow.ly/n3PY307yp5X

Zero Hora – Aterosclerose: causas, tratamento e como evitar –http://ow.ly/QlfA307yp7t

Zero Hora – Paulo de Argollo Mendes – A saúde em 2017 –http://ow.ly/ihNc307ypx4

Valor Econômico – Hypermarcas vende negócio de fralda por R$ 1 bi –http://ow.ly/EZxd307yS2u

Valor Econômico – Justiça libera FGTS para tratamento de saúde e pensão –http://ow.ly/hTkQ307ySnd

Valor Econômico – Ministro prevê aumento de casos de chikungunya –http://ow.ly/fkcn307ySuD

Valor Econômico – Raia Drogasil eleva teto de pagamento a executivos –http://ow.ly/DLH3307ySPN

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.