INDÚSTRIA PRECISA IR COM PESQUISA PARA O MUNDO, DIZ DIRETOR DA EMBRAPA

//INDÚSTRIA PRECISA IR COM PESQUISA PARA O MUNDO, DIZ DIRETOR DA EMBRAPA

A atuação internacional da Embrapa deve ser vista como uma oportunidade para empresas de diferentes setores da cadeia produtiva do agronegócio. É o que informa o jornal O Estado de S. Paulo. “Está faltando enxergar a oportunidade de levar o setor empresarial junto com a Embrapa para o mundo. A indústria precisa ir junto com a pesquisa”, defende o agrônomo Celso Moretti, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa. Segundo ele, há potencial para parcerias na África, na América Latina e Caribe, no Oriente Médio e também no Sudeste Asiático. “É uma oportunidade enorme para empresas de sementes, principalmente de pastagens. Se levarmos pastagem, podemos levar o gado, empresas da área de transferência de embrião”, exemplifica, citando ainda companhias que atuam no setor de máquinas e implementos agrícolas.

 

Investimentos são necessários para o agronegócio brasileiro



O jornal O Estado de S. Paulo destacou que o agrônomo Celso Moretti afirma que a empresa foi procurada por autoridades do Cazaquistão que querem criar uma instituição pública de pesquisa agropecuária nos moldes da Embrapa. “Vamos ajudar e, por outro lado, amarrar essa cooperação no lado comercial e empresarial também.” Ele salienta que o país é o centro de origem da maçã, fruta exportada pelo Brasil. “Ter acesso a isso é estratégico para a cadeia produtiva. Se surgir uma doença, uma nova praga, podemos acessar o banco deles”, afirma. Além disso, Moretti diz que a Embrapa recebe semanalmente estrangeiros e que fortalecer a atuação internacional é uma das metas da nova gestão. Em abril, o diretor vai participar de um evento internacional com 100 empresários em Nova York dispostos a investir no agronegócio brasileiro. Moretti diz que o objetivo da Embrapa, agora, é sair “de um modelo ‘ofertista’ para um modelo de inovação”. “Nossas ações estão com grande foco na entrega de valor para a sociedade. A estratégia é chegar até 2022 com aproximadamente 40% dos projetos em parceria com o setor privado”, diz. “Hoje, esse tipo de projeto representa 10%”, afirma a notícia.

 

Ministra diz que tentará reabrir o mercado americano à carne bovina brasileira



Em entrevista nesta terça-feira (12) em São Paulo, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que espera a boa vontade do governo dos Estados Unidos no sentido de reabrir o mercado de carne bovina in natura para as exportações brasileiras. Conforme o portal do Mapa, a ministra que viaja semana que vem aos EUA na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, explicou que o Brasil já cumpriu todas as exigências feitas pelos americanos em relação à qualidade do produto brasileiro e agora está pronto para dar início às exportações ou mesmo para receber uma missão americana no país que ateste o cumprimento das exigências. “Tereza Cristina confirmou também que estará na pauta das conversas com os americanos o comércio do etanol e do açúcar, a abertura de mercados para exportação de carne suína, entre outros assuntos”, destaca a matéria.

 

Frente da agropecuária quer reunião de emergência com chanceler de Bolsonaro



As críticas do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, às parcerias comerciais do Brasil com China, países europeus e nações latino-americanas, feitas durante uma aula magna dada pelo chanceler a alunos do Instituto Rio Branco, na segunda-feira (11), causaram apreensão em representantes do agronegócio brasileiro. De acordo com o jornal O Globo, preocupados com o impacto dessas declarações no comércio com esses mercados, exportadores do setor pediram à Frente Parlamentar da Agricultura (FPA) que convoque Araújo, em uma reunião emergencial, para prestar esclarecimentos sobre o tema. Durante a aula magna, o ministro afirmou que política externa, nas últimas décadas, foi reduzida meramente ao comércio. Disse que valores como a família e a fé cristã serão incorporados à diplomacia brasileira. Araújo defendeu o rompimento de um ciclo da política externa do país, que teve início nos anos 50 e vigorou até o fim do ano passado, e argumentou que a diversificação de parceiros internacionais, em detrimento das relações com os Estados Unidos, não havia beneficiado a economia brasileira. As declarações são “motivo de preocupação”, disse o deputado Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da FPA. “Precisamos conversar com o ministro Araújo, para sabermos se o que ele disse é força de expressão e, ao mesmo tempo, deixarmos claro que as relações internacionais são sensíveis. É preciso ter mais cuidado no tratamento desse tema”.

 

NA IMPRENSA
Embrapa – Mapeamento espacial possibilita avaliar disponibilidade de forragem em diferentes sistemas 

 

Embrapa – Embrapa Caprinos e Ovinos abre inscrições para bolsistas de iniciação científica

 

Embrapa – Técnicas de manejo de solo podem afastar aves de aeroportos

 

Mapa – Ministério da Agricultura faz operação para fiscalizar pescados em supermercados

 

Mapa – Ministra diz que tentará reabrir o mercado americano à carne bovina brasileira

 

Mapa – Tereza Cristina: barreiras não tarifárias dificultam comércio e preservação ambiental

 

Câmara dos Deputados – Frente parlamentar vai defender indústria do pescado

 

Câmara dos Deputados – Partidos já indicaram presidentes das 25 comissões permanentes

 

Correio Braziliense – Antílope nascido em Brasília morre no Zoológico

 

Correio Braziliense – Ação do homem afeta diretamente espécies consideradas ameaçadas de extinção

 

G1 – Brasil tem boa expectativa para reabertura dos EUA à carne bovina, diz ministra

 

G1 – Cantora Rita Lee conta a história da ‘ursa mais triste do mundo’ que viveu no PI em novo livro infantil

 

G1 – Onça é flagrada nadando em rio para se ‘refrescar’ em SP; vídeo

 

G1 – Vacas são arrastadas em córrego durante temporal em MS; veja o vídeo

 

O Estado de S. Paulo – Chuvas aumentam risco de leptospirose canina; saiba como agir

 

O Estado de S. Paulo – Indústria precisa ir com pesquisa para o mundo, diz diretor da Embrapa

 

O Estado de S. Paulo – Kendall Jenner brinca com cobra de estimação

 

O Estado de S. Paulo – Marfrig sobe 6% após aquisição nos EUA

 

O Estado de S. Paulo – Ambiente-se – Planeta em degradação pode trazer milhões de mortes até 2050, alerta ONU

 

O Estado de S. Paulo – Rapaz adota cadela em beira de estrada e animal vira ‘ciclista’

 

O Globo – Ruralistas querem reunião de emergência com chanceler de Bolsonaro

 

Valor Econômico – Ministra está otimista com viagem aos EUA

 

Anda – Dolphinaris Arizona liberta golfinhos e decide investir em entretenimento sem animais

 

Anda – Geladeira Comunitária é estendida aos animais em Araraquara (SP)

 

Anda – Cavalos selvagens do deserto da Namíbia correm risco de extinção

 

Anda – Laudo aponta que produto químico é causa da morte de abelhas em SC

 

Mais Soja – PR: Estado tem margem para ampliar ainda mais a agropecuária

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.