INDÚSTRIA PEDE ISENÇÃO DE PRESCRIÇÃO A 28 REMÉDIOS

//INDÚSTRIA PEDE ISENÇÃO DE PRESCRIÇÃO A 28 REMÉDIOS

A indústria farmacêutica pediu que um grupo de 28 remédios receba o aval de “isentos de prescrição médica” pela Anvisa. Conforme o jornal O Globo, as solicitações incluem substâncias destinadas ao tratamento de herpes, alergias, inflamações, gastrite e esofagite. Na visão dos fabricantes, esses remédios não precisariam de prescrição por serem doenças de simples tratamento e que, ao serem liberadas, reduziriam a demanda por serviços de saúde. A Anvisa espera ter uma lista preliminar fechada até abril. Essa relação, então, será discutida com representantes das farmacêuticas e da sociedade civil. Segundo Marli Sileci, vice-presidente executiva da Associação Brasileira da Indústria dos Medicamentos Isentos de Prescrição (Abrimip), liberar essas substâncias para uma venda isenta de prescrição médica não é um estímulo à automedicação, pois há a recomendação de procurar um médico em caso de continuidade dos sintomas. Cabe à Anvisa decidir quais substâncias podem ou não ser comercializadas sem receita. “A expectativa da indústria farmacêutica é que, das solicitações em análise, a do omeprazol seja liberada em breve. A agência reguladora diz fazer um esforço para se alinhar a práticas internacionais e simplificar os pedidos de isenção”, informa o jornal.

 

Laboratórios atraem investimentos



O mercado de medicina diagnóstica, que movimenta R$ 35 bilhões, está aquecido. Nos últimos seis meses, as gestoras de fundos de private equity Vinci e L Catterton entraram nesse setor e importantes laboratórios como Fleury, Dasa, Sabin e Ghelfond vêm promovendo aquisições. De acordo com o Valor Econômico, esse interesse é motivado por uma combinação de fatores: expectativa de retomada do mercado de planos de saúde, com a melhora na taxa de emprego; envelhecimento da população, que acaba demandando mais exames; e desenvolvimento de testes genéticos e de alta complexidade. Além das aquisições, os fundos e as redes de medicina diagnóstica capitalizados planejam investimentos em expansão orgânica para atender a demanda futura. “Além desses fatores, decidimos investir em medicina diagnóstica no Brasil porque enxergamos um aumento da classe média, maior urbanização e um serviço público de saúde precário”, disse Julio Babecki, sócio da L Catterton na América Latina. “Neste cenário, as empresas de medicina diagnóstica estão apostando fortemente em tecnologia e desenvolvimento de novos exames”, destaca a matéria.

 

Pedro Pereira propõe que empresas doem medicamentos para o Rio Grande do Sul



O portal da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul destacou que indústrias farmacêuticas, laboratórios e distribuidoras poderão, em breve, doar medicamentos ao Estado, desde que o prazo de validade seja superior a oito meses. O Projeto de Lei 79/2019 foi apresentado pelo médico e deputado Pedro Pereira (PSDB) na Assembleia Legislativa e precisa ser aprovada. Na justificativa, o parlamentar explica que as empresas não teriam os custos para descarte desses medicamentos que poderão ser aproveitadas pelas pessoas que mais precisam. A proposição prevê que as empresas interessadas deverão encaminhar uma carta de intenção à Secretaria Estadual da Saúde, com as especificações dos produtos. Pelo projeto, o Estado recusará a doação, caso seja encontrada alguma anormalidade no medicamento e até mesmo se a empresa estiver em débito fiscal com a Fazenda Pública Estadual. Consta ainda na matéria que a SES deverá organizar e classificar os medicamentos, além de informatizar e atualizar periodicamente para consulta no banco de dados. “Segundo Pedro Pereira são elevados os custos dos medicamentos, o que onera consideravelmente a despesa do Estado”, ressalta o portal.

 

Ministério da Saúde alerta responsáveis e profissionais de saúde para o câncer em crianças



Os sintomas do câncer infantil muitas vezes são parecidos com os de doenças comuns entre as crianças. Por isso, consultas frequentes ao pediatra são fundamentais. Sãos esses profissionais que podem identificar os primeiros sinais de câncer e encaminhar a criança para investigação diagnóstica e tratamento especializado. É o que informa o portal do INCA. No Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil, o Ministério da Saúde lançou alerta nas redes sociais lembrando que crianças não costumam inventar sintomas: pais e/ou responsáveis devem estar alertas às queixas dos pequenos e, ao sinal de alguma anormalidade, levá-los para avaliação de um profissional de saúde. Para ajudar a entender melhor e combater o câncer infantil, a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (Iarc, na sigla em inglês) se uniu à recém-formada Iniciativa Global da Organização Mundial da Saúde para o Câncer Infantil, que busca reduzir as desigualdades no acesso ao diagnóstico e na qualidade do tratamento e, assim, melhorar os resultados do tratamento para todas as crianças, especialmente aquelas que vivem em países com recursos limitados. “A Iniciativa Global tem o objetivo de alcançar uma taxa de sobrevivência de pelo menos 60% para crianças com câncer globalmente até 2030”, afirma a notícia.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
Anvisa – Relatório: novas drogas proibidas e controladas 

 

Anvisa – Microsoft Day: tecnologia como aliada na Anvisa

 

Anvisa – Pacaraima: a Anvisa na fronteira com a Venezuela

 

Fiocruz – Icict abre inscrições para atualização em Monitoramento e Avaliação do Sistema de Saúde

 

Fiocruz – Seminário celebra 40 anos da Paleoparasitologia

 

Hemobrás – Takeda Brasil visita a Hemobrás

 

INCA – Ministério da Saúde alerta responsáveis e profissionais de saúde para o câncer em crianças

 

Ministério da Saúde – Saúde na Escola: prorrogado para 28/2 prazo para indicar municípios

 

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde divulga lista de instituições selecionadas para Programas de Residências

 

Ministério da Saúde – Volta às aulas é oportunidade para reforçar a vacinação contra o HPV

 

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde e CFFA se reúnem para dialogar sobre pautas da categoria

 

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde anuncia recursos e inaugura nova ala de hospital em Belo Horizonte (MG)

 

SUS Conecta – CNS recomenda participação em comitê da Casa Civil sobre Crime da Vale em Brumadinho

 

SUS Conecta – “Não fugiremos do debate sobre o Subsistema de Saúde Indígena”, afirma presidente do CNS

 

Alego – Alego receberá doações de sangue para o Hemocentro nesta terça-feira, 19

 

Alers – Pedro Pereira propõe que empresas doem medicamentos para o Estado

 

Alesp – Soluções caseiras ajudam a repelir mosquitos

 

Câmara dos Deputados – Projeto permite doação de alimentos e remédios próximos de vencer

 

Câmara dos Deputados – Proposta assegura à gestante adolescente assistência psiquiátrica e odontológica

 

Câmara dos Deputados – Projeto assegura às pessoas com lúpus direitos garantidos a quem tem deficiência

 

Senado Federal – Izalci pede nomeação de servidores para hospital militar em Brasília

 

Senado Federal – Definição de presidentes das comissões e criação da CPI de Brumadinho são os destaques da semana

 

Senado Federal – Projeto isenta rendimentos obtidos pela prestação de serviços ao SUS

 

Senado Federal – CCJ analisa proposta que criminaliza fraudes no Bolsa Família, saúde e merenda

 

Correio Braziliense – Pesticida aumenta o risco de câncer de mama e perda de olfato

 

Correio Braziliense – Morreu, aos 79 anos, o médico pernambucano Aderivaldo Cabral Dias

 

Correio Braziliense – Mês de fevereiro é marcado pelo combate à leucemia

 

Folha de S. Paulo – Sangramento livre: mulheres adotam técnica para eliminar menstruação sem absorventes

 

Folha de S. Paulo – Startup promete saúde renovada com transfusão de sangue de jovens

 

Folha de S. Paulo – Celebridades se abrem mais sobre saúde mental, mas campanhas genéricas ainda têm entraves

 

Folha de S. Paulo – Giovanna Antonelli será madrinha de banco de perucas destinado a pacientes com câncer

 

Folha de S. Paulo – Beto Barbosa diz estar ‘100% curado’ de câncer

 

Folha de S. Paulo – Opinião – A resolução do CFM sobre telemedicina deve trazer avanços à saúde do país? SIM

 

Folha de S. Paulo – Opinião – A resolução do CFM sobre telemedicina deve trazer avanços à saúde do país? NÃO

 

Folha de S. Paulo – Argentina adota modelo uruguaio para produção de maconha medicinal

 

G1 – Jogo criado por cientistas da UFU auxilia na reabilitação de pacientes que sofreram AVC

 

G1 – A vida com acufeno, síndrome do zumbido constante no ouvido: ‘Estou há 5 anos sem saber o que é silêncio’

 

G1 – Brasileiros nascem mais entre março e maio, mas razão intriga cientistas

 

G1 – Como Sigmund Freud introduziu a cocaína na medicina europeia

 

G1 – Por que a supergonorreia pode se tornar incurável

 

O Estado de S. Paulo – Ex-prefeito morre com suspeita de dengue hemorrágica em Guaraçaí

 

O Estado de S. Paulo – Família de paciente com Transtorno Obsessivo Compulsivo também precisa de cuidado

 

O Estado de S. Paulo – Verão e carnaval: uma combinação que pode causar infecção urinária

 

O Estado de S. Paulo – Fim do horário de verão exige alguns cuidados com a saúde

 

O Estado de S. Paulo – Em duas semanas, número de casos de dengue mais que dobra em São Paulo

 

O Estado de S. Paulo – Esclerose múltipla será tema de evento gratuito na Fiesp neste domingo

 

O Estado de S. Paulo – Uso de maconha pode prejudicar fertilidade de homens e mulheres

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Telemedicina: uma nova medicina nasce da tecnologia

 

O Globo – Sarampo: metade dos municípios do Brasil não bate meta de vacinação, e OMS alerta para ‘retrocesso’ mundial

 

O Globo – Campanhas ineficazes e moralismo levam a aumento de casos de HIV entre jovens, dizem especialistas

 

O Globo – Indústria pede isenção de prescrição a 28 remédios

 

O Globo – O que está por trás da explosão de casos de HIV entre jovens

 

O Globo – Encontros O GLOBO Saúde e Bem-estar discute ‘doenças digitais’

 

Valor Econômico – Brasil vai precisar de 10 milhões de profissionais em saúde e educação

 

Valor Econômico – Laboratórios atraem investimentos

 

Zero Hora – Hospitais filantrópicos recebem linha de crédito de R$ 90 milhões

 

Zero Hora – Estado promete pagar em dia repasses a hospitais a partir de abril

 

Zero Hora – Uso indiscriminado de Ritalina é associado à perda de memória em pessoas saudáveis, diz estudo

 

Maxpress – “Os pacientes não têm tempo para esperar 3 anos até que medicações que podem salvá-los sejam incorporadas ao rol da ANS”, afirma presidente da FEMAMA

 

Panorama Farmacêutico – Decifrar estruturas biológicas em busca de medicamentos

 

Panorama Farmacêutico – Fevereiro roxo: fibromialgia causa dores e afeta a qualidade de vida

 

Panorama Farmacêutico – Sindusfarma defende fim dos impostos e nova regulação

 

Panorama Farmacêutico – Soropositivos enfrentam obstáculos para obter medicamentos

 

Panorama Farmacêutico – Teste em macacos controla toxina do mal de Alzheimer

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.