IMUNIZAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA PRECISA ATINGIR 472 MILHÕES NO MUNDO

//IMUNIZAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA PRECISA ATINGIR 472 MILHÕES NO MUNDO
Um estudo realizado por cientistas das Universidades de Oxford e Harvard e da Organização Mundial da Saúde constatou que apenas metade da população de áreas de risco está imunizada contra a febre amarela. Segundo o Estadão, o trabalho, publicado no fim de 2017, se refere à realidade da doença em 2016. Não estão relatadas as campanhas de vacinação no Brasil em 2017 nem a ampliação das zonas de risco de transmissão. “Estimamos que entre 393,7 milhões e 472,9 milhões de pessoas ainda precisam de vacinação em áreas de risco de transmissão de febre amarela para atingir os 80% de cobertura recomendados atualmente pela OMS”, apontam os autores do estudo. “O estudo foi produzido depois que Angola, em 2015, registrou o maior surto da febre amarela na África em mais de 20 anos. No total, o estudo revela que 40 milhões de brasileiros ainda precisariam ser vacinados em 2016”, diz parte do estudo.

Republicada portaria que incorpora novo medicamento para câncer de mama no SUS

O Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Carlos Augusto Grabois Gadelha, republicou a portaria de incorporação do medicamento pertuzumabe para o tratamento de pacientes com câncer de mama metastásico HER-2 positivo na rede pública de saúde, por incorreção na portaria original, publicada em 04 de dezembro de 2017. O fármaco estará disponível no SUS em até 180 dias. A Conitec em seu portal enfatiza que a republicação foi divulgada na sexta-feira (19) no Diário Oficial da União. O medicamento pertuzumabe associado a trastuzumabe e docetaxel foi incorporado ao SUS por proporcionar um aumento de 15,7 meses no tempo de sobrevida global. Veja aqui o relatório técnico com informações detalhadas sobre a incorporação.

Definida distribuição de diretorias da Anvisa

A definição dos diretores responsáveis pelas diretorias da Anvisa foi publicada na sexta-feira (19) no Diário Oficial da União. Conforme o portal da Anvisa informou, a lista dos responsáveis consta na RDC 209/2018. De acordo com a resolução, a nova diretora da Agência, Alessandra Bastos Soares, nomeada em 19 de dezembro de 2017, tornou-se a responsável pela Diretoria de Coordenação e Articulação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (DSNVS). Já os diretores Jarbas Barbosa, Fernando Mendes, Renato Porto e William Dib permaneceram na Diretoria de Gestão Institucional (Diges), Diretoria de Autorização e Registro Sanitários (Diare); Diretoria de Regulação Sanitária (Direg) e Diretoria de Controle e Monitoramento Sanitários (Dimon), respectivamente.

Transplante de fezes é testado contra a obesidade

De acordo com a Folha de S.Paulo, batizado oficialmente de transplante de microbiota fecal, o procedimento tem a intenção de repovoar o intestino de pessoas doentes com os micro-organismos presentes no organismo de pessoas saudáveis. As fezes são diluídas e então transplantadas. A técnica é relativamente recente, com o primeiro estudo mais completo publicado em 2013. “Desde então, o transplante se tornou uma forma de terapia reconhecida para casos persistentes de infecção por Clostridium difficile. Com o sucesso do transplante para esse tipo de infecção, os cientistas começaram a estudar o impacto da microbiota fecal em outras doenças. Já há bancos de fezes no mundo, como o da UFMG, e atualmente conta com material de três doadores. Nos EUA, há o OpenBiome, banco de fezes que afirma ter auxiliado 10.997 transplantes para tratamento de infecção por C. difficile em 2016”, destaca a reportagem.

NA IMPRENSA
Mapa – IN traz novas regras para o controle, erradicação e prevenção do mormo

Mapa – Mapa prepara estratégia para redução de gases de efeito estufa na agropecuária

Mapa – Novacki viaja a Campinas para reunião na Embrapa Territorial

Mapa – Mapa vai elaborar projeto de logística do agronegócio, anuncia Novacki

MMA – Lençóis Maranhenses busca título da Unesco

MMA – A caminho da siderurgia sustentável

Embrapa – Pesquisa descobre novidades na simbiose entre abelhas sem ferrão e fungos

Embrapa – INPI concede patente a tecnologia pós-colheita desenvolvida pela Embrapa

Correio Braziliense – Bactérias catalogadas por cientistas podem aperfeiçoar agricultura

Câmara dos Deputados – Projeto prevê crédito a trabalhador rural contratado por pessoa física

G1 – Criadores de MG aumentam a produção de ovos com melhor manejo

G1 – Pecuaristas de Barretos (SP) vendem gado vivo para a Turquia

G1 – Colheita de uva no RS é antecipada e produtores comemoram a qualidade

G1 – Fazendas de gado no Rio Grande do Sul ajudam a preservar o pampa

G1 – Criador forma um dos maiores rebanhos de búfalos do Brasil no sertão do Rio Grande do Norte

O Estado de S.Paulo – Celso Ming – A Embrapa envelhecida

O Estado de S.Paulo – Broadcast Agro – Consórcio de máquinas agrícolas atrai produtores

O Estado de S.Paulo – Com dívida de R$ 100 bi, usinas apostam em etanol para tentar se recuperar

Valor Econômico – Sondagem do CNC indica produção de café menor que a da Conab 

Valor Econômico – ABPA comemora publicação de veto de Alckmin à “Segunda sem Carne” 

Valor Econômico – Governo de SP prorroga prazo para apresentação de projeto para Ceagesp 

Valor Econômico – Preço desagrada e comercialização da safra patina 

Valor Econômico – Após tentativa de venda, Caramaru estuda abrir capital 

Zero Hora – Dezembro fez diferença nas exportações do agronegócio do RS

Zero Hora – Venda de queijo serrano para todo o Rio Grande do Sul

Zero Hora – Gostinho de produção familiar no Litoral Norte

Zero Hora – Abandono do leite leva à concentração da atividade

Zero Hora – Após crise no leite, tambos são deixados para trás no RS

Agrolink – Mais genes são ativos em milho de alto desempenho

Agrolink – Santa Catarina estima queda de 16% na produção de milho da safra 2017/2018

Agrolink – Sojicultores colheram 3,29% da área em Mato Grosso, diz Imea

Agrolink – Menor comprimento de raiz favorece crescimento

Portal do Agronegócio – Mercado financeiro eleva estimativa de alta do PIB para 2019

Portal do Agronegócio – De olho no clima na Argentina e nas exportações americanas, milho inicia semana com leves altas na CBOT

Portal do Agronegócio – Depois de uma semana em queda livre, açúcar volta a subir nas bolsas internacionais

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.