IBAMA APLICA MULTA DIÁRIA À VALE POR FALHAS NO SALVAMENTO DE ANIMAIS

//IBAMA APLICA MULTA DIÁRIA À VALE POR FALHAS NO SALVAMENTO DE ANIMAIS

O Ibama aplicou o sexto auto de infração à mineradora Vale, responsável pela catástrofe socioambiental provocada pelo rompimento de barragem de rejeitos em Brumadinho (MG). De acordo com o portal do Ibama, a empresa deverá pagar multa diária de R$ 100 mil até que seja executado de forma integral e satisfatória o plano de salvamento de fauna silvestre e doméstica, que exige, entre outras medidas, a instalação de hospital de campanha para reabilitação dos animais resgatados e centro para triagem e abrigo. O Ibama havia determinado por meio de notificação, em 26 de janeiro, que a mineradora iniciasse em até 24 horas a execução do plano de salvamento de fauna e entregasse relatórios diários com informações sobre os animais resgatados. Em vistorias, agentes ambientais constataram atraso na realização das obras. Os relatórios enviados pela empresa não atendem integralmente as exigências estabelecidas na notificação. A multa diária, que foi aplicada a partir desta sexta-feira (08), exige o cumprimento imediato das determinações com o objetivo de cessar a degradação ambiental. “O valor é o máximo previsto para a infração no Decreto n.º 6.514/2008, que regulamenta a Lei de Crimes Ambientais (n.º 9.605/1998)”, informa o portal.

 

Governo deve aumentar áreas livres de aftosa sem vacinação



Depois de ter lutado contra a febre aftosa durante vários anos, e de ter recebido, no ano passado, o reconhecimento da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) de que todo o território nacional é área livre de aftosa com vacinação, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, executa programa que visa estender a condição do estado catarinense a todo o território nacional até 2021. É o que informa o portal do Mapa. De acordo com a ministra Tereza Cristina, essa nova condição permitirá atender a mercados consumidores mais exigentes, para ampliar a exportação da carne brasileira. Há países que se recusam a importar a carne de áreas sem este selo de qualidade. “Precisamos ter mais áreas livres de aftosa sem vacinação, pois assim a gente consegue vender melhor a carne”, disse a ministra. “Para isso acontecer, é preciso o estado interessado preencher um protocolo que dê a segurança de que vamos conseguir manter a área livre de vacinação e sem a doença. É um processo que precisa ser muito bem feito, para não nos trazer problemas no futuro”. “O objetivo do programa é criar e manter condições sustentáveis para garantir o status de país livre da febre aftosa, estendendo a ampliação de zonas livres sem vacinação ao todo o Brasil”, destaca a notícia.

 

Projeto exige detalhamento de composição e quantidades em rótulo de ração animal



Agência Câmara destacou que o Projeto de Lei 55/2019 torna obrigatória a exposição nos rótulos de reações animais todos os nutrientes contidos em suas composições. Pela proposta, os rótulos devem informar, de forma clara e legível, todos os nutrientes contidos em suas composições, com as respectivas quantidades. De acordo com o autor do projeto, deputado Fred Costa (Patri-MG), é importante oferecer ao animal ração com nutrientes em quantidade e qualidades adequadas ao seu estado fisiológico, permitindo-lhe assegurar a sua subsistência, o bom estado de saúde e a sua qualidade de vida. Fred Costa reapresentou o mesmo projeto do ex-deputado João Derly, que foi arquivado (PL 5410/16). “O projeto será analisado conclusivamente pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; e de Constituição e Justiça e de Cidadania”, afirma a matéria.

 

Vendas de carne bovina à Rússia devem retomar nível pré-embargo neste ano, prevê Abrafrigo



O Brasil deverá embarcar cerca de 150 mil toneladas de carne bovina in natura e processada para a Rússia neste ano, retomando o nível visto 2 anos. A previsão é da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo). Conforme o portal do G1, o reaquecimento dos negócios com a Rússia, um antigo parceiro comercial neste segmento, anima as indústrias, uma vez que o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de carnes do mundo. De acordo com a associação, até o momento apenas 9 plantas processadoras de carnes estão autorizadas a exportar para a Rússia, sendo 5 de bovinos e 4 de suínos. Antes do embargo, 30 podiam exportar carne bovina e 18, suína. A expectativa da associação é “de que novas plantas sejam habilitadas no decorrer deste ano e que as exportações para a Rússia voltem à normalidade”, diz a nota enviada à Reuters. Só em janeiro, o Brasil exportou para a Rússia quase metade de tudo o que enviou ao país em 2018 (7,5 mil toneladas). “Foram 3,1 mil toneladas, segundo dados do governo compilados pela Abrafrigo”, ressalta a nota.

 

NA IMPRENSA
Anda – Tutores alegam que cães morreram após comerem enlatados da Hill’s Pet Nutrition 

 

Anda – Multa de até R$ 10 mil para morte de animais por maus-tratos é aprovada em Maringá (PR)

 

Anda – “Vida nenhuma mais pode ser perdida para esta lama”, diz ativista que ajuda animais em MG

 

Anda – Alto número de animais silvestres vítimas do tráfico é registrado no RS

 

Anda – Gata sobrevive após ser encontrada congelada em meio à neve

 

Anda – Casal constrói comedouro e bebedouro para animais abandonados em MS

 

Anda – Atriz Brigitte Bardot disputará vaga no Parlamento Europeu para lutar pelos animais

 

Anda – MP solicita liminar para que 150 animais abandonados sejam resgatados

 

Anda – Animais perceberam que a barragem da Vale estava prestes a se romper

 

Anda – Mudanças climáticas obrigam ursos polares famintos a migrarem para arquipélago russo

 

Câmara dos Deputados – Projeto exige detalhamento de composição e quantidades em rótulo de ração animal

 

Câmara dos Deputados – Proposta prevê instalação de câmeras em pet shops que oferecem banho e tosa

 

Câmara dos Deputados – Projeto proíbe penhora de animais domésticos

 

Embrapa – Tecnologias desenvolvidas na região pantaneira presentes no Show Rural Coopavel 2019

 

Embrapa – Nova etapa de pesquisa avalia fêmeas nelore em sistema ILPF em Mato Grosso

 

Embrapa – Parceria entre Brasil e Índia garantirá importação de sêmen de búfalos para a Embrapa

 

Fiocruz – ICTB abre inscrições para o curso de Iniciação à Ciência em Animais de Laboratório

 

Folha de S. Paulo – Gatices – Conte como o seu gato mudou a sua vida; depoimentos serão publicados no Dia Mundial do Gato

 

Folha de S. Paulo – Prefeitura vai visitar 13 mil casas para vacinar contra febre amarela em SP

 

Folha de S. Paulo – Bom pra Cachorro – Tradicional competição reúne cães de diferentes raças e portes em NY; veja fotos

 

G1 – Vendas de carne bovina à Rússia devem retomar nível pré-embargo neste ano, prevê Abrafrigo

 

Ibama – Ibama aplica multa diária à Vale por falhas no salvamento de animais

 

Mapa – Governo deve aumentar áreas livres de aftosa sem vacinação

 

MMA – Adiado Prêmio Nacional da Biodiversidade

 

O Estado de S. Paulo – Cachorro de Luan Santana cai em buraco de seis metros e assusta cantor

 

O Estado de S. Paulo – Bolsonaro manda rever fim da taxa sobre importação de leite em pó

 

O Estado de S. Paulo – Por que o beija-flor se tornou um grande guerreiro entre as aves?

 

O Estado de S. Paulo – Febre amarela: saiba mais sobre a doença e veja orientações para visitar o zoo de SP

 

Senado Federal – Reunião de líderes deve definir comissões e pauta do Plenário

 

Senado Federal – Senado apreciou 478 matérias em 2018

 

Senado Federal – Comando das comissões deve contemplar todos os partidos, diz Davi

 

Valor Econômico – JBS investe US$ 20 milhões nos EUA para ampliar produção de bacon

 

Zero Hora – Regina Becker: “Em meio a grandes tragédias, os animais se tornam parte e solução de problemas”

 

Zero Hora – Invasão em massa de ursos polares faz ilhas russas declararem emergência

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.