GOVERNO VOLTA A PRORROGAR PRAZO DE INSCRIÇÃO DE PRODUTORES NO CAR

//GOVERNO VOLTA A PRORROGAR PRAZO DE INSCRIÇÃO DE PRODUTORES NO CAR

O prazo de inscrição dos imóveis rurais no Cadastro Ambiental Rural (CAR) foi novamente prorrogado, pela quarta vez. De acordo com o Valor Econômico, o presidente Michel Temer publicou na quarta-feira (26) Medida Provisória que estende o limite para 31 de dezembro de 2019. A lei do Código Florestal previa inicialmente que os produtores teriam até 5 de maio de 2015 para inscrever suas propriedades no CAR. A primeira prorrogação ocorreu ainda no governo de Dilma Rousseff. A inscrição dos produtores no CAR é condição obrigatória para que eles participem de Programas de Regularização Ambiental (PRA) e tenham acesso a benefícios. De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente, foram cadastrados até 31 de novembro 4,7 milhões de imóveis rurais no CAR, que ocupam 469,8 milhões de hectares. “Essa área cadastrada já supera a área passível de cadastro, estimada com base no Censo Agropecuário do IBGE de 2006, que é de 397,8 milhões de hectares”, informa a notícia.

 

Saúde publica recomendações para tratamento de intoxicação por defensivos agrícolas



O Ministério da Saúde criou um Comitê Elaborador, com a participação de profissionais com expertise em Saúde Pública, Toxicologia e Medicina do Trabalho, para elaborar as ‘Diretrizes Brasileiras para Tratamento de Intoxicações’. Conforme o portal do Ministério da Saúde, o documento contará com seis capítulos, que deverão ser entregues em 2019. O primeiro capítulo, divulgado em outubro, aborda os aspectos gerais acerca do paciente com suspeita de exposição aguda a qualquer agrotóxico, incluindo prevenção, diagnóstico e tratamento. Já o segundo capítulo publicado nesta semana, auxilia os profissionais de saúde na escolha de intervenções adequadas para o atendimento de pacientes intoxicados por inibidores de colinesterase (IC). Os agrotóxicos classificados como IC constituem um grupo de substâncias amplamente utilizadas como inseticidas, para controle de pragas na agropecuária ou desinsetização urbana e doméstica. “Nos capítulos posteriores serão desenvolvidos aspectos relacionados ao diagnóstico e tratamento das intoxicações por inibidores de colinesterase”, destaca o portal.

 

A vitalidade do agronegócio



As primeiras estimativas já apontam para novo recorde de produção de grãos nesta safra que se intensificará nas próximas semanas. O entusiasmo do agronegócio está em alta, o que, por si só, é boa ajuda para obtenção de bons resultados. Quanto mais animado o agricultor, mais a cultura de soja responde com aumento da produção. É o que informa o colunista Celso Ming do jornal O Estado de S. Paulo. Estudo recente do Ministério da Agricultura projeta avanço de 30% na produção brasileira de grãos nos próximos dez anos. Observadores mais otimistas apontam para o mesmo período crescimento próximo dos 100%. No entanto, reflete o nível das expectativas espraiadas no Brasil, que não levam em conta a ocorrência de eventuais imponderáveis, a que sempre está sujeita a atividade do campo. Excelências e otimismos à parte, não dá para ignorar os obstáculos. O primeiro deles tem a ver com a dispendiosa, precária ou até mesmo inexistente infraestrutura. O suprimento de insumos e o escoamento da produção esbarram nas péssimas condições de transporte e instalações portuárias, situação que talvez seja mais bem compreendida quando se compara o que há com o que poderia ser e ainda não é. “Outro grave obstáculo são os descuidos recorrentes nas questões ambientais e de garantia de qualidade do produto”, afirma a nota.

 

Embarques de animais vivos dobraram em 2018



A colunista Gisele Loeblein do jornal Zero Hora destacou que os negócios da pecuária gaúcha foram suplementados ao longo de 2018 com as vendas de gado em pé para o mercado externo. Dados da Superintendência do Porto de Rio Grande mostram que, nos primeiros 11 meses do ano, a quantidade embarcada cresceu mais de 100%. O volume acumulado até novembro também é maior do que o de todo o ano passado. O destino do produto do Rio Grande do Sul foi a Turquia. E os negócios acompanharam o ritmo da economia daquele país, que teve crise acentuada em agosto deste ano. Junho foi o mês de maior movimentação, com 26,75 mil animais embarcados. Logo depois, em razão das turbulência financeira enfrentada pelos turcos, há redução na quantidade. O que também variou foi o preço pago pelo quilo vivo. No início do ano, chegou a estar R$ 1 a mais por quilo em relação ao mercado interno brasileiro. “Quando os embarques para a Turquia voltaram a ganhar ritmo novamente, a diferença emparelhou”, enfatiza a colunista.

 

NA IMPRENSA
Mapa – Aprovação de cadastro de exportadores e importadores levará apenas um dia 

 

Mapa – Foram abertos mercados para 24 produtos do agro em mais 12 países

 

MMA – Logística reversa de embalagens de aço entra em vigor

 

MMA – Reserva Extrativista do Lago do Cuniã é ampliada

 

ANAC – Operações com drones em Brasília estarão suspensas temporariamente por razões de segurança

 

Embrapa – Produção dos Cafés do Brasil ocupa apenas 0,73% da área explorada com atividades agrícolas no território nacional

 

Embrapa – Oportunidades em ambientes de montanha são foco de Mountains 2018

 

Embrapa – Faturamento das lavouras dos Cafés do Brasil atinge R$ 25 bilhões em 2018

 

Ibama – Ibama divulga resultado preliminar do Chamamento Público n° 01/2018 do Programa de Conversão de Multas Ambientais

 

Ibama – Ibama rejeita recurso contra decisão que indeferiu exploração de petróleo na Foz do Amazonas

 

Ministério da Saúde – Saúde publica recomendações para tratamento de intoxicação por agrotóxicos

 

Câmara dos Deputados – Proposta impede a penhora de animais domésticos

 

O Estado de S. Paulo – Ministros de Bolsonaro participam de ‘aula’ de governança em Brasília

 

O Estado de S. Paulo – Temer não irá prorrogar prazo de adesão à renegociação de dívidas do Funrural, diz Marun

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Ação popular quer barrar Ricardo Salles, condenado por improbidade, para Meio Ambiente de Bolsonaro

 

O Estado de S. Paulo – Conheça Finn, o boi de estimação que vive dentro de casa com dois cachorros

 

O Estado de S. Paulo – Governo deve fechar 2018 com folga de R$ 20 bi a R$ 30 bi no orçamento, aponta Tesouro

 

O Estado de S. Paulo – Leia os planos de Bolsonaro para os 100 primeiros dias de governo

 

O Estado de S. Paulo – Preço da carne deve subir em 2019 com aumento de exportações e recuperação do consumo

 

O Estado de S. Paulo – Bolsonaro fará pente-fino nos últimos 60 dias da gestão Temer

 

O Estado de S. Paulo – Chegadas de voos internacionais no Brasil crescem 8% em 2018

 

O Estado de S. Paulo – Confisco chavista ameaça produção de cacau da Venezuela

 

O Estado de S. Paulo – Verba de emendas sobe 33% em SP e chegará a R$ 4 mi em 2019

 

O Estado de S. Paulo – Projeto de Bolsonaro prevê leiloar Congonhas e Santos Dumont em 2022

 

O Estado de S. Paulo – Celso Ming – A vitalidade do agronegócio

 

Folha de S. Paulo – Em decisão definitiva, Ibama nega licença para exploração de petróleo na foz do Amazonas

 

Folha de S. Paulo – Prazo para regularizar propriedades rurais é adiado pela 5ª vez

 

Folha de S. Paulo – Mara Gama – Perspectiva de uma cidade mais fresca, menos poluída e acolhedora ao pedestre incentiva plantio de árvores em canteiros e praças

 

Folha de S. Paulo – Mercado Aberto – Tentativas de venda de ativos e ações judiciais marcarão 2019 da Petrobras

 

Valor Econômico – Governo volta a prorrogar prazo de inscrição de produtores no CAR

 

Valor Econômico – Mas, afinal de contas, o que é exatamente um bushel?

 

Valor Econômico – Boas ofertas e dólar pesam sobre commodities

 

Valor Econômico – Boa perspectiva para vendedor de commodities

 

Zero Hora – Qualidade da carne e bem-estar animal atestados em certificação inédita no Brasil

 

Zero Hora – Como fazer a diferença no agronegócio em 2019

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Rio Grande do Sul tem 3 mil adesões ao Refis do Funrural

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Embarques de animais vivos dobraram em 2018

 

Zero Hora – Francisco Turra: o país deve fortalecer acordos comerciais e ousar na busca de novas parcerias

 

Zero Hora – Qual o destino das partes de aves não aproveitadas para consumo humano?

 

Folha do Tocantins – Adapec estabelece normas para armazenamento de produtos agrotóxicos no Tocantins

 

Mais Soja – Boletim aborda sementes de milho no Brasil: a dominância dos transgênicos

 

Mais Soja – No Uruguai, soja deve ocupar 989 mil hectares, 10% menos que na safra 2017/18

 

Mais Soja – Soja encontram-se com 89% das lavouras na fase de germinação e desenvolvimento vegetativo no RS

 

Mais Soja – As lavouras de arroz têm demonstrado bom desenvolvimento no RS

 

Mais Soja – Fundepag anuncia reposicionamento estratégico para potencializar inovação no agronegócio

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »