Governo nomeia novo secretário de Vigilância em Saúde

//Governo nomeia novo secretário de Vigilância em Saúde
O governo nomeou Arnaldo de Medeiros como o novo secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. A nomeação foi assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto, e publicada no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (5) sem a assinatura do ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello. Medeiros é professor universitário com experiência em gestão hospitalar e vai assumir a secretaria no lugar de Wanderson de Oliveira. A Secretaria de Vigilância em Saúde é responsável pelas ações de vigilância, prevenção e controle de doenças transmissíveis e tem papel fundamental no combate à Covid-19. Dentre as suas funções está a de coordenar programas de relevância nacional, como os de aids, dengue e malária. Reportagem do G1 destacou que a indicação partiu do Centrão. O novo secretário é graduado em ciências farmacêuticas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ele tem mestrado em bioquímica e imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em ciências biológicas (Bioquímica) pela Universidade de São Paulo (1995), com programa de Doutorado sanduíche no Imperial Cancer Research Foundation (Londres) e Especialização em Gestão Hospitalar pelo Hospital Sírio-Libanês. De acordo com a plataforma Currículo Lattes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o novo secretário de Vigilância em Saúde era, até pelo menos 20 de abril, professor titular da Universidade Federal da Paraíba. Na área administrativa, ele tem experiência em gestão hospitalar como superintendente e diretor de Planejamento do Hospital Universitário Lauro Wanderley, da UFPB, e gestão pública como pró-reitor adjunto da Pró-Reitoria de Promoção e Assistência ao Estudante da UFPB. Ele também foi diretor de Atenção á Saúde e Vice-Presidente Executivo da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

Bilionário que foi para o Ministério da Saúde diz que Brasil pode exportar respiradores em agosto

O bilionário Carlos Wizard, que afirma ter aceitado o cargo de secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, declarou que o Brasil entrou na pandemia com dificuldades de comprar respiradores para tratar seus doentes, mas que poderá começar a exportar o produto em agosto, destacou a coluna Painel S.A. da Folha de S.Paulo. O empresário, que tem marcas como KFC e Pizza Hut no país, diz que mapeou os fornecedores brasileiros e que hoje há sete fabricantes devidamente credenciados. Wizard diz ter concluído que é possível comprar os respiradores no Brasil pela metade do preço do importado, levando a pasta a cancelar suas intenções de compra dos produtos no exterior. “Quando eu cheguei, fizemos a seguinte posição: não vamos comprar nenhum respirador estrangeiro acima de US$ 10 mil. Já foi uma determinação clara. E a segunda: vamos fomentar a indústria nacional”, diz Wizard que estima em US$ 20 mil a US$ 30 mil os importados concorrentes. O empresário, que defende o uso da cloroquina, disse ao Painel S.A. no mês passado que o governo procurou a Índia para comprar 10 toneladas da matéria prima. “Se criou a questão ideológica contrária. Se o presidente disser: ‘gente, se vocês tomarem Coca-Cola, vocês vão ficar imunizados’, meu receio é que, no dia seguinte, metade da população deixe de tomar Coca- Cola”, diz o empresário. Wizard afirma que Bolsonaro tende a manter o ministro interino Eduardo Pazuello no posto até o fim da crise do coronavírus, conforme o próprio presidente afirmou no mês passado.

Anvisa alerta para a falsificação de medicamentos

Para combater a falsificação de medicamentos, a Anvisa atua com outros órgãos de governo, agências reguladoras e autoridades policiais, além do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, informou nesta sexta-feira (5). Essas ações apontam para o crescimento da identificação dos casos de falsificação de medicamentos no Brasil. Em 2018 identificamos 3 (três) falsificações de medicamentos, em 2019 foram 4, e em 2020 até o momento identificamos, já são 5 casos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária identificou que a maioria das falsificações acontecem com medicamentos de alto custo. Ações de fiscalização mostram que as quadrilhas estão se especializando nesses medicamentos uma vez que possuem o uso mais restrito, então poucos frascos podem render muito lucro e a falsificação se torna de difícil percepção. As falsificações detectadas recentemente mimetizam medicamentos destinados a indicações terapêuticas críticas, como oncológicos, antivirais destinados ao tratamento da Hepatite C e medicamentos utilizados na terapia de complicações do transplante de medula óssea. Processos de investigação rigorosos foram iniciados pela Agência, contando com a participação de autoridades policiais, uma vez que a falsificação de medicamentos é considerada crime contra a saúde pública, previsto no art. 273 do Código Penal Brasileiro. Embora os procedimentos de investigação ainda estejam em curso na Agência, denota-se que um fato aparentemente comum a estas falsificações é a importação em nome de pacientes, ofertada por empresas que se apresentam como “assessorias” de importação e acabam por distribuir os medicamentos diretamente a Hospitais ou Planos de Saúde. A importação de produtos de interesse à saúde por pessoa física está dispensada de autorização pela Anvisa, conforme RDC nº. 28/2011, a qual estabelece que: Fica dispensada de autorização pela autoridade sanitária, a importação de produtos pertencentes às classes de medicamentos, produtos para saúde, alimentos, produtos de limpeza, cosméticos, produtos de higiene pessoal e perfumes, realizadas por pessoa física e destinadas a uso próprio. Embora a ferramenta de importação por pessoa física para uso próprio seja permitida pela Anvisa como um mecanismo de acesso a medicamentos, a Agência aconselha seu uso apenas quando da indisponibilidade do medicamento a partir das empresas autorizadas e licenciadas no país para o comércio deste.

Médico do futuro precisa saber integrar tecnologia ao atendimento humanizado, destacam especialistas

A importância de formar profissionais de saúde capazes de lidar com quadros médicos inesperados sempre foi uma tônica do setor, mas ganhou caráter de urgência com os diferentes cenários impostos pela pandemia provocada pelo novo coronavírus. Nesse contexto, ficou ainda mais evidente a necessidade do preparo adequado de médicos e demais profissionais da área para lidar com avanços tecnológicos e científicos sem deixar de oferecer um atendimento humanizado a seus pacientes, divulgou o jornal O Estado de S.Paulo nesta quinta-feira (4). Em conversa ao vivo mediada pela gerente de publicações do Estadão Media Lab, Fernanda Sampaio, os professores Nuno Sousa, presidente da Faculdade de Medicina da Universidade do Minho (Portugal), Paulo Chapchap, diretor geral do Hospital Sírio-Libanês, e Ricardo Tannus, médico veterinário e reitor do Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ), falaram sobre como os hospitais e as instituições de ensino de ponta vêm se preparando e formando médicos capazes de enfrentar esses desafios. De acordo com Chapchap, novas formas de atendimento, como a telemedicina, já estavam surgindo entre os médicos e ganharam ainda mais importância com a pandemia. “Em países em desenvolvimento, como o Brasil, onde a inclusão e o acesso aos serviços de saúde são primordiais, alternativas como o atendimento a distância podem levar a avanços”.  Nesse sentido, ele ressaltou que os cursos superiores precisam oferecer a seus estudantes uma formação mais atenta tanto aos aspectos técnicos como humanos. Segundo Sousa, as faculdades de medicina que se destacam mundialmente estão atentas às competências exigidas pelo mercado e buscam estratégias para colocar o estudante no centro do aprendizado, incentivando a busca permanente de conhecimento. Nessas instituições, explica o professor, são utilizadas metodologias ativas e “o estudante deixa de ser transmissor para ser ele próprio um agente ativo, que participa da geração de conhecimento”, desenvolvendo uma capacidade de aprender em diferentes contextos e de discernir a qualidade da informação que aplica em sua prática.

SAÚDE NA IMPRENSA

Agência Câmara – Projeto concede adicional máximo de insalubridade a profissionais do Samu

Agência Câmara – Câmara aprova projeto que exige fisioterapeuta em CTI em tempo integral

Agência Câmara – Projeto regulamenta profissão de condutor socorrista

Agência Câmara – Proposta permite ao médico deduzir do Imposto de Renda os gastos com EPI

Agência Senado – Senado confirma R$ 160 milhões para asilos no combate à pandemia; texto vai à sanção

Agência Senado – Senado aprova uso obrigatório de máscaras em locais de acesso público; texto volta à Câmara

Agência Senado – Senadores celebram participação do Brasil em pesquisa de vacina contra covid-19

Folha de S.Paulo – Coronavírus mata mais de uma pessoa por minuto no Brasil

Folha de S.Paulo – Causas secundárias de pneumotórax, como câncer e enfisema são fatores de risco para Covid-19

Folha de S.Paulo – Médicos ouvidos por Barroso aconselham que eleições sejam adiadas

Folha de S.Paulo – Bilionário que foi para o Ministério da Saúde diz que Brasil pode exportar respiradores em agosto

Folha de S.Paulo – O novo coronavírus e o coração

Folha de S.Paulo – Elite política e jurídica do país rejeita cortar salário na pandemia do coronavírus

Folha de S.Paulo – Após pressão de Bolsonaro, Ministério da Saúde retira do ar nota técnica que cita acesso a aborto legal

Folha de S.Paulo – Remédio para azia é testado contra a Covid-19

Folha de S.Paulo – Saúde atrasa divulgação de número de mortes por coronavírus pelo segundo dia

Folha de S.Paulo – UPA acumula corpos e até prefeito atende pacientes em Santarém (PA)

Folha de S.Paulo – Fortaleza testa pessoas sem sintomas da Covid-19

Folha de S.Paulo – Covid-19 já anuncia as próximas epidemias

Folha de S.Paulo – Deputados invadem hospital de campanha do Anhembi e causam tumulto

Folha de S.Paulo – Os neoespecialistas e os riscos para a prática da medicina

Folha de S.Paulo – Médicos e professores, o valor da aprendizagem profissional

Folha de S.Paulo – Diário de confinamento: ‘Sair da UTI para ver o mar’

Folha de S.Paulo – Coronavírus mata mais de uma pessoa por minuto no Brasil

Jornal Agora – Dentista pede redução no valor do plano de saúde

O Estado de S.Paulo – Abin alertou Palácio do Planalto e ministros sobre caos em cemitérios pela covid-19

O Estado de S.Paulo – Direito à saúde em tempos de pandemia

O Estado de S.Paulo – Fala de médicos sobre coronavírus perder força não tem apoio de órgãos de saúde

O Estado de S.Paulo – Estudo aponta relação de 96,2% entre novo coronavírus e morcego-ferradura

O Estado de S.Paulo – Vídeo distorce informações sobre o uso da cloroquina para a covid-19

O Estado de S.Paulo – Potencial vacina brasileira contra covid-19 começa a ser testada em animais

O Estado de S.Paulo – Estudo sobre cloroquina na revista ‘Lancet’ é retirado do ar por autores

O Estado de S.Paulo – Médico do futuro precisa saber integrar tecnologia ao atendimento humanizado, destacam especialistas

BR Político – Tombo na economia transforma agenda pos pandemia em desafio

BR Político – Governo nomeia novo secretário de Vigilância em Saúde

O Globo – Ministro da Saúde exonera autores de nota sobre acesso a aborto legal durante pandemia

O Globo – O manifesto online contra o fechamento da maternidade da Casa de Saúde São José

O Globo – Esquema para fraudar licitações na Saúde tem mais de cem laranjas

O Globo – Ministério da Saúde anuncia recursos para centros de atendimento de Covid-19 em favelas

O Globo – Governo precisa explicar gasto ínfimo para a Saúde na pandemia

O Globo – Estados fizeram 748,9 mil testes rápidos, informa Ministério da Saúde

O Globo – Secretário do Ministério da Saúde defende que quem teve contato com doentes fique em casa nas cidades onde a Covid-19 está chegando

O Globo – Três meses de coronavírus: veja como a Covid-19 mudou o Rio e o que se aprendeu com a pandemia no estado

O Globo – Reino Unido interrompe ensaio clínico com hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19

Agência Brasil – PF deflagra operação contra fraude na compra de produtos hospitalares

Agência Brasil – Bolsonaro inaugura hospital de campanha para covid-19 em Águas Lindas

Agência Brasil – Covid-19: Brasil tem 614.941 casos; total de mortes chega a 34.021

Agência Brasil – Covid-19: país distribui 3 milhões de testes; 1 milhão são analisados

Agência Brasil – Revista inglesa retira publicação de estudo que invalidava cloroquina

Agência Brasil – Prefeitura do Rio pode retomar cirurgias eletivas neste mês

Anvisa – Serviços de interesse à saúde: denúncias feitas em 2019

Anvisa – Próxima reunião da Diretoria será às 8h

Anvisa – Anvisa conta com mais dois serviços no portal Gov.br

Anvisa – Conheça o painel de acompanhamento das normas

Anvisa – Anvisa alerta para a falsificação de medicamentos

ANS – Reunião extraordinária da CAMSS

ANS – Núcleo RS muda de endereço

ANS – No Dia Mundial do Meio Ambiente, ANS destaca ações em prol da sustentabilidade

Agência Saúde – SUS ganha reforço na identificação precoce de casos de COVID-19

Agência Saúde – Google apoia Ministério da Saúde na divulgação do aplicativo Coronavírus-SUS

Agência Saúde – Ministério da Saúde esclarece nota técnica

Correio Braziliense – Brasil negocia possibilidade de produzir vacina contra a covid-19

Correio Braziliense – Covid-19: Cientistas alertam que hipertensão pode dobrar risco de morte

Jota – Planalto e estados já editaram 3,2 mil medidas para combater Covid-19

G1 – Governo nomeia novo secretário de Vigilância em Saúde, indicado pelo Centrão

G1 – VÍDEO: Após 40 dias na UTI, policial militar se recupera da Covid-19 e é homenageado ao deixar hospital em Maceió

G1 – Estudo de Oxford com 1,5 mil pacientes não encontra benefícios em tratar Covid-19 com hidroxicloroquina e ensaio é suspenso

G1 – Paciente com 101 anos vence a Covid-19 e recebe alta de hospital no Piauí

G1 – Paciente chora ao saber que está curado da Covid-19 e pode ir para casa, em Anápolis; vídeo

G1 – Coronavírus: na contramão do mundo, Brasil flexibiliza quarentena antes de atingir pico de mortes

Valor Econômico – Trump cita Brasil como mau exemplo no combate ao coronavírus

Valor Econômico – Trump determina retirada de parte das tropas americanas da Alemanha

Valor Econômico – Hidroxicloroquina não é eficaz contra covid-19, diz estudo de Oxford

Valor Econômico – OMS reforça recomendação para uso de máscara em áreas públicas

Valor Econômico – Anfavea revisa previsão para 2020 de alta de 9,4% para queda de 40%

Valor Econômico – Iran Gonçalves Jr.: As manifestações clínicas do coronavírus

Valor Econômico – Transire doa equipamento de ventilação não invasiva

AgroLink – Avião gigante traz vacina do Covid-19 ao Brasil

______________________
O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »