GESTÃO SALLES TEM FOCO URBANO, EXONERAÇÕES E FIM DE POLÍTICAS DO PASSADO

//GESTÃO SALLES TEM FOCO URBANO, EXONERAÇÕES E FIM DE POLÍTICAS DO PASSADO
A exonerações em massa, extinção de conselhos, perda de órgãos para outros ministérios e desmonte de estruturas e de políticas ambientais do passado nos movimentados primeiros cem dias de Ricardo Salles à frente do Ministério do Meio Ambiente (MMA) confirmaram que a gestão ambiental no governo Bolsonaro não seria de continuidade. É o que informa o jornal O Estado de S. Paulo. O desmonte da pasta começou logo em janeiro, quando dois órgãos do ministério foram transferidos para outras pastas. O Serviço Florestal Brasileiro passou a pertencer ao Ministério da Agricultura, enquanto a Agência Nacional de Águas foi para o Desenvolvimento Regional. O ministro também extinguiu a estrutura da Secretaria de Mudança do Clima e Florestas, que era responsável pelas ações de mudanças climáticas e combate ao desmatamento. A nova secretaria, Florestas e Desenvolvimento Sustentável, não tem estrutura para as questões de clima e desmatamento. Já a Secretaria de Biodiversidade está com o cargo de secretário vago desde o início da gestão. “Após exonerações no Ibama, no ICMBio e no ministério, cargos de chefia permanecem sem nomeação e com funções administradas por substitutos. Os dois órgãos tiveram suas assessorias de imprensa submetidas ao gabinete do ministério”, destaca o jornal.

Conama está na mira do Ministério do Meio Ambiente

O Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) está na mira do Ministério do Meio Ambiente. A primeira reunião do ministro com os membros teve irregularidades questionadas pelo Ministério Público Federal. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, por ser criado através de lei, o Conama não se enquadra entre os conselhos extintos pelo decreto 9.759/19, assinado por Bolsonaro na última quinta-feira (11). No entanto, a preocupação de membros do conselho é que o ministério faça alterações que diminuam a participação do conselho nas decisões da pasta. Salles já havia admitido a intenção de “reformatar” o órgão. A diminuição do espaço para participação social também afeta a execução de planos de recuperação da vegetação nativa. Análise publicada pela Fundação SOS Mata Atlântica destaca a ausência de implementação da Comissão Nacional para Recuperação Nativa (Conaveg). Salles declara ter elegido como prioridade de gestão a agenda urbana. Segundo o ministro, a agenda tem seis fases, que serão lançadas a cada 30 dias. A primeira, o Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, foi lançada em 22 de março. À Folha o ministro diz que o plano já mostra resultados, com “movimentos espontâneos da sociedade civil em resposta”. A agenda de combate ao lixo no mar, segundo análise da SOS Mata Atlântica, “foi o único fato positivo”, mas o plano, gestado desde 2007, foi publicado sem coesão e orçamento garantido, segundo a ONG. A entidade também lembra que o ministério contrariou a avaliação técnica do Ibama e liberou a exploração de petróleo próximo ao parque marítimo de Abrolhos. Segundo o ministro, a próxima agenda será de resíduos sólidos, a ser lançada em Curitiba no próximo dia 30, “incluindo planos de logística reversa, reciclagem e reaproveitamento energético”.

China pode concordar em comprar mais carne bovina do Brasil, diz embaixador

A China pode concordar em permitir mais importações de carne brasileira após negociações de alto nível marcadas para maio, disse à Reuters na segunda-feira (15) o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming. Conforme o portal do G1, Yang recusou-se a comentar sobre quantas unidades de processamento de carne poderiam ser aprovadas para exportar para a China, mas disse que a questão será discutida quando a ministra da Agricultura do Brasil, Tereza Cristina, viajar para a China em maio. Novas permissões de exportação podem ser anunciadas quando o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, visitar Pequim no mesmo mês, disse Yang. “Acreditamos que, através da cooperação dos ministérios da Agricultura dos dois países e seus departamentos de inspeção de qualidade, mais produtos agrícolas e animais brasileiros possam ser importados para o mercado chinês”, disse Yang. “Até 78 unidades brasileiras de processamento de carne poderiam ser adicionadas à lista de autorizadas a exportar para a China”, informa o portal.

Artigo aborda ração natureba e petisco gourmet levam pets à mesa do jantar

Artigo do redator da revista The Atlantic, Joe Pinsker, publicada no jornal Folha de S. Paulo destacou que para captar sucintamente a estranheza do modo como os americanos alimentam seus animais de estimação, talvez não exista descrição melhor que “‘latte’ sabor abóbora para cachorro”. Trata-se de um produto real, vendido por uma empresa real, e não pareceria deslocado nas prateleiras de muitas seções de ração para pets, onde hoje em dia a probabilidade de encontrarmos rótulos que mencionam “carne de gado alimentado a pasto” e receitas “de alto teor proteico” é tão grande quanto em qualquer outra seção do supermercado. Como indicam essas seções, as comidas para pets se aproximam cada vez mais da comida humana, e os pontos em comum entre as duas categorias podem ser espantosos. O executivo diz que hoje é mais provável que as embalagens mostrem “um cachorro com ar sério. A impressão é de um produto nutritivo e saudável —de algo que eu compraria numa loja de produtos naturais.” Faz sentido que algumas pessoas queiram comprar os alimentos mais finos para seus pets. Outra razão da popularidade crescente da comida de alta qualidade para animais é a preocupação cada vez maior de muitas pessoas com o impacto ambiental e social de tudo o que consomem. “É claro que essas tendências não se aplicam ao mercado inteiro das rações, mas a uma parcela importante e rapidamente crescente dele”, enfatiza o artigo.

NA IMPRENSA
Embrapa – 52º Curso sobre Cultivo de Cogumelos ensina a produzir em ambiente agroflorestal

Embrapa – Embrapa disponibiliza 3ª edição do Boletim Agropecuário de Rondônia

Embrapa – Dirigentes da Fetagri/AM buscam parceria com a Embrapa Amazônia Ocidental

Embrapa – Embrapa recebe prêmio por trabalhos com melhoramento genético da raça bovina Brangus

Embrapa – Em visita ao Vale do São Francisco, Tereza Cristina conhece demandas do setor produtivo

Mapa – Prêmio de gastronomia e pesca mar adentro marcam trabalho de pescadoras

Mapa – Valor da Produção Agropecuária é de R$ 588,8 bilhões

Mapa – 56 mil ha de propriedades rurais começam a ser fiscalizados pela Conab

Folha de S. Paulo – Ração natureba e petisco gourmet levam pets à mesa do jantar

Folha de S. Paulo – Aposta da natação, Lanza fez paixão por cavalos virar estudo nos EUA

Folha de S. Paulo – Gestão Salles tem foco urbano, exonerações e fim de políticas do passado

G1 – O que acontece quando cientistas implantam genes humanos em cérebros de macacos

G1 – Preço do peixe varia até 181,79% em Campo Grande, aponta pesquisa do Procon/MS

G1 – China pode concordar em comprar mais carne bovina do Brasil, diz embaixador

G1 – Salles indica comandante da PM Ambiental de SP para cargo de presidente do ICMBio

O Estado de S. Paulo – Mistério cerca resgate de cachorro que nadava a 220 km da costa tailandesa

O Estado de S. Paulo – Tereza Cristina cobra informações de frigoríficos antes de viajar à China

O Estado de S. Paulo – Ao lado das maravilhas do Egito, animais sofrem maus tratos

O Estado de S. Paulo – Comportamento Animal – Na Páscoa, há muitos alertas e diversão para humanos e peludos

Valor Econômico – Foco de peste suína clássica é confirmado em município no Piauí

Valor Econômico – FAO prevê avanço menor da demanda por commodities

Zero Hora – Big data e o agronegócio: como o Brasil vai se posicionar frente à inovação?

Zero Hora – Gisele Loeblein – Estado deve vender 4,23 mil toneladas de peixe na Semana Santa

Anda – Pinguim é devolvido ao mar após ter ficado dias preso em rede de pesca

Anda – Sem alimento, cães praticam canibalismo no Canil Municipal de Sousa (PB)

Anda – Taxistas são proibidos de alimentar cães abandonados em aeroporto

__________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.