FRENTE DA AGROPECUÁRIA QUER REUNIÃO DE EMERGÊNCIA COM CHANCELER DE BOLSONARO

//FRENTE DA AGROPECUÁRIA QUER REUNIÃO DE EMERGÊNCIA COM CHANCELER DE BOLSONARO

As críticas do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, às parcerias comerciais do Brasil com China, países europeus e nações latino-americanas, feitas durante uma aula magna dada pelo chanceler a alunos do Instituto Rio Branco, na segunda-feira (11), causaram apreensão em representantes do agronegócio brasileiro. De acordo com o jornal O Globo, preocupados com o impacto dessas declarações no comércio com esses mercados, exportadores do setor pediram à Frente Parlamentar da Agricultura (FPA) que convoque Araújo, em uma reunião emergencial, para prestar esclarecimentos sobre o tema. Durante a aula magna, o ministro afirmou que política externa, nas últimas décadas, foi reduzida meramente ao comércio. Disse que valores como a família e a fé cristã serão incorporados à diplomacia brasileira. Araújo defendeu o rompimento de um ciclo da política externa do país, que teve início nos anos 50 e vigorou até o fim do ano passado, e argumentou que a diversificação de parceiros internacionais, em detrimento das relações com os Estados Unidos, não havia beneficiado a economia brasileira. As declarações são “motivo de preocupação”, disse o deputado Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da FPA. “Precisamos conversar com o ministro Araújo, para sabermos se o que ele disse é força de expressão e, ao mesmo tempo, deixarmos claro que as relações internacionais são sensíveis. É preciso ter mais cuidado no tratamento desse tema”.

 

Agricultura e Economia criam grupo para trabalhar no Plano Safra, diz ministra



O Ministério da Agricultura criou com o Ministério da Economia um grupo para trabalhar no Plano Safra 2019/20, informou nesta terça-feira (12), a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Conforme o jornal Correio Braziliense, como os recursos para o crédito agrícola do Plano Safra 2018/19 “já acabaram”, ela quer anunciar o mais rápido possível as condições de financiamento agropecuário para o próximo ciclo. “O rápido lançamento do próximo Plano Safra dará tranquilidade ao setor, que está preocupado”, disse ela, lembrando que, ainda para a safra atual, o governo federal destinou um valor extra de R$ 6 bilhões para custeio e pré-custeio. Quanto ao próximo Plano Agrícola e Pecuário, Tereza Cristina afirmou “não ter dúvidas” de que, se não for aquele que o setor está querendo, “será um plano muito bom”. Quanto ao seguro rural, ela acredita que o ministro da Economia, Paulo Guedes, pode dar ao setor “uma boa surpresa”. Ela disse que pretende chegar a R$ 1 bilhão em recursos para o seguro rural – ante R$ 600 milhões da atual safra. “Queremos trabalhar o aumento (dos recursos) do seguro rural, para que possamos ter uma base maior de produtores acessando (essa ferramenta)”, mencionou.

 

Indústria precisa ir com pesquisa para o mundo, diz diretor da Embrapa



A atuação internacional da Embrapa deve ser vista como uma oportunidade para empresas de diferentes setores da cadeia produtiva do agronegócio. É o que informa o jornal O Estado de S. Paulo. “Está faltando enxergar a oportunidade de levar o setor empresarial junto com a Embrapa para o mundo. A indústria precisa ir junto com a pesquisa”, defende o agrônomo Celso Moretti, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa. Segundo ele, há potencial para parcerias na África, na América Latina e Caribe, no Oriente Médio e também no Sudeste Asiático. “É uma oportunidade enorme para empresas de sementes, principalmente de pastagens. Se levarmos pastagem, podemos levar o gado, empresas da área de transferência de embrião”, exemplifica, citando ainda companhias que atuam no setor de máquinas e implementos agrícolas.

 

Projeto suspende registro de agrotóxicos autorizados pelo governo este ano



Agência Câmara destacou que o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 43/19 susta atos do Ministério da Agricultura que concederam registro para a comercialização de novos produtos elaborados com agrotóxicos. O texto tramita na Câmara dos Deputados. A proposta é de autoria do deputado Alexandre Padilha (PT-SP). Ele disse que os registros concedidos liberaram o uso no País de mais de 60 agrotóxicos. A autorização para venda no mercado, segundo o deputado, não foi acompanhada de informações sobre o monitoramento e o controle mais pormenorizado do impacto dessas substâncias na saúde dos consumidores, nos trabalhadores rurais e no meio ambiente. Na época da publicação dos atos, entre janeiro e fevereiro, o Ministério da Agricultura alegou que todos os ingredientes já eram comercializados no Brasil e que a novidade seria a aplicação desses produtos em novas culturas. O deputado afirmou que houve um crescimento acelerado do número de registros concedidos pelo ministério. Em 2015 foram 139. No ano passado, 450, conforme dados do governo. “Para Padilha, a liberação ‘desenfreada’ de agrotóxicos prejudica a saúde da população”, destaca a notícia.

 

NA IMPRENSA
ANAC – Saiba mais sobre Planos Diretores de Aeroportos 

 

ANAC – Regulamentação da Lei do Aeronauta cria sistema para gerenciar a fadiga humana

 

ANAC – Nacionalização de aeronaves será tema de reuniões participativas em Brasília e São Paulo

 

Embrapa – Dia da agricultura na ExpoTec 2019 tem apresentação de cultivares de arroz, feijão, soja, milho e amendoim

 

Embrapa – Em Dourados chove cerca de 35 mm, em apenas 3 horas

 

Embrapa – Manejo integrado de pragas e doenças do algodão e tomate é tema de evento em Goiás

 

Embrapa – Prosa Rural: Regras de ouro para aumentar a produtividade da mandioca

 

Embrapa – Técnicas de manejo de solo podem afastar aves de aeroportos

 

Mapa – Conab prevê recuperação do milho e estima safra em 233,3 milhões de toneladas

 

Mapa – Tereza Cristina: barreiras não tarifárias dificultam comércio e preservação ambiental

 

Mapa – Na Argentina, Fernando Schwanke reafirma importância das cooperativas

 

Tecpar – Campus Araucária poderá sediar projeto de fazenda inteligente

 

Câmara dos Deputados – Projeto suspende registro de agrotóxicos autorizados pelo governo este ano

 

Câmara dos Deputados – Frente parlamentar debate papel da juventude na reforma agrária

 

Câmara dos Deputados – Partidos já indicaram presidentes das 25 comissões permanentes

 

Senado Federal – Lasier destaca sucesso de feira do agronegócio no Rio Grande do Sul

 

Senado Federal – Anulada a aprovação de requerimento que enviaria projeto de combate ao fumo para a CRA

 

Correio Braziliense – Agricultura e Economia criam grupo para trabalhar no Plano Safra, diz ministra

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – Chanceler Araújo foi infeliz em comentários sobre soja, diz presidente da Aprosoja

 

Folha de S. Paulo – Incerteza súbita após acidentes expõe fragilidade do sucesso da Boeing

 

G1 – Conab corta previsão para safra de soja do Brasil a 113,45 milhões de toneladas

 

G1 – Latam supera estimativas com lucro de US$ 149 milhões no 4º tri de 2018

 

G1 – Menino de 10 anos cria ‘empresa aérea’, e diretor de companhia da Austrália dá conselhos

 

O Estado de S. Paulo – Companhias aéreas de 11 países suspendem voos com Boeing 737 Max após queda

 

O Estado de S. Paulo – União Europeia fecha espaço aéreo para Boeing 737 Max 8

 

O Estado de S. Paulo – Indústria precisa ir com pesquisa para o mundo, diz diretor da Embrapa

 

O Estado de S. Paulo – Dez empresas têm interesse em leilão de aeroportos

 

O Estado de S. Paulo – Apesar de acidentes, EUA não vê motivos para impedir voos dos Boeing 737 MAX 8

 

O Estado de S. Paulo – Ambiente-se – Planeta em degradação pode trazer milhões de mortes até 2050, alerta ONU

 

O Globo – Ruralistas querem reunião de emergência com chanceler de Bolsonaro

 

Valor Econômico – Vendas de etanol hidratado das usinas bateram recorde em fevereiro

 

Valor Econômico – Tegram inicia obras para duplicar capacidade de movimentação de grãos

 

Valor Econômico – Ministra está otimista com viagem aos EUA

 

Valor Econômico – Camil inaugura planta em Suape

 

Valor Econômico – Proposto um fundo para dívidas

 

Valor Econômico – Syngenta prevê crescimento de dois dígitos no Brasil neste ano

 

Valor Econômico – Brasil pede cota para açúcar na China para evitar briga na OMC

 

Zero Hora – RS deverá colher neste ano segunda maior safra de grãos da história

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Tempo fez as vezes de vilão, mas chega à condição de mocinho na safra do RS

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Reforma da Previdência será tema do Campo em Debate na 20ª Expodireto

 

Zero Hora – Safra de verão deve ser a segunda maior da história no RS

 

Zero Hora – Venda antecipada de soja é de apenas 15% no Rio Grande do Sul

 

Anda – Laudo aponta que produto químico é causa da morte de abelhas em SC

 

InfoMoney – Aplicativo inédito auxilia produtores rurais a aplicar boas práticas no campo

 

Mais Soja – Açúcar produzido por bactérias poderá substituir o Glifosato

 

Mais Soja – Danos de percevejo em campos de produção de sementes de soja

 

Mais Soja – Inédita no Brasil, patente de método de controle da ferrugem da soja é concedida à TMG

 

Mais Soja – PR: Estado tem margem para ampliar ainda mais a agropecuária

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.