Franquia de farmácias desenvolve produtos de beleza veganos para pets 

Home/Informativo/Franquia de farmácias desenvolve produtos de beleza veganos para pets 

Uma franquia de farmácias de manipulação para pets investiu R$ 88 mil em pesquisa e inovação para desenvolver uma linha vegana de produtos de beleza para bichinhos de estimação, informou o G1 neste domingo (7). Tem shampoo sólido, condicionador, hidratante, desembaraçadores e até espuma de banho. Todos são livres de sulfato, de silicone, de corantes e de essências. “A gente está investindo muito nessa parte de cosméticos naturais livres de componentes que tendem agredir, a serem nocivos ao meio ambiente. Não só quando adicionados na formulação, mas também quando eles são sintetizados, quando são produzidos”, diz Renata Piazera, dona da marca e da franquia, junto com Marcelo Piazera. A empresa deles nasceu em Santa Catarina e hoje está presente em 14 estados, com 46 unidades franqueadas. E a expectativa é abrir mais 10 neste ano. Todos os produtos da marca são hipoalergênicos e formulados com óleos essenciais que, segundo os sócios, têm efeito terapêutico para os pets. “Não é considerado medicamento – ele usa durante o banho, durante o passeio. Mas com a aplicação do produto ele tem alguns benefícios com os óleos essenciais”, afirma Marcelo. O mercado pet é um setor em crescimento e a previsão é de que este tenha faturado R$ 40 bilhões em 2020, alta de 13% em relação a 2019.

Conheça os riscos de dar remédios ao pet sem ir a um veterinário

Dar remédios para cachorro é sempre um assunto bem delicado e que precisa da máxima atenção possível dos tutores. Hoje em dia, é bem comum que os tutores busquem informações por conta própria, através da internet, onde muitas vezes podem encontrar conteúdos que passam longe da verdade. Então é bem importante que você tenha tudo isso em mente e, acima de qualquer coisa, busque ajuda veterinária para qualquer tipo de tratamento. Não faça tratamentos caseiros e nem queira dar remédios humanos para cachorros sem antes ter um aval médico. De acordo com o portal Metrópoles não existe remédio sem efeito colateral e você precisa ficar atento a isto para não intoxicar o seu cachorro. As fases da vida de um cachorro são inúmeras. Em cada fase, eles vão precisar de algum atendimento específico e dedicado, de forma que possam ir crescendo com saúde. E isto envolve diretamente o uso de medicamentos, uma vez que a ciência já avançou o suficiente para permitir que um cachorro, hoje, não tenha várias doenças que no passado eram bem comum. Além disso, as medicações básicas para os cachorros ajudam os animais a não contraírem e nem repassarem problemas que podem se transformar em zoonoses a longo prazo. Ou seja, os cães conseguem, hoje, conviver com a gente de maneira bem próxima, muito por conta das possibilidades que a medicina veterinária nos deu. Por mais que existam muitos tipos de tratamentos diferentes e com remédios diversos (algo que só os veterinários poderão indicar), há também aqueles medicamentos preventivos que todos os cães precisarão tomar.

Soro anti-Covid, do Instituto Butantan, chega à fase final de testes em animais

O Instituto Butantan anunciou que conseguiu avançar em um estudo que pode contribuir para o tratamento do novo coronavírus. Segundo a CNN o soro anti-Covid chega à fase final de testes pré-clínicos, e os resultados preliminares são promissores. O soro anti-Covid está sendo feito a partir da aplicação do vírus SARS-CoV, inativado em laboratório, em cavalos. O organismo destes animais reage ao vírus e produz anticorpos. Depois de purificados, estas respostas imunológicas são usadas para o desenvolvimento do soro. A diferença do soro para a vacina é que, no caso do soro anti-Covid, é oferecido ao paciente um anticorpo pronto, capaz de reconhecer o vírus e bloquear seus efeitos e propagação nas células. Já a vacina é profilática, quando injetada, o sistema imunológico é o responsável por gerar o anticorpo; assim, em caso de contato com o vírus, o corpo consegue se defender. O soro anti-Covid já foi testado em camundongos infectados pelo novo coronavírus e o resultado foi satisfatório. “O animal estava com a sintomatologia clara da doença. Nós analisamos a doença como uma doença já de moderado para grave e, um dia depois da administração do soro, o que nós vimos no pulmão destes animais foi uma proteção muito grande das estruturas”, afimou Ana Marisa Chudzinski, diretora do Centro de Desenvolvimento e Inovação do Butantan. Segundo Chudzinski, uma vez aprovado pela Anvisa, o soro entra em uma fase de estudo clínico em humanos.

Bom momento da pecuária sustenta venda de insumos

Empresas que fornecem insumos para o setor pecuário viram sua receita disparar com a alta dos preços do boi gordo no mercado interno, destacou a Coluna do Broadcast Agro o jornal O Estado de S.Paulo nesta segunda-feira (8). A Vaccinar, de saúde e nutrição animal, prevê este ano repetir o crescimento de 30% nas vendas de 2020. A DSM, de nutrição humana e animal, quer avançar até 2,5 vezes acima do mercado de suplementação mineral no País, que cresce de 3,5% a 4% ao ano. Já a Alta Genetics, de genética bovina, pretende fechar 2021 com receita até 30% maior, ante aumento de 36% no ano passado. “A tendência é de o produtor investir mais para explorar a sua produtividade e ganhar mais dinheiro”, afirma Amaury Valinote, diretor de negócios para a linha de ruminantes da Vaccinar. Heverardo de Carvalho, diretor da Alta Genetics no Brasil, acrescenta que a inseminação ganha espaço como opção para reduzir custos e melhorar o produto final. Sergio Schuler, vice-presidente do negócio de Nutrição e Saúde Animal para Ruminantes da DSM no País, também festeja as oportunidades: “Na área de ruminantes, tivemos um ano muito positivo em 2020 e prevemos a continuação dessa tendência em 2021.” O otimismo não é à toa. Com exportações aquecidas da carne bovina brasileira e oferta restrita de animais prontos para o abate, a arroba do boi gordo em São Paulo acumula alta de quase 14% só neste ano, segundo apuração do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Em 12 meses, a valorização é de 50%.

NA IMPRENSA

Governo Federal – Produção agrícola e pecuária deve atingir R$ 1 trilhão em 2021

Folha de S.Paulo – Com inflação em alta, ovo ganha status de prato principal

Folha de S.Paulo – Notas pets: acessórios, espaço pet e hospedagem

O Estado de S.Paulo – De volta à fase vermelha, pets são fundamentais como apoio emocional

O Estado de S.Paulo – Bom momento da pecuária sustenta venda de insumos

G1 – Exportação de carne bovina do Brasil recua 6% no 1º bimestre

G1 – Abate de bois em Mato Grosso cai 21% em janeiro

G1 – EUA: Zoológico testa vacina anticovid em macacos após contaminação

G1 – Criadores estão recebendo menos de R$ 2 pelo litro de leite em MG

G1 – PRF apreende 900 animais silvestres em bagageiro de ônibus na Fernão Dias

G1 – Instituto acolhe e trata animais resgatados

G1 – Prefeitura realiza capacitação para protetores de animais em Jundiaí

G1 – Projeto que monitora praias brasileiras já salvou milhares de animais debilitados

G1 – Após protesto, carroceiros ganham novo espaço para abrigar animais no Reginaldo, em Maceió

G1 – Cães e gatos em situação de maus tratos são resgatados de casa em Itabuna; animais estão desnutridos

G1 – Bezerro nasce com duas faces em Surubim; especialista diz que condição é rara

G1 – Pesquisador de Viçosa publica estudo que identifica o cachorro mais antigo das Américas

G1 – Como impedir que um paraíso tropical seja dominado por ratos

G1 – Franquia de farmácias desenvolve produtos de beleza veganos para pets

Metrópoles – Sem bafo! Veja dicas de como escovar os dentes do seu pet corretamente

Metrópoles – Quer mais tempo com seu cão? Confira as 10 raças que vivem mais

Metrópoles – Conheça os riscos de dar remédios ao pet sem ir a um veterinário

CNN – Homem adota cachorro rejeitado por três abrigos e cão salva a sua vida

CNN – Soro anti-Covid, do Instituto Butantan, chega à fase final de testes em animais

Valor Econômico – Exportações de carne bovina recuaram em fevereiro

Valor Econômico – Novas regras para manejo de pastagens no Pantanal em MT

Valor Econômico – PIPELINE: Vai um bife por US$ 1 mil? É de laboratório

Embrapa – Ferramenta genômica proporciona potencial de retorno financeiro à cadeia produtiva do tambaqui

Embrapa – Prosa Rural – Uso de raças bovinas adaptadas aos trópicos em cruzamentos industriais

AgroLink – Polícia apreende carga ilegal de queijo e pescado

AgroLink – Desempenho do frango (vivo e abatido) na 9ª semana de 2021, primeira de março

AgroLink – Alta no preço da novilha para abate

AgroLink – FAEP e governo do Paraná lançam cartilha do Descomplica Rural

AgroLink – Queda nas exportações de carne bovina

Anda – Gatos presos em incêndio são salvos após receberem máscaras de oxigênio

Anda – Santuário luta para salvar animais enquanto dezenas de macacos e aves morrem de frio

Anda – Cadela busca incessantemente por seu filhote perdido em avalanche

Anda – Família deixa de alimentar cão idoso por ele “não ser mais útil para caças”

Anda – Hospital oferece comida vegana a pacientes após estudo comprovar que vegetais ajudam a reverter doenças

Anda – Tutor encontra gatos mortos em Iguatemi (MS) e suspeita de envenenamento

Anda – Hospital público veterinário será inaugurado em Belo Horizonte (MG)

Portal do Agronegócio – JBS cria piso “verde” a partir de plástico reciclado

Portal do Agronegócio – Polinutri lança linha de produtos para carpas Nishikigoi

Portal do Agronegócio – Balizador GPB DATAGRO registra valorização nominal de 9,09% no primeiro bimestre

Portal do Agronegócio – União Europeia importou 14% menos carne de frango em 2020, mas “share” brasileiro aumentou

Canal Rural – Leite: veja como funciona o sistema de produção de baixo carbono

Canal Rural – ‘China pode crescer 6% este ano e isso é excelente para o agro do Brasil’

Canal Rural – Covid-19: Butantan pede autorização para testar soro com anticorpos de cavalos em humanos

Canal Rural – Bons de faro: mais cães vão reforçar fiscalização agropecuária

Canal Rural – Carne bovina: Com real desvalorizado, China continuará comprando do Brasil

Revista Globo Rural – Queda da renda pressiona consumo de ovos, diz Cepea

Revista Globo Rural – Alta dos preços levou pecuarista a investir mais em saúde animal, diz executivo

Revista Globo Rural – Avicultura precisa de alternativas quando há escassez de milho

Revista Globo Rural – Desinfectar o galinheiro ajuda a combater pragas em aves

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »