ESTADOS UNIDOS MANDARÃO EQUIPE DE INSPEÇÃO AO BRASIL PARA AUTORIZAR IMPORTAÇÃO DE CARNE IN NATURA

//ESTADOS UNIDOS MANDARÃO EQUIPE DE INSPEÇÃO AO BRASIL PARA AUTORIZAR IMPORTAÇÃO DE CARNE IN NATURA

O portal do Mapa destacou que após reunião nesta terça-feira (19) entre os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump, o governo dos Estados Unidos divulgou comunicado conjunto informando que concordou em dar novos passos no sentido de liberar a compra de carne in natura exportada pelo Brasil. De acordo com nota, será agendada uma visita técnica do Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos para auditar o sistema de inspeção de carne bovina do Brasil, assim que o governo brasileiro tiver fornecido a documentação de segurança alimentar. Logo após a o comunicado conjunto, o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, destacou, em suas redes sociais, a reunião com a ministra Tereza Cristina, em Washington, nesta terça-feira. Ele informou que foi discutida a forte relação entre os dois países na produção de grãos e de proteína animal. Tereza Cristina e Perdue também trataram da “necessidade de parcerias em apoio à biotecnologias agrícolas e comércio seguro, baseado em ciência, para produtos dos dois países, como carne suína e bovina.”

 

China recusa habilitação de frigoríficos



O serviço sanitário da China recusou a proposta feita pelo Ministério da Agricultura do Brasil para autorizar mais frigoríficos do país a exportar carnes ao país asiático. De acordo com o Valor Econômico, a China lidera as importações de carnes do Brasil. No ano passado, gastou US$ 2,5 bilhões com as compras dos produtos brasileiros e, com isso, representou 17% da receita total de US$ 14,7 bilhões das exportações de carnes, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pelo Ministério da Agricultura. A decisão da China frustra grandes frigoríficos como JBS, Marfrig e Minerva, que demonstravam otimismo com o resultado da visita feita por técnicos sanitários do país asiático em novembro do ano passado. Na ocasião, os chineses visitaram dez abatedouros de aves e bovinos. No segmento, havia esperança de que as habilitações fossem até mais numerosas do que o total de plantas visitadas. Neste momento, o relatório da visita sanitária da China está sendo traduzido no Brasil, mas fontes dizem que Pequim exigirá um novo plano de ação para os frigoríficos exportadores. Só depois disso o processo de habilitação de novas unidades será retomado. Com isso, as novas habilitações devem demorar mais. “Nesse processo, os frigoríficos brasileiros perdem oportunidades de ocupar o espaço aberto pelo surto de peste suína africana na China”, afirma a matéria.

 

Custos de produção de suínos e frangos de corte caem em fevereiro



Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (CIAS) tiveram queda no segundo mês de 2019. Conforme o portal da Embrapa, o ICPSuíno baixou 0,85%, fechando fevereiro em 219,08 pontos, o menor valor dos últimos 12 meses. A queda do ICPSuíno foi garantida com a redução dos gastos com nutrição (-0,91%). O custo por quilo vivo de suíno produzido em sistema de ciclo completo em Santa Catarina caiu de R$ 3,86 em janeiro para R$ 3,83 em fevereiro. Já o ICPFrango teve uma variação de -0,71% em fevereiro, fechando o mês em 216,29 pontos. No ano, o índice de custo de produção de frangos de corte acumula -0,81% e alta de 8,35% nos últimos 12 meses. “O custo de produção do quilo do frango de corte vivo caiu de R$ 2,82 em janeiro para R$ 2,79 em fevereiro no Paraná, valor calculado a partir dos resultados em aviário tipo climatizado em pressão positiva”, informa o notícia.

 

Embrapa capacita técnicos para ampliar adoção de sistemas integrados



Começou nesta terça-feira (19), capacitação de técnicos na Embrapa Pecuária Sudeste, de São Carlos (SP), em sistemas integrados de produção. É o que informa o portal da Embrapa. O objetivo da cooperação entre as instituições é promover ações de transferência de tecnologia para estimular a adoção da Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) nas regiões de atuação da Coopercitrus em São Paulo e Minas Gerais. Após a conclusão da parte teórica, serão implantadas Unidades de Referência Tecnológica (URT) ou Unidades Demonstrativas (UD) de ILP ou ILPF em propriedades rurais de cooperados. A Embrapa irá acompanhar e orientar as ações desses técnicos nas fazendas selecionadas. “A Embrapa depende da assistência técnica para que as tecnologias desenvolvidas cheguem aos produtores rurais. A ideia é que esses profissionais sejam multiplicadores e contribuam para a ampliação desses modelos de produção mais sustentáveis e diversificados nas regiões de atuação da Coopercitrus”, explica Hélio Omote, coordenador da capacitação na Embrapa. Para o gerente agronômico Antônio Reinaldo Silva, do departamento de Tecnologia Agropecuária, “a cooperativa incentiva a adoção pelos cooperados de ILPF para melhorar as condições das pastagens, produzir várias culturas durante o ano e ter alta produtividade”.

 

NA IMPRENSA
Embrapa – Embrapa Trigo na Expoagro Afubra 2019 

 

Embrapa – Genética animal, variedades agrícolas e equipamentos estarão na ExpoRingo 2019

 

Embrapa – Comunidades tradicionais contribuem para o meio ambiente global

 

Embrapa – Embrapa capacita técnicos para ampliar adoção de sistemas integrados

 

Embrapa – Embrapa Meio-Norte estabelece metas para inovação até 2030

 

Embrapa – Custos de produção de suínos e frangos de corte caem em fevereiro

 

Mapa – Outono terá influência de fraca intensidade do fenômeno El Niño

 

Mapa – Estados Unidos mandarão equipe de inspeção ao Brasil para autorizar importação de carne in natura

 

Folha de S. Paulo – Bom pra Cachorro – Bombeiros salvam cachorro de afogamento em praia no PR

 

Folha de S. Paulo – Vaivém das Commodities – No agronegócio, o Brasil dá muito aos EUA e recebe pouco

 

Folha de S. Paulo – Ambiência – É a vez do ambientalismo operacional, diz secretário da Agricultura de SP

 

O Estado de S. Paulo – Regulamentação do lobby volta ao plenário da Câmara nesta semana

 

O Estado de S. Paulo – Comportamento Animal – Dia Mundial da Saúde Bucal para cães e gatos

 

Valor Econômico – Exportações do agronegócio renderam US$ 7,2 bi em fevereiro

 

Valor Econômico – China recusa habilitação de frigoríficos

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Reaproximação da China com EUA e críticas do Planalto preocupam agronegócio

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Saiba por que a BM vai leiloar rebanho de 320 animais

 

Anda – Criador de porcos é sentenciado a três anos de prisão por crueldade contra animais

 

Anda – Cerca de 3 mil elefantes explorados em Mianmar terão a chance de uma nova vida

 

Anda – Acidentes com animais em rodovias no Piauí diminuem em 2018

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »