Embraer e Pratt & Whitney se unem em plano de voo com combustível 100% sustentável

Home/Informativo/Embraer e Pratt & Whitney se unem em plano de voo com combustível 100% sustentável

Embraer e Pratt & Whitney se unem em plano de voo com combustível 100% sustentável 

A Embraer e a Pratt & Whitney, uma das maiores fabricantes mundiais de motores de aeronaves, firmaram um memorando de entendimento para colaboração nos estudos envolvendo a utilização de combustível de aviação 100% renovável, ou SAF na sigla em inglês, em um jato E195-E2, informou o Valor Econômico. Conforme a Embraer, equipes técnicas das duas empresas vão trabalhar em conjunto na definição de um plano integrado de testes de solo e voo com uso de 100% de SAF, em uma aeronave E195-E2. Obtido a partir de matérias-primas renováveis, como óleo de cozinha usado ou resíduos sólidos urbanos, o SAF pode reduzir as emissões de dióxido de carbono em até 80% ao longo do ciclo de vida, na comparação com o combustível fóssil para aviação. Atualmente, as aeronaves podem operar com SAF em misturas de até 50% com querosene e a indústria busca novos padrões para certificação da operação com 100% de SAF. Em nota, a Embraer destaca que a iniciativa reflete o compromisso compartilhado das empresas de “apoiar as ambiciosas metas ambientais da indústria da aviação, incluindo a meta de atingir zero emissões líquidas de dióxido de carbono nos voos até 2050”.

Petrobras está de olho em hidrogênio, nuclear, eólica e solar como opções de energias para o futuro 

A Petrobras avalia os segmentos de hidrogênio e geração de energia nuclear, eólica e solar como possíveis investimentos para o futuro, segundo o gerente-executivo de estratégia da estatal, Rafael Chaves Santos. As alternativas estão relacionadas ao posicionamento da companhia em meio à transição para uma economia de baixo carbono. “Nesse momento, estamos estudando quais podem ser as melhores alternativas”, afirmou, publicou o Valor Econômico. Santos foi indicado para a vaga de diretor de relacionamento institucional e sustentabilidade, no lugar de Roberto Ardenghy, que deixará a diretoria da estatal. A Petrobras considera que o caixa “ótimo” da companhia deve se manter entre US$ 5 bilhões e US$ 6 bilhões, segundo o diretor financeiro e de relacionamento com investidores, Rodrigo Araujo. Segundo Araujo, o valor está em linha com os projetos de produção que a companhia pretende colocar em operação nos próximos anos. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Evento em Goiânia irá debater desafios e potenciais da aviação no Centro-Oeste

Entre os dias 1º e 2 de dezembro, Goiânia receberá a primeira edição da Feira Aviation XP, evento que irá debater os principais temas que envolvem aviação geral no Centro-Oeste, com a promoção de palestras, mesas redondas, exposição de aeronaves e de serviços prestados por empresas ligadas ao setor, informou o Portal do Agronegócio. Organizado pela G2C Events, esse encontro do trade da aviação será realizado no Aeródromo Nacional de Aviação SBNV, Hangar Oton Parts, no Setor Novo Planalto, e promete atrair um público altamente qualificado, reunindo fabricantes, proprietários de aeronaves  e demais players do mercado. Segundo os organizadores, Goiânia foi escolhida para sediar o evento por ser uma das principais referências nacionais em serviços de manutenção de aviação. Em tamanho de frota de aeronaves da chamada aviação geral, que envolve aviões para agroaviação, serviços aeromédicos e táxi-aéreo, Goiás está em quarto lugar, segundo dados da edição de 2021 do Anuário da Aviação Civil. Para Rodrigo Neiva, diretor comercial do Antares, a participação na Aviation XP será uma ótima oportunidade para, não só apresentar o polo aeronáutico para o mercado da aviação, mas também para valiosas trocas de ideias e experiências com novos e futuros parceiros de negócios. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

César Halum deixa secretaria do Ministério da Agricultura

César Halum vai deixar o comando da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura. Ele aceitou o convite do governador em exercício de Tocantins, Wanderlei Barbosa, para ser secretário de Governadoria no Estado. A exoneração de Halum deverá ser publicada em breve no Diário Oficial da União, informou o Valor Econômico. Nesta terça-feira, o presidente do partido Republicanos, deputado Marcos Pereira, se reuniu com a ministra Tereza Cristina para selar a saída de Halum e indicar o sucessor. O cargo permanece em poder da sigla. O ministério ainda não informou o nome do próximo secretário. Halum também foi secretário de Política Agrícola da Pasta, entre junho de 2020 e julho deste ano, quando assumiu a Secretaria de Agricultura Familiar. Com o cargo no governo de Tocantins, ele pretende se aproximar do eleitorado, já que deve ser candidato nas eleições de 2022. A decisão havia sido tomada há duas semanas, quando Halum foi convidado por Wanderlei Barbosa. O vice-governador assumiu o comando do Executivo de Tocantins em substituição ao governador Mauro Carlesse, afastado por seis meses por decisão da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) por suspeitas relacionadas ao pagamento de propina e a obstrução de investigações.

 

Veja outras notícias

Agência Senado
Pedido de vista adia votação de projeto que tenta controlar preço dos combustíveis

Agência Brasil
Ministra: pecuária tem papel fundamental na agenda climática mundial

Mapa
Mapa promove debate sobre plano para desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal

Mapa
Preço mínimo da uva industrial será de R$ 1,31 por quilo a partir de janeiro

SBA
Preços no mercado de etanol registram queda pela terceira semana seguida

Portal do Agronegócio
Necessidade de armazenagem de grãos em MT pode ser 108% maior do que a disponível hoje

Portal do Agronegócio
Conab reduz estimativa para moagem de cana em 2021/22

Portal do Agronegócio
Embrapa inaugura Estação Quarentenária em Brasília para reduzir riscos de novas pragas no País

Portal do Agronegócio
Fórum Brasil Bioeconomia 2021 reforça o empreendedorismo e o pensamento do ecossistema da bioeconomia avançada

Portal do Agronegócio
Evento em Goiânia irá debater desafios e potenciais da aviação no Centro-Oeste

Valor Econômico
Petrobras está de olho em hidrogênio, nuclear, eólica e solar como opções de energias para o futuro

Valor Econômico
César Halum deixa secretaria do Ministério da Agricultura

Valor Econômico
Embraer e Pratt & Whitney se unem em plano de voo com combustível 100% sustentável

Folha de S. Paulo
Variante ômicron poderá trazer novos custos à produção no setor do agronegócio

O Estado de S. Paulo
Além do etanol: diesel verde e querosene renovável são novas apostas do Brasil nos biocombustíveis

Agrolink
Biofertilizante brasileiro chega na Índia

Agrolink
Campanha alerta para ações que preservam biotecnologia Bt

Agrolink
Pesquisa avança na descontaminação de EPI agrícolas

Agrolink
Seminário virtual discute políticas públicas para o uso do controle biológico por produtores rurais

Agrolink
Resíduos agrícolas viram reagentes contra o câncer

Agrolink
Aumentar uso de fósforo potencializa produtividade

Agrolink
Insumos biológicos ganham certificação

Canal Rural
‘Produtores brasileiros estão prontos’, diz presidente da Aprosoja-MT sobre mercado de carbono

Canal Rural
Senado debate assistência técnica e crédito rural na quinta-feira

Canal Rural
Dependência dos insumos é um dos fatores que impacta no custo de produção, diz FPA

STF
Ministra Cármen Lúcia pede informações ao governo sobre normas que reclassificam agrotóxicos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »