ELIMINAÇÃO DA HEPATITE C EXIGE MAIS ESFORÇOS DO BRASIL E DO MUNDO

//ELIMINAÇÃO DA HEPATITE C EXIGE MAIS ESFORÇOS DO BRASIL E DO MUNDO

O jornal O Globo destacou que Brasil e mundo precisam redobrar seus esforços se quiserem cumprir a meta da Organização Mundial da Saúde (OMS) de eliminar a hepatite C até 2030, reduzindo em 80% a incidência e em 65% as mortes decorrentes da doença frente aos níveis registrados em 2015 para que ela deixe de ser uma das maiores ameaças à saúde pública do planeta. O alerta é de estudo que avaliou os impactos de diferentes intervenções no curso da epidemia até o fim do século, publicado nesta segunda-feira (28) no prestigiado periódico médico-científico “The Lancet”. Segundo os pesquisadores, caso todas medidas recomendadas sejam adotadas, seria possível evitar 15,1 milhões de novos casos e 1,5 milhão de mortes por cirrose ou câncer de fígado provocados pela hepatite C em todo mundo até 2030. “Eliminar a hepatite C é uma meta extremamente desafiadora que requer intervenções na prevenção e diagnóstico”, resume Alastair Heffernan, líder dos cientistas do Imperial College London, no Reino Unido. “Segundo especialistas, para o Brasil os maiores desafios entre as iniciativas elencadas pelos pesquisadores no “Lancet” estão na ampliação do acesso aos tratamentos mais modernos e eficazes contra a hepatite C e dos diagnósticos”, ressalta a notícia.

 

Após dois anos em queda, casos de dengue voltam a crescer no país em 2018



Após dois anos em queda, o número de casos prováveis de dengue voltou a crescer no país em 2018, apontam dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (28). Conforme o jornal Folha de S. Paulo, balanço feito pela equipe técnica da pasta mostra que, em todo o ano passado, foram registrados 266 mil casos prováveis da doença. Já em 2017, foram 239 mil notificações, o que equivale a um aumento de 11%. Ainda que pequeno, o aumento interrompe uma sequência de queda no número de casos da doença no país, situação que vinha sendo registrada nos balanços anuais desde 2016. Até então, essa redução era atribuída ao reforço nas ações de controle do mosquito transmissor, o Aedes aegypti, desde a entrada do vírus da zika. “Agora, o aumento volta a trazer alerta para o risco de novos casos da doença neste ano, sobretudo no verão, período em que aumenta a infestação do mosquito transmissor”, informa o jornal.

 

Aumento dos casos de câncer preocupa o Uruguai e a América Latina



Os dados globais mais recentes indicam que o número de casos e mortes causados pela doença crescerá na região em um ritmo mais rápido do que a média. De acordo com o jornal Correio Braziliense, diferentes setores alertam sobre a necessidade de agir para melhorar o acesso ao tratamento do câncer. Melhor infraestrutura, mais financiamento, recursos humanos e disponibilidade de tratamentos são as soluções mais citadas. A cada dois minutos, cinco pessoas são diagnosticadas com câncer na América Latina. A região tem 1,4 milhão de novos casos por ano e a doença continua avançando. Ao mesmo tempo, o acesso a cuidados de saúde na região enfrenta sérios problemas: segundo um estudo da The Lancet, mais de 156 milhões de pessoas morrem todos os anos devido à falta de acesso aos serviços de saúde. O Uruguai, em muitos aspectos, é o melhor exemplo da região em prevenção e tratamento. No entanto, a taxa de incidência da doença por 100 mil habitantes do país está entre as maiores da região, com 251 casos para cada grupo de 100 mil pessoas. Esses números revelam a necessidade de agir ainda mais fortemente para aumentar o acesso ao tratamento do câncer. O investimento prioritário deve ser em prevenção, destaca o diretor do Instituto Nacional do Câncer do Uruguai, Álvaro Luongo. “Fazer campanhas e informar é muito mais barato do que tratar um paciente. No tratamento em estágio avançado, entram medicamentos e tecnologia de alto custo que, muitas vezes, são paliativas, não curativas”, afirma.

 

ANS estimula adoção de boas práticas de governança corporativa pelas operadoras



A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou nesta segunda-feira (28), no Diário Oficial da União, a Resolução Normativa – RN nº 443, que dispõe sobre a adoção de práticas de governança corporativa, com ênfase em controles internos e gestão de riscos, visando à sustentabilidade do setor de saúde suplementar. É o que informa o portal da ANS. Com a norma, a Agência estimula a redução do risco de descontinuidade de operações de planos de saúde decorrentes de falhas de controles internos e baixa capacidade de gestão de riscos a que as operadoras estão expostas, o que pode comprometer a assistência prestada a beneficiários. A importância do tema ganhou corpo no âmbito da Comissão Permanente de Solvência da ANS, na medida em que estudos apontaram que boa parte do setor regulado possui práticas de governança corporativa e gestão de risco pouco maduras. No caso dos planos de saúde, isso é fundamental para garantir aos contratantes e beneficiários que a assistência à saúde será prestada quando for preciso. “Por outras palavras, busca-se garantir que a governança da operadora a torne sólida e sustentável no longo prazo, mesmo exposta a gastos elevados para a recuperação da saúde de seus beneficiários”, destaca o portal.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
ANS – ANS estimula adoção de boas práticas de governança corporativa pelas operadoras 

 

Anvisa – Cerimônia marca comemorações dos 20 anos da Anvisa

 

Fiocruz – Obesidade infantil é tema de estudo

 

Fiocruz – Farmanguinhos isola e purifica duas principais substâncias da pitanga

 

Câmara dos Deputados – Proposta permite ao Fundo do Idoso financiar projetos para pessoas com envelhecimento precoce

 

Câmara dos Deputados – Proposta determina prioridade nos pagamentos para saúde, educação e segurança pública

 

Senado Federal – Projeto determina internação compulsória de dependente químico

 

Senado Federal – Projeto determina avaliação psicológica para detectar depressão pós-parto

 

Senado Federal – Projeto garante tratamento no SUS para criança com fissura labiopalatal

 

O Estado de S. Paulo – Circulação de dengue tipo 2 em 19 cidades põe SP em alerta

 

O Estado de S. Paulo – Uso de ar-condicionado requer cuidados com a hidratação para evitar problemas de saúde

 

O Estado de S. Paulo – A saúde nas prisões paulistas

 

O Estado de S. Paulo – Coluna do Broadcast – Opy Health, da IG4 Capital, faz oferta por hospital da Abengoa em Manaus

 

O Estado de S. Paulo – ‘Investir no esporte é investir em saúde, educação e segurança pública’

 

O Estado de S. Paulo – ‘EAD já é o futuro’, diz professor da USP

 

O Estado de S. Paulo – Depoimento: EAD ‘é como se fosse uma escola’

 

O Estado de S. Paulo – EAD fica mais próximo do ensino híbrido

 

Folha de S. Paulo – Com Down, competidor do Rali Dakar venceu burocracia e resistência da mãe

 

Folha de S. Paulo – E se não tivéssemos política de combate à Aids?

 

Folha de S. Paulo – Após dois anos em queda, casos de dengue voltam a crescer no país em 2018

 

G1 – Alzheimer: O músico que faz serenata todos os dias para esposa diagnosticada com a doença

 

G1 – As galinhas que ajudam a desenvolver remédios de combate ao câncer

 

G1 – São Paulo e Minas Gerais representam 63% dos casos em investigação de febre amarela

 

G1 – Passar muito tempo usando tablets e celulares pode prejudicar crianças pequenas, diz estudo

 

G1 – A chocante história das mulheres esterilizadas contra a vontade nos EUA

 

O Globo – Eliminação da hepatite C exige mais esforços do Brasil e do mundo

 

O Globo – Artigo: Medicina e humanismo

 

O Globo – Adoçantes não emagrecem nem melhoram a saúde

 

Zero Hora – Cientistas estão ensinando o corpo a aceitar novos órgãos

 

Correio Braziliense – Molécula em frutas cítricas pode ser aliada no combate à leishmaniose

 

Correio Braziliense – Conheça serviços que prometem facilitar a busca por uma vida mais saudável

 

Correio Braziliense – O cerebelo é muito mais que uma central de coordenação motora

 

Correio Braziliense – Unidade Básica de Saúde de Taguatinga fecha para reforma

 

Correio Braziliense – Texto sobre planos de saúde tem uma parte falsa e outra com meias verdades

 

Correio Braziliense – Grávida denuncia Saúde após peregrinar por hospitais e perder bebê

 

Correio Braziliense – Aumento dos casos de câncer preocupa o Uruguai e a América Latina

 

Panorama Farmacêutico – Anvisa completa 20 anos e tem muitos desafios à frente

 

Panorama Farmacêutico – Estudo nos EUA parece dar um passo à frente na luta contra o Alzheimer

 

Panorama Farmacêutico – Figgy: aplicativo mineiro pesquisa preços de medicamentos em drogarias próximas

 

Panorama Farmacêutico – Hospital do Câncer de Franca recebe verba para medicamentos

 

Panorama Farmacêutico – Juiz determina que laboratório venda fosfoetanolamina sintética à paciente com câncer, em Anápolis

 

Panorama Farmacêutico – Nova terapia transforma células cancerígenas em gordura para impedir que se espalhem

 

Portal Hospitais Brasil – Faculdade de Medicina de Botucatu recruta voluntários para pesquisa sobre dor muscular crônica

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.