Deputado sugere criação de Samu veterinário ao governo federal

//Deputado sugere criação de Samu veterinário ao governo federal
Nesta quinta-feira (23), o portal Anda divulgou que, o deputado Capitão Alberto Neto (República-AM) encaminhou, na última segunda-feira (20), para o Ministério do Meio Ambiente uma sugestão de implantação do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência Veterinária (SamuVet). Na indicação 737/2020, que deve ser avaliada pelo ministro Ricardo Salles, Alberto Neto sustenta que os casos de negligência e maus-tratos, assim como o número de acidentes de trânsitos envolvendo animais, exige um novo olhar do governo. “Com o objetivo de garantir cuidados de saúde e bem-estar mínimos a esses animais em situação de extrema vulnerabilidade, sugerimos a criação de um serviço de atendimento e resgate de animais atropelados em vias públicas, em situações de risco ou que tenham sofrido maus-tratos”, argumenta. E acrescenta: “Iniciativas nesse sentido já foram implementadas com sucesso por alguns estados e municípios, mas entendemos que sua abrangência precisaria ser estendida para o restante do país.”

Bloqueios chineses a frigoríficos são injustificados, reitera Ministério da Agricultura

O secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Orlando Ribeiro, afirmou, nesta quinta-feira (23), ao Valor Econômico que a suspensão das exportações de frigoríficos brasileiros pela China afeta a rotina de funcionamento e o valor de mercado dessas companhias. Ele reforçou a posição do governo brasileiro de que os bloqueios são “injustificados”. Mais cedo, o ministro conselheiro da embaixada chinesa, Qu Yuhui, disse que a interrupção na compra de carnes de algumas plantas brasileiras foi uma “medida de precaução” adotada por Pequim e que isso não vai prejudicar o comércio entre os dois países. “As suspensões podem não impactar o volume total de proteína animal exportada no ano pelo Brasil, mas têm efeitos negativos sobre a cadeia produtiva, ao afetar o funcionamento de frigoríficos. Mexe com o valor das ações das companhias, com a estrutura de produção, com os planos de vendas”, opinou Ribeiro. Segundo ele, o agronegócio não pode ficar sujeito a “sacolejos” comerciais como as suspensões dos frigoríficos que, na visão de Brasília, são injustificadas. “Não há nenhuma evidência científica de que o vírus possa ser transmitido por alimentos ou que seja viável em embalagens após mais de 30 dias de transporte”, destacou. Ribeiro afirmou ainda que o setor agropecuário brasileiro está aberto para negociar acordos de livre comércio com a China ou outros países, mas ponderou que o arranjo depende de outros segmentos da economia.

Brasil poderá exportar produtos termoprocessados de aves para o Egito

As autoridades do Egito aprovaram a importação de produtos termoprocessados de aves produzidas no Brasil. Com isso, o Brasil alcançou a marca de 85 mercados externos abertos para produtos agropecuários desde janeiro de 2019. A autorização será para as plantas que já estão habilitadas para o mercado egípcio e que, atualmente, embarcam frango inteiro. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou, nesta quinta-feira (23), que irá atualizar o Certificado Sanitário Internacional (CSI) para o novo tipo de produto. Segundo dados do setor, o Egito é o 14º principal importador de carne de frango do Brasil. Entre janeiro e junho deste ano, o Egito importou 39,1 mil toneladas, volume que supera em 27% o total embarcado no primeiro semestre de 2019. De janeiro a junho de 2020, as exportações do agronegócio brasileiro somaram US$ 52 bilhões, o que representa um aumento de 10 % com relação ao mesmo período no ano passado.

Boas práticas garantem qualidade do leite e prevenção contra doenças em caprinos

Boas Práticas Agropecuárias (BPAs) para a produção de leite de cabra podem garantir qualidade do produto e seus derivados e, ainda, prevenir contra doenças como a mastite, destacou a Embrapa nesta quarta-feira (22). Essas recomendações serão tema da palestra sobre Controle da Qualidade do Leite, que será ministrada pela pesquisadora Viviane Souza, da Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE), na próxima sexta-feira (24), às 18 horas, no “Dia D”, evento promovido pela Fazenda Carnaúba (Taperoá-PB), com programação que integra palestras, exposições e intercâmbio de conhecimentos e que acontecerá, neste ano, em edição online, com acesso pelo site: https://diadfazendacarnauba.com/. O conjunto de Boas Práticas envolve recomendações e técnicas de manejo relacionadas não somente à ordenha, mas também a sanidade animal, alimentação, cuidados com instalações e conservação do leite. A pesquisadora ressalta também que essas medidas podem prevenir e controlar a mastite, inflamação nas tetas das fêmeas que, além de afetar qualidade do leite, traz perdas produtivas para rebanhos de caprinos leiteiros. Um conjunto de Boas Práticas Agropecuárias na produção do leite caprino deve observar cuidados que já começam antes mesmo da ordenha, para respeitar higiene e bem-estar animal. A recomendação é que as instalações, a água fornecida aos animais e os baldes para guardar o leite estejam limpos. A condução de animais para a ordenha deve ser feita de forma tranquila, para evitar estresse e lesões às cabras utilizadas na produção. Os cuidados com higiene são extensivos aos ordenhadores, que devem sempre lavar as mãos com água, sabão comum ou detergente neutro. Os cabelos devem estar presos, com boné ou touca, as unhas curtas e as vestimentas higienizadas. Ordenhadores que estiverem doentes ou com ferimentos, principalmente nas mãos, não devem retirar o leite dos animais, passando, se possível, o serviço para outra pessoa. Dicas para higiene de ordenhadores podem ser vistas no vídeo a seguir: https://youtu.be/211bbrbVS1s.  No processo de ordenha, deverão ser ordenhadas, inicialmente cabras sadias, que nunca apresentaram inflamação nas mamas. Em seguida, passa-se para aquelas que já tiveram este tipo de inflamação, mas que agora não apresentam mais inchaços. Na sequência, podem ser ordenhadas cabras com inflamação, mas o leite deve ser descartado, principalmente se estiver talhado ou com cor diferente da normal. Também deve ser descartado leite de cabras em tratamento com antibióticos. Ainda na ordenha, é recomendável lavar as tetas com água clorada, antes de iniciar o processo, com secagem feita com papel toalha. Outro procedimento importante nesta etapa, para identificar as cabras que apresentam a mastite clínica [aquela em que sintomas são perceptíveis] é o teste com caneca telada ou de fundo escuro. Neste teste, são ordenhados os primeiros jatos de leite, fazendo descarte em balde apropriado. Em seguida, deve-se observar, no leite, a presença de grumos [aspecto semelhante ao do leite coalhado], pus ou sangue. Se isso acontecer, a mastite pode ser detectada e essas cabras retiradas do rebanho e tratadas, sempre com orientação de médico veterinário. O evento promovido pela Fazenda Taperoá acontecerá de 24 a 26 de julho e reúne criadores, expositores e pesquisadores, sendo voltado para a geração de negócios e troca de experiências. O Dia D também traz a programação de palestras e capacitações profissionais. Para participar, é só fazer o credenciamento pelo site do evento:  https://diadfazendacarnauba.com/. Mais informações pelos telefones: (83) 98795-1857 / 98878-3343 ou pelo e-mail: contato@fazendacarnauba.com

NA IMPRENSA

Folha de S.Paulo – Cientistas encontram ‘barata gigante’ que vive no fundo do mar

O Estado de S.Paulo – Saiba como ver animais em 3D no Google pelo celular

G1 – Animais precisam de doação de sangue

G1 – Animais resgatados em Brumadinho continuam disponíveis para adoção

G1 – 30 animais silvestres são resgatados em Linhares

G1 – Veja como adotar animais resgatados após rompimento de barragem em Brumadinho

G1 – Justiça Federal manda Ibama afastar servidora suspeita de tráfico internacional de animais

Valor Econômico – Marfrig vai rastrear todo o gado que abate

Valor Econômico – Suspensão de embarques de frigoríficos brasileiros é precaução, diz diplomata chinês

Valor Econômico – Exportações argentinas de carnes, frutas e hortaliças cresceram no 1º semestre

Valor Econômico – Egito abre mercado para produtos termoprocessados de aves do Brasil

Valor Econômico – Bloqueios chineses a frigoríficos são injustificados, reitera Ministério da Agricultura

Valor Econômico – Unity Wilmar Agro aumenta participação na Unity Foods

Valor Econômico – Demanda chinesa por carne bovina deverá dobrar em sete anos, diz diplomata

CNA – Agroindústrias que produzem queijos e bebidas com IG da União Europeia devem se identificar até 9 de agosto

Mapa – Brasil poderá exportar produtos termoprocessados de aves para o Egito

Embrapa – Boas práticas garantem qualidade do leite e prevenção contra doenças em caprinos

AgroLink – PR sofre prejuízo com saída irregular de gado

AgroLink – Oferta reduzida impulsiona preços do suíno vivo

AgroLink – Circuito Nelore já avaliou mais de 5.000 animais em 2020

AgroLink – Boas práticas garantem qualidade do leite e prevenção contra doenças em caprinos

AgroLink – PR: avicultura vai investir R$ 100 milhões no combate à Covid-19

AgroLink – Pará: oferta restrita de animais para reposição

AgroLink – Poucos negócios no mercado do boi gordo

AgroLink – Produtores baianos participam do projeto Campo Futuro

Anda – Presidente da Ucrânia recomenda filme sobre crueldade animal para libertar reféns de sequestro

Anda – Deputado sugere criação de Samu veterinário ao governo federal

Anda – Covid-19: jovens veem mais vantagens em não consumir animais

Anda – Sem penas no corpo, arara-canindé é abandonada dentro de caixa de papelão

Anda – Militares alegam falta de recursos para coibir desmatamento, mas usam dinheiro para pintar unidades

Anda – Cães explorados em caça a tatus são resgatados e homens são presos na Paraíba

SBA – Oferta reduzida eleva preço do suíno vivo que aproxima-se de recorde real em algumas praças

______________________
O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »