CONFEDERAÇÃO DAS SANTAS CASAS CULPA TABELA DO SUS POR DÍVIDAS DAS FILANTRÓPICAS

//CONFEDERAÇÃO DAS SANTAS CASAS CULPA TABELA DO SUS POR DÍVIDAS DAS FILANTRÓPICAS
O representante da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), Julio de Matos, disse que a dívida das 2.100 instituições existentes no País chega a R$ 21 bilhões. Conforme o portal da Câmara dos Deputados, essa e outras informações foram apresentadas, na última terça-feira (4), na primeira audiência pública da comissão especial que analisa a criação de um programa de auxílio financeiro para Santas Casas e outras instituições sem fins lucrativos (PL 7606/17, do Senado). Segundo Matos, a dívida seria “culpa da defasagem da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS)”, que foi reajustada em 93% desde 1994, enquanto o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) chegou a 413% no mesmo período. “Durante as discussões, surgiu um impasse entre as necessidades das entidades filantrópicas e as exigências dos bancos públicos. Alguns deputados fizeram coro com o representante da Confederação das Santas Casas. Eles pediram que a recuperação das entidades filantrópicas leve em conta o papel que elas representam para o Sistema Único de Saúde e não os parâmetros do sistema financeiro”, diz trecho da publicação.

Ministro da Saúde defende mais autonomia para estados e municípios

O ministro de Saúde, Ricardo Barros, defendeu, na quarta-feira (5), maior autonomia para governos estaduais e municipais usarem recursos transferidos pela União. Segundo o ministro, a nova estratégia de gestão vai liberar cerca de R$ 5 bilhões, que hoje estão parados nas contas de estados e municípios, porque a necessidade de financiamento local no setor de saúde não era reconhecida pela União. “Aqui em Brasília era decidida uma política igual, do Oiapoque ao Chuí. Claro que isso não funciona”, afirmou. De acordo com o portal da Câmara dos Deputados, ainda conforme o ministro da Saúde, a ideia é que o estímulo aos consórcios municipais eleve a capacidade financeira do setor, que hoje tem 7.147 obras concluídas, entre hospitais e postos de saúde, mas 1.158 não funcionam. A participação do ministro ocorreu no seminário sobre inovação tecnológica no SUS, realizado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; de Inovação Tecnológica da Saúde; e de Desburocratização do Congresso Nacional.

Hospital em São Paulo testa técnica inovadora para câncer

Conforme noticiou o jornal O Estado de S.Paulo, o Albert Einstein, em São Paulo, é o primeiro hospital brasileiro a usar uma técnica inovadora em radioterapia para preparar pacientes para o transplante de medula óssea com menos efeitos colaterais: trata-se do Targeted Marrow Irradiation (TMI), procedimento desenvolvido pela equipe da University Hospitals of Cleveland, nos Estados Unidos, para “destruir” a medula óssea do paciente com uma irradiação mais focal, localizada, diminuindo o acesso da radiação a outros órgãos e tecidos sadios e, consequentemente, trazendo menos efeitos colaterais. Com o objetivo de reduzir a toxicidade da radioterapia, profissionais de Cleveland desenvolveram uma forma de programar o equipamento de forma que ele atinja efetivamente mais os ossos e o baço – que precisam ser irradiados – e preserve os outros órgãos vitais. “Em parceria com essa equipe de Cleveland, que já usa a técnica como rotina há dois anos, o Hospital Albert Einstein aplicou a radioterapia em dois pacientes no mês de junho, com sucesso”, ressalta a notícia.

Pesquisadores desenvolvem vacina personalizada contra o câncer de pele

Dois estudos publicados na edição desta semana da revista Nature mostram a viabilidade da produção de vacinas personalizadas para melanoma, tipo agressivo de câncer de pele. Embora muito iniciais, os trabalhos foram recebidos com entusiasmo pela classe médica. O jornal Correio Braziliense enfatiza na reportagem que a ideia dos pesquisadores do Instituto Dana-Faber, de Boston, nos Estados Unidos, e da Corporação Biofarmacêutica Novas Tecnologias (BioNTech), em Mainz, na Alemanha, era induzir uma resposta do próprio organismo para lutar contra as células doentes. “Ambos os estudos divulgados na Nature são de fase 1 e incluíram um número restrito de pacientes, com perfil ideal para a terapia testada. Nessa etapa, o objetivo não é verificar a eficácia, mas o nível de segurança e a viabilidade do tratamento. Ainda assim, os estudos de Boston e da BioNTech apresentaram resultados animadores quanto ao efeito no combate à doença. A vacina personalizada ativou a produção de células CD4 e CD8 do sistema de defesa do organismo. Na presença de antígenos específicos do tumor, essas poderosas estruturas se mobilizavam para destruir o câncer”, completa trecho da reportagem.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Ministro da Saúde visita Palmeiras de Goiás (GO) e anuncia recursos para o estado

Anvisa – Paracetamol 500mg da Prati Donaduzzi tem lote suspenso

Anvisa – Empresas têm até dia 31 para comprovar porte econômico

ANS – ANS realiza reunião do Comitê Técnico de Avaliação da Qualidade Setorial

ANS – Nova portabilidade para beneficiários da Prontomed

Fiocruz – Lançado edital do Mapeamento de Experiências Exitosas de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa

Fiocruz – Fiocruz Pernambuco recruta voluntários para vacina contra dengue

Senado Federal – Política Nacional de Saúde Bucal pode ser oficialmente incluída no SUS

Câmara dos Deputados – Profissionais de saúde analisam diferenças entre métodos de nutrição parenteral

Câmara dos Deputados – Ministro da Saúde defende mais autonomia para estados e municípios usarem recursos transferidos pela União

Câmara dos Deputados – Confederação das Santas Casas diz que dívida das filantrópicas é culpa da defasagem da tabela do SUS

O Estado de S.Paulo – Hospital em São Paulo testa técnica inovadora para câncer

O Estado de S.Paulo – Ministro do STJ participa do Summit Saúde

Folha de S.Paulo – Fuvest diz que Santa Casa vai deixar vestibular; instituição não confirma

Folha de S.Paulo – Cadê a Cura? Quando o assunto é saúde, desconfie dos atalhos e das terapias rápidas

O Globo – Anvisa interdita linha de produção irregular de próteses

O Globo – Paracetamol 500mg da Prati Donaduzzi tem lote suspenso

Correio Braziliense – Pesquisadores desenvolvem vacina personalizada contra o câncer de pele

G1 – Brasil confirmou 322 casos de bebês com microcefalia e outras alterações ligadas à zika em 2017

G1 – Os jovens que vivem com a desconfiança de terem sido infectados de propósito com HIV

Blog do Magno – Bancada se une pela manutenção da Hemobrás

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »