Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza série de debates sobre limite máximo de resíduos no agro

//Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza série de debates sobre limite máximo de resíduos no agro
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza a partir desta quinta-feira (4) uma série de quatro webinars sobre a importância do Limite Máximo de Resíduos (LMR) como critério de acesso a mercados internacionais e relação do tema com a cadeia produtiva do agronegócio. A iniciativa é uma parceria entre CNA, a consultoria norte-americana Bryant Christie e a Women Inside Trade (WTI), fórum que reúne mulheres que atuam na área do comércio internacional. Os encontros terão a participação de especialistas, representantes do setor privado, governo e de organismos internacionais, como o Codex Alimentarius, órgão das Nações Unidas e principal instância mundial sobre o assunto, composta por 188 países-membros. O LMR é a quantidade máxima de pesticidas permitidos em um alimento e que devem ser aplicados da forma correta. As regras para este limite são definidas pelo Codex Alimentarius e são exigidas pelos países no comércio internacional de produtos do agronegócio, englobando desde a produção primária até a exportação do produto final com valor agregado. Desta forma, a CNA, com os webinars, quer passar mais informações e conhecimento sobre o LMR. “As discussões são fundamentais para a competitividade e o acesso dos produtos do agronegócio brasileiro no comércio internacional”, explica Lígia Dutra, superintendente de Relações Internacionais da CNA. O primeiro debate acontece nesta quinta-feira (4), às 14h30, e abordará o Limite Máximo de Resíduos (LMRs) e o comércio internacional. Participam o presidente do Codex Alimentarius, Guilherme Costa, autoridade internacional sobre o assunto, a especialista em política comercial da Bryant Christie, Alinne Oliveira, e a fundadora da Women Inside Trade (WTI) e professora da American University, Renata Amaral. Este e os outros três webinars terão transmissão ao vivo pelas redes sociais do Sistema CNA e pelo Youtube.

Manejo do solo e sustentabilidade é tema de curso gratuito oferecido pela Embrapa

Nesta quinta-feira (4), a Embrapa divulgou que, estão abertas no período entre 04/06/2020 e 29/06/2020 as vagas para o curso “Manejo do solo com foco em sistemas integrados de produção”. Oferecida na modalidade a distância pela Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG), a capacitação é totalmente gratuita e é voltada para técnicos, estudantes, produtores e demais profissionais que atuam no setor agropecuário. O treinamento será oferecido no ambiente virtual de aprendizagem da Embrapa (Plataforma e-Campo), com vagas limitadas e emissão de certificado, de acordo com o cumprimento de determinadas condições. O conteúdo do curso é composto por tópicos relacionados ao condicionamento do solo; à erosão; à construção de fertilidade; aos sistemas de preparo; e à compactação do solo. De acordo com o pesquisador Ramon Alvarenga, coordenador técnico, um dos objetivos é mostrar ao aluno a importância do manejo do solo como a base da sustentabilidade dos sistemas integrados de produção. “Conhecer as etapas necessárias para um bom condicionamento do solo, descrever os tipos de erosão, as formas de manifestação e as práticas conservacionistas e adquirir uma visão geral sobre as etapas para construção da fertilidade, assim como dos sistemas de preparo, são também nossas metas”, adianta. O curso, oferecido na modalidade autoinstrucional (não havendo tutoria técnico-científica), tem carga horária de 10 horas, e o participante terá 30 dias para concluir o treinamento a partir da data de inscrição. Assista ao vídeo gravado pelo pesquisador Ramon Costa Alvarenga. Clique no link www.youtube.com/watch?v=Ya55O2lJZBk&feature=youtu.be .

Ações da Bayer caem 3% com suspensão de agrotóxico nos EUA

A decisão da Justiça dos Estados Unidos que suspendeu as vendas de três agrotóxicos à base de dicamba pressiona as ações da Bayer, dona de um dos produtos, nesta quinta-feira (4), destacou o Valor Econômico. No início do pregão, as ações da multinacional alemã caíam mais de 3% na bolsa de Frankfurt. A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA, na sigla em inglês) tinha emitido registos provisórios condicionais de dois anos para XtendiMax, da Bayer, FeXapan, da Corteva, e Engenia, da Basf. Mas a decisão de um tribunal de São Francisco retirou o registro, suspendendo as vendas desses produtos. Procurada, a Bayer defendeu seu produto. “Discordamos totalmente da decisão e estamos avaliando nossas opções de recurso”, informou a empresa. O parecer do tribunal refere-se especificamente à decisão da EPA de 2018, que expira em dezembro de 2020. A decisão judicial foi favorável à petição de um grupo de organizações ambientais que contestaram os registros de produtos à base de dicamba, concedidos pela EPA em 2018. “Atualmente, estamos trabalhando para obter um novo registro da EPA para o XtendiMax para a safra de 2021. Esperamos obter o novo registro até o final deste ano”, acrescentou a companhia. Também procurada para comentar a decisão da Justiça americana, a Corteva informou que está revisando a decisão da corte americana e que “o dicamba é uma ferramenta eficaz no controle de ervas daninhas, que pode ser usada com segurança quando seguidas as orientações do rótulo”.

Após recorrer a crédito rotativo, Mosaic devolve US$ 400 milhões 

A americana Mosaic, uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo, anunciou nesta quinta-feira (4) que devolveu os US$ 400 milhões sacados em março de uma linha de crédito rotativo. Segundo o Valor Econômico com o pagamento, a empresa passou a reter aproximadamente US$ 3 bilhões em liquidez, incluindo aproximadamente US$ 1 bilhão em caixa e US$ 2 bilhões em capacidade de crédito rotativo não utilizado. “Quando acessamos originalmente nossa linha de crédito, nosso desejo era aumentar o saldo em caixa da empresa para aproximadamente US$ 1 bilhão, a fim de enfrentar as incertezas sem precedentes trazidas pela pandemia de covid-19”, afirmou Clint Freeland, diretor financeiro, em nota. De acordo com ele, o reembolso do capital foi viável graças ao desempenho dos negócios da companhia até o momento.

NA IMPRENSA

Agência Câmara – Proposta cria linha de crédito especial para a agricultura familiar na pandemia

O Estado de S.Paulo – Nos EUA, associações pedem para governo apoiar cooperação em agricultura

O Estado de S.Paulo – Governo prepara atlas ambiental da Amazônia

O Globo – Parlamento holandês rejeita acordo UE-Mercosul por risco de desmatamento na Amazônia

Jota – O fim dos benefícios fiscais aos agrotóxicos é estratégico para o futuro do país

G1 – Parlamento da Holanda aprova moção contra acordo Mercosul-UE por preocupação com Amazônia e concorrência agrícola

G1 – Diferente de outros setores, vendas de máquinas agrícolas não registram quedas acentuadas

CNA – CNA realiza série de debates sobre limite máximo de resíduos no agro

CNA – CNA analisa economia e setor agropecuário em meio à pandemia

CNA – Senar orienta produtores interessados no Projeto Paisagens Rurais

Valor Econômico – CNPE aprova venda direta de etanol de usinas para postos de combustíveis

Valor Econômico – Ações da Bayer caem 3% com suspensão de agrotóxico nos EUA

Valor Econômico – Nutrimaq capta R$ 18 milhões por meio da emissão de CRA

Valor Econômico – Após recorrer a crédito rotativo, Mosaic devolve US$ 400 milhões

Embrapa – Ferramenta de quebra do coco babaçu é tema do Prosa Rural, o programa de rádio da Embrapa

Embrapa – Políticos e parceiros parabenizam a Embrapa Agroenergia pelo seu 14º aniversário

Embrapa – Embrapa é parceira em evento sobre abertura de dados no enfrentamento à pandemia, promovido pela Fiocruz

Embrapa – Manejo do solo e sustentabilidade é tema de curso gratuito oferecido pela Embrapa

AgroLink – Abramilho reivindica taxas de juros mais compatíveis para safra 2020/21

AgroLink – Pandemia do coronavírus afeta mercado da castanha-do-brasil

AgroLink – Primeiras chuvas significativas no RS serão em junho

AgroLink – Preços mundiais de alimentos caíram pelo quarto mês

AgroLink – Cesta básica de Porto Alegre cai 1,59% em maio

AgroLink – USDA relata mais vendas de soja a destino desconhecido

AgroLink – “Expointer vai sair”, garante Covatti

AgroLink – CNA realiza série de debates sobre limite máximo de resíduos no agro

AgroLink – Implemento melhora controle de pragas em soqueiras

AgroLink – Agrishow é adiada para 2021

AgroLink – Joaninha é bioinsumo

AgroLink – Projeto de captação de chuva recupera mais de 600 milhões de litros de água

AgroLink – Adoção de tecnologias da Embrapa contribui para a evolução da cafeicultura no Mato Grosso

AgroLink – Como escolher uma colheitadeira – testemunho de agricultor

AgroLink – Forragem de trigo e os ganhos na atividade leiteira

AgroLink – Pesquisadores querem “construir estradas” nas plantas

AgroLink – Bayer rechaça proibição do dicamba

AgroLink – Agricultura biodinâmica: solução sustentável para os cultivos

AgroLink – Inovações agroalimentares vão da genética aos robôs

AgroLink – Agropecuária sustentável é a grande aliada da preservação ambiental

______________________
O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »