Câmara Legislativa do Distrito Federal aprova o SamuVet, o Samu para animais

//Câmara Legislativa do Distrito Federal aprova o SamuVet, o Samu para animais
A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou, nesta quinta-feira (28), o Projeto de Lei que cria um Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para animais. Trata-se do SamuVet. Segundo o Jornal de Brasília a proposta, elaborada pelo deputado Roosevelt Vilela (PSB), foi aprovada em primeiro turno. Segundo o texto, o SamuVet terá de funcionar 24 horas para atender animais atropelados em vias públicas, vítimas de maus tratos ou que estejam em situação de risco. O SamuVet será operado por meio de um veículo equipado para a prestação dos primeiros socorros. Ele poderá ser acionado por qualquer pessoa. Órgãos de segurança pública também poderão chamar os serviços. Será criado um número de telefone específico para acionamento do SamuVet.

Pedro Parente destaca que falta de transparência da China sobre peste suína gera indefinições no mercado

O presidente do Conselho de Administração da BRF, Pedro Parente, acredita que o surto de peste suína africana (PSA) na China desencadeou um momento benéfico para os exportadores brasileiros de carnes, mas há uma série de “indefinições” no processo, informou o portal Broadcast Agro nesta sexta-feira (29). “A primeira delas é a falta de transparência nas informações que vêm da China”, afirmou o executivo há pouco durante o Encontro de Analistas da Scot Consultoria. Para ele, a falta de informações oficiais sobre as ocorrências do vírus no mercado chinês eleva os níveis de risco e gera volatilidade ao mercado, pois abre espaço para especulações, “embora seja um quadro extremamente favorável”, diz Parente, para os setores de proteína animal. Um dos exemplos de aumento de volatilidade no mercado, na avaliação do executivo, é a escalada dos preços do milho. O insumo é utilizado como base para alimentação de aves e suínos e, com o aumento das exportações de proteína animal, cresce a procura pelo insumo para ração. Parente destaca, ainda, que a guerra comercial entre Estados Unidos e China é outro fator que adiciona volatilidade ao mercado de commodities.

Preço da carne não vai voltar ao patamar anterior, diz ministra sobre aumento da arroba do boi gordo

O preço da arroba do boi gordo, que em São Paulo teve aumento real de 35% em um mês, não vai mais retornar ao patamar anterior. A afirmação é da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, nesta quinta-feira (28), Tereza Cristina disse que a alta das exportações para a China teve forte impacto na valorização da carne em todo o País. O que também ajudou a puxar o aumento, no entanto, disse a ministra, foi a falta de reajuste nos preços nos últimos três anos. O presidente Jair Bolsonaro, em transmissão pela internet, declarou que a ministra garantiu que, daqui a três ou quatro meses, o preço da carne volta à normalidade. Já o Ministério da Agricultura, em nota, afirmou que está acompanhando de perto a situação e acredita que o mercado “irá encontrar o equilíbrio”. “Não é papel do ministério intervir nas relações de mercado. Os preços são regidos pela oferta e procura. Neste momento, o mercado está sinalizando que os preços da carne bovina, que estavam deprimidos, mudaram de patamar”, afirmou, em nota.

Grupo quer criar santuário de jumentos resgatados na Bahia

De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo desta sexta-feira (29), um grupo de pesquisadores e veterinários se mobilizou na Bahia para cuidar de jumentos vítimas de maus-tratos que escaparam do abate. Buscam agora pessoas interessadas em adotar os animais e planejam a criação de uma espécie de santuário para produzir estudos sobre o mamífero. O jumento (também chamado de asno e jegue) é tradicionalmente usado no Nordeste para transporte de carga. É do grupo dos equídeos, que inclui animais como cavalo, burro e mula. Para facilitar o reconhecimento: em comparação com a mula ou o burro, é mais peludo, tem orelhas maiores e é mais baixo. Os animais foram resgatados de fazenda na cidade de Euclides da Cunha (a mais de 300 km de Salvador). Uma vistoria da prefeitura no fim de janeiro constatou que cerca de 800 jumentos viviam em um ambiente árido com pouca água e comida e adoecidos. A história virou alvo de investigação do Ministério Público da Bahia, que remeteu o processo ao Ministério Público Federal em Salvador no início do ano. O MPF, por sua vez, afirmou que o processo tramita na Justiça e que, até o momento, não chegou para manifestação do órgão. Sobreviveram em torno de 200 deles, dos quais 30 já foram adotados, segundo o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, que se tornou, em situação emergencial, fiel depositário dos animais, para recuperá-los e encaminhá-los a um novo lar.

NA IMPRENSA
Folha de S. Paulo – Cadela salva cinco gatinhos abandonados no frio

Folha de S. Paulo – Grupo quer criar santuário de jumentos resgatados na Bahia

MAPA – MP cria auxílio emergencial para pescadores atingidos por mancha de óleo

O Estado de S.Paulo – Preço da carne não vai voltar a patamar anterior, diz ministra sobre aumento da arroba do boi gordo

Notícias Agrícolas – Mercado do boi em 2020 deverá ser tão forte quanto o final deste ano, prevê Rabobank

Anda – Comissão da OAB move ação contra rodeio de Saquarema (RJ)

Anda – Pelo fim da exportação de animais vivos

Anda – Indústria da carne é uma das maiores poluidoras do mundo

Anda – Campos do Jordão (SP) pode regulamentar uso de charretes

Anda – Vereador tenta alterar lei para liberar comércio de animais em Santos (SP)

Anda – ONG de proteção ambiental é alvo da Justiça e deputado aponta tentativa de criminalizar entidade

Portal do Amazonas – Polícia Ambiental apreende 9 toneladas de peixe ilegal, no Dom Pedro

O Pantaneiro – Após queimadas em MS, calendário de vacinação contra aftosa é prorrogado

Sábado – PAN apresenta proposta para criação de Lei de Bases do Clima

SAPO – Setor do leite quer lutar contra a “desinformação” e contrariar as “teses alarmistas e veganistas”

94 FM Dourados – Aquário do Pantanal poderá ser local de pesquisa para Alemanha

Camaçari Agora – Bahia terá ´santuário`para preservar jumentos da extinção

Jornal de Brasília – Câmara Legislativa do DF aprova o SamuVet, o Samu para animais

Radar Amazônico – Manchas de óleo: chega a 803 número de localidades afetadas

Broadcast – Preço da carne vermelha deve se estabilizar em nível equivalente ao custo internacional do produto

Broadcast – BRF/Pedro Parente: falta de transparência da China sobre peste suína gera indefinições no mercado

Exame – DogHero lança novos serviços para um mercado vibrante: o de gatos

__________________________________________________
O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »