BRASIL ASSUME COMPROMISSO PARA REDUZIR INCIDÊNCIA DE TUBERCULOSE

//BRASIL ASSUME COMPROMISSO PARA REDUZIR INCIDÊNCIA DE TUBERCULOSE
O Ministério da Saúde ratificou, na quinta-feira (29), o compromisso com a Organização Mundial da Saúde (OMS) onde o país se compromete a contribuir para a diminuição da incidência de tuberculose na população mundial. Conforme destaca reportagem do portal IG, atualmente, a cada 100 mil habitantes, 33 têm tuberculose . O objetivo é que o coeficiente mude para menos de 10 casos por 100 mil habitantes até 2035. A meta também inclui a redução da mortalidade para menos de um caso a cada 100 mil pessoas. O anúncio foi feito durante a 15º Edição da Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi), durante o lançamento do Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose, apresentado pela pasta. “Esse plano foi elaborado com o objetivo de subsidiar os coordenadores dos programas locais no cumprimento das metas que estão em consonância com o plano da OMS . O documento está alinhado com as políticas do SUS e é um grande avanço para mudar os paradigmas do Programa Nacional de Controle da Tuberculose”, destacou a coordenadora do Programa Nacional de combate à tuberculose, Denise Arakaki.

Campanha alerta pacientes com diabetes sobre o risco de desenvolver doenças cardiovasculares

A campanha “Junto ao seu coração” – lançada no mês de junho, reforça o alerta sobre a relação existente entre o diabetes e as doenças cardiovasculares. Organizada por Boehringer Ingelheim e Eli Lilly em junho, mês em que é lembrado o Dia Nacional do Diabetes (26/06), a campanha defende que queremos ter junto ao coração as pessoas que nos fazem bem, lembrando o cuidado e o incentivo a hábitos saudáveis que geralmente acontecem entre namorados, amigos e familiares de pacientes com diabetes. Como ressalta o portal Maxpress, o diabetes é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças do coração. Até 80% dos pacientes com diabetes tipo 2 morrem em decorrência de problemas cardiovasculares. “Uma pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência indicou que menos da metade dos entrevistados (42%) citou as doenças cardíacas como as consequências mais relevantes do diabetes — e, mesmo entre os diabéticos, elas só foram mencionadas por 56%”, destaca trecho da publicação.

Análise do genoma ganha espaço na biotecnologia

Na Folha de S.Paulo, publicação especial intitulada “O Brasil que Dá Certo – Inovação”, apresenta reportagem sobre as pequenas empresas da área de biotecnologia, nas quais o sequenciamento genético é uma das principais novidades que pode mudar o mercado nos próximos anos e ganhar escala industrial. “A ideia é que seja possível, por exemplo, identificar alterações que causam ou agravam sintomas de distúrbios neurológicos como o autismo, ou que tornem mosquitos da dengue resistentes aos remédios usados pelos agentes de saúde”, diz trecho da reportagem, que apresenta exemplos de projetos brasileiros. Para Júlio Cesar Ferreira, pós-doutor pela Universidade de Stanford, nos EUA, e coordenador de projetos de inovação e biotecnologia na USP, o desafio é aplicar em larga escala conhecimentos desenvolvidos nas universidades. “Os valores investidos são altos, por isso o ideal é que o setor público traga um primeiro aporte e o privado entre nos projetos com valores robustos, para produtos com grande potencial”, afirma ele à Folha.

FenaSaúde: aumento da judicialização da saúde prejudica o próprio consumidor
Em especial publicitário publicado no jornal O Globo pela FenaSaúde, são abordados os reflexos da judicialização da saúde. “O fenômeno da judicialização da saúde é crescente nos tribunais brasileiros. Na avaliação da FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar), isso causa a desorganização do sistema de saúde, o desequilíbrio orçamentário do setor, além de desigualdades de direito na sociedade. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contabilizou, somente em 2016, 103.896 processos na saúde suplementar. O gasto aproximado com demandas judiciais ligadas à saúde pública e privada foi de R$ 8,2 bilhões em 2015”, diz trecho do material. “O acesso ao Judiciário é um direito inalienável do cidadão, um valor da sociedade moderna. Essa instância deve ser respeitada, mas o que se vê com constância, atualmente, é que a indústria do direito individual vem se sobrepondo ao coletivo. E a consequência disso acaba, paradoxalmente, sendo injusta, porque, quando ocorrem decisões que concedem procedimentos não previstos em lei ou no contrato, prejudica todos os beneficiários daquele plano de quem moveu a ação. Todos pagam a conta”, afirma a presidente da FenaSaúde, Solange Beatriz Palheiro Mendes.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Saúde lança Plano Nacional pelo fim da tuberculose

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde se reúne com prefeitos e gestores de municípios mineiros

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde garante mais de R$ 19,4 milhões para reforçar atendimento em Uberlândia e municípios da região

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde garante R$ 13,9 milhões por ano para reforçar atendimento na região de Montes Claros

ANS – ANS realiza debate sobre qualidade setorial

ANS – ANS realiza a 3ª reunião do GT Debates Fiscalizatórios

Anvisa – Jarbas Barbosa recebe homenagem na 15º Expoepi

Anvisa – Indisponibilidade de circuito deixa PAFs sem comunicação

Anvisa – Barbosa debate convergência regulatória internacional

Anvisa – Circuito de rede nas PAFs está normalizado

Conitec – HTAI – necessidades locais para oportunidades globais

Conitec – XXIX Congresso Brasileiro de Genética Médica -SBGM e III Congresso Brasileiro de Enfermagem em Genética e Genômica

CNS – Conferência de Saúde das Mulheres do Ceará reforça importância do Controle Social para Democracia

CNS – 15ª Expoepi ressalta importância da participação popular para o fortalecimento da vigilância em saúde

CNS – ‘Violência estrutural é resultado dos retrocessos sociais’, diz presidente do CNS

Câmara dos Deputados – CCTCI garante mais transparência a serviços de telecomunicações

Fiocruz – Pesquisadores condenam produção e venda de inibidores de apetite

Folha de S.Paulo – Aplicativo lê movimentos de surdos e traduz língua de sinais para português

Folha de S.Paulo – Polícia filipina usa hospitais para ocultar mortes na guerra às drogas

Folha de S.Paulo – Análise do genoma ganha espaço na biotecnologia

O Estado de S.Paulo – USP procura voluntários com acne para testar cosméticos

O Globo – Mãe desabafa contra movimento antivacina: ‘Minha filha foi parar na emergência’

O Globo – Estudos mostram que exercícios e dieta reduzem risco de retorno do câncer

G1 – Problemas de sono podem sinalizar agravamento de tendências suicidas em jovens

G1 – Risco de zika diminuiu, mas grávidas precisam manter atenção contra a doença

A Notícia – Terminal de regaseificação de gás natural liquefeito pode ser instalado no Norte de SC

Sindseg SP – FenaSaúde: aumento da judicialização da saúde prejudica o próprio o consumidor

Segs – Congresso Nacional de OPME (Órtese, Prótese e Materiais Especiais)

Maxpress – Campanha “Junto ao Seu Coração” alerta pacientes com diabetes sobre o risco de desenvolver doenças cardiovasculares

Lab Net Work – Palestra apresenta método alternativo no desenvolvimento de fármacos

Diário do Congresso – Número de pacientes com Parkinson deve dobrar até 2030

IG – Brasil assume compromisso para reduzir incidência da tuberculose

Jornal do Sudoeste – Pesquisa investigará hipertrofia no músculo cardíaco de atletas

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.