BOLSONARO ESCOLHE GENERAL PARA DIRETORIA DA ANVISA

//BOLSONARO ESCOLHE GENERAL PARA DIRETORIA DA ANVISA

O Diário Oficial da União traz nesta sexta-feira (15) a primeira indicação de Jair Bolsonaro para a diretoria da Anvisa, o general de Brigada Médico Paulo Sérgio Sadauskas. Esta é a primeira indicação do presidente para uma agência reguladora. É o que informa o colunista Guilherme Amado do jornal O Globo. Formado em medicina e com especialização em administração hospitalar, Sadauskas entrou no Exército em 1988, já como oficial médico. Atualmente, é subdiretor técnico de Saúde da Diretoria de Saúde do Exército. Esta vaga para a diretoria da Anvisa estava aberta desde o fim do governo Michel Temer, quando o ex-presidente tentou indicar, nas últimas semanas de dezembro, o ex-deputado André Moura (PSC-SE) no cargo. “Moura não conseguiu sequer ter seu nome votado no Senado”, afirma a nota.

 

Planos de saúde voltam às origens para reduzir custos e atrair clientes



O jornal Correio Braziliense destacou que diante da necessidade em atrair pessoas que tiveram que abandonar os planos de saúde, seja por questões financeiras, seja por desemprego, operadoras de convênios médicos e de seguro-saúde, como SulAmérica, Bradesco e Central Nacional Unimed (CNU), além de empresas hospitalares, como o Grupo Leforte, estão investindo em modelos alternativos de assistência, que reduzem em mais de 20% os custos operacionais. O movimento tem feito surgir novas frentes de negócios. É o caso da Amparo Saúde, empresa que nasceu por iniciativa do alemão naturalizado brasileiro Emilio Puschmann. A Amparo oferece ao usuário a possibilidade de usufruir de assistência preventiva em sua própria casa, evitando assim a necessidade de procura por prontos-socorros, internações e exames desnecessários. Segundo Puschmann, o espaço para crescimento é imenso, porque esse modelo de negócio não é muito utilizado no mercado brasileiro. “O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou nesta semana uma nova regulamentação para a prática de telemedicina no Brasil, que entrará em vigor três meses após a publicação, e permitirá a realização de consultas médicas on-line, assim como telecirurgias e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento médico a distância, desde que respeitados os critérios técnicos e éticos previstos na resolução”, informa o jornal.

 

Brasil pode perder certificado de erradicação do sarampo



O Brasil corre o risco de perder o certificado de erradicação do sarampo, obtido há três anos. Sem conseguir controlar a transmissão da doença e com uma baixa cobertura vacinal, o País tem no momento três Estados com surto em curso: Amazonas, Roraima e mais recentemente, o Pará. Conforme o jornal O Estado de S. Paulo, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, admitiu nesta quinta-feira (14), haver ainda um risco de casos na Bahia, em virtude do grande fluxo de caminhões nesse período do ano. Apesar do número expressivo de registros no País, é ainda baixo o porcentual da população imunizada contra a doença. Dados preliminares do Ministério da Saúde indicam que metade dos municípios não atingiu a meta de cobertura vacinal, que é igual ou superior a 95%. Obtido há três anos, o certificado é retirado quando é registrada a transmissão da doença durante um ano. A data limite é a próxima segunda-feira, dia 18. A definição do status brasileiro, contudo, somente será conhecida dias depois, com a confirmação da doença. Isso geralmente ocorre num intervalo de até 10 dias. Dentro do Ministério da Saúde, porém, o desfecho é dado como certo. O presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde, Mauro Junqueira, sugeriu que a vacina fosse tornada obrigatória. O ministro, no entanto, tem posição contrária. “Ela já é obrigatória. Não é preciso lei”, completou.

 

Filantrópicas recebem certificação CEBAS e reforçam atendimento hospitalar



Desde o início de fevereiro de 2019, 27 instituições de saúde de dez estados brasileiros receberam Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (CEBAS) concedidas pelo Ministério da Saúde para isenção de contribuições sociais, no ano de 2019, entre elas 22 renovações e 05 concessões. De acordo com o portal do Ministério da Saúde, atualmente a rede hospitalar beneficente é responsável por 37,54% dos leitos disponíveis no SUS, distribuídos em 1.819 estabelecimentos de saúde hospitalares em todo o Brasil. As santas casas e hospitais filantrópicos desempenham papel relevante e essencial para o funcionamento do sistema público e suplementar de saúde no Brasil, correspondendo por mais de 50% das internações de média e alta complexidade no SUS. Pela rede pública, o setor filantrópico também é responsável por executar o maior quantitativo de cirurgias de média e alta complexidade, como procedimentos oncológicos, neurológicos e transplantes. Com o CEBAS, as instituições passam a se beneficiar também com a liberação de emendas parlamentares, propostas e projetos de financiamento, expansão da infraestrutura e aquisição de equipamentos. “Existem ainda leis municipais e/ou estaduais que permitem descontos na conta de energia elétrica e taxa de água às entidades portadoras do Certificado”, destaca o portal.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
ANS – ANS e IDEC conversam sobre reajuste de planos de saúde 

 

ANS – Em oficina, ANS tira dúvidas sobre temas como reajuste e portabilidade no RJ

 

Anvisa – Anvisa participa de workshop sobre tabaco em Cabo Verde

 

Ministério da Saúde – Febre amarela: população do Sul e Sudeste deve buscar vacina

 

Ministério da Saúde – Filantrópicas recebem certificação CEBAS e reforçam atendimento hospitalar

 

Ministério da Saúde – Ministro alerta secretários de saúde para ampliar cobertura vacinal do sarampo

 

SUS Conecta – Experiência brasileira de controle social na saúde é elogiada em Portugal

 

Alers – Zilá segue nas comissões de Agricultura e Mercosul, e presidirá a Saúde

 

Alesp – Alesp apresenta palestras sobre a epilepsia

 

CLDF – Distritais querem acesso a contratos do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde

 

Câmara dos Deputados – Projeto cria cadastros de peritos nos conselhos federais

 

Câmara dos Deputados – Proposta favorece a inserção e participação cultural dos idosos

 

Senado Federal – Nelsinho Trad propõe debate sobre telemedicina

 

Senado Federal – Comércio poderá ter de informar riscos à saúde de consumidor de narguilé

 

Correio Braziliense – Mutação cancerígena tem efeitos conflitantes, descobrem cientistas

 

Correio Braziliense – Universidade abre vagas para tratamento odontológico gratuito

 

Correio Braziliense – Hospital Sírio-Libanês começa atendimentos em Brasília em março

 

Correio Braziliense – Paciente com câncer se casa em hospital público de Brasília

 

Correio Braziliense – Planos de saúde voltam às origens para reduzir custos e atrair clientes

 

Folha de S. Paulo – Empresa de Israel é criticada por anunciar cura para o câncer com dados vagos

 

Folha de S. Paulo – A bailarina que luta no palco contra câncer no cérebro: ‘A doença vai me matar, mas continuo dançando’

 

Folha de S. Paulo – Ministério da Saúde confirma segundo caso de febre do Nilo no país

 

Folha de S. Paulo – Claudia Costin – Um currículo para uma primeira infância diversa

 

Folha de S. Paulo – Mercado Aberto – Crescimento cadenciado: Vendas das distribuidoras de medicamentos que atendem redes independentes

 

Folha de S. Paulo – Empresa de Israel é criticada por anunciar cura para o câncer com dados vagos

 

G1 – O surpreendente caso dos gêmeos que têm pais diferentes

 

G1 – Distúrbios na visão, o sintoma muitas vezes ignorado da enxaqueca

 

O Estado de S. Paulo – Morte de macaco por febre amarela põe em alerta cidades do sudoeste paulista

 

O Estado de S. Paulo – Prefeitura vê risco de epidemia e decreta emergência por dengue no interior de SP

 

O Estado de S. Paulo – Brasil pode perder certificado de erradicação do sarampo

 

O Estado de S. Paulo – Santa Casa terá médico terceirizado, diz provedor

 

O Estado de S. Paulo – Acupuntura é eficaz para amenizar todos os tipos de estresse

 

O Estado de S. Paulo – Venezuela anuncia chegada de medicamentos da China e de Cuba

 

O Estado de S. Paulo – Vencer Limites – Atendimento em Libras pelo Whatsapp

 

O Estado de S. Paulo – Fevereiro roxo alerta para lúpus, fibromialgia e mal de Alzheimer

 

O Estado de S. Paulo – Barbie lança bonecas cadeirante e com perna protética para promover a inclusão social

 

O Estado de S. Paulo – Com serviços gratuitos, instituição apoia crianças com câncer além da doença

 

O Globo – Ministério da Saúde investiga novo surto de sarampo no Pará

 

O Globo – Homem é preso na Baixada acusado de contaminar mulheres com vírus HIV

 

O Globo – Guilherme Amado – Bolsonaro escolhe general para diretoria da Anvisa

 

Zero Hora – Exercício em excesso pode mesmo prejudicar sua saúde?

 

Zero Hora – Após reforma trabalhista, Santa Casa de São Paulo terá médicos terceirizados

 

Amazonas Notícias – DPE-AM vai integrar acordo com CNJ para ter acesso à base nacional de dados sobre judicialização da saúde

 

O Hoje – Mais de duas mil pessoas procuraram a Defensoria para conseguir atendimentos na saúde

 

Panorama Farmacêutico – Alzheimer pode ter relação com bactéria

 

Panorama Farmacêutico – Crescimento cadenciado de medicamentos

 

Panorama Farmacêutico – Governo alerta sobre uso de vacinas desatualizadas

 

Panorama Farmacêutico – Remédio livre de prescrição pode causar intoxicação e dependência

 

Panorama Farmacêutico – Secretaria de Saúde utiliza cada vez mais fitoterápicos em tratamentos médicos

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.