Boletim NK – Para diminuir dependência da China, Brasil negocia com outros países compra de insumos para vacina contra Covid-19

Home/Informativo/Boletim NK – Para diminuir dependência da China, Brasil negocia com outros países compra de insumos para vacina contra Covid-19

Para diminuir dependência da China, Brasil negocia com outros países compra de insumos para vacina contra Covid-19

O assessor para assuntos internacionais do Palácio do Planalto, Filipe Martins, afirmou nesta quarta-feira, em entrevista à “Rede TV”, que o governo brasileiro negocia com outros países fornecedores de insumo para a fabricação da vacina CoronaVac, para que o Brasil não dependa apenas da China.  Segundo Martins, ao mesmo tempo, o embaixador do Brasil em Pequim, Paulo Estivallet, tem mantido contato direto com o chanceler chinês, Wang Yi, e o presidente Jair Bolsonaro deve telefonar para o presidente daquele país, Xi Jinping, com o mesmo objetivo, nos próximos dias.

— Posso garantir a investidores e consumidores que fiquem tranquilos. Também teremos insumos de outros países. A negociação está bastante avançada — disse o assessor de Bolsonaro, sem revelar os nomes dos países e quando será feito o telefonema de Bolsonaro ao líder chinês.

Para Martins, o que se vê, atualmente, é “um grande alarde em torno de nada”. Segundo ele, o chanceler chinês explicou que a oferta de insumos não atende a demanda mundial pelos produtos e que o problema na liberação das exportações pelas autoridades chinesas não é político.

— Nosso embaixador em Pequim esteve na chancelaria chinesa, foi recebido no mesmo dia e o chanceler garantiu que não há problema ´político. O que está havendo é um desembaraço interno, mas parceiros como o Brasil serão priorizados — afirmou.

Perguntado se a postura agressiva do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, em relação ao embaixador chinês em Brasília, Yang Wanming  — em duas ocasiões, Araújo foi duro com o diplomata chinês em impasses com o deputado Eduardo Bolsonaro —não atrapalharia as negociações,  Martins desconversou. As informações são do jornal O Globo.

 

Comissão da Câmara fará reunião sobre atraso na importação de insumos para vacinas

Membros da comissão externa da Câmara que analisa ações preventivas no combate à pandemia de covid-19 farão uma reunião informal nesta quinta-feira para conversar com representantes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Instituto Butantan e dos ministérios da Saúde e das Relações Exteriores. Segundo fontes, o objetivo da reunião é atualizar as informações sobre a situação dos imunizantes produzidos pelos laboratórios e sobre o plano de vacinação do Brasil. A apuração foi feita pelo Valor Econômico.

Os deputados estão preocupados com o atraso da importação de insumos chineses para a fabricação das vacinas, sobre o qual os representantes dos dois ministérios devem dar explicações. Mais cedo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, está trabalhando junto ao governo chinês para acelerar a exportação dos insumos.

Ministério Público investiga denúncias de fura fila na vacinação

O início da primeira fase da campanha de vacinação contra covid-19 no país foi marcado por flagrantes de pessoas fora do grupo de risco furando a fila de imunização. Há casos que estão sendo investigados pelo Ministério Público em Pernambuco, Sergipe e Amazonas.

Em Manaus, foi aberta uma investigação para apurar suspeita de desvio de vacinas, após fotos circularem na internet mostrando duas irmãs, da família que comanda uma das maiores universidades privadas da cidade, comemorando o fato de terem sido vacinadas. As duas são médicas, mas foram nomeadas em cargos comissionados na Prefeitura de Manaus na véspera e no dia do início da vacinação na cidade.

Em Sergipe, o prefeito do município de Itabi, Júnior de Amynthas, (DEM), de 46 anos, tomou a vacina no lançamento da campanha na cidade. Em rede social, ele justificou o ato como sendo “uma forma de incentivar a população”. O município recebeu 31 doses para a primeira fase de imunização.

Em Pernambuco, a promotoria de Justiça de Jupi, no interior do Estado, recebeu a denúncia de que um cidadão, fora do grupo prioritário estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização e diretrizes estaduais de vacinação contra a covid-19, foi vacinado. As informações foram apuradas pelo Valor Econômico.

 

Rede pede ao STF afastamento de Pazuello do Ministério da Saúde

A Rede Sustentabilidade pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (20/1) o afastamento imediato de Eduardo Pazuello do Ministério da Saúde, por conta dos “diversos equívocos, incluídos os de logística, na condução das atividades ministeriais durante a pandemia da Covid-19”.  A apuração foi feita pelo JOTA.

O pedido foi feito em uma ação da qual a Rede é autora. O relator é o ministro Ricardo Lewandowski. O partido ainda pediu que o governo federal especifique o estoque de oxigênio disponível no sistema de saúde do Brasil, em especial, dos estados da Região Norte, bem como a apresentação, em até 24 horas, de planejamento para disponibilização de oxigênio aos estados da Região Norte.

Na petição, o partido faz um breve histórico da situação no Amazonas, e cita reportagens para sustentar que a falta de oxigênio não atinge apenas aquele estado, mas já está vitimando pessoas no Pará. Ao menos seis pessoas morreram nas últimas 24 horas por asfixia na cidade de Faro, no Pará, segundo a prefeitura do município, onde faltam oxigênio, leitos e medicamentos para os pacientes em tratamento da Covid-19. O município fica na divisa com o estado do Amazonas. O pedido foi feito no âmbito da arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) 754, ajuizada pela Rede em outubro do ano passado, na qual o partido pede que o governo seja obrigado a adquirir vacinas contra a Covid-19.

 

NA IMPRENSA

 

G1 – Vacina da Pfizer conseguiu neutralizar mutação do coronavírus em laboratório, dizem cientistas da farmacêutica

G1 – INSS mantém prova de vida suspensa até fevereiro

G1 – Aplicativo do Ministério da Saúde recomenda tratamentos que não funcionam para Covid-19

G1 – Infectologista relata complicações em pacientes por uso de medicamentos em ‘tratamento precoce’ contra Covid-19

G1 – Defensores públicos denunciam morte de 30 pacientes com Covid-19 no interior do AM

G1 – Com nova piora de índices de saúde, governo de SP confirma reclassificação do plano da quarentena para sexta-feira

G1 – Embaixador chinês diz que não há obstáculo político para envio de insumos de vacina, relata Maia

G1 – Ministros do STF reagem à nota de Aras e temem agravamento da crise política com atraso na vacinação

Istoé – Oxford recebe doação recorde de US$ 136 mi para pesquisa sobre antibióticos

Agência Câmara  – Maia reafirma preocupação com a compra de vacinas pelo governo

Agência Câmara – Maia diz que a China vai acelerar o envio da matéria-prima da Coronavac

Agência Câmara  – Projeto proíbe governo de transferir ao cidadão responsabilidade pela vacina contra Covid-19

Agência Câmara – Projeto cria comitê interinstitucional para coordenar plano nacional de vacinação contra Covid

Agência Senado – Grupo Parlamentar Brasil-China pede a embaixador informações sobre insumos

Agência Senado – Campanha alerta para prevenção do câncer do colo de útero

Agência Brasil – Lewandowski dá 72 horas para Anvisa informar sobre análise da Sputnik

Valor Econômico – Comissão da Câmara fará reunião sobre atraso na importação de insumos para vacinas

Valor Econômico – Com chanceler enfraquecido, Planalto monta ‘diplomacia paralela’ para dialogar com China e Índia

Valor Econômico – Lewandowski encaminha ao governo pedido por prioridade de vacinação a pessoas com deficiência

Valor Econômico – Ministério Público investiga denúncias de fura fila na vacinação

Valor Econômico – Justiça suspende redução de benefício fiscal para medicamentos em SP

Valor Econômico – Brasil alerta contra ‘OMS à la carte’

O Globo – Para diminuir dependência da China, Brasil negocia com outros países compra de insumos para vacina contra Covid-19

O Globo – Nova variante do Sars-CoV-2 da África do Sul pode reduzir a eficácia da vacina

Folha – Mais de 20 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid no estado de SP

Folha – Para apoiar Manaus, empresas tentam contratar avião cargueiro russo

JOTA – Butantan divulga bula da CoronaVac; grávidas dependerão de avaliação médica

JOTA – Rede pede ao STF afastamento de Pazuello do Ministério da Saúde

JOTA – ‘Vacina brasileira’ tem pedido de crédito extraordinário negado pelo ME

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »