Boletim NK – Governo veta uso no Brasil de antimicrobianos para promover crescimento de animais

//Boletim NK – Governo veta uso no Brasil de antimicrobianos para promover crescimento de animais
Governo veta uso no Brasil de antimicrobianos para
promover crescimento de animais
O Ministério da Agricultura decidiu nesta quinta-feira (23) proibir em todo o Brasil a importação, fabricação e comercialização de aditivos utilizados para promover o crescimento de animais produtores de alimentos que contenham três determinados tipos de antimicrobianos. Segundo o portal G1, a medida, que consta de instrução normativa publicada no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (23), vem em meio a preocupações globais com a preservação da efetividade de antibióticos para seres humanos que usam esses antimicrobianos. A proibição, válida para os antimicrobianos tilosina, lincomicina e tiamulina, entra em vigor de imediato. Importadores ou fabricantes detentores de registros para aditivos com esses produtos deverão recolher estoques remanescentes no comércio em até 90 dias. Os registros dos aditivos ainda serão cancelados, segundo a publicação do ministério. Produtos em estoque ou provenientes de recolhimento do mercado poderão ser reprocessados para exportação ou adequação como produto veterinário com fins terapêuticos, desde que autorizado pela pasta.

Não precisamos desmatar para comer, basta aumentar a produtividade, diz Tereza Cristina

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, divergiu nesta quinta-feira (23) do ministro da Economia, Paulo Guedes, que afirmou em Davos que “as pessoas destroem o meio ambiente porque precisam comer”. “As pessoas não precisam desmatar para comer, você pode aumentar a produtividade por área, essa é uma das vantagens comparativas do Brasil”, disse a ministra em Delhi, ao ser questionada pela Folha de S.Paulo. Tereza participou do Fórum Global para Alimentação e Agricultura, em Berlim, onde foi muito questionada por europeus e tentou passar uma mensagem que é exatamente o oposto da fala de Guedes. No fórum, a ministra ressaltou que apenas 2,3% do território da Amazônia são usados para produção agrícola e 10,5% para pecuária, e disse que agricultura não pode ser apontada como a vilã dos problemas ambientais. “Na Europa, existe uma má vontade com o Brasil , o Brasil é a bola da vez, como se a gente não fizesse nada certo, o que não é verdade”, disse. “Essa imagem tem interesses, é o medo que agricultores de muitos países da Europa têm do Brasil, que aumentou com o acordo EU Mercosul”, completou.

Camil adquire empresa de ração para cães e gatos por R$ 200 milhões

A Camil Alimentos, líder nos mercados de arroz e feijão no Brasil, anunciou nesta quarta-feira a aquisição do negócio de ração para cães e gatos da chilena Iansa, controlada pela ED&F Man, por R$ 200 milhões. “A aquisição está alinhada com a estratégia da companhia e representa um importante passo para a expansão das operações chilenas da Camil. De acordo com reportagem do Valor Econômico, a operação recém-adquirida pela Camil teve uma receita líquida de R$ 136,3 milhões em 2018 e um lucro líquido de R$ 13,4 milhões. Com a aquisição, as vendas da área internacional da empresa brasileira podem aumentar em cerca de 10%. Para o negócio como um todo, o impacto da aquisição é bem menor. A Camil fatura mais de R$ 4,5 bilhões por ano, dos quais R$ 1,4 bilhão na área internacional. A conclusão da aquisição depende da aprovação do órgão antitruste do Chile.

Burger King e Domino’s são as redes que mais incitam o crescimento rápido dos frangos

As redes de fast food, como Domino’s, Pizza Hut, Burger King e McDonald’s, foram acusadas de investir e vender frangos que foram criados para crescer rápido demais.  A World Animal Protection (WAP), organização de proteção animal, analisou as redes e classificou as mesmas com péssimas condições de saúde para os animais. Segundo reportagem do site Anda, as aves permanecem em espaços superlotados e pouco iluminados, culminando em feridas de pele provocadas pelo atrito entre os animais. A organização ainda diz que até 100 mil aves são mantidas em um único galpão. Além disso, a WAP também classificou cada rede em uma escala de Progressos com relação ao bem-estar animal que compreende os seguintes níveis: “Making progress” ou fazendo progresso, “Getting started” ou começando a progredir, “Poor” ou fraca em medidas para melhorar o bem-estar dos animais e “Very poor” ou sem qualquer interesse num progresso nesse sentido. Nessa escala, apenas o fast food KFC (de frango) foi listado como “Making progress”, ou seja, que está progredindo com relação ao bem-estar animal em suas instalações. Já as redes do Reino Unido, Burger King, Pizza Hut e Domino`s, foram listadas com “Very Poor” (muito pobre) ou seja, não estão progredindo nada. A escala foi feita pela Better Chicken Commitment (diretrizes de organizações de bem-estar animal que analisaram galinhas para consumo).

NA IMPRENSA
Mapa – Tereza Cristina debate com ministros indianos oportunidades no processamento de alimentos e produção de leite

Folha de S.Paulo – Não precisamos desmatar para comer, basta aumentar a produtividade, diz Tereza Cristina

G1 – Grupo de resgate de animais pede veterinários voluntários em cidades atingidas por chuva no ES

G1 – Governo veta uso no Brasil de antimicrobianos para promover crescimento de animais

Pequenas Empresas e Grandes Negócios – Veterinária investe em clínica especializada em dermatologia animal

Catraca Livre – 4 milhões de animais vivem abandonados e em ONGs no Brasil

Correio Braziliense – Harmonia para você e o pet

Estadão – Filhotes de ‘minitubarão’ nascem de cesariana no aquário de Santos

Valor Econômico – Camil adquire empresa de ração para cães e gatos por R$ 200 milhões

Valor Econômico – Elanco eleva meta de captação com emissão de ações para US$ 1,3 bilhão

InfoMoney – Laticínios em alerta: Starbucks recomenda substituição do leite

Época – Marco zero do coronavírus pode ser mercado que vendia cobras e ratos

Anda – Burger King e Domino’s são as redes que mais incitam o crescimento rápido dos frangos

Anda – Istambul proíbe carruagens puxadas por cavalos

Anda – EUA está construindo a maior ponte de vida selvagem do mundo
_____________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »