Boletim NK – Bancada ruralista vê ‘melhor momento’ no Congresso para modernizar legislação dos defensivos agrícolas

//Boletim NK – Bancada ruralista vê ‘melhor momento’ no Congresso para modernizar legislação dos defensivos agrícolas

Bancada ruralista vê ‘melhor momento’ no Congresso para modernizar legislação dos defensivos agrícolas

Nunca o momento foi tão “promissor” para que o Congresso avance em propostas como a liberação de mais agrotóxicos, a revisão dos processos de demarcação de terras indígenas, a flexibilização do licenciamento ambiental e a regularização fundiária na Amazônia, segundo o novo presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), deputado Sérgio Souza (MDB-PR).

Souza tomou posse do comando da FPA nesta terça-feira, 2, assumindo o posto que foi ocupado por dois anos pelo deputado Alceu Moreira (MDB-RS). Em almoço que contou com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, a nova liderança da bancada disse que a mudança nas presidências do Congresso cria uma “convergência única” para que o agronegócio avance em suas pautas prioritárias.

O presidente da FPA , mencionou “três pautas caras ao setor produtivo” e que devem ser priorizadas, a partir da nova composição no Congresso: a regularização fundiária, a liberação de novos agrotóxicos e a revisão da legislação em processos de demarcação de terras indígenas.

Sobre os defensivos agrícolas, o parlamentar afirmou que a ministra Tereza Cristina tem avançado no tema, mas que é preciso “resolver essa questão de uma vez”. “Nós sabemos o que o governo faz dentro da questão de liberação de novas moléculas na Anvisa e a modernização das moléculas que temos aí. Sabemos o quanto foi difícil avançarmos nisso no mandato passado, mas essa é uma grande oportunidade de resolver isso de uma vez.” As informações são do Estadão.

Embrapa cria bioinseticida para grandes culturas

Um pesticida natural, composto por uma mistura inédita de dois isolados da bactéria Bacillus thuringiensis (Bt), é o mais novo bioproduto com indicação para controle das lagartas do-cartucho e falsa-medideira em lavouras como as de soja, milho e algodão.O produto é fruto de pesquisas da Embrapa, que tem uma coleção de proteínas Bt na unidade Milho e Sorgo, sediada em Sete Lagoas (MG), e será comercializado pela Ballagro Agro Tecnologia, de Bom Jesus dos Perdões (SP).

“A grande vantagem desse produto biológico à base de Bt é que não afeta o meio ambiente, não intoxica aplicadores, não mata os inimigos naturais das pragas e não polui rios e nascentes, contribuindo para a sustentabilidade”, afirma Fernando Hercos Valicente, pesquisador da Embrapa.

Inovações como essa, segundo ele, ajudam a contrabalançar o aumento da resistência das principais pragas a produtos químicos no campo e também a contornar a redução da efetividade de cultivares transgênicas que têm o Bt introduzido no seu material genético. Valicente afirma que o Acera, nome comercial do bioinsumo, é capaz de cumprir esse papel porque reúne duas cepas da bactéria Bt com modos de ação distintos e complementares. As informações são do Valor Econômico.

Manejo apícola eleva produção de pomares

A Itaueira Agropecuária S.A., produtora do melão REI, que figura entre os grandes produtores e exportadores de frutas do Brasil, firmou uma parceria com o Movimento Colmeia Viva para investir no manejo apícola e conseguiu, com isso, aumentar a produtividade dos pomares e também entrar no mercado de mel. O objetivo inicial da parceria era potencializar benefícios com o serviço de polinização das abelhas, além de evitar perdas de colmeias e apiários em decorrência de fatores externos, entre os quais a aplicação de defensivos agrícolas.

De acordo com o CEO da Itaueira Agropecuária S.A., o empresário Tom Prado, preservar abelhas na região Nordeste exige superar ao menos três desafios: conviver com a seca, manter a saúde das colmeias ante a ação do varroa (ácaro predador), entre outros inimigos naturais, e manter os enxames fortes o ano inteiro. “Um dos principais problemas da apicultura nordestina é a perda de enxames no período de seca”, enfatiza ele.

“Este salto impulsionou a entrada da Itaueira nos mercados nacional e internacional de mel. Temos planos para seguir crescendo neste mercado nos próximos anos”, disse Prado ao portal Agrolink.

Reunião com agro é um dos primeiros atos de Lira como presidente da Câmara

A eleição de Arthur Lira (PP-AL) à presidência da Câmara dos Deputados já começa a repercutir em duas agendas relevantes ao governo Jair Bolsonaro e ao Brasil no contexto internacional: as políticas ambientais e as voltadas ao agronegócio.

Um dos primeiros compromissos do parlamentar será uma reunião com a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), uma das mais representativas da Casa e da qual o próprio Lira faz parte. O encontro está marcado para esta terça-feira (2), durante a posse do novo presidente da frente, Sérgio Souza (PR).

Com Rodrigo Maia na presidência, a bancada chegou a ser estimulada a construir uma lista de prioridades, mas os impasses do segundo semestre do ano passado fizeram com que apenas a ratificação do Protocolo de Nagoia, referente à biodiversidade, e o pagamento por serviços ambientais (PSA) fossem aprovados pelos deputados.

Segundo a CNN, para os parlamentares ligados ao agronegócio, estão entre as prioridades os projetos relacionados ao licenciamento ambiental e à regularização fundiária. Os dois textos também são considerados relevantes pelos deputados ligados à causa verde, mas o receio destes é de que sejam aprovadas normas consideradas permissivas.

 

NA IMPRENSA

 

G1 – Twitter suspende contas ligadas a protestos de agricultores na Índia

Valor – Syngenta Group já monitora 50 milhões de hectares com soluções digitais

Valor – Governo zera imposto de importação de pneus para tratores

Valor – Indicado de Biden ao USDA diz que usará incentivos para alcançar meta ambiental

Valor – Para novo presidente da bancada ruralista, este é o melhor momento para pautas do agro avançarem

Valor – Embrapa cria bioinseticida para grandes culturas

Agrolink – Manejo apícola eleva produção de pomares 

Agrolink – Bioinseticida combina cepas de bactéria para controle de lagartas

Agrolink – Farelo de soja da Argentina cai para 40% do comércio mundial

Agrolink – Safra será recompensada pelos bons preços e exportação, segundo Asplana

Portal do Agronegócio – Constitucionalidade de lei que facilitou mercado às sementes transgênicas pode ser julgada pelo STF nesta quarta-feira (03)

Portal do Agronegócio – Serviço Florestal Brasileiro e BNDES iniciam parceria para ampliar as concessões florestais

Portal do Agronegócio – Sindicato aguarda estudos de nova anomalia que surgiu em lavouras de soja em Sorriso

CNN – Reunião com agro é um dos primeiros atos de Lira como presidente da Câmara

Globo Rural – Protestos de caminhoneiros afetam exportações de grãos da Argentina

Globo Rural – Governo prepara “agenda estratégica” para agricultura sustentável

Globo Rural – Rodovias federais não têm bloqueios nem protestos no 2º dia de greve dos caminhoneiros

Mapa – Café da região do Caparaó é reconhecido como Indicação Geográfica

Agro em Dia – Indea autoriza plantio excepcional de soja fora do calendário em Mato Grosso

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »