Baixa produção de insumos afeta o desenvolvimento de fármacos no Brasil

Home/Informativo/Baixa produção de insumos afeta o desenvolvimento de fármacos no Brasil

Baixa produção de insumos afeta o desenvolvimento de fármacos no Brasil

A falta de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) foi um ponto de grande preocupação ao longo da vacinação contra Covid-19 neste 2021. Sem a tal matéria-prima das vacinas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto Butantan, tiveram que esperar a normalização das entregas para continuar trabalhando, mesmo com as linhas de produção prontas para finalizar as doses e uma população sedenta por receber as agulhadas. Segundo o Globo, a pausa na distribuição, embora motivada pela pandemia, é também fruto de um problema crônico no país: a produção irrisória desse tipo de insumo. Esse apagão produtivo, além de nos colocar em desvantagem ao longo da pandemia, é um elemento que praticamente impede o avanço de pesquisas de novos medicamentos e vacinas capitaneadas por universidades brasileiras. Cientistas dessas instituições contam que não têm apoio para, por exemplo, lançar estudos clínicos — aqueles que têm a participação de humanos. Normalmente, quem faz essa parte são as farmacêuticas, dado o elevado custo e rigor técnico para o monitoramento. De acordo com estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Insumos Farmacêuticos (Abiquifi), somente 5% dos fármacos (o que inclui diversos tipos de medicamentos e vacinas) utilizados no país têm produção interna. O resto é importado. O presidente da Abiquifi, Norberto Prestes, explica que esse cenário é fruto da forte concorrência de preços internacionais. Cobrando menos, países como a China surfam na demanda brasileira com maior facilidade do que as iniciativas locais. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

’Brasil precisa de autonomia no campo da saúde’, diz deputado Luizinho

Participante do primeiro painel do CB Fórum Live ’Inovação além do tratamento’, o médico e deputado Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ), conhecido como Luizinho, ressaltou a necessidade de o Brasil ter autonomia no campo da saúde. Para ele, a soberania no país neste setor se viu ainda mais necessária na pandemia da covid-19. O primeiro painel do fórum tratou sobre a inovação além do produto na indústria farmacêutica. No evento, realizado pelo Correio Braziliense, o deputado defendeu a aprovação de projetos de lei que facilitem a entrada de empresas estrangeiras no Brasil para a produção de insumos e materiais de saúde no Brasil, que é, segundo ele, o maior comprador do mundo em saúde. Desta forma, para tentar unir inovação com geração de emprego e renda no país, o deputado apresentou um projeto de lei, em 2019, para instituir a Estratégia Nacional de Saúde. ’Ela faz com que o Brasil possa trazer e considerar empresas estratégicas para a área de saúde, empresas que venham produzir no nosso país materiais, medicamentos, insumos, tentando trazer a soberania para o Brasil no campo da saúde’, indicou. O Projeto de Lei nº 2.583 está pronto para ser pautado na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), a qual Luiz Antonio é presidente. O médico, indicou que a pandemia da covid-19 mostrou que países com mais soberania na área da saúde como China e Índia podem reter insumos e atender quem desejar em um momento de dificuldade.

Ministro da Saúde se reúne com líder da vacina de Oxford para acelerar instalação da universidade no Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniu nesta segunda (6) com o professor Andrew Pollard, que liderou o grupo de pesquisas da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, informou a Folha de S. Paulo. Queiroga assinou em outubro uma carta de intenções entre o governo brasileiro e a universidade para trazer ao Brasil uma unidade da instituição para pesquisa e educação. Ela será instalada no Rio de Janeiro e será a primeira unidade da instituição na América Latina. A unidade de Oxford no Brasil deve priorizar a pesquisa em saúde global, além da formação de novos profissionais na área de doenças infecciosas, pesquisas clínicas e desenvolvimento de imunizantes. Haverá cursos de mestrado, PHD e atualização para profissionais. O centro ainda terá as atividades focadas no desenvolvimento clínico de novos medicamentos e vacinas.O lado brasileiro deve atuar por meio de instituições tradicionais como o Instituto Nacional de Cardiologia, o Instituto Nacional do Câncer e o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia.

Detecção de superbactérias em hospitais triplica na pandemia

Ao longo da pandemia de Covid-19, triplicou a disseminação de superbactérias, microrganismos resistentes a diversos antibióticos, em hospitais brasileiros, mostra análise do LAPIH (Laboratório de Pesquisa em Infecção Hospitalar do Instituto Oswaldo Cruz), da Fiocruz, informou a Folha de S. Paulo. O levantamento foi feito a partir de amostras de bactérias isoladas em oito laboratórios estaduais de saúde pública e enviadas à Fiocruz para uma análise mais detalhada. O grupo pertence a uma rede de monitoramento de resistência bacteriana da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Ainda não há dados consolidados de todo o país. O problema das bactérias resistentes até a antibióticos mais modernos, como os carbapenêmicos, é anterior à pandemia, mas piorou muito durante a crise sanitária. Entre as hipóteses estão o alto volume de pacientes muito graves nos hospitais e o aumento do uso de antibióticos.Uma estratégia tem sido voltar a usar antibióticos mais antigos, como a polimixina, que, embora mais tóxicos, mostraram-se eficazes no combate a algumas dessas bactérias resistentes. Ocorre que até eles estão perdendo o páreo. Para acessar a matéria completa, clique aqui.

 

Veja outras notícias

Anvisa
Contribua para o fortalecimento do sistema de cosmetovigilância

Anvisa
Anvisa se reúne com especialistas para tratar sobre a vacina contra Covid-19 para crianças

Anvisa
Anvisa envia resposta à Prefeitura de São Paulo sobre dose de reforço da vacina contra Covid-19

Anvisa
Anvisa atualiza documentos de inspeção na área de sangue

ANS
ANS promove encontro online com membros da Catec

ANS
ANS promove a primeira reunião técnica da Cosaúde

ANS
ANS: setor de planos de saúde segue em crescimento

Agência Saúde
Ministério da Saúde inaugura terceiro centro de sequenciamento do Genomas Brasil

Agência Saúde
Conheça o material instrutivo do Ministério da Saúde para equipes que atuam no cuidado a crianças e adolescentes com excesso de peso

Agência Saúde
Ministério da Saúde oferece mais de 21,5 mil vagas para Médicos pelo Brasil

CNS
CNS solicita que Congresso assegure R$ 200 bi para SUS em 2022. Valor previsto não cobre 100% de imunização contra Covid-19

Conitec
Experiências exitosas e possibilidade de avanços futuros marcam II Congresso da Rebrats

Agência Câmara
Especialistas defendem uso de tecnologias para melhorar mobilidade urbana de cegos

Agência Brasil
Brasileiros devem redobrar cuidados no verão contra câncer de pele

Correio Braziliense
’Brasil precisa de autonomia no campo da saúde’, diz deputado Luizinho

Correio Braziliense
Levantamento do Correio mostra que DF lidera o uso de cannabis medicinal

Correio Braziliense
Pesquisas indicam que mutações no DNA podem estar ligadas ao gene da obesidade

Folha de S. Paulo
Secretário do Ministério da Saúde pede para órgão da Presidência investigar parecer anticloroquina

Folha de S. Paulo
Detecção de superbactérias em hospitais triplica na pandemia

Folha de S. Paulo
Queiroga se reúne com líder da vacina de Oxford para acelerar instalação da universidade no Brasil

Folha de S. Paulo
Saúde gera apagão de casos de Covid ao mudar regra para notificação

O Estado de S. Paulo
Movimento anticoach nas redes faz alerta sobre positividade tóxica no trabalho

O Estado de S. Paulo
Barroso dá 48 horas para governo Bolsonaro explicar por que não exige quarentena ou passaporte de vacinação dos viajantes

O Estado de S. Paulo
Burnout afetou 1 em cada 7 médicos da linha de frente da pandemia, diz estudo

O Estado de S. Paulo
Lacunas na lei da Política Nacional de Saúde Mental e o cenário pandêmico

O Estado de S. Paulo
Cimed quer fazer pesquisas de medicamentos no espaço

O Globo
Plano de saúde deverá autorizar cirurgia de mastectomia a paciente transexual. Entenda a decisão judicial

O Globo
Governo cancela reunião interministerial para definir sobre restrições para entrada de viajantes no Brasil

O Globo
Baixa produção de insumos afeta o desenvolvimento de fármacos no Brasil

Valor Econômico
As pistas que a ômicron pode fornecer sobre a origem do novo coronavírus

Valor Econômico
Menos de 50% das mulheres com plano de saúde fazem exames preventivos

Jota
Anvisa prorroga normativas sobre importação de radiofármacos e imunoglobulina

Jota
O que são os neurodireitos?

Jota
Xenotransplante: uma solução biotecnológica à vista

G1
Diagnóstico de autismo: a alteração cerebral que pode ajudar a detectar o transtorno

Veja
Saúde privada é pouco eficiente no tratamento de câncer de pulmão

Veja
Máscara PFF2 reduz risco de contrair Covid-19 em quase 100%, diz estudo

Medicina S/A
Lucro Presumido para médicos PJ reduz carga tributária em até 45%

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »