Aviação agro do Brasil, segunda maior no mundo, terá frota 4% maior em 2021

Home/Informativo/Aviação agro do Brasil, segunda maior no mundo, terá frota 4% maior em 2021

Durante o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil, que começou terça-feira (20) e segue até quinta-feira (22),  foi confirmada a perspectiva de crescimento em torno de 4% na frota aeroagrícola brasileira em 2021 – que deve bater as 2.450 aeronaves. Segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (SINDAG), as fabricantes já estão recebendo pedidos de aviões para 2022. Segundo reportagem do portal Money Times, o Brasil tem hoje a segunda maior frota de aeronaves agrícolas no mundo. Já entre as tecnologias embarcadas, o crescimento médio deve ficar nos dois dígitos este ano, com alguns fornecedores – que já haviam festejado crescimento de 50% em 2020 – tendo fechado o primeiro semestre deste ano com 60% de incremento nos negócios, em relação aos seis primeiros meses de 2020.A explicação é simples: enquanto uma aeronave nova se soma à frota já existente, os equipamentos embarcados são adquiridos também para modernizar aviões e helicópteros que já estavam em operação. “Isso se traduz desde equipamentos de pulverização e aplicação de sólidos até sistemas de navegação e automação das funções de aplicação. Incluindo ainda comportas para combate a incêndio em vegetação” exemplifica o diretor-executivo do Sindag, Gabriel Colle.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »