AVAL PARA ELETROCHOQUE SERÁ REVISTO, DIZ MINISTRO DA SAÚDE

//AVAL PARA ELETROCHOQUE SERÁ REVISTO, DIZ MINISTRO DA SAÚDE

O documento preparado pelo governo que dá sinal verde para a compra no SUS de aparelhos de eletroconvulsoterapia (conhecido como eletrochoque) será revisto. Em meio às críticas, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que o texto preparado pela equipe está em discussão e poderá ter alguns tópicos alterados. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, com 32 páginas, a nota com esclarecimentos sobre as mudanças na Política Nacional de Saúde Mental e na Política Nacional sobre Drogas, provocou reação de associações do setor. Além do aval para a compra dos aparelhos de eletrochoque, a nota enfatiza o papel das comunidades terapêuticas e prega a abstinência para dependentes de drogas. Hoje, a estratégia considerada mais relevante é a de redução de danos. Na sexta-feira (8), Mandetta procurou um tom conciliador. Disse que o uso de eletrochoque faz parte do arsenal terapêutico e que sua adoção, quando feita de forma humanizada e respeitando indicações técnicas não pode ser descartado. Mandetta disse ter dúvidas sobre as comunidades terapêuticas, como métodos empregados na terapia, o uso da religião. “Precisamos debater. O governo não é dono da verdade. Não é ditadura da saúde. Vamos ter de conversar com pesquisadores, com sociedades de especialistas para saber as alternativas.”

 

Ministro da Saúde defende educação sexual nas escolas para reduzir gravidez na adolescência

 

O jornal Zero Hora destacou que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, defendeu nesta sexta-feira (8) a educação sexual nas escolas. Para ele, a medida tem papel importante na redução da taxa de gravidez na adolescência. A gestação nessa idade, afirmou, está relacionada ao abandono escolar, que, por sua vez, leva a um aumento da mortalidade infantil. “Acho que tem que fazer (educação sexual nas escolas), não dá para não fazer”, afirmou ao ser questionado após cerimônia de assinatura de parceria entre ministérios para prevenção da gravidez na adolescência. “A evasão escolar é problema para a saúde pública”, acrescentou. Segundo o Ministério da Saúde, a taxa de gravidez na adolescência no Brasil é de cerca de 56 adolescentes a 1 mil. O número é maior do que a taxa internacional, de cerca de 49 a cada 1 mil. “De acordo com a pasta, embora a taxa seja alta, houve redução de 13% no número de bebês de mães adolescentes entre 2010 e 2017”, informa a notícia.

 

Atraso no Ministério da Saúde leva a falta de medicamento para doença renal

 

Um remédio para tratar doenças renais crônicas tem sofrido atrasos na distribuição e está em falta no SUS. É o que informa a coluna Mercado Aberto do jornal Folha de S. Paulo. Uma das apresentações de alfaepoetina que deveria abastecer pacientes no primeiro trimestre deste ano e que costuma ser usada em tratamentos oncológicos, ainda não chegou aos estados, responsáveis pelo repasse. A secretaria da Saúde paulista diz que solicitou 1,6 milhões de comprimidos no ano passado, em quatro dosagens, para atender pacientes no primeiro trimestre de 2019. “O Ministério da Saúde aprovou, em média, 70% do total solicitado. Parte do quantitativo foi recebido somente em dezembro. Apenas 30% da solicitação de 10 mil UI (unidades internacionais) foi enviada”, afirma, em nota. “A pasta tem cobrado do ministério a regularização de entrega do restante.” Segundo uma das empresas responsáveis pelo fornecimento, há produto em estoque pronto para entrega, mas, se a situação se prolongar, é possível que não estejam disponíveis em uma futura encomenda do governo. Procurados, Sindusfarma e Interfarma, que representam o setor, dizem que ainda não receberam reclamações. “O Ministério da Saúde afirma, em nota, que é responsável por adquirir alfaepoetina em cinco apresentações, e que a entrega de quatro delas está regular”, afirma a coluna.

 

Brasil lidera aumento das pesquisas por temas de saúde no Google

 

Dr. Google, como vem sendo chamado, não é formado em Medicina nem sequer humano, mas 26% dos brasileiros recorrem primeiramente a ele ao se deparar com um problema de saúde. As conclusões são de uma pesquisa do Google sobre como os brasileiros pesquisam e consomem conteúdo de saúde na plataforma de busca e no YouTube, site pertencente ao mesmo grupo. O levantamento, obtido com exclusividade pelo jornal O Estado de S. Paulo, revela que o Brasil é o País em que as buscas referentes à saúde mais cresceram no mundo no último ano. O cenário, ao mesmo tempo que ajuda a democratizar a informação e empoderar o paciente, traz também riscos e prejuízos. Para especialistas médicos e do próprio Google, a produção de conteúdo de saúde de qualidade para a internet é a melhor forma de combater os sites com informações erradas ou imprecisas. Corregedor do Conselho Federal de Medicina (CFM), José Fernando Vinagre afirma que, da parte do internauta, é importante checar se a fonte é confiável. “Mas cabe ao médico também, diz ele, sempre estabelecer uma relação de confiança e empatia com o paciente para que ele confie no profissional e não acredite em qualquer informação veiculada nas redes”, destaca o jornal.

 

SAÚDE NA IMPRENSA
ANS – 3ª reunião da CATEC avança em temas de contratualização 

 

Anvisa – Empresas: evitem devolução de renovação de certificado

 

Anvisa – 2ª edição do Formulário Homeopático está em discussão

 

Anvisa – Reabertas inscrições para apresentação da CP 343/2017

 

Câmara dos Deputados – Proposta obriga agressor a ressarcir SUS pelos custos do atendimento à vítima

 

Câmara dos Deputados – Proposta prevê Semana de Inclusão da Pessoa com Deficiência no Trabalho e no Emprego

 

Câmara dos Deputados – Proposta concede desconto no IR a médicos e dentistas do SUS em cidades com menos de 20 mil habitantes

 

Câmara dos Deputados – Proposta cria cartão odontológico para acompanhar saúde bucal das crianças

 

Câmara dos Deputados – Direitos da mulher é tema de cerca de 40 projetos de lei

 

Correio Braziliense – Ioga ajuda a reduzir inflamação reumatoide, mostra nova pesquisa

 

Correio Braziliense – Descoberto há mais de um século, mal de Alzheimer ainda desafia a ciência

 

Correio Braziliense – Ex-secretário de Saúde é condenado por inutilizar equipamento contra câncer

 

Correio Braziliense – O pequi, o ouro do cerrado, pode fazer muito bem para a sua saúde

 

Correio Braziliense – Descubra os benefícios dos probióticos

 

Correio Braziliense – Pronto-socorro da pediatria do Hmib será realocado durante obras

 

Folha de S. Paulo – Fábrica adapta carrinho para ‘menino raro’

 

Folha de S. Paulo – Mercado Aberto – Atraso no Ministério da Saúde leva a falta de medicamento para doença renal

 

Folha de S. Paulo – Em gravidez de gêmeas, uma das bebês nasce com síndrome de Down, em MT

 

Folha de S. Paulo – Conflito no Iêmen deixa siameses sem cuidados

 

Folha de S. Paulo – Inscrições para prêmio de pesquisa e inovação em oncologia estão abertas

 

Folha de S. Paulo – Terapia com choque pode ser eficaz em casos mais graves de depressão

 

Folha de S. Paulo – Biblioteca da Vivi – Andrew Solomon produz o melhor sobre saúde mental ao pregar tolerância e respeito

 

G1 – A vacina que pode prevenir problemas cardíacos que afetam 15 milhões de crianças todos os anos

 

G1 – Cientistas do MIT criam pílula de insulina para substituir injeção

 

G1 – Importação de esperma: por que a busca por sêmen no exterior cresceu vertiginosamente no Brasil

 

G1 – Dor de cabeça: Quais são os principais tipos e como combatê-los

 

G1 – Tragédia de Mariana: Vítimas da lama sofrem com doenças de pele e respiratórias por contaminação por metais pesados e temem nunca ser indenizadas pela Samarco

 

G1 – Pesquisadores desenvolvem forma de transplantar rins de porcos para seres humanos

 

G1 – Menino de 7 anos ganha prótese de mão em 3D inspirada no Homem-Aranha em RO

 

Hemobrás – Hemobrás promove ação de sustentabilidade

 

INCA – Notícias falsas podem prejudicar diagnóstico e tratamento do câncer

 

Ministério da Saúde – Ministério da Saúde e mais três ministérios firmam parceria para redução da gravidez na adolescência

 

Ministério da Saúde – SGTES recebe coordenadores do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes

 

O Estado de S. Paulo – Anvisa interdita parte da linha de produção da Bahiafarma

 

O Estado de S. Paulo – Cardi B desabafa sobre depressão pós-parto: ‘Não achava que iria acontecer’

 

O Estado de S. Paulo – Fevereiro Roxo: Conheça sete sinais de que você pode ter fibromialgia

 

O Estado de S. Paulo – Psoríase, que afeta Kim Kardashian, tem forte impacto socioemocional

 

O Estado de S. Paulo – Vencer Limites – “Começa com prioridade e depois os direitos são violados”

 

O Estado de S. Paulo – Primeira fase de Corujão ‘estadual’ da Saúde vai atender só 30% da fila de três exames

 

O Estado de S. Paulo – Daniel Martins de Barros – Mas quanto vale?

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Prontuário eletrônico: a saúde sem papel

 

O Estado de S. Paulo – No verão, ouvidos, nariz e garganta merecem cuidados especiais

 

O Estado de S. Paulo – Verão: saiba como prevenir doenças de pele comuns nessa estação

 

O Estado de S. Paulo – Bolsonaro vai conceder indulto a presos com doença grave e doentes terminais

 

O Estado de S. Paulo – Brasil lidera aumento das pesquisas por temas de saúde no Google

 

O Estado de S. Paulo – Fausto Macedo – Rever e repensar os contratos dos planos de saúde com suas redes credenciadas

 

O Estado de S. Paulo – Cientistas criticam falta de regulamentação para edição genética

 

O Estado de S. Paulo – Dez questões para entender por que o jejum intermitente ajuda você a emagrecer

 

O Estado de S. Paulo – Blog do MLG – O processo de trabalho em saúde no país

 

O Estado de S. Paulo – ‘A gente tem que se abrir para o futuro’, diz Drauzio Varella sobre informação de saúde na internet

 

O Estado de S. Paulo – ONG pede ajuda para manter crianças com câncer estudando

 

O Estado de S. Paulo – Conheça alimentos que melhoram a saúde da garganta

 

O Estado de S. Paulo – Boletim médico indica boa evolução na saúde de Bolsonaro

 

O Estado de S. Paulo – Uso de cannabis de ‘alta potência’ pode desencadear surto psicótico

 

O Estado de S. Paulo – Aval para eletrochoque será revisto, diz ministro da Saúde

 

O Globo – Saiba como perceber e tratar o Transtorno Obsessivo Compulsivo

 

O Globo – Projeto quer proibir internação de dependentes químicos em comunidades terapêuticas

 

Panorama Farmacêutico – Ação alerta para risco de dengue hemorrágica após automedicação

 

Panorama Farmacêutico – Anvisa faz restrição à vacina da dengue importada

 

Panorama Farmacêutico – Lei dos genéricos deu certo porque não foi uma medida isolada

 

Panorama Farmacêutico – Planos negam atendimento multidisciplinar e pacientes recorrem à justiça

 

Panorama Farmacêutico – Sanofi se transforma em busca de novos sucessos de vendas

 

Senado Federal – Parlamentares querem alertar para diferentes tipos de câncer

 

Senado Federal – Projeto institui fundo para políticas em favor das pessoas com deficiência

 

SUS Conecta – 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena seleciona comunicadores indígenas para cobertura colaborativa

 

SUS Conecta – São Paulo: Movimento HIV/Aids realiza conferência livre em defesa do SUS

 

SUS Conecta – Com auditório lotado, juventude debate defesa do SUS na 11ª Bienal da UNE

 

Zero Hora – De 2017 para 2018, UPA em Santa Maria teve aumento de quase 13% nos atendimentos

 

Zero Hora – Ministro da Saúde defende educação sexual nas escolas para reduzir gravidez na adolescência

 

Zero Hora – Sobe para quatro o número de casos de dengue contraída no RS em 2019

 

Zero Hora – Banco de Leite do Hospital São Lucas da PUCRS precisa de doações de leite materno; veja como ajudar

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.