ANVISA EM POLVOROSA APÓS SAÍDA DE DIRETOR

//ANVISA EM POLVOROSA APÓS SAÍDA DE DIRETOR

Após terem se juntado para retirar a diretoria responsável pela área de medicamento da Anvisa de Fernando Mendes, o grupo composto pelos diretores Alessandra Soares, Renato Porto e William Dib continua junto no processo que visa consolida-los no comando da Agência. Segundo o Portal Veja, Porto e Dib vem buscando apoio para assumirem o posto de Diretor Presidente, recentemente vago após a saída do Diretor Jarbas Barbosa. Dib também vem atuando perante o Palácio do Planalto para tentar nomear o sucessor a vaga de diretor deixada por Barbosa. Dentre os nomes sondados para a vaga estão o adjunto de Alessandra Bastos, Orlando Henrique Costa de Oliveira, o presidente da Funasa, Rodrigo Sergio Dias, primo do ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PP), e de Elsinho Mouco, marqueteiro de Temer, e mais recentemente Lizandra Pinça, diretora do laboratório farmacêutico Cristalia.

 

Brasileiro sabe pouco sobre diabetes, mostra pesquisa Datafolha

 

A Folha de S.Paulo destacou que uma pesquisa Datafolha comprovou o que os médicos já veem no dia a dia: o brasileiro sabe muito pouco sobre o diabetes.  Questionados sobre o conhecimento que tinham sobre a doença, em resposta espontânea, só 10% dos entrevistados citaram que ela pode causar a morte, 7% afirmaram que ela pode causar cegueira e 7% disseram que a doença não tem cura. Ainda assim, as complicações foram o item mais citado, por um total de 28% das pessoas. A pesquisa foi realizada com a população em geral, de 16 anos ou mais, entre os dias 12 a 19 de maio de 2018, em 153 municípios. “Infelizmente não ficamos surpresos com os resultados. A condição do paciente com diabetes no país é sofrível. Uma em cada duas pessoas com diabetes não sabe que tem a doença. Quando o diagnóstico é feito, portanto, há grande chance de já haver muitas complicações. O caminho do desenvolvimento do diabetes é traiçoeiramente silencioso”, afirma Hermelinda Pedrosa, presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes. A pesquisa foi encomendada por uma coalizão que envolve farmacêuticas, ONGs e sociedades médicas.

 

Fibrose cística ganha medicamento inédito no Brasil

 

A Anvisa aprovou nesta segunda-feira (23/7) o registro de um medicamento novo para o tratamento da fibrose cística. Segundo o Portal da Anvisa, a nova alternativa de tratamento é o Orkambi® (lumacaftor + ivacaftor), que até o momento não estava disponível no país. De acordo com a bula do medicamento, o uso do Orkambi® resulta em melhorias rápidas e prolongadas da função pulmonar, reduzindo as situações de hospitalização dos pacientes. Outro efeito positivo do medicamento é a melhora nas avaliações nutricionais das pessoas que se submeteram ao tratamento. O medicamento será oferecido na forma de comprimido nas concentrações de 100mg + 125mg e 200mg + 125mg. Além disso, o medicamento aprovado será produzido pelas empresas Aesica Queenborough Ltda, localizada em Queenborough, Reino Unido, e Vertex Pharmaceuticals Inc., localizada em Boston, EUA. A dona do registro no Brasil é a empresa Vertex Farmacêutica do Brasil Ltda, que é a responsável por trazer o produto para o mercado nacional.

 

SUS passa a avisar por celular datas de consultas

 

Pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) passaram a ser alertados, por notificação no celular, das datas e horas das consultas agendadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), é o que informa a Rádio Caçanjurê. O aplicativo permite que os atendimentos via SUS sejam avaliados, além de possibilitar a consulta a estabelecimentos de saúde próximos da localidade de cada paciente. Além de enviar os alertas, o aplicativo mostra, na aba “Minha Saúde”, informações gerais do usuário, como lista de medicamentos recebidos pelo programa Aqui tem Farmácia Popular, lista de vacinas recebidas e outras novidades, dentre as quais se destacam a possibilidade de consultar a posição na lista de transplantes e denunciar o lançamento indevido de medicamentos em seu nome.

 

SAÚDE NA IMPRENSA

Anvisa – Fibrose cística ganha medicamento inédito no Brasil.

Anvisa – Anvisa em polvorosa após saída de diretor.

Anvisa – Acompanhe o Webinar desta quarta-feira. Seminário virtual vai abordar dois temas: transporte de sangue e atuação em rede para segurança do consumidor.

Estadão – Mais agressivo, H1N1 triplica mortes por gripe; São Paulo é o Estado mais afetado.

Folha de S.Paulo – Vacinação, proteção necessária para todos.

Folha de S.Paulo – Eleição no Cremesp vira palco de guerra de fake news entre médicos.

Folha de S.Paulo –  Brasileiro sabe pouco sobre diabetes, mostra pesquisa Datafolha.

Folha de S.Paulo –  Para driblar depressão, UnB é a 1ª do país a ensinar ‘felicidade’.

G1 – Empresa chinesa vendia vacinas falsas contra pólio, tétano e difteria.

G1 – China investiga farmacêutica após escândalo de vacinas.

G1 – Falta de investimento aumenta risco de descontrole do HIV no mundo, concluem cientistas.

Zero Hora – Com oito novos casos, Rio Grande do Sul chega a 32 mortes por gripe no ano.

Correio Braziliense – Plasma: nova tecnologia que pode ser usada em tratamentos de pele.

Câmara dos Deputados – Projeto garante a idoso usuário do SUS acesso a tratamentos idênticos aos oferecidos a paciente particular.

Câmara dos Deputados – Projeto obriga hospitais a darem publicidade a direitos de crianças e adolescentes hospitalizados.

Câmara dos Deputados – Sites que falam sobre doenças deverão advertir sobre necessidade de consulta profissional.

Ministério da Saúde – Carreta da saúde bucal leva atendimento a indígenas do Maranhão.

Ministério da Saúde – Encontro internacional discute prevenção e tratamento do HIV e aids.

Hemobrás – Universitários de Pernambuco e da Paraíba conhecem a Hemobrás.

Panorama Farmacêutico – Sobe para 519 número de casos de sarampo em Manaus.

Panorama Farmacêutico –  Mais agressivo, H1N1 triplica mortes por gripe; crianças não batem meta vacinal.

Panorama Farmacêutico – Pesquisa revela que 72% dos brasileiros têm problemas de sono.

Panorama Farmacêutico – Leishmaniose é doença grave que requer muita atenção.

Panorama Farmacêutico –  Quanto falta para o exame de sangue que detecta câncer?

Panorama Farmacêutico –  Anvisa aprova primeiro medicamento subcutâneo para o tratamento da hemofilia A.

Acom – Julho Verde na ACCCOM com workshop e muita atividadeRádio Caçanjurê – SUS passa a avisar por celular datas de consultas.

Brasil de Fato – O impacto do fim das Farmácias Populares na Paraíba.

Rádio Caçanjurê – SUS passa a avisar por celular datas de consultas
______________________________________________________

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.