ANVISA E INPI CHEGAM A ACORDO SOBRE PATENTE DE MEDICAMENTOS

//ANVISA E INPI CHEGAM A ACORDO SOBRE PATENTE DE MEDICAMENTOS
Após sete anos de impasse, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) chegaram a um acordo sobre as regras para a concessão de patentes de medicamentos. Conforme reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, uma portaria conjunta que será publicada nos próximos dias vai definir as atribuições de cada uma das entidades na avaliação dos pedidos. “Mais do que o fim de uma queda de braço que não se resolveu nem mesmo com parecer da Advocacia-Geral da União, a solução abre caminho para tornar mais ágeis os processos e, com isso, o acesso a medicamentos genéricos no País”, diz trecho da reportagem. A estimativa é que, em razão do conflito de entendimento, pelo menos 21 mil pedidos de patentes relacionados a medicamentos estejam acumulados no Inpi e na Anvisa.

Declaração polêmica de Ricardo Barros

Uma declaração do ministro da Saúde, Ricardo Barros, voltou a provocar polêmica na terça-feira (14). De acordo com o Estadão, no anúncio do plano de metas para reduzir a obesidade no país, Barros associou o problema ao fato de crianças “não terem a oportunidade de aprender a descascar alimentos” com suas mães. “É preciso qualificar essas crianças para manipular os alimentos. Muitas delas não ficam em casa com as mães e não têm oportunidade de aprender a descascar os alimentos”, disse. “Em sua fala, o ministro afirmou ainda que, como as mães não ficam em casa, crianças não têm oportunidade de acompanhá-las nas tarefas diárias, como ocorria no passado”, ressalta a publicação. “Não é a primeira vez que Barros comete esse tipo de gafe. Em agosto, o ministro afirmou que homens vão menos ao médico porque trabalham mais. Na época, as declarações arrancaram críticas até de sua filha, Maria Victoria Barros”, destaca a reportagem.

Plano contra a obesidade tem três metas

O Estado de S.Paulo destaca que o plano do Ministério da Saúde para reduzir a obesidade tem três metas, a serem alcançadas até 2019: deter o crescimento da obesidade até 2019, reduzir o consumo regular de refrigerantes e de suco artificial em pelo menos 30% e ampliar para no mínimo em 17% o porcentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente. “O programa é uma forma de apoio do ministério à agenda de nutrição adotada pela Organização das Nações Unidas, para assegurar o acesso universal a dietas mais saudáveis e sustentáveis até 2025. Ao anunciar as medidas, no entanto, o ministro não disse como elas serão alcançadas. Citou parceria já existente com o Ministério da Educação para o programa de Saúde na Escola e o projeto de que, nessas atividades, sejam incluídas noções sobre como preparar alimentos. Afirmou ainda que aplicativos serão lançados para auxiliar a população a controlar o consumo de alimentos e incentivar a prática de exercícios”, afirma a reportagem.

CNS destaca importância da assistência farmacêutica

O Conselho Nacional de Saúde (CNS), em sua 291ª Reunião Ordinária, deliberou a resolução que reafirma a importância da Assistência Farmacêutica como elemento garantidor do direito à saúde, em especial o papel estratégico da manutenção de serviços de assistência farmacêutica na rede pública de saúde. Conforme publicado no site do CNS, o presidente do conselho, Ronald Santos, afirmou que as últimas notícias veiculadas sobre o projeto apresentado pelo prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), que sugere o fechamento das farmácias nos postos de saúde para passar a distribuição dos medicamentos do SUS por meio da rede comercial, vão na contramão dos esforços nacionais dos últimos anos de estruturar a Assistência Farmacêutica Pública.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – Em evento internacional, Brasil assume metas para frear o crescimento da obesidade

CNS – CNS afirma a manutenção da Rede de Assistência Farmacêutica no SUS

Folha de S.Paulo – Pesquisa recria neurônios e encontra gene ligado à anorexia

Folha de S.Paulo – Neandertais já usavam antibióticos e analgésicos; alguns eram vegetarianos

Folha de S.Paulo – Brasil registra queda nos casos de dengue, zika e chikungunya neste ano

Folha de S.Paulo – Mercado Aberto – Venda de remédios cai 10% e setor revê previsão para 2017

O Globo – Ministério da Saúde não foi informado sobre 38 casos suspeitos no Rio

O Globo – Estado do Rio já tem 1 milhão de pessoas vacinadas, diz governo

O Globo – Pacientes levam até um ano para iniciar tratamento contra câncer

O Globo – Unimed-Rio tem até o dia 24 para mostrar que cumpre acordo

O Globo – Ter filhos pode aumentar expectativa de vida em até dois anos, diz estudo

O Estado de S.Paulo – Anvisa e Inpi chegam a acordo sobre patentes de medicamentos

O Estado de S.Paulo – Ministro associa obesidade ao fato de crianças não descascarem alimentos ‘em casa com as mães’

O Estado de S.Paulo – Falta de remédios interrompe metade dos tratamentos de câncer no Rio

O Estado de S.Paulo – Zika é mais agressivo em transplantados, diz estudo brasileiro

O Estado de S.Paulo – Governo tem dificuldade para analisar 2/3 dos casos suspeitos de febre amarela

O Estado de S.Paulo – ‘Estou aqui por milagre. Achei que ia morrer’, diz jovem que teve febre amarela

Valor Econômico – Takeda muda comando no Brasil e mira aquisições

Estado de Minas – Contágio por chikungunya se alastra e vira novo desafio em Minas

Correio Braziliense – Operação investiga fraude em folha de ponto de médicos do Hospital de Base

Correio Braziliense – Engenheiros desenvolvem prótese de retina que gera imagem em alta resolução

BOL – Zika é mais agressivo em transplantados, diz estudo brasileiro

Notícia na Hora – Ministério da Saúde lança meta para deter avanço da obesidade até 2019

A Crítica – Clínica de universidade oferece serviços de Nutrição gratuitos para pacientes do SUS

Repórter News – Audiência vai discutir banco de células-tronco

O Estado do RJ – A história da mulher com células imortais que salvam vidas há 60 anos

Brasil ao Minuto – Câmara aprova projeto que dá prioridade a mulheres em exames periciais

Brasil ao Minuto – Rio: 42% dos tratamentos de câncer são barrados por falta de remédio

Diário Online – Colunão destaca show beneficente do Hospital de Câncer

Governo de Tocantins – Diretora do HGP rebate informações fornecidas após vistoria de órgãos

Folha Max – Juiz participa de treinamento sobre judicialização

A Crítica – Medicamentos chegam a Farmácia Central e começam a ser distribuídos

O Nortão – Rose de Freitas pede importação facilitada de medicamentos para doenças graves

Portal da Saúde – Em evento internacional, Brasil assume metas para frear o crescimento da obesidade

Diário do Sudoeste – Tribunal de Contas cobra Butantã por ‘fracasso’ de R$ 239 milhões

Jornal do Oeste – “Hospital Erasto Gaertner comemora 70 anos da Liga Paranaense de Combate ao Câncer”

CCM – Casos de zika, dengue e chikungunya caem

SindsegSp – ANS chamará OAB, MP e outras entidades para avaliação sobre planos de saúde populares

Folha do Estado – Lopes Rodrigues e outros três hospitais psiquiátricos podem
ser descredenciados

Jornal do Oeste – “Governo tem dificuldade para analisar 2/3 dos casos suspeitos de febre amarela”

94 FM – Centro de Valorização da Vida atenderá através de telefone gratuito

Repórter News – MT terá R$ 1,5 milhão para aprimorar serviços de nefrologia

Jornal do Comércio – Anvisa e Inpi chegam a acordo sobre patentes de medicamentos 

Lab NetWork – Os testes de diagnóstico estão mudando os padrões da saúde da mulher

Caldeirão PolíticoInstituição de classe não pode impor tabela de honorários a médicos

Agora MS – Juarez quer criação de centro de atenção à saúde do idoso

Universo ZN – Dieta sem glúten aumenta os riscos de desenvolver diabetes tipo 2

Gente de Opinião – HB realiza cirurgia pioneira em paciente com câncer de próstata

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.