ANVISA DISCUTE, NESTA TERÇA-FEIRA, REGRAS DE REAVALIAÇÃO TOXICOLÓGICA DE AGROQUÍMICOS

//ANVISA DISCUTE, NESTA TERÇA-FEIRA, REGRAS DE REAVALIAÇÃO TOXICOLÓGICA DE AGROQUÍMICOS
A proposta de iniciativa de regulamentação sobre os procedimentos administrativos de reavaliação toxicológica de agrotóxico com indícios de alteração dos riscos à saúde humana será discutida nesta terça-feira (14) pela diretoria da Anvisa, durante sua 4ª reunião pública de 2017. Conforme publicação no site da agência, “a proposta de norma visa substituir a RDC nº 48, de 7 de julho de 2008. O objetivo é melhorar o monitoramento e o controle de resíduos de agrotóxicos”. A reunião será transmitida ao vivo, a partir das 10 horas, pelos links abaixo:

https://join-noam.broadcast.skype.com/anvisa.gov.br/d4e97b66f8524d8a89e478143c1e2758

http://datasus.saude.gov.br/transmissao-em-tempo-real-7 (utilize o Internet Explorer).

VBP deve superar R$ 545 bi

Expectativas favoráveis em relação à safra de grãos deste ano, estimada em 219,1 milhões de toneladas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e ao aumento da produtividade são as principais razões para o prognóstico favorável do faturamento da agropecuária em 2017. Esse resultado, e não os preços, deve determinar o resultado neste ano. Desse modo, o Valor Bruto da Produção (VBP) esperado é de R$ 545,9 bilhões, superior ao do ano passado, que foi de R$ 530 bilhões. O aumento real, portanto, é de 2,9%. A estimativa, referente ao mês de janeiro, foi divulgado nesta segunda-feira (13) pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “O aumento previsto para a produção de milho, soja, arroz, algodão e feijão, é a principal fonte desse crescimento da renda da agricultura em 2017”, assinala o coordenador-geral de Estudos e Análises da SPA, José Garcia Gasques, na publicação divulgada no site do Mapa. As lavouras representam 66,8% do VBP, e a pecuária, 33,2%. Em relação a 2016, as lavouras tiveram crescimento real no valor de 5,6%, e a pecuária decréscimo de 2,2%.

Moderfrota puxa crédito rural

O Valor Econômico desta segunda-feira (13) destaca que o apetite por financiamentos do Moderfrota, linha voltada à aquisição de máquinas e implementos agrícolas com juros subsidiados pelo Tesouro, confirmou as expectativas e continuou a puxar os desembolsos de crédito rural destinados a investimentos no país. “Tendo em vista a forte demanda, a Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) negociam com o Ministério da Agricultura uma nova suplementação de recursos para a linha neste ciclo 2016/17, de R$ 1,5 bilhão”, diz a publicação. O atual Plano Safra reservou inicialmente para o Moderfrota R$ 5 bilhões. “Com a retomada dos aportes dos produtores em tratores e colheitadeiras, já foram anunciados mais R$ 2,5 bilhões provenientes de outras linhas com demanda menor, mas nem tudo está de fato disponível e a Anfavea estima que até abril esse dinheiro vai acabar, o que tornará necessária mais uma injeção para sustentar o mercado até o fim de junho”, ressalta a reportagem do Valor Econômico.

NA IMPRENSA
Mapa – Valor da Produção Agropecuária pode atingir R$ 545,9 bilhões em 2017

Mapa – Na Embrapa Soja, Maggi promete trabalhar por mais investimento em pesquisa

Embrapa – Sistemas de Produção Embrapa registram mais de 3,8 milhões de acessos em 2016

Embrapa – Estudo destaca importância agronômica da profundidade efetiva do solo

Anvisa – Dicol discute norma de reavaliação de agrotóxico

Folha de S.Paulo – Empresas aéreas do país reforçam procura por capital no exterior

Folha de S.Paulo – Márcio Santilli – Amazônia esquartejada

Folha de S.Paulo – Reinaldo José Lopes – Aversão de conservadores à ideia de conservar ambiente não faz sentido

O Estado de S.Paulo – Editorial – Ordem no campo

O Estado de S.Paulo – Dom Odilo Scherer – Biomas brasileiros – cultivar e cuidar

O Estado de S.Paulo – Celso Ming – O impacto do agro

Zero Hora – Pressão contra o ensino à distância na Medicina Veterinária

Zero Hora – Voz Campeira – Fetar – Repúdio à reforma trabalhista

Zero Hora – Campo Responde – A proposta de reforma previdenciária do governo pode afetar a oferta de mão de obra no campo?

Zero Hora – Procurando emprego? Entenda por que profissionais qualificados são disputados no meio rural

Valor Econômico – Presidente da Funai quer renda própria para as aldeias

Valor Econômico – Infraero, de volta ao azul, quer 19 ativos em nova subsidiária

Valor Econômico – Mudança em MP beneficia Guarulhos, Brasília e Viracopos

Valor Econômico – Futuro do modelo gera debates no governo

Valor Econômico – Queda do dólar ‘espreme’ frigoríficos exportadores

Valor Econômico – Impulso ao açaí no Norte do país

Valor Econômico – Moderfrota lidera tomada de crédito para investimentos

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »