Ainda não há evidências de que nova variante aumente a gravidade da Covid-19, diz OMS

//Ainda não há evidências de que nova variante aumente a gravidade da Covid-19, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta segunda-feira (21) que ainda não existem evidências de que a nova mutação do coronavírus aumente a gravidade da doença. “O Reino Unido relatou que esta nova variante é transmitida com mais facilidade, mas não há evidências até o momento de que seja mais provável que cause doença grave ou mortalidade”, explicou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. Segundo o G1 a líder técnica da organização, Maria van Kerkhove, reforçou que todos os vírus passam por mutações e que cientistas de todo o mundo estão avaliando cada uma das mutações para entender sua importância. “Estamos tentando determinar se a variação tem consequência para transmissão, se há diferença na severidade da doença, se há diferença na produção de anticorpos. Mas ainda não temos evidência de alterações no comportamento do vírus. Assim que nós soubermos, nós avisaremos”, disse a líder técnica. Mike Ryan, diretor de emergências da entidade, disse que os países estão agindo com base no “princípio da precaução” em reação à variante e que isso é “prudente”. Ryan explicou que a nova cepa não “está fora de controle”. O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) também alertou que não há evidências de que essa nova cepa seja mais perigosa. “Não há nenhum indício até este momento de maior gravidade infecciosa associada à variante”. Segundo o ECDC, estudos estão sendo realizados para determinar o risco de reinfecções e a eficácia das vacinas.

Câmara conclui aprovação de Medida Provisória e estabelece prazo de cinco dias para Anvisa liberar vacina emergencial

A Câmara dos Deputados aprovou na última sexta-feira (18) a medida provisória (MP) que autoriza o governo federal a gastar R$ 2,5 bilhões para compra da vacina contra o coronavírus do acordo internacional chamado de Covax Facility. De acordo com o Valor Econômico o texto, que segue para o Senado, foi ampliado para estabelecer regras gerais para compra e liberação de outros imunizantes. O texto ainda determina que a Anvisa terá até cinco dias para expedir a autorização temporária de uso emergencial da vacina contra a covid-19 para importação pela União, Estados ou municípios. Esse prazo valerá para imunizantes já aprovados pelas agências dos Estados Unidos, União Europeia, Japão, China, Canadá, Reino Unido, Coréia ou Rússia. A Anvisa pediu ao relator 10 dias, mas foi estabelecido e aprovado um prazo menor. A proposta ganhou peso com a briga política entre o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que planeja começar a aplicar em janeiro a vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, e o presidente Jair Bolsonaro, que tem atacado as campanhas de vacinação e minimizado o efeito da pandemia da covid-19. O relator, deputado Geninho Zuliani (DEM-SP), estabeleceu no seu parecer que o governo federal terá que comprar as vacinas registradas na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ou que tenham autorização emergencial e distribuir aos Estados e municípios as vacinas para aplicação no Sistema Único de Saúde (SUS). Essa emenda visa tornar obrigatória a compra do imunizante do Instituto Butantan pelo governo federal. Pelo projeto, o governo não é obrigado a comprar a vacina disponível pelo Covax Facility. A aquisição dependerá da “análise técnica e financeira”.

Custo de serviços médicos e hospitalares subirá 11,5% em 2021, prevê consultoria

Os custos de serviços médicos e hospitalares continuarão em alta no próximo ano, segundo um estudo feito pela consultoria Mercer Marsh Benefícios com seguradoras do mundo inteiro, informou a coluna Painel S.A. da Folha de S.Paulo neste domingo (20). De acordo com a pesquisa, 54% das operadoras de planos de saúde com negócios na América Latina preveem aumento nos pagamentos, com maior número de consultas e exames para pacientes com Covid-19 e doenças cujo tratamento foi adiado após o início da pandemia do coronavírus. No Brasil, as operadoras preveem aumento de 11,5% nos custos dos serviços médicos e hospitalares em 2021, como neste ano, bem acima da inflação projetada para a economia brasileira. Segundo o boletim Focus, as expectativas do mercado financeiro apontam inflação de 4,35% neste ano e 3,34% no próximo. Em agosto, a Agência Nacional de Saúde Suplementar determinou a suspensão dos reajustes dos planos de saúde até o fim deste ano, por causa da pandemia. Os cálculos da Mercer Marsh incorporam, além dos custos, projeções para o envelhecimento da população e a frequência dos procedimentos de saúde.

STF derruba lei do RJ que dava desconto para idosos em farmácias

O Supremo julgou ser inconstitucional uma lei do estado do Rio de Janeiro (Lei nº 3.452/2001) que concedia descontos para idosos comprarem medicamentos nas farmácias e drogarias, destacou o Jota neste domingo (20). Os percentuais variavam de 15% a 30%. Ao concluir o julgamento da ADI 2.435, por sete votos a três, o plenário do STF assentou a impossibilidade de dois entes federados simultaneamente editarem normas que visem a controlar os preços praticados em um determinado segmento econômico. O problema, segundo a maioria, é que o setor de medicamentos é regulado pela União. E os preços são controlados pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). Assim, é a CMED que estabelece as margens de lucro que as farmácias e drogarias podem praticar na comercialização dos remédios. Com isso, nas palavras do ministro Gilmar Mendes, ao impor o desconto, a lei fluminense alterava “a linha condutora do equilíbrio do mercado farmacêutico traçado pela política pública de preços e acesso a medicações desenhada pela União”. O ministro Dias Toffoli, que votou também pela inconstitucionalidade, afirmou que houve uma “extrapolação da atividade legislativa suplementar por parte do legislador carioca” e destacou não existir “peculiaridade regional que justifique um regramento específico a incidir sobre os descontos a serem obrigatoriamente concedidos a consumidores determinados”.Além dos dois, votaram pela inconstitucionalidade da lei os ministros Celso de Mello, Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. Ficaram vencidos a relatora, ministra Cármen Lúcia, e os ministros Edson Fachin e Rosa Weber. Em 2002, quando a liminar nesta mesma ADI foi submetida ao plenário, a Corte negou o pedido de liminar. A lei, portanto, estava em vigor desde 2001. E só agora, quase 19 anos depois de entrar em vigor, é declarada inconstitucional. Na época, o ministro Marco Aurélio ficou vencido.

SAÚDE NA IMPRENSA

Agência Senado – Estão definidos os senadores que farão parte da comissão representativa durante o recesso

Agência Senado – Relatório final de comissão traz recomendações para combate à pandemia

Anvisa – Publicado relatório da gestão de Alessandra Bastos Soares

ANS – ANS divulga nova edição do Boletim Covid-19, com utilização dos planos de saúde na pandemia

ANS – #BoaHora: Respeite o tempo de nascimento do bebê!

ANS – Um feliz Natal e um 2021 de muita saúde. Dias melhores virão e nós estaremos juntos!

Agência Saúde – Brasil registra 6.245.201 milhões de pessoas recuperadas

Agência Saúde – Saúde divulga dados epidemiológicos da Covid-19 no Brasil

Agência Saúde – Ministério da Saúde confirma segundo caso de reinfecção por Covid-19 no Brasil

Governo Federal – Mapa interativo facilita pesquisa por serviços de saúde mental

Governo Federal – Universidades federais gaúchas ampliam capacidade de testagem do coronavírus

Opas – OPAS e Ministério da Saúde lançam edital para financiar projetos de promoção à saúde

Opas – OPAS/OMS e SES/DF firmam cooperação técnica para qualificar gestão e atender às necessidades de saúde da população brasiliense

Opas – COVAX anuncia acordos adicionais para acessar vacinas promissoras contra a COVID-19 e planeja implantação global a partir do primeiro trimestre de 2021

Jota – STF derruba lei do RJ que dava desconto para idosos em farmácias

Agência Brasil – Aumenta preocupação com doenças ligadas ao Aedes aegypti no verão

Agência Brasil – Brasil ultrapassa 7,2 milhões de casos de covid-19

Agência Brasil – Bons hábitos durante as festas podem evitar derrames e infartos

Agência Brasil – País registra 50.177 novos casos de covid-19, nas últimas 24 horas

Agência Brasil – Prefeitura de BH prorroga estado de calamidade pública por 180 dias

Agência Brasil – Estado do Rio de Janeiro soma mais de 400 mil casos da covid-19

Agência Brasil – Casos de síndrome respiratória aguda grave caem

Agência Brasil – Covid-19: boletim aponta aumento de 6% dos casos e 11% das mortes

Agência Brasil – ANS recebeu quase 15 mil queixas relacionadas à covid-19 desde março

Correio Braziliense – A famosa experiência que revolucionou a psiquiatria, mas acabou desmascarada

Correio Braziliense – Argumentar que máscaras e distanciamento protegem familiares é mais eficiente que punição

Folha de S.Paulo – 6 gráficos resumem a evolução da pandemia ao longo de 2020

Folha de S.Paulo – Para onde enviar testes da Covid-19? A matemática tem a resposta

Folha de S.Paulo – Cientistas pesquisam caminho mais rápido para tratar depressão com moduladores epigenéticos

Folha de S.Paulo – A corrida por seringas e agulhas para a vacinação contra a Covid-19; ouça podcast

Folha de S.Paulo – Surto de Covid leva estados da Austrália a proibir entrada de viajantes vindos de Sydney

Folha de S.Paulo – Custo de serviços médicos e hospitalares subirá 11,5% em 2021, prevê consultoria

Folha de S.Paulo – Auditoria do TCU aponta erros em série do governo no combate à Covid-19

Folha de S.Paulo – Apoio da esquerda ao grupo de Maia foi uma decisão acertada

Folha de S.Paulo – Covid-19 mata 4 prefeitos em uma semana no país; total chega a ao menos 22

Folha de S.Paulo – Paes e Doria assinam termo de cooperação para a aquisição da Coronavac

Folha de S.Paulo – Sangramento é o principal alerta em caso de câncer de endométrio

Folha de S.Paulo – Como pode ser a vida depois das primeiras vacinas de Covid-19

Folha de S.Paulo – Coronavac é a mais segura das vacinas em teste no país

Folha de S.Paulo – País ultrapassa 186 mil mortes por Covid-19

Folha de S.Paulo – “Pressa para a vacina não se justifica”, diz Bolsonaro sobre imunizante contra a Covid19

Folha de S.Paulo – Com medo de mutação de coronavírus, Reino Unido endurece lockdown

Folha de S.Paulo – Cientistas pesquisam caminho mais rápido para tratar depressão com moduladores epigenéticos

Folha de S.Paulo – INSS dá prazo de 30 dias para segurado marcar perícia do auxílio-doença

Folha de S.Paulo –  Auxílio emergencial é a única renda para 36% que o receberam

O Estado de S.Paulo – Especialistas europeus recomendam cautela sobre nova cepa de covid-19 encontrada no Reino Unido

O Estado de S.Paulo – Coronéis pedem saída de Pazuello da Saúde e criticam Bolsonaro

O Estado de S.Paulo – EUA não devem proibir viagens ao Reino Unido por enquanto

O Estado de S.Paulo – Agência Europeia de Medicamentos decide sobre vacina nesta semana

O Estado de S.Paulo – Chefe da Interpol prevê alta de crimes no transporte de vacinas

O Estado de S.Paulo – Doença é mais cara que vacina, diz Mayana

O Estado de S.Paulo – 2021: vacina também para a retomada dos empregos no Brasil

O Estado de S.Paulo – O que se sabe sobre a Coronavac? Ouça no ‘Estadão Notícias’

O Estado de S.Paulo – Especialistas dizem que vacinas são eficazes contra variante do coronavírus

O Estado de S.Paulo – Covid-19: o que sabemos até agora sobre a nova variante do vírus

O Estado de S.Paulo – Exigir termo de responsabilidade de quem for vacinar é modo eficiente de sabotar imunização

O Estado de S.Paulo – Células-tronco extraídas dos dentes serão usadas em estudo para tratar idosos infectado pela covid

O Estado de S.Paulo – Secretário de Educação de SP defende volta obrigatória dos alunos às escolas

O Globo – Os planos de saúde e os outros sinais de alerta para a inflação

G1 – Ainda não há evidências de que nova variante aumente a gravidade da Covid-19, diz OMS

G1 – União Europeia autoriza uso da vacina da Pfizer e BioNTech

G1 – Nova cepa do coronavírus exige estudos que comprovem que ele é mais contagioso, dizem especialistas

G1 – Relatório do TCU diz que governo não tem ‘estratégia minimamente detalhada’ contra pandemia

G1 – Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 21 de dezembro, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 13h)

G1 – Agência reguladora da Europa autoriza uso da vacina da Pfizer e BioNTech

G1 – AstraZeneca e desenvolvedora da Sputnik V assinam acordo para testar combinação de vacinas contra Covid-19

G1 – Governador do PI defende que vacinação contra Covid-19 seja prioritária para profissionais da educação

G1 – Aumenta número de países que suspenderam voos do Reino Unido, onde nova variante do coronavírus foi detectada

G1 – Austrália detecta pessoas infectadas pela nova variante do coronavírus

G1 – Chefe da Interpol prevê mais casos de roubo de carga durante as semanas de transporte de vacinas

G1 – Mutação do coronavírus: Argentina, Colômbia, Chile e Peru suspendem voos do Reino Unido

G1 – EUA pedem para que governos estaduais priorizem trabalhadores essenciais em vacinação

G1 – Itália detecta caso de infecção por nova cepa do coronavírus

G1 – Vacinas da Moderna começam a ser despachadas para pontos de aplicação nos EUA

G1 – Nova variante do coronavírus estava ‘fora de controle’, diz ministro da Saúde do Reino Unido

G1 – Por que especialistas defendem que presos estejam entre grupos prioritários na vacinação contra a Covid-19

Valor Econômico – STF nega recurso apresentado por Witzel para tentar voltar ao governo do RJ

Valor Econômico – EUA: Empresas pressionam Estados a priorizar funcionários na fila de vacina

Valor Econômico – Petróleo cai perto de 5% com temor sobre nova cepa de vírus no Reino Unido

Valor Econômico – Apesar de Bolsonaro, governo promete incentivar vacinação

Valor Econômico – Países impõem bloqueio ao Reino Unido para conter vírus

Valor Econômico – Nova cepa do coronavírus já saiu da Europa e está em outras partes do mundo

Valor Econômico – Nova mutação está ‘fora de controle’, alerta Londres

Valor Econômico – Paes assina acordo para compra de Coronavac

Valor Econômico – FDA dos EUA libera vacina contra a covid-19 da Moderna

Valor Econômico – Câmara conclui aprovação de MP e estabelece prazo de cinco dias para Anvisa liberar vacina emergencial

 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »